Você está na página 1de 4

Movimentação e Passe - 18/11/00

Objetivo: Melhorar a movimentação e o passe de manchete


Duração: 20 minutos
Material: uma bola de voleibol para cada dois
Faixa etária:adolescentes de 13 a 17
Parte Prática: As duplas ficam no meio da quadra de voleibol, um de frente para o outro.
Um dos dois fica lançando a bola na direção do outro que vai recepcionar a bola no
meio da quadra, retorna a bola para o lançador e corre até a linha lateral e recebe de
novo a bola, devolvendo sempre de manchete . Depois troca quem estava lançando vai
recepcionar e vice-versa .
Observação: Depois para variar, usa-se como referência a linha lateral da quadra de
futebol e ao invés de lançar, corta a bola para o recebedor

Voleibol-Aprendizado do Saque - 11/05/01

Objetivo: assimilação do movimento


Duração: 2 horas
Material: peteca , bola de volei
Faixa Etária: 12 anos iniciantes
Parte Prática:
Primeiro faremos um alongamento cerca de 20 minutos, após faremos uma corrida de 5
minutos.
Usaremos a metodologia do voleibol com petecas ensinado aos alunos o movimento
correto do saque,ou seja, um jogando para o outro, depois sacando por cima da rede
com as petecas.
Ao final da aula cada aluno pegará uma bola e tentará sacar corretamente.Faremos um
relaxamento e encerraremos a aula.

Observação: surgem muitas dúvidas dos alunos durante a aula, responda a todas com
clareza e fazer uma aula cheia de brincadeiras para ela não fique muito séria e chata.
Cleidy Elias Gonçalves,23 anos, cleidy.elias@bol.com.br,

Circuito de Vôlei - 19/12/01

Objetivo: verificação de aprendizagem dos fundamentos de toque e manchete e seus


respectivos deslocamentos utilizados;
Duração: 60 minutos
Material: bolas de vôlei e cones;
Faixa Etária: 10 a 13 anos
Aproveitamento: Recreação

Parte Prática:
Primeira parte: aquecimento e alongamentos. O aquecimento pode ser em forma de
brincadeiras como: piques, corridas, movimentação dos membros.
Segunda parte: parte principal (circuito com 8 estações);

primeira estação: deslocamentos p/ frente e p/ trás;


segunda estação: deslocamentos laterais;
terceira estação: abdominais;
quarta estaçao: toque curto com deslocamento rápido para frente;
quinta estação: toque longo com deslocamento para trás;
sexta estação: toque por cima com deslocamento lateral;
sétima estação: manchete curta com deslocamento rápido a frente;
oitava estação: manchete longa com deslocamento para trás.

Cada execuçao terá a duração de 40 segundos e os exercícos srão feitos em duplas. A


partir da quarta estação deverá ser feito um intercalação entre os participantes da dupla,
enquanto um faz o outro descansa. Serão feitas 2 passagens pelo circuito para que todos
os dois façam todos os tipos de exercícios.
A volta a calma será feita com um treino de saque.

COMENTÁRIOS: esta é uma aula que deve ser feita com crianças que ja tenham um
mínimo de domínio dos fundamentos toque e manchete.
Alexandre Ribeiro da Silva, 30 anos,
311229@bol.com.br
Niteroi, RJ

Saque por baixo ( Seqüência Pedagógica) - 16/03/04


Objetivo: Ensinar aos alunos a sacar por baixo, levando em consideração uma seqüência
nas ações motoras, partindo das mais simples para as mais complexas.
Duração: 50 minutos
Material: bolas de plástico para iniciação, quadra, rede de voleibol.
Faixa Etária: 11 anos em diante

Aquecimento - alunos divididos em duas colunas com mesmo número de pessoas, bolas
colocadas no meio da quadra em frente as colunas. Os alunos deverão ao sinal buscar a
bola pulando como sapos e na volta trazer a bola andando como carangueijo e passar
para o colega que fará o mesmo, ganha a equipe que todos os integrantes cumprirem a
tarefa. (10 min)

Desenvolvimento - alunos dispostos em duplas e cada dupla com uma bola, um dos
alunos ficará sobre a linha de ataque de uma das quadras e de frente para a rede. O seu
colega fará o mesmo só que na outra quadra.
1º passo: o professor demonstrará como é a postura das pernas para o saque por baixo,
alunos destros com a perna esquerda, joelhos semi-flexionados, quadril encaixado e
tronco ligeiramente inclinado a frente, para os canhotos a perna a frente será a
direita.Agora ele irão rolar a bola pelo chão e por baixo da rede até seus colegas com a
mão que saca. Depois que eles já estiverem situados com essa forma vc pedirá que eles
façam um balanceio com o braço antes de rolar a bola pelo chão.
2º passo: na mesma posição de base os alunos agora irão lançar a bola para o colega por
baixo da rede sem que a mesma toque no chão, não esquecer que eles devem fazer o
balanceio do braço antes de lançar. Após a assimilação deste passo o professor pedirá
que os alunos permaneçam com a base que já foi dita e segurem a bola com a mão
esquerda (destros) e direita (canhotos), eles faram o balanceio com o braço contrário da
bola e lançarão a bola por baixo da rede sem tocar no chão com o braço contrário que
estava segurando a bola.
3º passo: Agora agrupando todos os procedimentos desde a base até o segurar a bola
com a mão e pedirá para que ele comecem a realizar o saque por baixo para o colega
dessa vez por cima da rede, mas mantendo a distância inicial, o professor deve observar
e corrigir os erros, já que muitos lançaram a bola alta demais, outros formarão uma
espécie de "copo" com a mão e errarão a direção ou até mesmo a bola, por isso
aconselho pedir para que saquem com o braço supinado e mão fechada, já que aumenta-
se a região de contato com a bola, entre outros erros. Depois que você sentir que eles já
estão dominando bem o movimento comece a aumentar a distância entre eles, assim
estará começando a mostrar-lhes uma noção de qual força deverão imprimir para cada
distância, melhorando a precisão e regularidade do saque.(tempo total do
desenvolvimento - 30 min)

Desaquecimento - dividir dois grupos um em cada lado da quadra sobre suas respectivas
linhas de ataque e de frente para a trave de futsal do seu campo, pedir que eles realizem
o saque em direção ao gol . Criar uma pontuação:
ex: bola fora= 0 pontos, na trave=2 pontos e gol= 5 pontos por exemplo. (10 min)

Comentários: Ao ensinar é necessário ter em mente que devemos ter uma seqüência,
para que nosso aluno aprenda com maior facilidade e determinado gesto. No voleibol
por ter uma gama maior de movimentos não-naturais, essa seqüência acaba se tornando
ainda mais fundamental. Observe sua turma e trace estratégias para alcançar o objetivo
que é uma aprendizagem satisfatória. Boa Sorte!!!
Paulo Henrique de Menezes Brandão , 19
phsuper10@ig.com.br
fortaleza - Ceará - Brasil

Exercícios para voleibol - Toque e Manchete - 9/10/2009

Aquecimento:
Brincadeira DURÁ: em espaço reduzido, divide-se a turma em três grupos, de forma
que dois elementos de cada grupo serão os duradores. Estes devem encostar a mão no
colega, que ao ser tocado deve ficar estático. Nesta fase não há salvamento.
Variação I: reduz em dois grupos, aumentando o espaço. Nesta fase há salvamento, que
será da seguinte forma: o aluno durado deve ficar estático na posição de pernas e braços
abertos, e os demais alunos que não estão duros, devem tocar a mão dos que estão duros
para salvá-los.
Variação II: somente um grupo, espaço ampliado, o salvamento deve ser o seguinte: os
alunos duros devem permanecer na posição descrita anteriormente, sendo que os que
não estão duros para salvarem devem passar por entre as pernas dos que estão duros
para os salvarem.
Em todos os casos podem-se realizar variações quanto ao salvamento, do tipo só as
meninas podem salvar neste momento; meninos salvam as meninas e vice versa.

Segunda Parte da Aula: Aula Propriamente Dita


1ª Atividade: Manchete Ball: formar trios, cada qual com uma bola. Devem quicar a
bola e executar a manchete. Assim que executar a manchete, deve deixar a bola quicar
para que o colega realize o movimento.
Variação I: executar a atividade sem deixar a bola quicar, o mais rápido possível.
Variação II: executar a atividade, porém os alunos em movimento de circulo.

2ª Atividade: Toque Ball: os mesmos trios, devem novamente executar o toque,


deixando a bola dar um quique para que o colega possa realizar o movimento.
Variação I: realizar o movimento de toque em suspensão.
Variação II: executar o toque dois a dois, sendo que o terceiro deve posicionar-se entre a
dupla e tentar interceptar a bola. Assim que conseguir, o último que tocou na bola vai
para o meio da dupla.

3ª Atividade: Roda Alternada: formar grupos de nove alunos, estes dispostos em


circulo, deve executar a manchete e o toque, sendo estes alternados (manchete, toque,
manchete, toque...). Nesta parte admite-se um quique da bola.
Variação I: a mesma atividade anterior, porém sem o quique da bola.
Variação II: os alunos caminhando, em circulo e realizando os movimentos sem deixar
a bola quicar.

4ª Atividade: Três Toques: continuar os grupos de nove alunos, estes devem realizar
três toques sem deixar a bola quicar, sendo que ao completar o terceiro toque deve
tentar carimbar um colega do grupo. O gesto de carimbar é o mesmo da atividade
(toque).
Variação I: o mesmo exercício anterior, porém agora é de manchete.

5ª Atividade: Círculo Fundamental: um grande circulo e cinco bolas. Os alunos devem


executar o toque e a manchete sem deixar a bola cair. Inicia-se com uma bola e vai
introduzindo as demais com o tempo com o máximo de cinco bolas na roda.

6ª Atividade: Kick Vôlei: turma dividida em quatro grupos iguais. O jogo: dois contra
dois, cada qual em um espaço determinado como campo de jogo. Irão jogar um vôlei
adaptado onde o objetivo é acertar a bola dentro dos bambolês colocados em locais
estratégicos dentro da quadra do adversário. A equipe que receber a bola deve
obrigatoriamente deixá-la dar um quique que se ocorrer dentro de um bambolê à equipe
que enviou a bola marca um ponto.
Variação I: Somente de manchete.
Variação II: Somente de Toque.
Variação III: Livre: toque e manchete

Obs: não pode realizar cortada. Caso ocorra, ponto para a equipe adversária. Em todas
as atividades pode além das variações já contidas ocorrerem outras do tipo: só as
meninas podem receber a bola ou passar a bola, ou os meninos devem realizar a
manchete e as meninas o toque e vice e versa.

CONTRIBUIÇÃO: Daniel Henrique dos santos (dhsantos32@ig.com.br)