Você está na página 1de 12

Física Pai d’égua 

Física Pai d’égua


Belém, novembro de 2006 - ANO 2 - NO 07 O Jornal de Física

Plutão não é mais planeta. Entenda porquê.


Nova classificação rebaixa Plutão a planeta anão Órbita de Plutão
Inclinada e alongada diferente
da dos outros planetas. Tem
Nova definição de Planeta inclinação de 17o. Plutão
Corpo celeste que se move Os outros planetas orbitam
na órbita de uma estrela, tem praticamente no mesmo plano. Formado por uma mistura
massa suficiente para que de material rochoso e gases
sua própria gravidade o torne congelados. Tem diâmetro
esférico e possui diâmetro menor que a lua terrestre e
mínimo de 800 Km. é apenas um dos milhares
corpos existentes na região
do cinturão de Kuiper.
Todos os outros planetas
possuem uma formação
mais rochosa e são muito
maiores que seus stélites.

Cinturão de Kuiper
no
er

Plutão e Caronte
tur
pit
rio

o
Sa

tun

Giram em torno de um
s

o
rcú

rte
nu

an

eixo comum que passa


rr

Plutão
Ne
Me

Ma

Ur
Te

acima da superfície de
Plutão e o volume de sua
lua é aproximadamente
40% de seu volume.
Assim como nos outros
planetas, a nossa Lua tem Caronte
Nova composição do sistema solar com oito planetas órbita com eixo na Terra.

Leia nesta edição

PSS1
Lançamento Oblíquo
O maior Jornal Tenha uma vida
(bem) mais feliz.

Desbrave seu
potencial
pequeno Seja cidadão
PSS3 Molde a alma
Lei de Faraday
Estude Física

do Brasil
PSS2 Resolva as provas
Princípio de Arquimedes
Passe no vestibular
Empuxo
www.fisicapaidegua.com

destrinchamos as provas da ufpa


Cinco Provas
trinta e seis questões
Ufpa. Provas do PSS2 e PSS3 Prosel 2006. Prova que Unama 2006. Objetiva e ITA 1996. Dividida em três resolvidas
de 2006. Uma excelente abrange todo conteúdo de assim como o Prosel da Uepa partes. Chegamos agora na
revisão para quem vai fazer Física do ensino médio. contempla os assuntos do última. São 10 questões bem e comentadas
a prova da federal. PSS e PRISE. aprofundadas.
 Física Pai d’égua

Sexta-feira, 05 de agosto de 2005 - 19h27 c) Enquanto o robô Scorpio- 03. O violão tem uma afinação padrão,
Ufpa 2006. pss2 Nove navios russos tentam 45 submergia sob as águas como mostrado na figura abaixo, em
libertar submarino afundado da baía de Kamchatka, o que normalmente a corda prima, a Mi
01. No mês de agosto passado a Moscou - Nove unidades da Frota empuxo sobre ele aumentava. mais aguda, vibra uma oitava acima
Agência Estado divulgou, e os jornais do Pacífico russo trabalham d) A sorte dos tripulantes foi que, da corda bordão, a Mi mais grave.
reproduziram, as notícias contra o tempo para salvar os sete durante a submersão do AS-28 em Com base nas informações dadas
abaixo. marinheiros que estão dentro de um sua missão, antes de este ficar preso acima, e confirmadas na figura que
minissubmarino militar, imobilizado nas redes, o aumento da pressão se apresenta, é correto afirmar:
Sexta-feira, 05 de agosto de 2005 - 09h36 desde quinta-feira a 190 metros externa sobre a sua estrutura foi a) A velocidade com que a onda se
Submarino russo fica preso no de profundidade em uma baía de compensado com a diminuição da
fundo do mar com 7 tripulantes Kamchatka. De acordo com anúncio pressão interna do ar nele contido.
do comandante-em-chefe da Frata, e) Independentemente do tempo
almirante Viktor Fyodorov, já se de duração do oxigênio, o grande
conseguiu prender o submarino com risco de morte dos tripulantes do
um cabo, o que ajudará no resgate da AS-28 decorria do fato de, àquela
tripulação. “A essa hora, os cabos de profundidade, sua pressão arterial
reboque estão presos e nossos navios manter-se em 19 atm durante um
cumprem ao mesmo tempo a ação de tempo muito longo, o que poderia
suspender e rebocar o submarino do levá-los a um derrame cerebral.
fundo do mar”, relatou, em entrevista
à TV.

Sábado, 06 de agosto de 2005 - 21h46


Libertado submarino russo propagará no bordão percutido será
preso no fundo do mar 02. As mães primíparas aprendem
São Paulo - A Rússia pediu ajuda com suas mães e avós que, para banhar a mesma com que se propagará na
internacional para tentar resgatar Moscou - Um robô britânico teleguiado corda prima, se as tensões com que
mergulhou no mar e cortou os cabos seus recém-nascidos, devem fazê-lo
um minissubmarino que ficou preso com água tépida, por volta dos 40oC. elas forem esticadas forem iguais.
em redes de pesca no fundo do mar que prendiam o minissubmarino b) Quando o bordão for percutido,
russo AS-28 “Priz” ao fundo do Muitas dessas mães, no entanto, não
com sete tripulantes. O oxigênio deve dispondo de termômetro, costumam vibrará com uma freqüência maior
durar no máximo 48 horas. Três Oceano Pacífico. Pouco depois, os do que a do som que será ouvido.
tripulantes do submarino receberam derramar uma panela de água fervente
barcos de guerra do Japão já estão a na banheira do bebê, e amornam essa c) O comprimento de onda do som que
caminho da Peníssula de Kamchatcka, ordem de se preparar para abandonar será ouvido, ao tocar a corda prima,
a embarcação. O robô Scorpio-45 água com a da torneira, que tem uma
no extremo leste do país, onde a temperatura, na nossa região, bem será diferente do comprimento da
embarcação está encalhada a 190 havia submergido neste domingo de onda que se propagará nesta corda.
manhã (hora local) para tentar soltar próxima dos 25oC. Considerando-se
metros de profundidade. Dez navios a situação referida, é correto afirmar d) O comprimento de onda natural
russos foram enviados ao local. Os o minissubmarino, preso no fundo do na corda prima é bem menor
mar em uma baía de Kamchatka. que o número de panelas de água da
EUA também devem participar da torneira a ser vertida sobre a água do que o comprimento de onda
operação de ajuda. fervente na banheira, para garantir natural do bordão, pelo fato de
Com as informações do noticiário, é este produzir som mais grave.
O minissubmarino de classe Priz, correto interpretar: um banho morno ao bebê é
e) Como os comprimentos das duas
normalmente usada para realizar
a) O AS-28 estava enroscado nas redes a) 8 cordas Mi são praticamente iguais,
resgates em grandes profundidades,
de pesca, sob pressão aproximada b) 7 mas o bordão é mais grosso, este
não possui meios de propulsão
de 20 atm, antes de ser resgatado. c) 6 deve ficar quatro vezes mais tenso do
próprios e ficou preso no fundo do
b) Os tripulantes quase morreram d) 5 que a prima, quando o violão estiver
mar depois de ter enroscado em redes
pelo fato de o oxigênio, dentro do AS- e) 4 afinado.
de pesca.
28, estar a uma pressão de 19 atm.

04. O RUIDO FICA DO LADO DE sonora idêntica. Só para se ter uma I O princípio de física, a que a 05. Para obter água aquecida, um
FORA - Afinal inventaram o que idéia de sua utilidade, o ruído interno reportagem se refere, é denominado estudante montou o seguinte sistema,
faltava nestes tempos barulhentos: dentro de um trem de metrô é de 95 interferência, e a onda sonora esquematizado na figura I, abaixo:
o fone de ouvido que bloqueia os dB enquanto que sons a partir de 130 enviada para anular o ruído deve no coletor solar, feito de uma cuba
ruídos externos. Em potência máxima dB - equivalentes ao de uma turbina estar em oposição de fase com este. de vidro, com fundo metálico preto-
é capaz de reduzir em 10 dB a de avião a 100m de distância - podem II Quando operando em potência fosco, a água é aquecida pela radiação
barulheira externa. Ele foi projetado causar danos permanentes à audição. máxima, o fone de ouvido, e, através de um ciclo convectivo
para filtrar os ruídos contínuos e de (Adaptado de VEJA, edição de 21 de mencionado no texto, permite que a usando as mangueiras 1 e 2, é
baixa freqüência, como o do motor abril de 2004). intensidade física do ruído captado armazenada no reservatório térmico.
de aviões, carros e trens, mas não Com base nas informações do pelo ouvido seja dez vezes menor. O estudante realizou dois
bloqueia os sons de alta freqüência, texto e lembrando que o nível de III O fone de ouvido, referido no experimentos: primeiro o coletor foi
como a voz humana, campainhas e intensidade sonora (N), em decibéis, texto, tem eficiência na filtragem de exposto à ação do sol e depois, nas
latidos de cachorros. O mecanismo de correspondente a uma intensidade ruídos graves, mas não tem eficiência mesmas condições, apenas à luz de
bloqueio do som segue um princípio específica (I), é dado por na filtragem de ruídos agudos. uma lâmpada de 200W. Os resultados
de física: o de que uma onda pode ser Está (ão) correta (s) da variação de temperaturas do
anulada por outra igual, emitida em a) apenas I. reservatório em função do tempo,
sentido contrário. O fone capta o ruído b) apenas II. nos dois experimentos, estão
externo e transmite as informações c) apenas III. representados no gráfico da figura
para um microprocessador que depois d) apenas I e III. II abaixo.
em que Io é a intensidade mínima
de identificar sua intensidade envia e) I, II e III.
auditiva, julgue as afirmações abaixo.
por meio de um alto-falante uma onda

EXPEDIENTE
Física Pai d’égua
Chegamos ao final do ano e as provas dos vestilubalres estão ai. É Publicação Independente
Tiragem 1500 exemplares
PSS, PRISE, processos seletivos. Os nomes são diferentes, o número de
Diretor Responsável
faculdades e universidades aumentou consideravelmente nesses últimos Orival Medeiros
dez anos, mas a prova de Física continua sendo o bicho papão para a orival@fisicapaidegua.com
maioria dos candidatos, então olhar prá trás e aprender com o passado é Projeto gráfico, ilustração e edição de arte
decisivo pra enterder as provas futuras. Por isso é mais que importante Orival Medeiros
revisar e resolver as provas anteriores e isso você Redação, assinaturas e para anunciar
(91)3087-7520
encontra aqui em Física Pai d’égua. fisicapaidegua@fisicapaidegua.com
Neste último volume de 2006 você vai encontrar as duas últimas provas www.fisicapaidegua.com
da Ufpa (pss2 e pss3), o prosel 2006 e a última prova da Unama, além da Solução de exercícios e provas
terceira parte da prova do ITA 1996. Fazer revisão com essa quantidade Edílson Lima
Orival Medeiros
de material é decisivo para qualquer preparação, mas além disso todas as
Impressão
provas do pss1 e prise1 estão resolvidas no nosso site. Assim não vai faltar meg@mestre (91)3250-5212
mais nada. No entanto se faltar você pode mandar dúvidas por e-mail. Boa
Distribuição
revisão e Boas Provas! JR Distribuidora (91)3225-2003
Locais de Venda
Orival Medeiros Shoping Iguatemi: Revistaria News Time
Shoping Castanheira, Armazém Sto Antônio
Yamada Plaza: Banca do Alvino
Física Pai d’égua 
Com base na interpretação das 06. Ao brincar com um cilindro de
figuras I e II, é correto afirmar: madeira de densidade mc e altura h,
a) Ao se usar a lâmpada, observa- em um tanque com água de densidade
se que o processo de aquecimento ma, você perceberá que o cilindro
da água foi mais eficiente do que flutua, em equilíbrio, conforme indica
com o uso da radiação solar. a figura I. Caso você dê um leve
b) No intervalo de 10 min a 40 toque na face superior e emersa
min, observa-se que a radiação (figura II), notará que o cilíndro, após
solar aqueceu a água a uma taxa imergir uma certa profundidade,
1,5 vezes maior do que a lâmpada. oscilará por algum tempo, sujeito
c) O aquecimento da água com o a uma força restauradora de
uso da lâmpada é menos eficiente, intensidade do tipo F = kx, tal qual Figura I Figura II
no entanto, nesse caso, a resposta um oscilador harmônico típico.
ao aquecimento é mais rápida. A aplicação do modelo de um oscilador
d) Acima de 40oC, o aquecimento com harmônico simples é bastante razoável a) b) c)
a radiação solar torna-se mais rápido. para se descrever o movimento de
e) O fundo preto-fosco não serve sobe e desce do cilindro, sujeito ao
somente para absorver a radiação campo gravitacional g, se a água for
incidente, mas, principalmente, considerada um líquido ideal. Tendo
para produzir efeito estufa dentro do por base essa situação, pode-se
coletor solar. prever que o período de oscilação do d) e)
cilindro é

a) Considerando QUESTÃO 03
UFPA – PSS3 – 2006 que os postulados Quase todo mundo tem um Tubo de placas de deflexão, por meio da
einstenianos Raios Catódicos (TRC) em casa. Uma aplicação de campos elétricos (ou de
revolucionaram a das aplicações mais comuns de um TRC campos magnéticos nos televisores
QUESTÃO 01 percepção comum é a geração de imagens em televisão e monitores), servem para deslocar
que permeava a e em monitores de computador. o feixe de elétrons, respectivamente,
O ano de 2005 foi proclamado Física Clássica em Como mostrado na figura (I) abaixo, nas direções horizontal e vertical.
pela Assembléia Geral das Nações 1905, cite três um TRC é basicamente um tubo de Na figura (II) está destacada a trajetória
Unidas como O Ano Mundial da conseqüências desses postulados. vidro (em cujo interior a pressão é seguida pelo feixe de elétrons que
Física, com a finalidade de relevar muito baixa), no qual é produzido será objeto de nossa análise. Este
a importância dessa ciência para o b) A explicação de Einstein para um feixe de elétrons no catodo (daí feixe abandona o catodo (A), passa
planeta e de celebrar o centenário o Efeito Fotoelétrico teve sucesso o nome raios catódicos), que são pelo anodo (B) e atravessa a região
do “annus mirabilis” em que Einstein exatamente por elucidar o resultado acelerados pelo anodo, até atingirem das placas de deflexão vertical, onde
publicou os trabalhos sobre o experimental que mostrava a energia a tela fluorescente localizada à direita, está aplicado o campo elétrico E, até
Movimento Browniano, o Efeito cinética máxima dos fotoelétrons produzindo nessa uma área brilhante atingir a tela fluorescente.
Fotoelétrico e a Teoria da Relatividade (Kmax) variando com a freqüência ou imagem. Os dois conjuntos de
Especial, que marcaram profunda e da radiação incidente, revelada, para

horizontal
significativamente o conhecimento certo metal, por exemplo, em um Deflexão
acerca do micro e do macrocosmo e a diagrama como o que é mostrado
conseqüente geração de tecnologias. abaixo.

Tela fluorescente
elétrons
Feixe de
(I)
Kmáx Rev
catodo estim
ento
Deflexão
acelerador

met
vertical

álico
Anodo

K a

(II) -e b
f (10 14
Hz) E
A B
5,0 6,0
Analisando a figura (II), g
a) responda: Após penetrar na região entre as placas de deflexão vertical,
onde está aplicado o campo elétrico E, o elétron seguirá qual trajetória: a, b
ou g? Justifique.
Mostre que você compreende a explicação dada por Einstein calculando, em b) considerando o movimento do feixe de elétrons, calcule, aplicando o
Joule, a energia K com que os elétrons arrancados do citado metal podem Princípio da Conservação da Energia nos pontos A e B, a velocidade de um
ser emitidos se o iluminarmos com uma freqüência f = 6,0 x 1014 Hz. elétron ao sair pelo orifício do anodo acelerador. Use os dados abaixo:
VB - VA = 3,4x103 V d.d.p aplicada entre B (anodo) e A (catodo).
(e/m) = 1,7x1011 C/kg razão carga/massa do elétron.
VA = 0 velocidade do elétron ao abandonar o catodo.

n
QUESTÃO 02

Estudos realizados por pesquisadores dos óleos estudados, a medida do 2,00


da UFPA acerca das propriedades índice de refração, em uma varredura
físicas de óleos extraídos de espécies do infravermelho ao ultravioleta,
vegetais de nossa região têm-se tenha como resultado o diagrama 1,75
revelado, quanto à sua aplicação abaixo, em função do comprimento
cosmética, bastante promissores. de onda incidente no ar, medido em
Suponha agora que, para algum nanômetro (nm).
1,50

Com base na compreensão do gráfico, em conjunto com o espectro das


radiações,
a) responda: Na região visível, o índice de refração do tal óleo será maior para 1,25
luz azul ou para luz vermelha? Justifique.
b) calcule qual será o comprimento de onda, no óleo, de um laser de 500
1,00
nm no ar. l (nm)
400 450 500 550 600 650 700 750
 Física Pai d’égua
Aconpanhe as soluções do PSS2 e PSS3
Questão 01. m1c1∆t1 + m2c2∆t2 = 0 II – Falsa. o empuxo é direcionado para cima e
Alternativa A 1 x 1 x (25 – 100) + V2 x 1 x (40 – 25) O nível fica 10 dB menor. se iguala com o peso caracterizando
p = patm + dgh =0 III – Verdadeira. Maior freqüência o equilíbrio. No momento em que
p = 105 + 103 x 10 x 190 V2 = 5 corresponde ao som mais agudo. é empurrado o empuxo aumenta
p = 20 x 105 N/m2 puxando o cilindro para cima. Esse
como 1 atm = 105 N/m2 Questão 03. Questão 05. aumento de empuxo age como a força
p = 20 atm Alternativa D Alternativa B restauradora no MHS, pois quando o
A velocidade do som é a mesma nas No gráfico o aquecimento do coletor cilindro sai da água o peso se torna
observação: a questão também pode duas cordas. Como a freqüência é entre 10 min e 40 min vale: maior que o empuxo. No MHS a
ser resolvida considerando que cada maior na prima o comprimento de Radiação solar ∆tS = 45 – 30 = 15 oC aceleração é calculada por a = w2x.
10 m de água corresponde a 1 atm, onda é menor, pois λ = v/f. Lâmpada ∆tL = 35 – 25 = 10 oC
então 190 m equivale a 19 atm A relação: FR = E = ma
somados a 1 atm (pressão atmosférica) Questão 04. ∆tS/∆tL = 15/10 = 1,5 mlgAx = mcAhw2x
obtemos 20 atm. Alternativa D mlg = mch(4p2/T2)
I – Verdadeira. Questão 06.
Questão 02. Na interferência as ondas de fases Alternativa D
Alternativa D opostas se superpõem para obter uma T=?
Q1 + Q2 = 0 onda de amplitude nula. Quando o cilindro é colocado na água

Soluções do PSS3
Questão 01. Ec = hf – hfo,, logo: como a frequência é constante elétrico.
a) Esta questão permite uma vasta Ec = h(f – fo) temos; b) O trabalho realizado para acelerar
lista de resposta, assim vamos colocar Ec = 6,6 x 10-34 (6 x1014 – 5 x 1014) o eletron do cátodo até anodo é igual
mais que as três solocitadas: Ec = 6,6 x 10-20 J. a sua variação de energia cinética.
I. Dilatação Temporal t = DEC
II. Dilatação da Massa Questão 02. através do gráfico estima-se o índice t = EC(final) – EC(inicial)
III. Contração do Comprimento na a) Observa-se no gráfico que quando d e re f ra ç ã o a b s o l u to p a ra o ó l e o, Como o elétron sai do repouso sua
direção do movimento menor o comprimento de onda maior para um comprimento de onda energia cinética inicial é nula, então
IV. A invariância da velocidade da Luz é o índice de refração. No Espectro l = 500 nm. Deve-se estimar um valor
no vácuo para observadores Inerciais, Eletromagnético a luz azul tem menor próximo de 1,25, porém maior, por t = mv2/2
independente de sua relação de comprimento de onda, por isso irá exemplo n = 1,3. Assim:
repouso ou MRU em relação a fonte. apresentar maior compr imento de Lembrando que o trabalho realizado
V. Equivalência entre massa energia o n d a q u e a l u z v e r m e n l h a ( l azul < pela força elétrica é dada por:
(E = mc2) lvermelha.)
VI. Efeito Doppler para a luz b) O índice de refração absoluto é t = q UAB
calculado por: qUAB = mv2/2
b) Sabe -se que E = E c + F, de onde v2 = 3,4 x 3,4 x 1014
decorre Ec = E – F. v = 3,4 x 107 m/s
Questão 03.
Por sua vez: E = hf e F = hfo , onde fo é a a) O elétron seguirá a trajetória g, pois
freqüência de corte que, observando a cargas negativas se movimentam
o g r á f i c o, é 5 x 1 0 1 4 H z . E n t ã o, em sentido contrário ao campo

Unama 2006 suas características minerais, tem


grande valor econômico, pois pode
IV. obter a maior freqüência possível
do rádio e gritar com voz grave.
A relação correta é a:
a) 1C , 2A, 3D, 5B
ser usada para geração de energia, a b) 1C, 2B, 3D, 4A
NAS QUESTÕES NUMERADAS DE partir da combustão de sua grande Dentre as possibilidades acima, a c) 2A, 4B, 5C, 6D
01 A 05, ASSINALE A ALTERNATIVA quantidade de óleo. Citam que apenas conclusão correta a que Tom chegará d) 1A, 2B, 3C, 6D
QUE RESPONDE CORRETAMENTE 100 g da substância podem gerar 640 é a:
O ENUNCIADO. calorias. Para efeito comparativo, a) I 05. Vitória, uma confiante candidata
resolvem calcular qual a quantidade b) II aos cursos superiores da Unama, já
01. João Fortus é um futuro aluno de castanha-do-Pará necessária para c) III prepara a festa de sua aprovação.
da Unama que adora colocar em ferver 500g de água, inicialmente a d) IV Aproveitando uma tomada de sua
prática os conceitos da Física, como 20º C. O valor, em gramas, foi de: residência, cuja tensão elétrica é
no uso de roldanas para facilitação Dado: calor específico da água é de 04. Um grupo de candidatos aos vários de 120 V, e duas lâmpadas de 60
de aplicação de forças, muito comuns 1 cal/goC. cursos superiores da Unama discute W/120V procura montar um circuito
nas áreas de Engenharia, Arquitetura
sobre a importância de dominar os para iluminação de seu quintal, onde
e Fisioterapia. Para uma balança A a) 1520 conceitos fundamentais da Física, a festa se prolongará até altas horas
(ver figura) que afere o valor de 200 b) 4250 para se poder ter entendimento da noite. Os seus familiares começam
kgf para um bloco de metal, a força, c) 5500 básico das aplicações da ciência e a opinar sobre que tipo de associação
em kgf, que João deverá aplicar na d) 6250 tecnologia em nosso mundo moderno. das lâmpadas ela deve utilizar na
corda para que a balança passe a
Procuram, então, relacionar as ondas montagem do circuito afirmando que,
marcar, apenas, 40 kgf será de: 03. Tom e Zé conversam sobre o eletromagnéticas com algumas de suas com uma associação em:
vestibular da Unama e Zé diz : aplicações. Ajude estes candidatos,
– “Quando o listão sair, vou colocar relacionando os itens da coluna 1 com I. série, será obtida uma maior
o rádio bem alto para todo mundo os da coluna 2, a seguir: iluminação do local.
ouvir e vou gritar bem forte: EU Observação: apenas 4 componentes da II. paralelo, o circuito possuirá maior
PASSEI!!!” Coluna 1 deverão ser relacionados intensidade de corrente.
Tom, que estudou bastante Acústica, III. série, a tensão presente na tomada
pois quer cursar Fonoaudiologia, Coluna I: Onda Coluna II: aumentará.
passa a interpretar fisicamente as eletromagnética Exemplo de IV. paralelo, haverá maior consumo
palavras de Zé e conclui que, na aplicação de energia.
verdade, Zé irá: 1. Onda de rádio A. terapia pelo
calor Dentre as afirmativas acima, está(ão)
I. alterar o volume do rádio para obter 2. Infravermelho B. tratamento do correta(s) somente:
a) 40 b) 60 a máxima intensidade sonora e gritar câncer a) I
c) 80 d) 100 com voz grave. 3. Luz visível C. comunicação b) I e III
II. tornar o som do rádio o mais navio para terra c) II e III
02. Dois futuros candidatos aos cursos grave possível e gritar com grande
4. Raios X D. fotossíntese d) II e IV
de Administração e Engenharia de intensidade.
Produção da Unama conversam sobre III. obter a maior intensidade sonora 5. Raios Gama
o potencial produtivo da castanha- possível, tanto do rádio, como de sua 6. Raios Cósmicos
do-Pará e descobrem que, além das voz.
Física Pai d’égua 
Empuxo. Princípio de Arquimedes E

Entenda como os corpos mais “pesados” (1)


P
podem flutuar quando submersos em E
líquidos e gases
Uma pequena pedra ao ser Mais tarde se observou que o (P). A flutuação pode ocorrer P
jogada em lago certamente Empuxo nada mais era que de duas formas: Flutuação (2)
afunda, por outro lado um a resultante das forças de Aflorada, como ocorre com o E
navio milhares de vezes pressão que atuavam em os Icebergs e navios, nesse
mais pesado que a pedra volta de toda a superfície do caso a densidade dos objetos
flutua sobre as água. Já um corpo. é menor que a do corpo. A
submarino pode afundar segunda forma de flutuação é
ou flutuar, enquanto balões Posteriormente se descobriu a submersa, como ocorre com P
e dirigíveis de algumas que a intensidade do empuxo submarinos e peixes, nesse
seria igual ao peso do fluido (3)
toneladas de massa fornecem caso a densidade do corpo é
um espetáculo de rara beleza que caberia no espaço igual a da água. O mesmo corpo em líquidos
em competições ou encontros ocupado pela parte submersa Para um mesmo fluido quando diferentes. O empuxo é o
de balonistas. São inúmeros do objeto, no entanto apesar maior a porção submersa do mesmo nos três casos. Os
os fatores que determinam se de um pequeno o Princípio corpo maior ser á o empuxo, Balões flutuando no ar e volumes imersos não são
algo irá afundar ou flutuar e o de Arquimedes e comumente isto explica porque um navio embarcações nos rios. Ação
iguais, mas densidades
peso dos corpos é apenas um enunciado da seguinte forma: carregado flutua mais baixo, do empuxo.
diferentes.
desses fatores. “O empuxo corresponde pois ele precisa de um Empuxo
a uma força vertical mais intenso para equilibrar
Se alguma coisa flutua as para cima aplicada pelo seu peso e, para isso ele deve Os submarinos podem flutuar ou afundar, para isso
pessoas dizem que é flutuante, líquido sobre o corpo, cuja deslocar uma porção maior enchem de água tanques de lastros no casco. Isso é
mas a diferença, entre afundar intensidade é igual ao de água. Outro aspecto a feito com abertura de válvulas que permitem a entrada
e flutuar poder ser muito Peso do volume de líquido ser observado é a rota de de água, com isso ficam mais pesados e afundam. Para
pequena. Os peixes e a baleia deslocado pelo corpo.” navegação, pois um navio retornar à superfície a água desses tanques é expulsa por
podem fazer as duas coisas, pode sair das calmas e doces ar-comprimido, ocorrendo uma diminuição de seu peso.
assim como os submarinos E = Pdesl águas do porto de Belém Ao navegar submerso o submarino utiliza diminutas “asa”
e os mergulhadores. Muitos E = mVg e entrar nas turbulentas e móveis, chamadas de hidroplanos para ajudá-lo a subir ou
animais, inclusive o homem, salgadas águas do oceano descer. Essas asas podem ser anguladas para cima ou para
descobriram como mudar Onde μ : densidade do fluido, atlântico. Nesse caso existe baixo, de modo que a força do fluxo de água eleva aproa ou
sua flutuabilidade. (Oxford V: volume submerso do corpo uma mudança de densidade a empurra para baixo. (Oxford – Ciências para Crianças)
– Ciências para Crianças) e g: aceleração da gravidade sem que ocorra alteração na
Observa que o Empuxo é intensidade do Empuxo, pois
diretamente proporciona comportas
As leis que regem a o navio continua flutuando,
flutuabilidade dos corpos em a densidade e ao volume logo o Empuxo é igual ao seu
meios líquidos e gasosos foi submerso do corpo. Peso. Como a água salgada
proposta por Arquimedes por é mais densa que a água
volta do ano de 250 a.C. De Com base no conceito de doce, o navio irá flutuar
acordo com Arquimedes todo empuxo pode-se compreender mais acima do nível de
objeto mergulhado parcial ou melhor a flutuação de corpos água, ou seja, o Empuxo fica
totalmente no interior de um em fluido, assim sempre constante porque o aumento
fluido em equilíbrio recebe que um corpo flutua o de densidade é compensado
deste uma força dirigida para Empuxo (E) que atua sobre com a diminuição do volume
cima denominada de Empuxo. ele será igual ao seu Peso submerso.

Os peixes que costumam fazer migrações enfrentam mudanças Exemplo Resolvido


de densidades e necessitam ajustar sua flutuabilidade para
não se aproximarem por demais da superfície da água.
(UFRJ) Alguns peixes são dotados
Esse ajuste é feito com o auxílio da bexiga natatória, que
de bexigas natatórias que lhes
corresponde a um grande espaço cheio de ar abaixo da
permitem manter o equilíbrio
espinha. Caso o peixe queira aumentar sua flutuabilidade,
hidrostático, pela variação do
ele capta mais ar enchendo sua bexiga natatória, caso deseje
volume, sem que haja um aumento
diminuir a flutuabilidade ele expulsa o ar do interior da bexiga
significativo de massa. Um desses
esvaziando-a. Alguns peixes modificam o tamanho da bexiga
peixes, de 8,000 kg, desce o rio
ingerindo ou liberando o ar pela boca, outro dependem da
e passa para o mar aberto. A
corrente sanguínea para o entrar ou sair.
densidade da água doce é 1,000 g/
condutor pneumático cm3 e a densidade da água salgada
é 1,025 g/cm3.
Calcule a variação de volume do
ap. de Weber peixe para que este possa manter
o equilíbrio hidrostático.
bexiga natatória
Solução: a variação de volume da
Na água doce temos bexiga natatória é desprezível,
E=P o volume do corpo na água
ddoce.V . g = mg salgada é
ddoceV = m
portanto o volume na água doce é V = 8/1000 = 0,008 m 3 ou V = 8/1025 = 0.0078 m 3 ou
8 litros. 7,8 litros

Na água salgada temos novamente A variação de volume será


E=P DV = 8 – 7,8 = 0,2 litros
intestino
dsalgadaVg = mg
intestino dsalgadaV = m

intestino como o texto afirma que o aumento de massa devido


 Física Pai d’égua

ITA 1996 (3a Parte) II - João responde:” -Se ela não


deslizou até agora que estou no
a) dos blocos, como mostra a figura.
Com que força esse pequeno bloco de
terceiro degrau, também não deslizará massa m pressionará o bloco sobre o
21. Um automóvel a 90 km/h passa quando eu estiver no último.” qual foi colocado?
por um guarda num local em que III - Quando João chega no meio da b) a)
a velocidade máxima é de 60 km/ escada, fica com medo e dá total razão
h. O guarda começa a perseguir à Maria. Ele desce da escada e diz a
o infrator com a sua motocicleta, Maria:” Como você é mais leve do que c) b) mg
mantendo aceleração constante até eu, tem mais chance de chegar ao fim c) (m - M)g
que atinge 108 km/h em 10 s e da escada com a mesma inclinação, d) m
continua com essa velocidade até sem que ela deslize”. d) vt M
alcançá-lo, quando lhe faz sinal para Ignorando o atrito na parede: e) outra expressão diferente das M
parar. Pode-se afirmar que : e) outra expressão
mencionadas.
a) o guarda levou 15 s para alcançar a) Maria está certa com relação a I
o carro. mas João errado com relação a II. 24. Uma roda d’ água converte, 26. Um feixe de elétrons é formado
b) João está certo com relação a II mas com a aplicação de uma diferença
b) o guarda levou 60 s para alcançar em eletricidade com uma eficiência
Maria errada com relação a I. de potencial de 250 V entre duas
o carro. de 30%, a energia de 200 litros de
c) as três afirmativas estão fisicamente placas metálicas, uma emissora e
c) a velocidade do guarda ao alcançar água por segundo caindo de uma
corretas. outra coletora, colocadas em uma
o carro era de 25 m/s altura de 5,0 metros. A eletricidade
d) somente a afirmativa I é fisicamente ampola na qual se fez vácuo. A
d) o guarda percorreu 750 m desde gerada é utilizada para esquentar
correta. corrente medida em um amperímetro
que saiu em perseguição até alcançar 50 litros de água de 15oC a 65oC. O
e) somente a afirmativa III é fisicamente devidamente ligado é de 5,0 mA. Se
motorista infrator. tempo aproximado que leva a água
correta. os elétrons podem ser considerados
e) nenhuma das respostas acima é para esquentar até a temperatura
como emitidos com velocidade nula,
correta. desejada é:
então:
23. Um corpo de massa M é lançado a) 15 minutos
22. Considere as três afirmativas com velocidade inicial v­ formando b) meia hora.
abaixo sobre um aspecto da Física com a horizontal um ângulo , num c) uma hora.
do Cotidiano: local onde a aceleração da gravidade é d) uma hora e meia.
I - Quando João começou a subir g, Suponha que o vento atue de forma e) duas horas.
pela escada de pedreiro apoiada favorável sobre o corpo durante todo o
a) a velocidade dos elétrons ao
numa parede vertical, e já estava no tempo (ajudando a ir mais longe), com 25. Dois blocos de massa M estão atingirem a placa coletora é a
terceiro degrau, Maria grita para ele: - uma força F horizontal constante. unidos por um fio de massa desprezível mesma dos elétrons no fio externo à
“Cuidado João, você vai acabar caindo Considere t como sendo o tempo que passa por uma roldana com um ampola.
pois a escada está muito inclinada e total de permanência no ar. Nessas eixo fixo. Um terceiro bloco de massa b) se quisermos saber a velocidade dos
vai acabar deslizando”. condições, o alcance do corpo é: m é colocado suavemente sobre um

elétrons é necessário conhecermos a prisma deve ser menor que: cilíndrica de uma única camada, com que o refrigerante tem o mesmo calor
distância entre as placas. as espiras uma ao lado da outra. A específico que a água, a temperatura
c) a energia fornecida pela fonte aos bobina é ligada aos terminais de uma final da bebida de João ficou sendo
A d bateria ideal de força eletromotriz aproximadamente de:
elétrons coletados é proporcional ao
quadrado da diferença de potencial. igual a V. Neste caso pode-se afirmar a) 16 oC b) 25 oC c) 0 oC
d) a velocidade dos elétrons ao a) arcsen(n) que o valor de B dentro da bobina é: d) 12 oC e) 20 oC.
atingirem a placa coletora é de b) 2arcsen(1/n)
aproximadamente 1,0 x 107 m/s. c) 0,5 arcsen(1/n) a) b)
e) depois de algum tempo a corrente d) arcsen(1/n)
30. Um avião, executar uma curva
nivelada (sem subir ou descer) e
vai se tornar nula, pois a placa e) outra expressão
equilibrada o piloto deve incliná-lo
coletora vai fican-do cada vez mais c) d)
com respeito à horizontal (à maneira
negativa pela absorção dos elétrons 28. O valor da indução magnética de um ciclista em uma curva), de um
que nela chegam. no interior de uma bobina em ângulo . Se q = 60o, a velocidade da
forma de tubo cilíndrico é dado, e)
aeronave é 100 m/s e a aceleração
27. O Método do Desvio Mínimo, para aproximadamente, por B = mni onde local da gravidade é 9,5 m/s2, qual
a medida do índice de refração, n, de m é a permeabilidade do meio, n o 29. Num dia de calor, em que a é aproximadamente o raio de
um material transparente, em relação número de espiras por unidade de temperatura ambiente era de 30oC, curvatura?
ao ar, consiste em se medir o desvio comprimento e i é a corrente elétrica. João pegou um copo com volume de a) 600m.
mínimo δ de um feixe estreito de luz Uma bobina deste tipo é construída 200 cm3 de refrigerante à temperatura b) 750 m.
que atravessa um prisma feito desse com um fio fino metálico de raio r, ambiente e mergulhou nele dois cubos c) 200 m.
material. Para que esse método possa resistividade e comprimento L. O fio de gelo de massa 15 g cada um. Se o d) 350 m.
ser aplicado (isto é, para que se tenha é enrolado em torno de uma forma de gelo estava à temperatura de - 4oC e e) 1000 m.
um feixe emergente), o ângulo A do raio R obtendo-se assim uma bobina derreteu-se por completo e supondo

Soluções Unama 2006 Questão 02 Intensidade máxima a fim de obter re ce b e rá 6 0 V, f u n c i o n a n d o n u m a


Questão 01. Alternativa D o som mais forte possível, tanto do voltagem abaixo da especificada
Alternativa - A rádio como em sua voz ao gritar. pela fabricante, resultando num
A indicação de uma balança de molas D e ve - s e c a l c u l a r a q u a nt i d a d e d e menor brilho.
corresponde a forca de compressão c a l o r n e c e s s á r i a p a r a fe r ve r á g u a Questão 04. II – Verdadeira: A resistência equivalente
sobre ela(Força de Reação Normal). inicialmente a 20oC. Alternativa – A em uma associação em paralelo é
Portanto, se a balança marca 40 kgf Para responder essa questão o menor que numa associação em
significa que força de compressão é Q = m.c.Dq candidato deveria conhecer o série. Como i = U/R, percebe-se que a
N = 40 kgf. A seguir o diagrama de logo: Q = 500. 1. 80 espectro eletromagnético diminuir R aumenta-se a intensidade
forças sobre o bloco de metal. Q = 40.000 cal. A comunicação entre navios é feita da corrente elétrica.
Para determinar a massa de por ondas de rádio 1 C. III – Falsa: A voltagem na tomada
T N = 40 kgf T’ T’ é fixa, não depende do tipo de
necessária que ao ser queimada O Infra-vermelho é conhecido com o
liberada 40.00 cal, faz-se uma regra nome de ondas de calor, logo 2 A associação.
de três. A fotossíntese ocorre pela absorção
100 g ------- 640 de luz visível 3D I V – Ve r d a d e i r a : E m p a r a l e l o a s
M ------ 40.000 Atualmente existem tratamentos de lâmpadas irão funcionar de acordo
2T’ = 160 câncer a base de raios Gama 5B com as especificações do fabricante,
M = 6.250 g
T’ = 80 kgf isto é, consumindo cada uma 60 W de
Questão 05. potência. Caso sejam ligadas em série,
Questão 03. portanto fora das recomendações do
P = 200 kgf T = 160 kgf Alternativa - D Alternativa D
A tração T ’ está aplicada no eixo de I – Falsa: Em uma associação em série fabricante irão apresentar um brilho
Quando Zé diz que vai colocar o menor ( conforme visto no item I) na
uma polia móvel, que como sabemos haverá divisão da voltagem, como as
rádio bem alto para todo mundo medida que suas potências serão
divide a força pela metade, logo a lâmpadas são idênticas a voltagem
ouvir, ele na verdade está querendo menores que 60 W, resultando no
força aplicada por João é metade de 120 V será dividida igualmente
dizer que irá colocar o rádio no menor consumo de energia elétrica.
de T’, portanto 40 kgf entre ela, logo cada lâmpada
volume máximo, ou seja, na
Física Pai d’égua 
Uepa prosel 2006 02. Na figura abaixo estão alguns
vetores que indicam a velocidade
II. Os dois carros conseguem acelerar
de zero a 100 km/h no mesmo
I. Na situação 2, a força aplicada pelo
motor é o dobro da força aplicada na
do vento em furacão. Considere os intervalo de tempo; situação 1;
01. As figuras a e b a seguir ilustram pontos A, B, C e D, assinalados na III. As velocidades máximas atingidas II. A velocidade de subida da carga é
parte do ciclo de funcionamento de um Figura. Assinale a alternativa que pelos dois carros são iguais; a mesma nos dois casos;
motor a gasolina. No ponto de máxima relaciona corretamente os valores de IV. Se for queimada a mesma massa III. Sendo a mesma potência, o motor
compressão da mistura combustível pressão do ar (Pa, Pb, Pc e Pd) nos de gasolina e de GNV, o GNV produzirá irá girar com a mesma velocidade nas
(figura a), a vela de ignição provoca a pontos indicados: maior quantidade de energia que a duas situações;
combustão da substância, produzindo, gasolina; IV. Se a carga da situação 2 fosse
de forma quase instantânea, um o dobro daquela na situação 1, sua
grande aumento de temperatura e Assinale a alternativa que contém velocidade de subida seria metade
conseqüente aumento da pressão apenas as afirmativas corretas: daquela da primeira situação.
interna do cilindro. Em seguida, a) I e II Assinale a alternativa que contém
devido à expansão do gás provocada b) I e IV apenas afirmativas corretas:
pela explosão, o pistão é empurrado c) II e III a) I e II
até o final de seu curso sem trocar d) III e IV b) I e IV
calor com o ambiente externo (figura e) III e I c) II e III
b). d) II e IV
Analise as transformações sofridas 04. Um motor elétrico de potência P e) III e I
pelo gás durante a fase de expansão é usado para elevar uma carga até
e assinale a alternativa que contém certa altura, subindo com velocidade 05. Quando você toca uma nota
apenas as indicações corretas sobre a) Pa > Pb > Pc > Pd constante, podendo ser usado em duas em um violão, cria-se uma onda
as variações de pressão, temperatura b) Pa > Pb < Pc < Pd situações diferentes, mostradas nas estacionária na corda e as vibrações
e energia interna do gás: c) Pa < Pb < Pc < Pd figuras. Considerando que as massas daquela corda induzem o corpo
d) Pa > Pb > Pc < Pd dos cabos e das roldanas sejam do violão a vibrar, produzindo o
e) Pa < Pb > Pc > Pd desprezíveis, que não haja nenhuma som. Analise as afirmativas abaixo,
válvula de forma de atrito no movimento e que a considerando as ondas nas cordas
admissão escape
03. Hoje já são fabricados, embora potência do motor é a mesma nos dois do violão quando tocadas em seu
em escala restrita, automóveis com casos, analise as afirmativas abaixo: comprimento máximo, cada uma
moteres que são especialmente produzindo exclusivamente seu
projetados para o uso de Gás Natural harmônico fundamental, e o som que
cilindro
Veicular (GNV) como combustível. elas provocam:
Esta passa a ser uma opção em I. A velocidade de propagação das
pistão
relação aos combustíveis líquidos ondas é igual em todas as cordas do
biela mais caros, como a gasolina, embora a violão;
potência do motor tenha uma redução II. Os comprimentos de onda nas
fig. a fig. b em torno de 10%, dependendo do cordas são iguais em todas elas;
modelo e motor do veículo. O valor III. A freqüência do som produzido
a) pressão, temperatura e energia por uma corda é igual à freqüência
do Calor de Combustão do GNV é
interna diminuem situação I de vibração da corda;
de 11.900 kcal/kg e o da gasolina
b) pressão diminui, mas temperatura IV. O comprimento de onda do som
é 11.500 kcal/kg. Considere dois
e energia interna aumentam é igual ao comprimento de onda na
carros de mesmo modelo, ou seja, com
c) pressão e temperatura aumentam corda que o produziu.
motores iguais, de mesma massa, um
e a energia interna permanece Assinale a alternativa que contém
movido à gasolina e outro movido a
constante apenas afirmativas corretas;
GNV. Nestas condições, analise as
d) pressão aumenta, temperatura a) I e II
seguintes afirmativas:
diminui e energia interna aumenta b) I e IV
I. Se aumentarmos unicamente a
e) pressão permanece constante, c) II e III
pressão com que o gás é injetado na
temperatura e energia interna d) II e IV
câmara de combustão, a potência do
diminuem e) III e I
motor aumenta; situação II

06. A tarja magnética em cartões configurações tem sentidos opostos. b) seria ainda mais brilhante o feixe IV. Durante a mudança de fase para
de crédito se comporta como uma d) A corrente nas bobinas é maior de luz do “canhão”, enquanto que o gelo, a densidade diminui.
seqüência de pequenos ímãs quanto maior for a resistividade do laser não seria detectado de modo
alinhados. Um cartão desmagnetizado seu material. algum. Assinale a alternativa que contém
corresponde à configuração em que e) A corrente induzida não depende c) os dois feixes seriam visíveis com a apenas afirmativas corretas:
todos os ímãs estão com a mesma da velocidade do cartão. mesma intensidade.
polarização. d) observaríamos o efeito contrário ao a) I e II
Para gravar uma informação, a descrito: veríamos claramente o raio b) I e IV
polaridade de um conjunto destes 07. Um belo espetáculo que se pode laser, mas não o feixe do “canhão de c) II e III
pequenos ímãs é modificada. Para ser visto no céu de Belém quase todas luz”. d) III e IV
a leitura das informações, a faixa as noites é produzido pelos “canhões e) não poderíamos enxergar nenhum e) III e I
magnética é movimentada próximo de luz”, usados em festas e outros dos dois feixes de luz.
a uma bobina, ligada a um circuito eventos, que produzem um feixe
elétrico que registra as variações muito intenso de luz que varre o céu 08. Ao colocar um recipiente com água, F = ma
do campo magnético próximo à e é visível a longa distâncias. inicialmente à temperatura ambiente,
tarja. Considere as configurações Outro dispositivo muito comum num congelador, observamos que ela
não congela uniformemente em todo F = ma
indicadas nas figuras 1 e 1, abaixo, e que emite luz são os apontadores
o efeito resultante do movimento deste laser, que emitem um feixe estreito, seu volume ao mesmo tempo, mas
arranjo próximo ‘a bobina (leitora do na forma de raio de luz. Você pode uma camada de gelo vai se formando F = ma
cartão). Nestas condições, assinale observar a luz do apontador a laser de fora para dentro do recipiente.
a alternativa correta em relação à projetado em uma parede, em sua Analise as seguintes afirmativas F = ma
corrente induzida na bobina: casa, mas, ao contrário do feixe do sobre o resfriamento da água, em
canhão de luz, você normalmente não condições normais de pressão, em um
enxerga o raio laser. congelador no qual a temperatura do F = ma
Esses dois dispositivos também ar seja de – 20oC.
poderiam ser usados no espaço, por
figura 1 exemplo, em uma possível estação na I. Durante todo o processo de
superfície da Lua, para iluminação resfriamento, a densidade da dp
ou para sinalização. Nesta situação, água aumenta linearmente com a F =
considerando feixes que não estão temperatura; dt
figura 2 na direção do observador, é correto II. A troca de calor por condução cessa
afirmar: quando a maior temperatura na água
a) Nas posições indicadas, a corrente
for 0oC; Física Pai d’égua
é nula em ambas as bobinas. experimente a diferença
a) não haveria alteração alguma: III. A troca de calor por convecção
b) A corrente nas bobinas só depende
veríamos o feixe de luz do canhão de cessa quando a maior temperatura
da intensidade do campo magnético.
luz, mas não o do laser. na água for 4oC;
c) A corrente nas bobinas nas duas
 Física Pai d’égua
Soluções do Prosel 2006
Questão 01. III – Falsa: Devido aos diferentes harmônico fundamental é calculado Questão 07.
Alternativa A rendimentos fornecidos pelos por f = V/2L, como o comprimento Alternativa E
Enunciado afirma que a expansão combustíveis, as velocidades máximas é o mesmo para todas as cordas, Como a feixe de luz se propaga no
ocorre sem troca de calor com o meio não podem ser iguais . conclui-se que a freqüências só serão vácuo observador só irá vê-lo caso
externo, portanto trata-se de uma IV – Verdadeira. Como pode-se diferentes se as velocidade, também, esteja na sua direção de propagação,
transformação adiabática. Numa perceber no comando da questão forem diferentes. no entanto o enunciado afirma que
expansão adiabática a PRESSÃO, o calor de combustão do GNV por II – Verdadeira: O comprimento de onda observador não está na direção de
A TEMPERATURA E A ENERGIA unidade de massa é maior que o calor do harmônico fundamental depende propagação no feixe o que inviabiliza
INTERNA DO SISTEMA DIMINUEM. de combustão da gasolina, isto mostra exclusivamente do comprimento das sua visualização pois não ocorrerá o
que ao se queimar massas iguais de cordas, sendo calculado por λ= 2l. difusão da luz.
Questão 02. GNV e gasolina, durante a queima Como já mencionado no item I que as
Alternativa B o GNV libera maior quantidade de cordas são de mesmo comprimento, Questão 08.
De acordo com o Equação de energia. então os comprimentos de onda são Alternativa D
Bernuolli quanto maior a velocidade iguais. I – Falsa: Durante resfriamento
de escoamento menor é a pressão Questão 04. III – Verdadeira: A freqüência de uma a densidade da água apresenta
exercida pelo fluido. Assim, observado Alternativa D onda não se modifica quando a onda diminuição a partir de 4o C.
os vetores velocidade verifica-se que troca de meio de propagação, nesse II – Falsa: A troca de calor por
em módulo verificamos que Va < Vb , I – Falsa. Na situação 2 a força é caso da onda produzida na corda é condução predomina durante o
logo Pa > Pb, por outro lado como Vb > a metade do peso e na 1 igual ao transmitida para o ar sem que haja processo de resfriamento a partir de
Vc, temos Pb < Pc , como Vc > Vd, então peso. mudança em sua freqüência. 4o C, quando cessam as correntes de
Pc < Pd, portanto a relação correta é; II - Verdadeira. A potencia é a mesma IV- Falsa: Ao trocar o meio de convecção.
Pa > Pb < Pc < Pd nos dois casos. Como Potencia = FV propagação apenas a frequência III – Verdadeira: Durante o
e F = Peso também nos dois casos, da onda permanece constante, resfriamento, a partir de 4 o C, a
então V é igual. ocorrendo mudança de velocidade e
Questão 03. comprimento de onda.
densidade da água superficial fica
Alternativa B III – Falsa. Para que a velocidade de menor que a densidade da água no
I - verdadeira: como o trabalho realizado subida do bloco seja a mesma nos dois fundo do recipiente. Esse fato, faz
por um sistema termodinâmico é casos, a velocidade de rotação dos Questão 06. com que as correntes de convecção
dado por τ = p.ΔV, onde p: pressão e motores devem ser diferentes, pois Alternativa C deixem de existir.
ΔV: variação de volume, verificamos a disposição dos fios nas roldanas Nos dois casos ocorre variação de fluxo IV – Verdadeira: É fato pedras de gelo
que para uma mesma variação de são. magnético induzido o aparecimento flutuam em água, isso só é possível
volume quanto maior a pressão maior IV – Verdadeira. Potencia = FV então de uma FEM e corrente induzidas se durante o processo de solidificação
o trabalho realizado pelo motor. Um V é inversamente proporcional a carga na bobina de leitura. Como nas a densidade do gelo torna-se menor
aumento no trabalho realizado se F pois V = Potencia/F. situações ilustradas verifica-se que que a da água.
traduz por aumento de potência de em um momento é o pólo norte
acordo com a equação Pot = τ/ Δt. Questão 05. que se aproxima da bobina e em
II – Falsa: Como possuem rendimentos Alternativa C outro o pólo sul, conclui-se que as
diferentes, os carros sofrerão uma I – Falsa. As cordas emitem correntes induzidas vão possuir
mesma variação de velocidade em harmônicos fundamentais de sentidos opostos.
intervalos de tempos diferentes. freqüências diferentes. Como o

Soluções do ITA 1996 3a parte


Questão 21. Questão 24. Questão 27.
Alternativa d fat = PE/(2tgq) + P/(Lsenq) x Alternativa C Alternativa B
V = 108 km/h = 30 m/s EP = mgh = 200 x 10 x 5 = 10.000 J Pela lei de Snell:
a = 30/10 = 3 m/s2 Interpretando a equação acima Eelétrica = 3000 J, pois o rendimento é quando o desvio é mínimo temos que
v2 = vo2 + 2aDS podemos entender que a força de igual a 30%. i1 = i2 = i, r1 = r2 = r e r = A/2
302 = 02 + 2x3DS atrito é diretamente proporcional 50 litros = 50 kg = 50.000 g de água Impondo a condição que r < L, onde L
DS = 150 m ao deslocamento x. Quanto maior Q = mcDt = 50.000 x 4,2 x 50 é o ângulo limite encontramos:
No movimento uniforme for o deslocamento maior a força de Q = 1,05 x 107 J r<L
V = 90 km/h = 25 m/s atrito. Em 1 s a energia é igual a 3000 A/2 < sen(1/n)
DS = VDt = 25 x 10 = 250 m J, então 1,05 x 10 7 J serão em A < 2sen(1/n)
Calculo da distância produzidos em 3500 s = 58,33 min
d = VrxDt aproximadamente uma hora. Questão 28.
100 = (30 - 25) Dt NH Alternativa A
Dt = 20 s Questão 25. A resistência do fio é
tT = 30 s Alternativa A Rf = rL/A = rL/(pr2)e
DS = 30 x 20 = 600 m A força resultante é a diferença de i = V/Rf = Vpr2/(rL)
DST = 150 m + 600 m = 750 m pesos o que nos leva a encontrar a Como cada espira é disposta uma
NV acerleração do sistema igual a: ao lado da outra, a largura da cada
a = mg/(2M + m) espira é 2r e o comprimento da bobina
Questão 22. PE a resultante no corpo de massa m será l = n.2r
Alternativa A vale: o número de bobinas por unidade de
P
A resultante das forças na direção x q mg - N = ma comprimento é n/l = 1/(2r)
e na direção y devem ser igual a zero. fat levando a expressão de a na equação Substituindo estes valores na fórmula
Então a força de atrito deve ser igual acima temos: para B, tem-se
a Reação horizontal NH e o peso da x B = m.(1/2r). Vpr2/(rL)
escada somado ao peso da pessoa N = 2Mmg/(2M + m) B = mprV/(2rL)
que sobe na escada igual a reação
vertical NV: Questão 26. Questão 29.
fat = NH Alternativa D Alternativa A
NV = PE + P Questão 23. i = 5 mA = 5 x 10-3 A Pelo princípio das trocas de calor
Alternativa C U = 250 V podemos escrever:
A soma dos momentos em relção a O alcance é calculado por A energia adquirida pelo elétron para Qgelo + Qrefrigerante = 0
qualquer ponto deve ser igual a zero. A = Voxt + 1/2 axt2 atravessar é calculada por O gelo além de aquecer até zero grau
Escolhendo o ponto A teremos: onde a = F/M e o tempo de permanência E = qU que vai ser justamente sua também vai derreter e por fim sua
no ar t = 2vsena/g energia cinética, então massa derretida será aquecida. A
MA = 0 A = Vcosa2Vsena/g+F/(2M)(2Vsena/g)2 mV2/2 = qU equação fica:
-NHLsenq + Px + PELcosq/2 = 0 resolvendo encontramos substituindo os valores, inclusive o mgcgDtg + mgLf + mgcaDt + macaDta = 0
fazendo NH = fat e resolvendo A = V2sen2a/g[1 + Ftga/(Mg)] de m = 9,1 x 10-31 kg substituindo cada valor na equação
encontramos encontramos V = 107 m/s encontraremos t = 15,4oC
Física Pai d’égua 

Lançamento oblíquo visão lateral


y
y

Vo hmáx
Voy
na altura
Vy Vy máxima q
Vy = 0
Voy Vox x

Vox
Vox
Vox
Vox

hmáx g

AL
CA
NC Vox
E
Vy

Vox

Vy

A velocidade Vox

Voy = Vosenq
-Voy x
Vox = Vocosq

V2 = Vo2 + Vy2 O tempo A posição


de subida
Vx = Vox xey
A altura
Vy = Voy - gt Vosenq
ts = g
total no ar
tt = 2ts Altura máxima
Alcance
2Vosenq
ts = g

O lançamento oblíquo é caracterizado aumentar até atingir o mesmo valor é calculado pelo produto de Vx e o de subida e de permanencia no
pelo angulo q formado pela direção inicial ao chegar no ponto mais baixo tempo de permanencia no ar. ar encontra-se por substituição a
da velocidade de lançamento e o equivalente a altura de lançamento. O tempo gasto até chegar no altura máxima o alcance e o alcance
eixo x acima. Conforme a posição Na direção x o movimento é ponto mais alto, tempo de subida, é máximo.
y do objeto aumenta Vy diminui uniforme, ou seja, a velocidade encontrado substituindo na equação Os ângulos complementares
obedecendo a equação da velocidade permanece constante durante o da velocidade Vy = 0. O tempo total proporcionam mesmo alcance.
no MUV. No ponto mais alto (altura tempo do lançamento. O alcance, ou tempo de permanencia no ar é o Ângulos de 30o e 60o geram mesmo
máxima) a velocidade na direção y distância horizontal entre o ponto de dobro do tempo de subida. alcance quando a velocidade de
é igual a zero e a partir dai volta a lançamento e o ponto de chegada, A partir do cálculo dos tempos lançamento é a mesma.

Os cientistas americanos John C. forma de corpo escuro da radiação dados do satélite Cobe: a da existência Vôo espacial Goddard, da Nasa. Smoot,
Mather e George F. Smoot dividem de fundo”. A teoria do Big Bang de pequenas variações na temperatura de 61, é professor da Universidade de
o Prêmio Nobel de Física de 2006, prevê que, imediatamente após a dessa radiação em diferentes direções Berkeley.
pelo trabalho que realizaram com o grande explosão, o Universo deveria no espaço, a chamada anisotropia.
satélite Cobe, da Nasa, que analisou apresentar esse tipo específico de
a radiação cósmica de fundo. radiação. Os ganhadores
As medições feitas pelo Cobe, portanto, John C. Mather é descrito pelo comitê
As descobertas ao determinar que a radiação de fundo Nobel como “a verdadeira força motriz”
Os dados do satélite Cobe, lançado é uma radiação de corpo escuro, por trás do projeto do satélite. Já
em 1989, dão apoio à hipótese do Big ajudam a confirmar o Big Bang. George F. Smoot era o encarregado
Bang para a origem do Universo. Além do caráter de corpo escuro da pelo instrumento que vasculhou o céu
Um dos feitos citados pela Fundação radiação de fundo, o Prêmio Nobel em busca dos sinais da anisotropia.
Nobel para a concessão do prêmio de de 2006 foi concedido por conta de Mather, de 60 anos, atualmente
física deste ano é a “descoberta da outra descoberta realizada a partir dos trabalha como astrofísico do Centro de
estadão.com.br 03/10/2006
10 Física Pai d’égua

Indução Eletromagnética Fluxo magnético


Φ = A.B cosθ
Entenda como a variação do fluxo Desde a invenção do dínamo, A: área da superfície,
que possibilitou uma revolução B: campo magnético
magnético gera corrente elétrica nos modos de produção θ: ângulo entre o vetor campo magnético e o vetor
indústrias, são inúmeros unitário normal a superfície.
os dispositivos tecnológicos
que surgiram cujo princípio O fluxo é diretamente proporcional a área atravessada,
de funcionamento é baseado a intensidade do campo magnético e varia com ângulo
no princípio da indução formado entre B e n. A variação de pelo menos um
Ao descobrir que um campo estudos sobre os fenômenos eletromagnética: captadores desses termos produz variação no fluxo magnético.
magnético pode gerar corrente eletromagnéticos, conduziu os de som de guitarras, A seguir mostra-se a variação do fluxo magnético a
elétrica, o Físico Michel pesquisadores uma pergunta microfones dinâmicos, as variação do ângulo θ.
Faraday em 1831 elaborou a até certo ponto intuitiva: bobinas geradoras de faíscas
lei da indução eletromagnética Se corrente elétrica produz nas velas de motores de
que possibilitou avanços nos campo magnético, então, será automóveis, entre outros. q = 0o q = 90o
estudos da produção e na que o inverso pode ocorrer, A indução eletromagnética cosq = 1 cosq = 0
geração de energia elétrica, isto é, campo magnético pode consiste no aparecimento
bem como num grande avanço gerar corrente elétrica? n
de uma força eletromotriz
tecnológico. Essa pergunta foi induzida (FEM) em condutor B
Sabia-se que a passagem completamente respondida devido à variação temporal do n
de corrente elétrica através por Michel Faraday em 1831, fluxo magnético*, conforme
de um condutor sempre após um longo e exaustivo a equação abaixo, conhecida
gerava campo magnético. trabalho experimental. como lei de Faraday.
Essa observação foi feita Esse fenômeno, em que
pela primeira vez por Oersted corrente elétrica e produzida
F = BA F=0
em 1820, quando verificou a partir da presença de
que ao ligar um circuito a um campo magnético foi
bússola nas proximidades do denominado de INDUÇÃO
mesmo sofria um desvio em ELETROMAGNÉTICA. A onde ΔΦ: variação do fluxo
relação a sua posição natural
Norte-Sul, através dessa
descoberta da indução
eletromagnética que
magnético e Δt: intervalo de
tempo. Lei de Faraday
constatação os fenômenos possibilitou a produção e a No entanto, deve-se perguntar
o que é fluxo magnético? A variação do fluxo magnético produz uma força
elétricos e magnéticos geração de energia elétrica em
E como determinar sua eletromotriz induzida
passaram a ser estudados grande escala. Sem dúvida
de forma relacionada, a descoberta de Faraday é variação? Pode-se dizer que
surgindo um novo ramo um das mais importantes da fluxo magnético corresponde
da física denominado de Ciência dada a importância ao número de linhas de
Eletromagnetismo. da energia elétrica no atual Indução magnética que
O aprofundamento dos estágio da sociedade. atravessam uma superfície.

Exemplo resolvido 01
(UFRN -2004) A guitarra guitarra fica magnetizada pela
elétrica (figura 1) foi um proximidade com o núcleo
instrumento importante imantado do sensor.
na revolução musical Baseando-se nesses dados,
causada pelo Rock and Roll atenda às solicitações a
nas décadas de 50 e 60. seguir.
Diferentemente do violão, A) Explique, usando
no qual o som é amplificado leis da Física, a base de
pela ressonância acústica funcionamento do sensor
produzida pela oscilação das acima descrito.
cordas na cavidade oca do B) Compare a freqüência da
instrumento, na guitarra, um onda estacionária na corda
instrumento de corpo sólido, da guitarra com a freqüência
as vibrações das cordas da onda sonora percebida por
são captadas por sensores um observador em repouso
eletromagnéticos (bobinas) em relação ao dispositivo que
situados abaixo de cada produz o som. Justifique sua
corda, como esquematizado resposta. Na figura 1 apenas duas linhas de indução atravessam
na figura 2. A corda da a espira. Ao se aproximar a espira ou o imã o número
de linhas que atravessam a espira aumenta, portanto
Solução: O núcleo imantado magnetiza d e u m a F E M q u e, p o r s u a ocorreu aumento do fluxo magnético. Caso a espira
a corda metálica da guitarra vez, gera corrente induzida de volte a ocupar a posição indicada na Figura 1 o fluxo
a) O funcionamento dos que passa a desempenhar intensidade variável. magnético irá diminuir, pois um menor número de
sensores é explicado pela a f u n ç ã o d e i m ã . A co rd a , b) Como o observador linhas atravessará a espira. Assim, se a espira se
Lei de Faraday, devido ao devido sua vibração, irá se e n c o n t r a - s e e m re p o u s o p movimentar continuamente entre as posições 1 e
surgimento de uma FEM aproximar e se afastar da freqüência percebida por 2, ocorrerá uma variação de fluxo magnético nesse
induzida em decorrência da bobina produzindo variação ele será exatamente igual a intervalo de tempo produzindo o surgimento de FEM
variação temporal de fluxo de fluxo magnético e frequência de vibração da e corrente induzidas. (ver o exeemplo 1)
magnético. induzindo o aparecimento corda da guitarra.

Exemplo resolvido 02 aro é uma espira metálica Solução: corrente induzida responsável A = pR2
circular. Pode-se supor Como a bengala é pelo funcionamento das cos 0o = 1
(UERJ -2001) Um mágico que o plano da espira seja um pequeno imã sua l â m p a d a s. Pa ra s e c a l c u l a r levando na equação acima
passa uma bengala por mantido perpendicular às aproximação ou afastamento a FEM - induzida deve -se temos Eind = 1,2 V
dentro de um aro, de 40 cm linhas de indução magnética do aro metálico produz aplicar a Lei de Faraday:
de raio, contendo pequenas durante o movimento variação de fluxo magnético,
lâmpadas, que se iluminam relativo. Considerando π ~ condição essencial para o
e permanecem iluminadas 3 e admitindo que o campo surgimento da FEM induzida.
enquanto é mantido o magnético varie de zero a Por sua vez, como o aro é
movimento relativo entre os 1,0 T em 0,40 s, calcule a do enunciado temos:
um circuito fechado a FEM
dois objetos. Na realidade, força eletromotriz induzida DB = 1 T
induzida é acompanhada de
a bengala é um ímã e o na espira. Dt = 1 s
Física Pai d’égua 11
Exemplo resolvido 03
O Transformador

Um supermercado dispõe de
um transformador de energia
elétrica que opera com tensão
de 8.800 V no enrolamento
primário e tensões de 120 V
e 220 V, respectivamente, nos
enrolamentos secundários 1
e 2.
Todo dispositivo usado for ligado numa fonte de Considere que os valores das
para transformar corrente corrente continua ele não tensões sejam eficazes e que o
alternada de alta tensão e funcionará. transformador seja ideal.
corrente alternada de baixa A corrente que recebe a tensão A) Determine a relação entre
tensão, ou o contrário, com que será levada ou reduzida é o número de espiras no
baixa dissipação de energia. denominada de enrolamento enrolamento primário e no
O transformador consiste, primário, enquanto a outra é A partir dessa equação Pentrada = Psaida secundário 2.
basicamente, de duas bobinas denominada de enrolamento verifica-se que se N1<N2, U1.i1 = U2.i2 B) Sabendo que a potência
independentes enroladas secundário. Desprezando- a voltagem no secundário no enrolamento primário é
em um mesmo núcleo de se as perdas de energia, será maior (U1<U2), A partir dessa igualdade de 81.000 W e que a corrente
ferro. O transformador é verifica-se que as voltagens portanto o Transformador pode-se entender a pela qual no secundário 2 é 150 A,
dispositivo cujo principio de em cada enrolamento são está elevando a tensão. Por a transmissão de energia calcule a corrente elétrica no
funcionamento baseia-se na proporcionais a quantidade sua se N1 > N2 a voltagem elétrica a longas distâncias enrolamento secundário 1.
indução eletromagnética, de espiras em cada bobina. no secundário será menor é feita à tensões elevadas. Solução: a)
por esse motivo um Assim, chamando de U1 e N1, (U1>U2) e transformador Como Pentrada = Psaida ,
transformador só funciona se respectivamente, a voltagem estará reduzindo a tensão. logo o produto U.i é constate,
houver variação permanente e o número de espiras no Como as perdas de energia assim ao se elevar a tensão
de fluxo magnético através enrolamento primário e U2 são desprezíveis pode-se de transmissão reduz-se a
da bobinas. Essa variação e N2 a voltagem e o número considerar que a potência de corrente elétrica na linha. Por
permanente de fluxo de espiras no secundário entrada, aquela que é recebida outro lado, como a potência
magnético só é conseguida se temos: no enrolamento primário, é dissipada é da por P = Ri2, b) Pentrada = Psaida
o dispositivo for ligado a uma igual a potência de saída no quanto menor a corrente Pentrada = P1 + P2
fonte de corrente alternada, secundário, assim: menor será perda de energia 81000 = 120i1 + 220 x 150
portanto se um transformador elétrica na forma de calor. i1 = 400 A

Nossos Leitores e Internautas Contrapor a ciência à religião é


coisa de gente pouco informada
Se Deus é bom, não pode ser
o autor de todas as coisas que
tanto em um como no outro acontece ao homem.
Veja abaixo o texto escrito pelo professor Wladimir e enviado pela assunto. Platão
internet. Você também pode enviar seu trabalho e nos ajudar a Paul Sabatier 428-438 a.C
1854 – 1941 Filósofo grego
construir o jornal. Químico francês

Qualquer pessoa pode ter


Em ciência, a autoridade de um
A Física no contexto CTS conhecimentos, mas a arte de
pensar é o dom mais escasso da milhar não é superior ao humilde
raciocínio de uma só pessoa.
natureza.
A sociedade como um todo, necessita de de uma bagagem cultural que devem ser Frederico II, o Grande Galileu Galilei
transformações cotidianas, rebuscadas sumariamente exploradas pelos educadores 1712-1786 1564-1642
nos seus próprios anseios. A forma como para a introdução dos conceitos propostos. Imperador da Prússia Físico italiano
tratamos o processo ensino – aprendizagem, “A relação da Física e sua utilização na
no que se refere em particular ao ensino aproximação com fenômenos ligados a
de Física, demonstra claramente a sua situações vividas pelos alunos, seja de origem
importância sensivelmente reduzida diante natural, seja de origem tecnológica, deve ser
da forma como tem sido abordada ao longo uma preocupação constante do trabalho
dos anos. Sempre desvirtuada do contexto didático-pedagógico” (Delizoicov, Demétrio et Msc Edílson Orival
Lima Medeiros
social e tratada como “ciência isolada”, vem al – 1991). Vindo assim enfatizar, ainda mais,
Formado em Formado em
paulatinamente ganhando expressão, por a prática do ensino de ciências em CTS. Engenharia Licenciatura
parte dos educadores, na aplicabilidade A aplicação tecnológica e a pratica Civil pela Plena em Física
da ciência geradora de tecnologia para a experimental são, indubitavelmente, UFPA e mestre pela UFPA,
sociedade. ferramentas poderosas para o despertar de pela UNB. No professor dos
Uma preocupação pungente deve ser que o uma nova cultura que transcende a sala período em colégios IEEP,
ensino de física esteja engajado no contexto de aula. A falta de transdisciplinaridade e que era aluno Souza Franco,
CTS (Ciência, Tecnologia e Sociedade), interdisciplinaridade, geralmente praticada da UFPA já Leonardo da
sendo desta forma, abordada como ciência por professores “Gabriela” (Valente, 2004), trabalhava ministrando aulas Vinci e Ideal Militar. Também é
nos cursinhos de Belém. Depois quase tudo: quase engenheiro
transdisciplinar e interdisciplinar e totalmente não enfoca o ensino da física no contexto CTS,
de formado resolveu abandonar – estudou durante quatro
voltada para os anseios da sociedade, mas traduz uma ciência estanque, acabada, tudo e estudar o mestrado na anos e não se formou; quase
despertando no educando o interesse pela sem despertar o interesse dos alunos, que universidade de Brasília. A mestre – pela geociências; quase
iniciação científica através das aplicações passam a vê-la como uma ilha, no seu próprio desilusão com a profissão de atleta – jogou futebol de botão
tecnológicas que nos rodeiam. isolamento cientifico. “Nós não só herdamos engenharia e a paixão pela sala durante seis anos, na Américo
Uma das perguntas que sempre faço, aos meus da geração anterior os acertos, mas também de aula o trouxeram novamente Santa Rosa, onde chegou a
alunos do ensino médio, no meu primeiro dia os seus erros” (Paraná, 1998) e cabe somente para Belém. O Colégio Moderno, ser campeão durante 3 anos
de aula: “Por que se estuda, especificamente, a nós o discernimento entre os erros e onde hoje é coordenador de seguidos; quase músico – tentou
física, biologia e química somente a partir do acertos, para que, inseridos no contexto CTS, Física, sempre precisou de aprender tocar violão, mas as
seu trabalho e o recebeu como cordas atrapalhavam muito.
ensino médio?” Lamentavelmente fico sem possamos contribuir, através da educação ,
membro da família modernista. Quase plantou uma árvore,
a resposta! - Evidentemente sabemos que para a construção de uma sociedade mais A sua passagem também foi quase escreveu um livro e vive
para melhor compreensão dos fenômenos justa. marcante no antigo colégio treinando pra fazer mais filhos.
que devem ser estudados pelas disciplinas Cearense. Hoje é professor dos Atualmente é dono de um jornal
em questão, os educandos necessitam Por: Prof. Eng. Wladimir Afonso Lobato Borges colégios Moderno e Ideal Militar que quase tá dando certo.
de uma vivência pessoal mais apurada e – Dezembro / 2004 e do cursinho Phisics.
12 Física Pai d’égua

Sinais do Universo

U
m casal estava dormindo
profundamente como
inocentes bebês. De
repente, lá pelas 3 horas da
manhã, a mulher escuta ruídos
fora do quarto. Quase que
no reflexo, vira-se e diz para o
homem:
– Rápido, deve ser o meu
Escalas Termométricas marido!
O cara se levanta espantadíssimo
velocidade tangencial Celsius Farenheit Kelvin e peladão, sem pensar, pula
pela janela. Volta em alguns
v = wR 100oC 212oF 373 K segundos:
aceleração centripeta – Desgraçada... O seu marido
sou eu!
acp = w2R

D
ois argentinos estavam
0oC 32oC 273 K no Brasil totalmente sem
grana. Aí um deles teve
uma idéia:
– Vamos nos separar para pedir
dinheiro. Cada um vai para um
lado e no final do dia nos reunimos
para ver quanto arrumamos.
Bem de noitinha, os dois se
enecontram de novo para a partilha
do dinheiro arrecadado.
transmissão de movimentos – E aí, quanto dinheiro você
velocidade angular igual
ganhou?
– Só 10 reais.
w1 = w2 – E como fez? Como cientista, é difícil de acreditar que ele recebe mais
– Fui ao parque e escrevi no mensagens do que nós
velocidade tangencial igual cartaz: “No tengo trabajo, tengo
três hijos que atender, por favor,
necesito ayuda”. Esse povo

O
honrado foi me dando dinheiro. cara chega ao serviço todo arranhado, mordido, com o terno
v1 = v2 E você, quanto ganhou? rasgado, gravata torta. Ao ver aquela figura grotesca, seu
– Consegui 8,8 mil reais. colega pergunta:
– Mas o que você fez? - O que aconteceu, cara, sofreu algun acidente?
– Eu escrevi um cartaz que dizia - Não, rapaz, acabei de enterrar minha sogra!
assim: “Yo necesito 1 real para - Mas e quanto a esses ferimentos?
regressar a Argentina”. - É que a velha não queria entrar no caixão de jeito nenhum!!!

Você nunca viu preparação como esta


tenha um emprego estável
Equipe inimitável com caráter próprio
- trabalhe apenas 6h por dia Michelli Guidolini
- receba seus direitos e salários em Ruk de Oliveira
Thiago Ximenes
dias
Izonete Carvalho
- não deixe que as incertezas do Lobão
mercado acabem com seu emprego Eline
José Cláudio
Isac Rodrigues
seja servidor público Panfilio Lobato
Silvio Caminha
nível médio nível médio
e superior
MPU PRF

Único
apenas 55 alunos por turma

Ministério Público da União.


(edital publicado)
Policia Rodoviária Federal Originale Concursos
certeza de aprovação em concursos públicos

Travessa Vileta 2440. Entre Almirante Barroso e 25 de Setembro. cursooriginale@yahoo.com.br 3246.1720