Você está na página 1de 13

LISTA DE EXERCÍCIOS – MOVIMENTO UNIFORME PROFESSOR FLÁUDIO – 2015

Questão 01 - (UFG GO)
Um jogador de futebol, rente à lateral direita do campo, faz um lançamento oblíquo
ao longo dessa lateral. O chute imprime à bola uma velocidade de 25 m/s. Em
decorrência de um vento horizontal, ela também adquire uma velocidade de 6 3
m/s, perpendicular à direção do lançamento. A bola atinge o solo na outra lateral do
campo, cuja largura é de 45 m. Desprezando a resistência do ar e considerando g =
10 m/s2, calcule:
a) o ângulo de lançamento com a horizontal.
b) a altura máxima alcançada pela bola.
Gab:
a)  = 60º
b) h  23,4 m
Questão 02 - (UEG GO)
A órbita do planeta Terra, em torno do Sol, possui uma distância aproximada de 930
milhões de quilômetros. Sabendo-se que o ano possui 365 dias e 5 horas, a
velocidade média exercida pela Terra para executar essa órbita é, aproximadamente,
de
a)
b)
c)
d)

106.103 km/h
1.061 km/h
106 km/h
10,6 km/h

Gab: A
Questão 03 - (FMABC)
Duas esferas de dimensões desprezíveis dirigem-se uma ao encontro da outra,
executando movimentos retilíneos e uniformes (veja a figura). As esferas possuem
velocidades cujos módulos valem 4m/s e 7m/s. A distância entre elas nos 4
segundos que antecedem a colisão é de

a) 50
b) 44
c) 28

as seguintes afirmações são CORRETAS. nadadora A B C D E ida 1. Gab: B Questão 07 .d) 16 e) 12 Gab: B Questão 04 . Supondo que o cabelo não seja cortado e nem caia. direção e sentido. o comprimento total.(UnB DF) Qual é o tempo gasto para que um metrô de 200m a uma velocidade de 180km/h atravesse um túnel de 150m? Dê sua resposta em segundos. d) A energia cinética da partícula será conservada. exceto: a) O momento linear da partícula mantém-se constante durante o movimento.25 0.90 0. em metros por segundo.00 1. que quatro nadadoras apresentaram na ida e na volta nadando estilo livre em uma piscina de 50 metros de comprimento. c) A posição da partícula dependerá linearmente do tempo.80 volta 1.70 Qual delas fez a virada em primeiro lugar? a) A .(UEL PR) Sabe-se que o cabelo de uma pessoa cresce em média 3cm a cada dois meses. b) A força resultante não-nula que atua na partícula é constante em módulo.60 0.80 1. consideradas constantes. e) A aceleração do movimento da partícula será nula.(PUC MG) A tabela abaixo contém as velocidades.(UFLA MG) Considerando uma partícula em movimento retilíneo com velocidade constante.60 0. após terem se passado 10 anos será: a) 800mm b) 1200mm c) 1000mm d) 1800mm e) 150mm Gab: D Questão 06 .50 0.00 0. Gab: 07 Questão 05 .

Ele supõe. uma parada com duração aproximada de a) 4 minutos b) 7 minutos c) 10 minutos d) 15 minutos e) 25 minutos Gab: C Questão 10 . com velocidade constante de 100km/h." É claro que esta pergunta tem por sua imediata reação: " Calcular o quê?" "E você recebe como resposta: . respectivamente. uma grandeza sem qualquer significado físico. Os dois veículos passam lado a lado em um posto de pedágio. o motorista do ônibus vê o automóvel ultrapassá-lo.(UFSC) Alguma vez já lhe propuseram a questão sobre "um trem trafegando numa via férrea. nesse período. que o automóvel deve ter realizado. podemos dizer que ela representa: a) b) c) d) e) a diferença entre as acelerações dos dois automóveis. que é avistado por uma vaca que está no meio dos trilhos? Calcule. Quarenta minutos (2/3 de hora) depois. nessa mesma estrada.b) c) d) e) B C D E Gab: B Questão 08 . mantendo velocidades constantes em torno de 100 km/h e 75 km/h. Gab: B Questão 09 . a diferença entre as velocidades dos dois automóveis. a diferença entre as distâncias percorridas pelos dois automóveis.(FUVEST SP) Um automóvel e um ônibus trafegam em uma estrada plana. Com relação à área hachurada. então.(FURG RS) O gráfico representa o módulo das velocidades de dois automóveis como função do tempo. a aceleração do automóvel A em relação ao automóvel B.

das cidades X e Y. 10 10 5 5 | 0 | 2 | 4 | 6 8 -5 | | 4 6 8 t( s ) V ( m /s ) d. respectivamente. iguais a v e v/3. 10 10 5 5 0 | 2 -5 V ( m /s ) c. . seria necessário conhecer 01. que partem.(UFBA) A figura representa dois automóveis. | 0 t( s ) | | 2 | 4 | 6 -5 8 t( s ) 0 | | 2 | 4 | 6 8 t( s ) -5 Gab: B Questão 12 . a potência do motor da locomotiva 02. dentre outras coisas. o vetor velocidade média com que a vaca se desloca. o comprimento da vaca. o peso do maquinista. 32. 64. 04. S (m ) 10 0 1 2 3 4 66 5 7 8 t( s ) -1 0 O gráfico de v x t que melhor representa o movimento acima é: V ( m /s ) a. no mesmo instante e seguem a mesma trajetória retilínea rumo à cidade Z. a largura do trem. V ( m /s ) b. desprezando-se os problemas pessoais e psicológicos da vaca. 08. o peso da vaca. e a cidade Y situa-se a 18km da cidade X. Gab: 02-08-16-32 Questão 11 . Sabe-se que A e B desenvolvem velocidades constantes de módulos.(UFLA MG) O gráfico abaixo representa a variação das posições de um móvel em função do tempo (S = f(t)). respectivamente. a distância entre a vaca e a locomotiva quando esta é avistada. A e B.O susto que a vaca vai levar!" Mas será que ela realmente se assustaria? Para responder a esta questão. 16.

em função do tempo t. em litros.1 minutos e) 1. Questão 15 . onde x é dado em metros e t em segundos.(PUC PR) Dois veículos A e B percorrem a mesma pista reta a velocidades constantes de VA = 35 m/s e VB = 25 m/s.3 minutos b) 30 segundos c) 60 segundos d) 0. determine. . Gab: 15 Justificativa: De acordo com a equação horária x(t) = 15 – 2 t tem-se que xo = 15 m e v = – 2 m/s. No momento em que o veículo A está a 30 m na frente do veículo B. em média.(UFPE) A equação horária para o movimento de uma partícula é x(t) = 15 – 2 t. Calcule o tempo. em s. o veículo B acelera com uma taxa constante de 5 m/s2. Portanto.X Y Z Considerando-se que os veículos chegam juntos à cidade Z e fazem. o total de combustível consumido pelos dois veículos. Qual é o intervalo de tempo para que o veículo B alcance o veículo A? a) 0. para que a partícula percorra uma distância que é o dobro da distância da partícula à origem no instante t = 0 s. Gab: 04 litros Questão 13 . 9km por litro de combustível. respectivamente.2 minutos Gab: D Questão 14 . quando a distância percorrida for 2  xo = 30 m teremos  x = – 30 m = – 2 t  t = 15 s.(PUC MG) O gráfico mostra a velocidade (v) de um objeto em movimento retilíneo.

d) A partir do instante 1. O movimento do ar em um parque eólico foi monitorado observando o deslocamento de partículas suspensas durante intervalos de tempos de duração irregular.(UFABC) Técnicos advertem que mínima velocidade do vento é indispensável A instalação de turbinas eólicas é conveniente em locais cuja velocidade média anual dos ventos seja superior a 3. DESLOCAMENTOS (m) INT ERVALOS DE T EMP O(s) .135 27 A partir de uma trajetória de origem convenientemente definida e supondo que o ar se movimente com aceleração nula.90 18 .6 m/s.175 35 .4 m.8 s .Sobre o movimento do objeto. c) Até 1. das funções apresentadas. Gab: D Questão 16 . a distância percorrida pelo móvel foi de 2. b) Entre os instantes 0 e 0. aquela que pode ser associada ao deslocamento do ar nessa região é a) b) c) d) e) s = 20 – 5  t s = – 5 + 15  t s = 10 – 25  t s = – 20 + 5  t s = 15 – 30  t Gab: A .2 s . pode-se afirmar que o objeto tende a parar.2 s . o objeto está em movimento retilíneo uniformemente variado. é CORRETO afirmar: a) Analisando-se o gráfico como um todo. o objeto passa a se se mover em movimento retilíneo uniforme.

(UFBA) As comemorações dos 40 anos da chegada do homem à Lua trouxeram à baila o grande número de céticos que não acreditam nessa conquista humana. . A tabela relaciona os dados de posição em função do tempo. Em um programa televisivo. como indica a figura. a medida da distância Terra-Lua pudesse ser realizada periodicamente. e com boa precisão.Questão 17 . pela medida do intervalo de tempo t que um feixe de laser percorre o caminho de ida e volta. e escreva a função horária da posição da gota. em cm/s. Gab: V = –15 cm/s s = 120 – 15t {t em segundos. dentro do qual uma gota de água descia verticalmente. da Terra. transparente e cheio de óleo. determine a velocidade.(UNESP) Um estudante realizou uma experiência de cinemática utilizando um tubo comprido. s em centímetros Questão 18 . um cientista informou que foram deixados na Lua espelhos refletores para que. obtidos quando a gota passou a descrever um movimento retilíneo uniforme. A partir desses dados.

Tânia está 4 km à sua frente. um passeio de bicicleta em torno de uma lagoa. que acaba de passar pela igreja. juntas. Ângela passa pela igreja 10 minutos após o telefonema de Tânia. Com base nessas informações. apenas a observação II está certa. Gab: 375000km Questão 19 . II. em função do tempo: Após 30 minutos do início do percurso. é igual a 3108m/s e desprezando os efeitos da rotação da Terra.5s. é CORRETO afirmar que a) b) c) d) apenas a observação I está certa. Tânia avisa a Ângela. está registrada a distância que cada uma delas percorre. por telefone. Gab: C . calcule a distância Terra-Lua. são feitas duas observações: I.Um grupo acompanhou uma medida realizada por um cientista. Neste gráfico. nenhuma das duas observações está certa. ambas as observações estão certas. Considerando que a velocidade da luz. Quando Ângela passa pela igreja. no vácuo.(UFMG) Ângela e Tânia iniciam. na qual t = 2. Considerando-se a situação descrita.

está a 2. adote para g. estudantes em uma sala de aula afirmaram o seguinte: I.TEXTO: 1 .(PUC MG) . II. para c. aceleração da gravidade na superfície da Terra. a Via Láctea.5 × 10 6 anos-luz de Andrômeda. o valor de 10 m/s 2. II. Gab: E Questão 21 .Comum à questão: 20 OBSERVAÇÃO: Nas questões em que for necessário. a galáxia mais próxima da nossa.5 milhões de anos para chegar à Via Láctea. III. A distância entre a Via Láctea e Andrômeda é de 2. Questão 20 .(PUC PR) Dois motociclistas. No início da contagem dos tempos suas posições são Xá = 20m e Xb = 300m. O tempo decorrido em que o motociclista A ultrapassa e fica a 100m do motociclista B é: a) b) c) d) e) 56s 86s 76s 36s 66s Gab: C Questão 22 . A luz proveniente de Andrômeda leva 2. II e III. o valor de 3 × 108 m/s.5 milhões de km. I e III. Com base nessa informação. percorrem uma pista retilínea com velocidades constantes Va = 15m/s e Vb = 10m/s. 1 ano tem aproximadamente 3 × 107 s Está correto apenas o que se afirma em a) b) c) d) e) I. III. velocidade da luz no vácuo. A e B. A distância entre a Via Láctea e Andrômeda é maior que 2 × 1019 km.(FUVEST SP) Astrônomos observaram que a nossa galáxia.

determine a distância entre duas juntas consecutivas.Comum à questão: 24 Para seus cálculos. Considerando que a distância entre essas duas cidades é de 72 km. A intervalos regulares de 9 segundos. Gab: C TEXTO: 2 .(UFTM) Em uma viagem pelo interior de Minas Gerais. sempre que necessário. partindo do repouso da cidade de Sacramento às 20h30. O movimento é retilíneo e uniforme. c) Termômetro é um instrumento que mede temperatura. manteve uma velocidade constante e igual a 36 km/h. atingiu a velocidade de 10 m/s em algum instante. b) Manômetro é um instrumento que mede a pressão de gases. permaneceu parado durante algum intervalo de tempo após a sua partida. a) Barômetro é um instrumento que mede a pressão atmosférica. não ultrapassou a velocidade de 10 m/s. utilize os seguintes valores para as constantes físicas: Questão 24 . um motorista. o motorista percebe a passagem do automóvel sobre cada uma das juntas de dilatação do viaduto. nessa viagem. é correto afirmar que. chegou à cidade de Uberaba às 22h30 do mesmo dia. d) Hodômetro é um instrumento que mede velocidade.ASSINALE A OPÇÃO INCORRETA.(UERJ) Um motorista dirige um automóvel em um trecho plano de um viaduto. Sabendo que a velocidade do carro é 80 km/h. . o veículo a) b) c) d) e) manteve velocidade superior a 72 km/h em todo o percurso. Gab: D Questão 23 .

Gab: C Questão 26 . 925. ou seja. se um navio consegue adquirir.(Fac. Santa Marcelina SP) O gráfico representa o deslocamento de uma pessoa em função do tempo em uma caminhada. . um nó é a velocidade de um navio que percorre uma milha no intervalo de tempo de uma hora.(IFSP) Embarcações marítimas. 20 nós de velocidade constante. 320. Um nó equivale a uma milha horária. em função do tempo. 370. Então. como os navios. percorrida pelo carro no intervalo de 20 segundos é igual a a) b) c) d) e) 167 500 600 1000 1200 Gab: B Questão 27 . uma distância aproximada. navegam com velocidade que pode ser medida em unidade chamada “nó”. em km. ele percorrerá durante uma viagem de 10 horas. no máximo. em metros. 480. A distância.Gab: 200 m Questão 25 .(UNIFICADO RJ) A figura apresenta o gráfico da velocidade de um carro. de Adote: 1 milha = 1852 m a) b) c) d) e) 200.

é igual a: Dado: aceleração da gravidade g = 10 m/s2 a) b) c) d) e) 1 2 3 4 5 Gab: A Questão 29 . em que h é a altura expressa em metros. Passados 5 anos do plantio de uma dessas árvores.A velocidade média desta pessoa.8 b) 48. pode ser modelado pela equação h = at2 .5 m/s. 1. Neste caso.3 .(UEPA) O crescimento em altura de uma determinada espécie de árvore. 3. 2.2 m/ano 2 é uma constante e t é o tempo em anos. a = 0.4. o intervalo de tempo que o fruto levará para atingir o solo. Gab: C Questão 28 . em segundos.6. um fruto se desprende do ponto mais alto de sua copa.0. 6.(UEL PR) Um pequeno animal desloca-se com velocidade média igual a 0. A velocidade desse animal em km/dia é: a) 13. a partir do plantio. em km/h.0 km foi.8.0. ao caminhar 1. aproximadamente a) b) c) d) e) 5.

no trecho retilíneo de uma avenida e não viu um outro carro parado no sinal a sua frente. O motorista que causou o acidente mentiu e afirmou estar dirigindo a 60 km/h quando ocorreu a colisão.2 d) 1. medida pela perícia.80 e) 4. conforme a figura abaixo: Não conseguindo frear.30 Gab: C Questão 30 .c) 43. Gab: a) Pela conservação do momento linear. a) Mostre que a velocidade dos carros imediatamente após a colisão é igual à metade da velocidade vo do carro que estava em movimento. mvo + 0 = 2mv  v = Vo/2 b) dment = 1/4 dver . caso o motorista estivesse dizendo a verdade. colide frontalmente com o carro parado e o arrasta por uma distância d.(UERJ) Um motorista imprudente dirigia um carro a uma velocidade v o = 120 km/h. Considere iguais as massas dos carros e de seus ocupantes. b) Calcule a fração da distancia d que os carros teriam percorrido após a colisão.