Você está na página 1de 12

Introdução

A violência escolar é um
problema que desde sempre
existiu, mas só a partir do
vídeo que foi colocado no
“youtube” sobre um caso deste
género de violência na Escola
Carolina Michaelis, no Porto, é
que começaram a existir mais
notícias sobre o assunto, o que
achamos plenamente mal.
O que é?
A violência escolar (bullying) é um
problema actual com que nos deparamos
diariamente em todos os telejornais.
Esta violência pode ser verbal como física,
como também entre professor-aluno ou
aluno-aluno. A verbal não é tão falada
pelos meios de comunicação, mas mesmo
assim é tão má como a física.
Porquê?

A violência escolar acontece, porque os alunos que


agridem têm um mau ambiente em casa (violência
doméstica), os agressores podem ter baixa-auto
estima.
Como se sabe os agressores não agridem qualquer
pessoa, estes só agridem as pessoas que estão sós e
que são frágeis.
Para quê?
Normalmente os agressores
agridem para subirem a sua
auto-estima, pois estes têm
baixa auto-estima e se
agredirem outros vão saber
que são capazes de fazer algo,
mas também agridem, porque
querem mostrar que são
melhores que os outros.
O que se deve fazer quando somos
vítimas?
Quando se é vítima deve-se avisar
logo os pais e/ou o professor que é o
Director de Turma. Depois disto deve-
se fazer uma queixa por escrito ao
Conselho Executivo e pedir para não
sermos afrontados pelo aluno agressor,
pois este vai querer vingar-se das
pessoas que o acusaram, coisa que não
vale a pena. É díficil mas se formos
vítimas temos também de combater
contra o bullying.
Como saber se alguém é vítima?
Quando alguém é vítima de
bullying, esta costuma ficar
sozinha e por vezes
comportamentos agressivos,
com as pessoas que percebem
que se passa algo com ela.
Também ficará mais triste e
com ferimentos invulgares e
sem querer ser vista por
ninguém.
Onde?
A violência escolar (bullying) como
o nome diz acontece nas escolas de
todo o mundo, não só em Portugal.
As escolas com mais violência são
as escolas das cidades e arredores,
onde a maior parte das pessoas não
se conhecem.
Apesar de se verem muitas notícias
sobre este acontecimento em
Portugal, o nosso país não tem
muitos acontecimentos, em relação
a outros países
O que devem fazer os professores/
pais?
Se os pais perceberem que o seu filho(a) está com
comportamentos estranhos, estes devem
acompanhar o filho(a) durante algum tempo para
ver o que se passa. Depois se se aperceber que o
seu educando é maltratado, deve informar o
conselho executivo da respectiva escola e deve
falar também com o seu filho e tentar “obrigar” a
contar tudo o que se passa aos pais e a escrever
uma queixa por escrito ao conselho executivo.
Mais um caso de violência
escolar
Um aluno de 12 anos
Notícias
agrediu uma auxiliar de
acção educativa da
Escola Básica 2/3 de
Mortágua. Só no último
mês meio, o Ministério
Público deduziu três
acusações e reabriu um
inquérito em quatro
casos de violência
escolar
por visao.pt - 02 Abr
2008
Webgrafia
http://aeiou.visao.pt/Actualidade/Sociedade/Pages/violenciaescola.aspx
http://br.youtube.com/watch?v=8hG45w58L0o&feature=related
http://pt.wikipedia.org/wiki/Bullying
http://www.gloucestershire.police.uk/sei/s/1976/5.gif
http://extension.unh.edu/news/graphics/bully1.jpg
http://www.volusia.k12.fl.us/socialwork/images/No_to_Bullying3.jpg
http://cidadextreme.files.wordpress.com/2008/03/about_bullying.jpg
http://www.bullybusters.org.uk/images/update_images/fight.jpg
km-stressnet.blogspot.com
http://www.cidadaodomundo.org/wp-content/photos/viol_ncia_dom_stica.jpg
http://www.comasic.com.br/images/help.jpg
Conclusão
Com o fim deste trabalho ficamos a perceber
melhor o que se passa nas escolas de todo o
mundo. As causas, as consequências e como
identificar as vítimas do bullying.