Você está na página 1de 1

A Teoria quimiosmtica de Mitchell descreve a produo de

ATP medida que explica o fluxo de eltrons (hidrognio) atravs da


membrana. Sendo que os ons ATP passam de uma rea elevada
concentrao de prtons para outra de menor concentrao.
Sendo que essa teoria descreve a maioria da produo de
ATP

celular

como

proveniente

de

diferenas

de

gradiente

eletroqumico gerado nos lados opostos da membrana mitocondrial


utilizando NADH e FADH2 formado no catabolismo celular.
Essa teoria explica que molculas de glicose metabolizadas
so produzindo um intermedirio de alta energia o acetil-CoA. Sendo
que essa oxidao se processa com a reduo de uma molcula
transportadora de NAD+ ou FAD. Esses transportadores passam
eltrons

pela

referida

cadeia

transportadora

da

membrana

mitocondrial interna. Sendo que essa passar outras protenas pela


membrana mitocondrial interna. Sendo que a energia produzida
nessa via gera capacidade de bombeamento de prtons pela
membrana mitocondrial interna. Isso da a capacidade da clula
armazenar energia na forma de gradiente eletroqumico.
Sendo que esse processo de quimiosmosse dependente da
enzima ATP sintase. Pois, ele, que permite que os prtons
atravessem a membrana fosforilando o ADP para gerar ATP que
produz energia para a clula.