Você está na página 1de 8
Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão Diretoria de Segurança da Informação e Continuidade de Negócio Guia
Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão Diretoria de Segurança da Informação e Continuidade de Negócio Guia

Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão Diretoria de Segurança da Informação e Continuidade de Negócio

Guia Rápido — AxCrypt

Soft ware para criptografia e deleção segura de arquivos

Outubro, 2015

Guia rápido para uso do AxCrypt

  • 1. Procure o ícone do Portal de Software Symantec em sua área de trabalho, ou

no menu Iniciar, e dê um duplo clique sobre ele.

Guia rápido para uso do AxCrypt 1. Procure o ícone do Portal de Software Symantec em
  • 2. Instale o AxCrypt em sua máquina com um duplo clique no nome do AxCrypt

e indicando o horário para a instalação (o padrão são 2 minutos a partir do tempo da seleção)

Guia rápido para uso do AxCrypt 1. Procure o ícone do Portal de Software Symantec em

3.

A tela de instalação deve aparecer depois do prazo indicado no item acima.

Nenhuma ação é necessária, o software é instalado automaticamente.

  • 4. Para usá-lo, clique com o botão direito do mouse no arquivo que deseja

criptografar. Será possível ver o ícone e nome do AxCrypt no menu de opções:

3. A tela de instalação deve aparecer depois do prazo indicado no item acima. Nenhuma ação
  • 5. Mantenha o mouse sobre o ícone e nome do AxCrypt, e abrirá o segundo

menu de opções com as ações para o software. Clique em encriptar para criptografar o arquivo escolhido:

3. A tela de instalação deve aparecer depois do prazo indicado no item acima. Nenhuma ação

6.

Após clicar em encriptar, o AxCrypt pedirá para digitar uma senha e para

confirmá-la logo abaixo.

  • a. Além disso, também nessa tela, é possível selecionar a opção Lembrar esta

senha para decriptar. Essa opção memoriza a senha que você digitou na sua máquina (e somente na sua conta), não sendo necessário digitá-la toda vez que for abrir o arquivo A senha será armazenada na memória pelo tempo que durar

sua sessão de usuário. Caso use esta opção, fique atento para não se ausentar de

sua máquina sem fazer o bloqueio de sua sessão.

  • b. Ressalte-se que se outra pessoa tentar abrir o arquivo, o AxCrypt pedirá a

senha.

6. Após clicar em encriptar , o AxCrypt pedirá para digitar uma senha e para confirmá-la
  • 7. É só dar OK e pronto! O arquivo está protegido e agora somente pode ser

aberto por você ou por quem souber a senha que você criou.

  • a. A extensão do arquivo muda para .axx, mas o arquivo não é alterado;

  • b. O arquivo pode ser aberto com um clique-duplo, como se não estivesse

criptogrado;

  • c. Qualquer alteração feita no arquivo criptografado será salva normalmente, seja no Word, Excel ou outro formato. Não é necessário decriptografá-lo para efetuar alterações.

6. Após clicar em encriptar , o AxCrypt pedirá para digitar uma senha e para confirmá-la

8.

Caso seja necessário armazenar muitas senhas de arquivos diversos

criptografados, pode-se criar um arquivo Word ou TXT com todas as senhas e

criptografá-lo. Assim só é necessário memorizar uma senha, a senha deste arquivo com todas as senhas.

8. Caso seja necessário armazenar muitas senhas de arquivos diversos criptografados, pode-se criar um arquivo Word

Atenção : Se a senha for esquecida, não será possível recuperar o arquivo.

Outras opções

Além das operações básicas de encriptar e decriptar mostradas anteriormente, o software apresenta as seguintes opções em seu menu:

“Encriptar e copiar” Faz uma cópia do arquivo e criptografa esta cópia (opção perigosa e sem sentido se os arquivos forem ficar no mesmo computador, pois um ficará criptografado e o outro não);

“Encriptar para .EXE” – Criptografa o arquivo com extensão “.EXE (também conhecida como “Auto-Extração Segura”)”. Esta opção é útil quando o arquivo for copiado para um computador que não possui o “AxCrypt” instalado. Para a criação de arquivos com “Auto-Extração” há uma limitação de 2 GB;

“Renomear” – Altera o nome do arquivo criptografado com uma codificação própria,

no sentido de dificultar a identificação do mesmo. Ao descriptografar o arquivo, o nome

original será restaurado;

“Excluir senhas memorizadas” – Limpa a “frase senha” da memória (“Área de Transferência”);

“Destruir e Deletar” – Retalha e Deleta o arquivo. Este método é mais seguro que o tradicional “deletar com shift” ou “limpar a lixeira do Windows” porque primeiro o arquivo é “retalhado” para depois ser apagado.

OBS: Caso um arquivo com a extensão “.axx” seja copiado para outro computador, será necessário que este outro computador também tenha o “AxCrypt” instalado para “descriptografar” o referido arquivo. Como visto acima, criptografar com a extensão “.exe” é útil em situações como esta.