Você está na página 1de 1

Omedica é um software que permitirá resolver os problemas de

esquecimento da toma de medicamentos. E como surgiu esta ideia?
Bem, ela surgiu pois alguns dos membros do grupo tem familiares
que se esquecem frequentemente de tomar os seus medicamentos.
Resolvemos então pesquisar sobre o assunto e descobrimos que é um
problema que a maioria das pessoas tem. Por exemplo um estudo
conduzido na Inglaterra envolvendo 303 pacientes dividos
aleatoriamente em 2 grupos (pacientes alertados e pacientes não
alertados), mostrou que 25% dos pacientes que não eram alertados
via SMS pararam de tomar o medicamento ou tomaram menos de um
terço do que o receitado. Nos pacientes alertados via SMS apenas
acontecia o mesmo a 9%, uma vez que só nos primeiros 15 dias é que
foram alertados diariamente e apos esse período passaram a ser
alertados Semanalmente.

Mas em que é que consiste Omedica afinal? Basicamente irá conter
um micro processador ligado a um led instalado na gaveta que
contem os medicamentos, que informa uma pessoa que esteja
responsável pelo idoso sempre que o medicamento não seja tomado
5 minutos após a hora. O idoso será também notificado através de
um alerta emitido por um relógio de pulso quando chegar a hora da
toma do medicamento. Já existem aplicações como o Pill reminder
que alertam o paciente através de uma aplicação móvel, quando
estes necessitam de tomar o medicamento. Existe também uma
maquina que disponibiliza ao paciente a dose certa para um
determinado dia. O que pretendemos com o nosso produto é a junção
dos dois sistemas de modo a criar um sistema de alerta quando o
paciente não tome os medicamentos. Este ponto é o que irá distinguir
o nosso produto da concorrência. Tudo o que existe são sistemas
separados e que não alertam um responsável caso o paciente não
tome os medicamentos. O nosso produto irá manter um controlo
sobre o horário em que o medicamento foi tomado assim como
notificar um responsável caso não se verifique o que espectável.
Achamos que o nosso produto tem potencial de negócio pelas razões
já mencionadas e por isso gostaríamos de saber a vossa opinião.
Obrigado