Você está na página 1de 2

Marketing tribal

O marketing tribal é uma forma de marketing que


aposta na criação de grupos com interesses comuns
e em dar a esses grupos produtos que vão ao
encontro das suas necessidades e desejos.
Desde há muito tempo que se sabe que o marketing
WOM (em inglês word of mouth, ou seja a passagem
de algum tipo de informação de pessoa para pessoa,
normalmente pertencente a um grupo de
relacionamento) funciona. As pessoas confiam num
conhecido ou amigo que experimentou um produto,
que pode mencionar as suas vantagens e que o
aconselha por algum motivo. Não sendo exactamente
a mesma coisa, no marketing tribal, há uma “tribo”,
ou seja grupo de pessoas que partilham
características semelhantes ou algum tipo de
interesse semelhante, a quem é apresentado um
produto que se sabe à partida que irá satisfazer os
seus interesses e espalhar as vantagens do produto
apresentado. Com isto, há a criação de comunidades,
muito facilitada pelas novas tecnologias, em
particular a internet, mas não apenas desta forma.
Uma pessoa que faz parte desta comunidade têm
acesso não só aos últimos produtos da empresa em
questão, como também pode interagir com
elementos da própria empresa destacados para este
trabalho em particular, como com os membros do
grupo, obtendo sugestões, ideias, conselhos, ou
simplesmente comunicando com pessoas que
partilham dos mesmos interesses, o que dá uma
sensação de grupo e união.
Desta forma uma empresa não só consolida o grupo
de consumidores fieis do produto, como também
contribui para que “se espalhe a palavra” e aumente
o grupo de pessoas pertencentes à tribo.
O esquema é simples. É criada uma comunidade na
internet, ou um grupo, pela própria empresa, que ao
vender o produto a um cliente, promove este grupo.
Ao haver interesse, a pessoa junta-se a este grupo.
Isto contribui para a fidelização da pessoa. Esta, ao
ser cliente da empresa e pertencer ao grupo, irá ter
vantagens em termos de obtenção de produtos,
serviços ao cliente, etc., dependendo do tipo de
serviços e produtos disponibilizados pela empresa.
Ao ter um serviço do seu agrado, mantém-se no
grupo, interage com o mesmo e ela própria publicita
as vantagens de estar na “tribo”, o que fará com que
outras pessoas comprem o produto e aumente o
número de pessoas no grupo. De uma forma simples,
é possível então criar uma grande comunidade de
pessoas que aderem ao produto, com a vantagem de
poder criar um serviço personalizado que cativa as
pessoas, ao contrário das grandes campanhas,
necessárias é óbvio para a promoção dos produtos,
Foi com a Internet e a possibilidade de criar comunidades online de partilha
de interesses – sejam eles quais forem – a partir dos quatro cantos do globo,
que nasceu o conceito de Marketing Tribal. . Marketing tribal é a actividade de
concepção e lançamento de produtos e serviços destinados a facilitar e promover a
socialização dos consumidores na base da partilha de sentimentos e emoções comuns.