Você está na página 1de 12
25-27 Julho 2011 Faculdade de Psicologia Universidade de Lisboa Portugal Questionário de Atitudes Face à
25-27 Julho 2011
Faculdade de Psicologia
Universidade de Lisboa
Portugal
Questionário de Atitudes Face à Escola
(QAFE)
Estudo psicométrico com crianças e jovens do
Ensino Básico Português
Nicole Rebelo, Soraia Silva, João Silva,Adelinda Araújo
Candeias, Clarinda Pomar & António Neto
RED - Rendimento Escolar e Desenvolvimento: um estudo longitudinal sobre
os efeitos das transições em alunos Portugueses PTDC/CPE-CED/104884/2008
Atitude Face à Escola – Enquadramento teórico Conceito de Atitude A Atitude é perspectivada como
Atitude Face à Escola – Enquadramento
teórico
Conceito de Atitude
A Atitude é perspectivada como estrutura interna, ou seja, uma “disposição mental
mantida por um indivíduo que afecta a sua maneira de responder aos eventos e de
organizar os seus conhecimentos”.
Têm três dimensões ( Stratton, 2003, pp. 22) :
• afectiva que compreende os aspectos emocionais da atitude, colocando-a em
termos de gosta/não gosto, aversão/afeição;
• conativa ou comportamental que se refere ao grau de preparação do indivíduo
para agir de acordo com a sua atitude;
• cognitiva que compreende as crenças e racionalizações que mantêm a atitude.
Representa a fusão dos elementos afectivos e comportamentais que adquiridos
inconscientemente do meio social e cultural em que se está inserido (Cabral & Nick,
2011, pp. 34):
• as atitudes podem ser adquiridas e moldadas pelo meio em que a pessoa se
desenvolve e pelos modelos de que dispõe.
RED - Rendimento Escolar e Desenvolvimento: um estudo longitudinal sobre os efeitos das transições
em alunos Portugueses PTDC/CPE-CED/104884/2008
Atitudes Face à Escola Dizem respeito a um conjunto de sentimentos – gosto, satisfação, apreciação
Atitudes Face à Escola
Dizem respeito a um conjunto de sentimentos – gosto, satisfação,
apreciação – dos alunos perante a escola e as experiências escolares
(Lewy, 1986).
Englobam:
• as relações com professores, colegas e funcionários,
• a percepção de participação dos pais e da comunidade na
escola,
• as matérias escolares, o método de ensino, as oportunidades
extracurriculares,
• os espaços da sala e do exterior.
RED - Rendimento Escolar e Desenvolvimento: um estudo longitudinal sobre os efeitos das transições
em alunos Portugueses PTDC/CPE-CED/104884/2008
Enquadramento teórico São influenciadas por factores pessoais e sociais como idade, ano de escolaridade, sexo,
Enquadramento teórico
São influenciadas por factores pessoais e sociais como idade, ano de
escolaridade, sexo, nível socioeconómico, contexto sociocultural, escolaridade
dos pais (Candeias, Rebelo, Oliveira & Mendes, 2010), tipo e qualidade das
relações familiares, suporte percebido de professores e pares e por
experiências anteriores de fracasso escolar (Akey, 2006)
Influenciam o nível de interesse do aluno nas aprendizagens escolares, a sua
motivação para aprender, a sua percepção de competência e desempenho
académico (Candeias & Rebelo, 2010; Candeias, Rebelo, Oliveira & Mendes,
2010).
RED - Rendimento Escolar e Desenvolvimento: um estudo longitudinal sobre os efeitos das transições
em alunos Portugueses PTDC/CPE-CED/104884/2008
Operacionalização do conceito As atitudes face à escola permitem relacionar um conjunto de factores internos
Operacionalização do conceito
As atitudes face à escola permitem relacionar um conjunto de factores
internos e externos ao aluno e à própria escola capazes de explicar
uma parte das aprendizagens e da motivação para aprender dos
alunos.
É constituído por três dimensões principais:
• Atitude Face à Aprendizagem,
• Auto-percepção de Competência e
• Auto-percepção de Motivação e Interesse
RED - Rendimento Escolar e Desenvolvimento: um estudo longitudinal sobre os efeitos das transições
em alunos Portugueses PTDC/CPE-CED/104884/2008
Método - Participantes Total : 776 alunos do ensino básico português, com idade média de
Método - Participantes
Total : 776 alunos do ensino básico português, com idade média de 12.18
anos e SD=2.158
Ciclos de ensino:
Sexo:
Idade:
1º CEB – 223 alunos
CEB
120
média e SD=0.714
CEB
9.55
raparigas
e
103
rapazes
2º CEB – 154 alunos
CEB
80
CEB
raparigas
e
73
média e SD=0.711
11.58
rapazes
3º CEB – 399 alunos
3º CEB – 227
raparigas e 169
rapazes
média e SD=1.278
CEB
13.89
RED - Rendimento Escolar e Desenvolvimento: um estudo longitudinal sobre os efeitos das transições
em alunos Portugueses PTDC/CPE-CED/104884/2008
Método - Instrumento QAFE – Questionário de Atitudes Face è Escola (Candeias, 2005) Estudos anteriores:
Método - Instrumento
QAFE – Questionário de Atitudes Face è Escola (Candeias, 2005)
Estudos anteriores:
Constituído por 27 itens
Estudado com uma amostra de alunos de 9º ano de norte a sul do país
Obteve um alpha de Cronbach de 0,964.
Surgem 3 factores que explicam 64,4% da variância
Atitude face à aprendizagem,
percepção de motivação e
percepção de competência
Presente estudo:
Foi aplicado numa única sessão, durante o tempo de aulas, na presença de
investigador e professor da turma.
RED - Rendimento Escolar e Desenvolvimento: um estudo longitudinal sobre os efeitos das transições
em alunos Portugueses PTDC/CPE-CED/104884/2008
Resultados – Estudo de Fidelidade O estudo da consistência interna, através do coeficiente alpha de
Resultados – Estudo de Fidelidade
O estudo da consistência interna, através do coeficiente alpha de Cronbach
(Nunnally, 1978), revelou um valor de alfa .862.
Este valor revele-se inferior ao conseguido em estudos anteriores.
Foram retirados os itens 4, 11, 14, 21, 23, 34, 36 porque apresentavam
correlações item-teste abaixo de .250
Após a análise factorial,
foram ainda retirados os
itens
1, 6, 7, 13
por
apresentarem saturação abaixo de .40.
Foram também retirados os itens 3 , 15, 16, 17, e 42 por pontuarem em
diversos factores – sem poder discriminativo.
RED - Rendimento Escolar e Desenvolvimento: um estudo longitudinal sobre os efeitos das transições
em alunos Portugueses PTDC/CPE-CED/104884/2008
Resultados – Validade de Construto O questionário em estudo apresenta boa validade de construto, com
Resultados – Validade de Construto
O questionário em estudo apresenta
boa validade de construto, com
KMO= 0,917 e 2= 7847,183;
revelando-se índices adequados.
As saturações obtidas sugerem a
existência de 3 factores:, que
explicam 41% da variância total:
Embora
tenha
perdido
alguma
da
• Factor I - Motivação
• Factor 2 - Aprendizagem
• Factor 3 - Competência
variância explicada,
mantém o número
de factores.
RED - Rendimento Escolar e Desenvolvimento: um estudo longitudinal sobre os efeitos das transições
em alunos Portugueses PTDC/CPE-CED/104884/2008
Conclusões A existência de instrumentos sólidos, do ponto de vista teórico e métrico, que avaliem
Conclusões
A existência de instrumentos sólidos, do ponto de vista teórico e
métrico, que avaliem as atitudes face à escola é importante na
medida que permite apurar que outros elementos podem estar a
interferir com o desempenho o aluno, com a sua vontade de
permanecer na escola e com as relações que este estabelece com
pares e professores.
Deste ponto de vista, o instrumento aqui apresentado surge como
um bom elemento, uma vez que apresenta boas qualidades métricas :
• a consistência interna da escala atinge um nível adequado de
coeficiente alpha.
• a análise da estrutura factorial dos itens sugere a existência
de 3 factores que coincidem com os factores da versão
anterior.
RED - Rendimento Escolar e Desenvolvimento: um estudo longitudinal sobre os efeitos das transições
em alunos Portugueses PTDC/CPE-CED/104884/2008
Estudos futuros Aplicar este questionário a uma amostra maior, permitindo apurar as suas qualidades métricas.
Estudos futuros
Aplicar este questionário a uma amostra maior, permitindo apurar as suas
qualidades métricas.
Correlacionar os resultados do QAFE com os resultados de outros
questionários de atitudes – disciplinas escolares – e perceber de que modo
as diversas atitudes apresentadas pelos alunos de reflectem não só nos seus
comportamentos na escola, mas também nos seus desempenhos
académicos.
Procurar estabelecer relações entre as atitudes dos alunos, o rendimento
académico e as competências sociais e emocionais.
Estabelecendo uma medida para avaliar e compreender o aluno em todas as
suas dimensões e capacidades, promovendo o seu desenvolvimento não só
enquanto aluno, mas também enquanto pessoa.
RED - Rendimento Escolar e Desenvolvimento: um estudo longitudinal sobre os efeitos das transições
em alunos Portugueses PTDC/CPE-CED/104884/2008
Obrigada! aac@uevora.pt nrebelo@uevora.pt RED - Rendimento Escolar e Desenvolvimento: um estudo longitudinal sobre os
Obrigada!
aac@uevora.pt
nrebelo@uevora.pt
RED - Rendimento Escolar e Desenvolvimento: um estudo longitudinal sobre os efeitos das transições
em alunos Portugueses PTDC/CPE-CED/104884/2008