“As companhias prestam muita atenção ao custo de fazer

alguma coisa. Deviam preocupar-se mais com os custos de
não fazer nada.”
Phlip Kotler - Eleito o Maior Especialista na Prática do Marketing pelo
Management Centre Europe, e o Quarto Maior Guru de Negócios do mundo pelo
Financial Times

“Boa sorte é o que acontece quando a oportunidade
encontra o planejamento.”
Thomas A. Edison – Cientista, Empresário e Inventor, criador da Lâmpada
Elétrica

Sumário
Por que planejar?.................................................................................................................8
Conceito de Planejamento .................................................................................................13
Ferramentas de Planejamento ...........................................................................................17
Na Gestão de Negócios .....................................................................................................17
Matriz BCG ........................................................................................................................20
Apresentação .................................................................................................................20
Composição da Matriz BCG: ..........................................................................................22
Como a Matriz BCG funciona: ........................................................................................23
Os Quadrantes: ..............................................................................................................24
Aplicação ........................................................................................................................26
Participação de Mercado .............................................................................................27
Participação Relativa de Mercado ...............................................................................33

Taxa de Crescimento do Mercado ..............................................................................36
Praticando ......................................................................................................................41
Sigam-me os bons! ............................................................................................................44
Resultado .......................................................................................................................56
Análise ............................................................................................................................58
Conclusão - Recapitulando: ...............................................................................................59
Posfácio .............................................................................................................................61
Referências ........................................................................................................................62

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

Por que planejar?

hidekianagusko.com.br

8

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

hidekianagusko.com.br

9

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

“A maioria das pessoas não planeja fracassar, fracassa por não planejar.”
– John L. Beckley

Antes de qualquer coisa, você deveria se perguntar “Por que planejar?”. Bem, se não se
perguntou, saiba que deveria, porque esse é o começo da história.
Sabe aquele churrascão de confraternização da firma, aquela ceia de natal em família, ou
mesmo aquela viagem de fim de semana com a namorada? Pois é, são eventos tão comuns e
prazerosos que a gente costuma fazer até intuitivamente, mas, ainda assim, com o maior
cuidado para nada sair errado, não é mesmo? E para tanto, buscamos preparar tudo, de modo
a adequar ao máximo os recursos disponíveis ante as demandas previstas. Isso, pois, o risco é
algo inerente a qualquer atividade realizável, e como ninguém quer que falte peru no natal, o

hidekianagusko.com.br

10

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
planejamento desponta como forma de minimizar as ameaças na trajetória de nossos objetivos,
estabelecendo condições favoráveis para alcançá-los.
Mas não é apenas para reduzir o percentual de falhas e desperdícios que se deve
planejar. Como diz um velho provérbio chinês: “Se quiser derrubar uma árvore na metade do
tempo, passe o dobro do tempo amolando o machado”. Ou seja, também se deve fazer uso do
planejamento para aumentar ao máximo seu desempenho na realização das tarefas ao longo
do processo.
Destarte, é preciso planejar para que se consiga, com o máximo aproveitamento e com o
mínimo de falhas, realizar um evento; atingir um objetivo.

hidekianagusko.com.br

11

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
Na administração, o planejamento deve ser – indeclinavelmente – a primeira função
exercida, por ser exatamente aquela que outorga as condições para as demais, servindo de
base para tudo.

hidekianagusko.com.br

12

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

Conceito de
Planejamento

hidekianagusko.com.br

13

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

hidekianagusko.com.br

14

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

“Preparar-se para o inevitável, prevenindo o indesejável e controlando o que
for controlável.”
- Peter Drucker

O planejamento é a definição precedente dos objetivos da gestão e a elucidação das
devidas ações a serem tomadas para atingi-los. Refere-se às implicações futuras de decisões
presentes, sendo um processo contínuo e não um ato isolado.
Seu foco é a consideração objetiva do futuro. Assim, visa munir o sistema de organização
e direção a partir de hipóteses acerca da realidade atual (corrente) e futura (prevista).

hidekianagusko.com.br

15

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
O planejamento determina não somente os objetivos a serem alcançados e os meios de
se buscá-los, mas também estipula o controle através de regulamentos e regras devidamente
organizados. Veja, sem planejamento não há ordem, e em sua falta surge o caos, e no caos
não há sucesso.
Por isso é importante ter em mente que o momento para pensar é na hora de planejar. É
nesta etapa que se pode cogitar, imaginar, criar; que se deve ponderar, calcular e refletir. É
aqui que se estabelecem as diretrizes – com paciência e serenidade, racionalizando todos os
passos do processo, com sensatez. Feito isso, a execução deve procurar seguir a máxima
fidelidade possível, sem improvisações ou atos inopinados intuitivos.
Uma vez que se siga conscientemente o planejamento, no sentido mais estrito do termo,
você estará mais perto do sucesso, e a possibilidade do êxito se torna maior.

hidekianagusko.com.br

16

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

Ferramentas de Planejamento
Na Gestão de Negócios
Volume 1 | Matriz BCG

hidekianagusko.com.br

17

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
Olá, gafanhoto!
Meu nome é Hideki Anagusko, sou mentor virtual na área de negócios e este é meu
pequeno presente em retribuição a todos que me acompanham há algum tempo e a todos que
buscam novos conhecimentos para se manter em constante crescimento.
Tendo em vista a importância do Planejamento na Gestão de Negócios e considerando os
diversos materiais publicados por vários de meus colegas estudiosos, resolvi – sem querer tirar
os méritos dos outros – produzir uma nova série de e-books capazes de oferecer um
ensinamento mais elucidativo e ampliado sobre algumas das mais importantes ferramentas de
planejamento utilizadas nas maiores empresas do mundo.
Assim, a série Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios nasce como
resultado dessa proposta, iniciando-se agora com a Matriz BCG no primeiro volume da nossa
jornada.
Ao longo da série apresentarei diversas ferramentas utilizadas para diferentes finalidades,
ensinando sobre o que são, para que servem e, principalmente, como aplica-las na vida real.

hidekianagusko.com.br

18

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
Espero conseguir transmitir tudo o que você precisa saber sem deixar qualquer dúvida ou
mal-entendido.
Interessado? Então agora chega de papo, se ajeite aí na cadeira e vamos começar!
Veja a seguir tudo sobre a MATRIZ BCG.

hidekianagusko.com.br

19

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

Matriz BCG
Apresentação
A metodologia criada por Bruce Henderson, fundador da empresa de consultoria Boston
Consulting Group (BCG) no final da década de 1960, é uma ferramenta muito popular entre os
planejadores.
Foi elaborada para ajudar seus clientes com a alocação eficiente dos recursos entre as
diferentes unidades de negócio. A partir de então, tem sido utilizada como ferramenta de
planejamento de portfólio e análise de marketing, gestão de marcas e desenvolvimento da
estratégia.

hidekianagusko.com.br

20

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
Baseando-se no conceito de ciclo de vida do produto, visa determinar quais mercados são
proeminentes quanto à entrada de novos investimentos, combinando dois fatores: crescimento
e participação de mercado.
Sua principal função é auxiliar na tomada de decisão dos gestores, definindo as
prioridades de cada produto ou conjunto de negócios na formação do portfólio da empresa.

hidekianagusko.com.br

21

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

Composição da Matriz
BCG:

hidekianagusko.com.br

22

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

Como a Matriz BCG funciona:
Como se pode observar, a
matriz conta com duas perspectivas:
no

eixo

horizontal,

temos

a

participação relativa de mercado, e
no

eixo

vertical,

a

taxa

de

crescimento do mercado. A partir
dessa

combinação,

formam-se

quatro quadrantes – ou seja, quatro
situações possíveis.

hidekianagusko.com.br

23

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

Os Quadrantes:

hidekianagusko.com.br

24

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
Note que em muitas publicações sobre o tema, esses quadrantes têm nomenclaturas
abordadas de maneiras diferentes. O quadrante “interrogação” também é conhecido como
“dilema”, “em questionamento”, “criança prodígio”, ou mesmo, “criança problema”. Enquanto
que o quadrante “vaca leiteira”, também é tratado como “vaca caixeira”. Por fim, o quadrante
“abacaxi” eventualmente pode ser chamado de “vira-lata”, “cão”, ou até mesmo como “animal
de estimação”. Isso graças à – triste – tradução literal do termo utilizado pelos americanos para
designar algo ruim, complicado, abaixo da expectativa: “dog” (homólogo de nossos chamados
“mico” e “abacaxi”).
A representação gráfica de cada um dos negócios da empresa, ante o crescimento e a
participação relativa de mercado, é o que irá auxiliar os gestores na tomada de decisão.

hidekianagusko.com.br

25

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

Aplicação
Até aqui ok, ok gafanhoto? Bem, imagino que sim. Agora, o grande problema que se
observa quanto ao material disponível por aí, é que todo mundo fala e fala mas ninguém ensina
como aplicar esta ferramenta na prática. Portanto, preste atenção e aprenda agora como isso
tudo funciona.
A Matriz BCG oferece um mapa dos produtos/serviços da empresa, apontando os pontos
fortes e fracos (quanto à rentabilidade atual), e projeções de fluxo de caixa. Isso é feito através
da análise gráfica, conseguida a partir dos cálculos de suas duas perspectivas. Assim sendo,
vamos a elas.

hidekianagusko.com.br

26

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
Participação de Mercado
Antes de calcular a Participação Relativa de Mercado, você deve entender o que é
Participação de Mercado. A Taxa de Participação de Mercado é o percentual do mercado total
que está sendo controlado pela empresa. É um indicador chave da saúde da companhia.
Portanto, se for um bom número, provavelmente será a única situação na sua vida em que a
sigla TPM lhe fará feliz. Caso contrário, bem, não será muito diferente de qualquer outra TPM
infernizando as coisas.
Utilizamos a seguinte fórmula para medi-la:

TPM = Vendas Totais da Empresa no Ano / Vendas Totais do Mercado no Ano

hidekianagusko.com.br

27

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
Como calcular a taxa de participação de mercado:
Antes de qualquer coisa, você deve definir o mercado que deseja medir e as
especificidades subjacentes à medição. Por exemplo, pode ser referente a um único produto,
uma região geográfica específica ou a indústria como um todo. Alguns parâmetros tipicamente
utilizados são:

Grupos de produtos/serviços ou unidades de negócios

Áreas geográficas

Período de tempo

Unidades de medida: valores em unidades vendidas ou faturamento em dinheiro

A partir disso, você precisará de dados sobre o tamanho desse marcado, no caso aqui,
relativos ao ano corrente.

hidekianagusko.com.br

28

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
Em seguida, faz-se necessário selecionar sua metodologia de pesquisa. Uma opção
interessante seria terceirizar essa tarefa com uma empresa especializada em pesquisas de
mercado. Entretanto, você também pode optar em realizar por conta própria essa atividade,
mas com muito cuidado. Indústrias menores não contêm muitas informações confiáveis
disponíveis e as informações empíricas que você precisa para quantificar o seu mercado
praticamente não existem.
As publicações em jornais, revistas e até de fontes do governo tendem a carecer de
profundidade e precisão adequadas e não é recomendado utilizá-las a menos que seja
possível verificar a metodologia utilizada no levantamento das informações.
Neste caso, pode-se utilizar os relatórios anuais das empresas e arquivos da Comissão
de Valores Mobiliários (CVM) - na hipótese de organizações de capital aberto. Além disso, um

hidekianagusko.com.br

29

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
procedimento relevante seria completar essas fontes com entrevistas diretas aos seus
concorrentes.
“O quê? Você ficou louco? Quer que eu busque informações com meus rivais?” Não e sim.
Não, eu não fiquei louco – até agora -, e sim, sugiro que considere fazer isso se pretende
realizar um trabalho decente. Talvez esta seja a melhor e mais rentável forma de se obter
dados precisos. Entrevistas com os gerentes de marketing, vendedores e outros executivos,
geralmente podem render uma melhor percepção das taxas de crescimento de mercado.
É claro que não é algo fácil de conseguir, e inicialmente sua equipe de marketing ou de
análise competitiva irá torcer o nariz dizendo que é antiético, que tem vergonha ou que eles
são os rivais e não vão responder. Mas lembre-se de que você não sabe o quanto se pode
aprender ao conversar com a concorrência. Eu sei que parece bem estranho, mas se propuser

hidekianagusko.com.br

30

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
compartilhar suas descobertas, é bem possível que eles lhe forneçam os dados necessários
para calcular TPM, PRM e TCM.
Bem, com os dados disponíveis, agora é só aplicar a fórmula da TPM – sem risadas -,
onde primeiro deve-se calcular o valor total de vendas do mercado e depois dividir a receita
total de vendas da empresa pelo valor total de vendas do mercado.
Vamos aos exemplos:
Imagine que existam três empresas no
mercado. Sua empresa é a empresa X e as
vendas de determinado produto foram de 16,5
mil unidades. Já a empresa Y teve uma saída
de 30 mil, enquanto que os números da

Market Share
13,5 mil
22,5%

16,5 mil
27,5%

Empresa X
Empresa Y
Empresa Z

30 mil
50%

hidekianagusko.com.br

31

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
empresa Z foram de 13,5 mil. Somando tudo, o mercado vendeu 60 mil unidades no ano.

Logo:

Portanto, a Taxa de Participação de Mercado de sua empresa, referente a esse produto, é
de 27,5%.

hidekianagusko.com.br

32

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
Participação Relativa de Mercado
Agora que você já sabe o que é Participação de Mercado, é muito mais simples entender
o que é PRM. A Participação Relativa de Mercado é um índice que avalia a cota de mercado da
empresa/produto/unidade de negócios, contra a cota do principal concorrente. É uma métrica
útil na comparação da posição relativa de uma empresa ou marca diante do mercado,
avaliando tipo e grau de concorrência.
Utilizamos a seguinte fórmula para medi-la:

PRM = Participação de Mercado da Empresa / Participação de Mercado do Maior Concorrente

Nesta fórmula, é possível se realizar o cálculo utilizando como Participação de Mercado,
os valores tanto em forma percentual (%), como em unidades vendidas (Unid.), ou mesmo em

hidekianagusko.com.br

33

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
faturamento (R$), entretanto, pessoalmente não recomendo o cálculo medido em faturamento
(R$) pois não necessariamente empresas concorrentes vendem produtos similares pelos
mesmos preços e sob os mesmos custos.
Vamos novamente aos exemplos.
Utilizando os números do cenário imaginado anteriormente, o produto de sua empresa
teve uma saída de 16,5 mil unidades, ou 27,5% de TPM. Seu principal concorrente alcançou a
soma de 30 mil unidades, ou 50% de TPM.
Assim sendo, ao aplicarmos a fórmula, temos:

hidekianagusko.com.br

34

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
A PRM é medida em uma escala logarítmica, onde 1,0 é considerado um ponto de corte,
portanto, um PRM maior que 1,0 indica que o negócio/produto/empresa possui uma
participação de mercado maior que o principal concorrente.
Isso aponta a provável geração de caixa, já que um pressuposto básico da Matriz BCG, o
conceito de “economias de escala” presume que os lucros irão crescer mais rápido quanto
maior a ação. Ou seja, quanto maior a participação de mercado, mais receita será gerada.
Entenda:
Veja, suponhamos que sua empresa tenha uma participação de 20% no mercado. Se seu
maior concorrente tem os mesmos 20%, a relação é 1:1. No caso de o maior concorrente ter
uma cota de 60% porém, o índice marcaria 1:3; o que seria muito chato, pois implica dizer que
a empresa está em uma posição relativamente fraca – o que diminui as verbas para aquele

hidekianagusko.com.br

35

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
churrasco de fim de ano. Agora, já no caso de seu maior concorrente ter uma participação de
apenas 5% no mercado, este índice – redundantemente – indicaria 4:1(aí sim eihm!), o que
implica dizer que a organização se encontra em uma posição relativamente forte, o que, por
sua vez, pode refletir no fluxo de caixa.
Taxa de Crescimento do Mercado
A Taxa de Crescimento do Mercado (TCM) indica a medida de atratividade de um
mercado. Utilizamos a seguinte fórmula para medi-la:

TCM = (vendas individuais este ano - vendas individuais no ano passado) / vendas individuais no
ano passado.

hidekianagusko.com.br

36

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
Como calcular a taxa de crescimento do mercado:
Utilizando os dados recolhidos anteriormente, calcule o tamanho do mercado que você
está medindo referente ao ano corrente e ao ano antecedente. Some os números para cada
ano e aplique a fórmula, subtraindo do tamanho do mercado corrente o número do mercado do
ano anterior e então divida o valor pelo tamanho do mercado do ano anterior.
Vamos ao exemplo.
Novamente voltemos ao cenário imaginário. Suponha que existam três empresas neste
mercado. Sua empresa é a empresa X. No último ano, as vendas foram de 15 mil unidades. No
ano corrente, as vendas alcançaram a marca de 16,5 mil unidades. Já a empresa Y teve uma
saída de 25 mil no primeiro ano, e de 30 mil no segundo ano. Enquanto que os números da
empresa Z foram de 12 mil no primeiro ano, e 13,5 mil no segundo.

hidekianagusko.com.br

37

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
Agora,

Números do
Mercado no Ano
1

Números do
Mercado no Ano
2

somando

os

números de cada
empresa, temos um
total de 52 mil no

12

15

Empresa X

13,5

16,5

Empresa X

Empresa Y

Empresa Y

Empresa Z

Empresa Z

25

primeiro ano e de
60 mil no segundo

30

ano. Com isso, é só
aplicar a fórmula da
taxa de crescimento do mercado:

hidekianagusko.com.br

38

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
Ou seja:

Portanto, a Taxa de Crescimento do Mercado em nosso exemplo é de 15,4%.
Consideram-se “mercados em alto crescimento” aqueles onde a participação de mercado
total disponível está em expansão, oferecendo muitas oportunidades para que todos possam
lucrar. Tradicionalmente, tem sido usada como um ponto de corte, uma taxa de crescimento de
mercado de 10%, com o objetivo de classificar as unidades da carteira de negócios.

hidekianagusko.com.br

39

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
Em outras palavras, qualquer unidade com uma taxa de crescimento de mais de 10% -

como a de nosso exemplo - seria colocada no segmento de elevado crescimento da Matriz
BCG.

Nota: O grande lance aqui é que muitas vezes o crescimento é “comprado” pelos altos

investimentos na razoável expectativa de que a maior participação de mercado acarretará em um
belo investimento, tendo em vista os lucros futuros. Assim, a Matriz presume que uma maior taxa de
crescimento reflete a demanda sobre seu respectivo investimento.

hidekianagusko.com.br

40

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

Praticando
Peter sempre foi apaixonado por Administração, e desde quando
se formou na área, seu maior sonho era dirigir uma grande empresa. E
foi buscando essa oportunidade que passou a trabalhar na companhia
Sirius, uma importante loja de calçados da cidade de Quahog. Peter
ingressou ainda jovem, com apenas 21 anos, e passou por vários
setores dentro da organização.
Aos poucos foi provando seu potencial e ajudando a gestão a
alcançar melhores desempenhos. Foi apenas questão de tempo, e não
demorou muito para que fosse ganhando espaço. Ele foi subindo e subindo, até que finalmente, aos
35 anos, o convite inesperado mais esperado de sua vida apareceu, e Peter foi alçado à condição de

hidekianagusko.com.br

41

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
gestor da companhia. Uma grande conquista, um grande feito e um sonho realizado. Mas como
disse o tio Ben, - que é o tio do Peter, mas não desse Peter – “com grandes poderes, vêm grandes
responsabilidades”. E ele sabia que a partir de então teria de provar a cada dia seu merecimento e
colocar em prática todo o seu conhecimento.
Então, logo que assumiu o cargo, Peter deu início ao desenvolvimento do Planejamento
Estratégico da empresa, com o objetivo de torná-la a principal marca da região. Entre suas primeiras
atividades, ele entendeu que seria importante elaborar a Matriz BCG, a fim de verificar o portfólio da
companhia. Assim, solicitou à sua equipe que realizasse algumas pesquisas para reunir as
informações necessárias.
As diretrizes estabelecidas concerniam aos quatro produtos principais: Tênis (Produto A),
Sapatos (Produto B), Saltos (Produto C) e Botas (Produto D); e ao Mercado desses produtos na
Região, nos dois últimos anos.

hidekianagusko.com.br

42

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
Quando finalmente o relatório ficou pronto, os seguintes números foram revelados:

Unidade De
Negócio

Vendas Totais
do Mercado

Vendas Totais
do Mercado

Ano 1 (unid.)

Ano 2 (unid.)

Unidades
Vendidas pela
Empresa
Ano 2 (unid.)

Unidades
Vendidas pelo
Principal
Concorrente
Ano 2 (unid.)

Produto A

60 mil

70,8 mil

24.780

16.992

Produto B

50 mil

53 mil

34.450

10.600

Produto C

45 mil

51,3 mil

2.052

8.208

Produto D

35 mil

35,7 mil

2.142

6.426

A partir desses números, Peter desenvolveu sua Matriz BCG no MS Excel. Vamos ver como
ele fez e tentar também?

hidekianagusko.com.br

43

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

Sigam-me os bons!

hidekianagusko.com.br

44

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
1 – Com as informações obtidas, primeiro efetue os cálculos de TPM, PRM e TCM.
Depois, reúna na planilha os dados encontrados.

2 - Insira a Matriz BCG
Para inserir a Matriz BCG no Excel, selecione as colunas A, B e C para todas as
unidades de negócio. O Eixo Y (vertical) será composto pelos valores do Crescimento de
Mercado, enquanto que as bolhas representarão a Participação Relativa de Mercado.

hidekianagusko.com.br

45

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

3 - Agora vá em Inserir> Outros Gráficos> Gráfico Bolha

hidekianagusko.com.br

46

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

4 - Com o Gráfico Bolha inserido, clique no Eixo X (horizontal) e vá em Selecionar
Dados

hidekianagusko.com.br

47

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

5 - Clique em Editar para alterar a fonte dos dados.

hidekianagusko.com.br

48

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

6 - Você deve alterar os valores da Série X

hidekianagusko.com.br

49

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

7

-

Selecione

os

valores

da

8 - Agora a Matriz BCG foi alterada. Todos

Participação Relativa de Mercado (em

os valores estão corretos. Cada bolha representa

nosso exemplo, estão na coluna E). Esses

um produto, e seu tamanho é referente à

valores refletirão no tamanho das bolhas.

Participação Relativa de Mercado.

hidekianagusko.com.br

50

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

9 - Mas ainda não terminamos. Clique com o botão direito no Eixo X e vá em Formatar
Eixo

.

hidekianagusko.com.br

51

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

10 - Ative Valores em Ordem
Inversa e mude Valor do Eixo para 1.

11 - Agora seu Gráfico Bolha começa a
ficar parecido com a Matriz BCG.

hidekianagusko.com.br

52

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
12 - Vá em Ferramentas do
Gráfico, entre na aba Layout e clique:

13 - Clique no Eixo Y para formatá-lo e altere o
valor do eixo para 0,1.

Linhas de grade>Linhas de grade
horizontais principais> Nenhuma
Legendas> Nenhuma
Vá em Títulos do Eixo e adicione
os dois.

hidekianagusko.com.br

53

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

14 - A Matriz BCG já está praticamente pronta. Agora é só formatar os nomes das
caixas de texto

hidekianagusko.com.br

54

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

15 - Clique nas caixas de texto e formate-os à sua preferência.

hidekianagusko.com.br

55

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

Resultado
Conforme a o gráfico final da Matriz BCG aponta, esta é a situação do portfólio de
produtos da empresa Sírius:

Produto A: É a ESTRELA.
A empresa ainda vai ganhar muito dinheiro com este

Produto B: É a VACA-LEITEIRA.
Este é o produto que está dando dinheiro para a
empresa no momento.

Produto C: É o PONTO DE INTERROGAÇÃO.
A empresa deve investir mais neste produto.
hidekianagusko.com.br

56

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

Produto D: É o ABACAXI.
Deve-se tomar cuidado e verificar-se a viabilidade,
vantagens e desvantagens de continuar ou encerrar as
vendas deste produto.

hidekianagusko.com.br

57

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

Análise
No cenário fictício, a empresa Sirius desponta com um portfólio de produtos bem
equilibrado, contendo um produto em cada quadrante.
Seu principal produto se encontra no quadrante Vaca-leiteira, e o segundo maior no
quadrante Estrela.
Assim, o prognóstico é de um ótimo presente e um belo futuro, já que também aparece
com um produto no quadrante Ponto de Interrogação.
O produto no quadrante Abacaxi deve ser observado, mas por não ser muito grande,
pode gerar um fluxo de caixa capaz de respaldar seu pequeno crescimento de mercado.

hidekianagusko.com.br

58

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

Conclusão - Recapitulando:

hidekianagusko.com.br

59

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG
Pois bem, gafanhoto, finalmente chegamos ao fim. Mas como só termina quando
acaba, vamos finalizar recapitulando o que vimos neste livro:

1.

Primeiro defina as principais unidades de negócios organizacionais (UN) e

identifique TPM, PRM e TCM para cada UN.

2. A partir dos resultados, trace cada UN na Matriz BCG.

3. Classifique, então, cada UN em um dos quadrantes: criança prodígio, estrela, vaca
ou abacaxi.

4.

Feito isto, você deve desenvolver as estratégias para cada UN com base em sua

posição e as tendências de movimento dentro da matriz.

hidekianagusko.com.br

60

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

Posfácio

“Sem sonhos a vida não tem brilho. Sem metas, os sonhos não têm alicerces. Sem
prioridades, os sonhos não se tornam reais.”
Augusto Cury - Psiquiatra, Psicoterapeuta, Cientista e Escritor, eleito o Autor Brasileiro Mais Lido da
Década pela Folha de São Paulo

Pois bem, gafanhoto, muito obrigado por ler o meu e-book no primeiro volume da série
Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios. Em troca do seu tempo e atenção,
espero ter conseguido retribuir com um novo e ampliado conhecimento sobre a Matriz BCG.
Espero também continuar te encontrando em meu blog, onde publicarei os novos volumes
da série e outros super artigos sobre Gestão de Negócios.
Não deixe de me seguir nas redes sociais e entrar em contato sempre que desejar.
Agora vou indo para preparar mais novidades. Te espero lá em hidekianagusko.com.br!

hidekianagusko.com.br

61

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

Referências

Porter, M. E. Vantagem Competitiva. 18. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1989
Thompson JR, A. Planejamento estratégico. 4. Ed. São Paulo: Pioneira, 1994.
Kaplan, Robert ; Norton, David P. A Estratégia em Ação - Balanced Scorecard. Rio de Janeiro: Campus, 1997.
http://wiki.telfer.uottawa.ca/ci-wiki/index.php/BCG_Matrix_%26_GE/McKinsey_Matrix
http://en.wikipedia.org/wiki/Growth%E2%80%93share_matrix
http://www.wikihow.com/Calculate-Market-Share
http://acervo-digital.espm.br/revista_da_espm/2005/jul_ago/a_matriz_bcg.pdf

hidekianagusko.com.br

62

Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios - Matriz BCG

Este livro é o primeiro volume da série Ferramentas de Planejamento na Gestão de Negócios.
Todo o material foi escrito, editado e revisado por L. Hideki Anagusko.
Sua inteira ou parcial reprodução somente é autorizada com os devidos créditos ao autor.
Visite > hidekianagusko.com.br

hidekianagusko.com.br

63