Você está na página 1de 19

A HISTÓRIA E ORIGEM HUMANA

Civilização que teve a ver com nossa evolução humana.

Têm existido muitos contatos com esta civilização. Se narra a mais de 500.000 anos.
Existem multidões de culturas no espaço que tem estado neste planeta indo e vindo
desde o começo. Não somos os únicos, a maioria das culturas vem para nos ajudar, porém
algumas outras não.

Os planejadores originais da Terra pertenciam à Família da Luz (que é informação) e


decidiram que a Terra fosse uma biblioteca cósmica. Civilizações nasceram, faz 500.000 anos
e jazem (estão sepultados) abaixo dos gelos da Antártida.

Os pleiadianos e mais exatamente Enky é que tem origem a nossa civilização humana
atual.
A informação mais antiga que se tem evidência é a Suméria, Acádia, Persa, Babilônia
e em toda a Mesopotâmia, as quais tem origem no Sumer, onde há mais de 100.000 tabuletas
de barro com seus cilindros encontrados em toda a zona, e que tem até 12.000 anos de
antiguidade, ou seja, o dobro de antiguidade da Torah.
Nessas tabuletas se narra a história de alguns seres vindos das estrelas (as Plêiades,
especificamente de um planeta artificial chamado Nibiru, que pertence tanto ao Sistema Solar
como a Alcione). Esses seres pleiadianos chegaram pela primeira vez no Sistema Solar e no
planeta há 500.000 anos aproximadamente.

Comandados por seu Hierarca, o ser chamado Anu, o qual tem dois filhos chamados
Enlil e Enky.
Nessa época o espaço-tempo da Terra era governado pelos Pleiadianos, tendo acordos
com outras raças de extraterrestres, que habitam a Terra para manter o equilíbrio.
Anu, pai de Enlil (filho legítimo sucessor ao trono de Nibiru) e Enky (filho
primogênito, mas não legítimo), lhe deu o governo da Terra, ao qual Enlil mandaria na
superfície do Planeta, o Sumer, e o porto espacial, assim com a Lua que é o centro de
comando da missão, e de Marte onde está o porto de comunicações com todo o Sistema Solar
e a Galáxia.
A Enky lhe deu o domínio do Egito, o Sul da África, onde estão as minas de ouro, os
oceanos e a parte subterrânea do planeta, o que provocou grandes disputas que afetaram os
sucessos na Terra.
Esses personagens são conhecidos na Mitologia Suméria como os seus Deuses.

À esquerda se vê o Sol e os planetas.

Ocorreu aos pleiadianos a idéia de modificar os Neandertals, eles pensaram nos seus
genes, mas não pensaram nos genes dos Neandertals. Eles queriam escravos, assim que os
fizeram um pouco mais inteligentes ao mesclar seus genes com os que tinham, fizeram com
que sua genética só tivesse poucos genes ativos, para que pudessem usar objetos metálicos
como picos e pás.
Depois com as disputas entre Enky e Enlil, este (deus Pleiadiano), Enki o criador do
humano atual, decidiu dar mais capacidade a Adão (o homem vermelho), e por nele o sangue
dos Neandertals com o sangue azul dos pleiadianos e parte do sangue dos seres Dragonianos,
já que Enky é metade pleiadiano e metade Dragão. Resultando assim em uma pele vermelha
pelo ferro que contém no nosso sangue.
Ao dar mais capacidade, notou-se a aptidão de auto-procriar-se e despertar
internamente sua Kundalini, o que provocou um pouco mais de capacidade de raciocínio e
consciência ao ter no cérebro mais energia.

O Chacra Básico e a Serpente Negustan, a Kundalini


Os Hindus, os Egípcios e Moisés conheciam o mistério da Serpente da Luz
(Kundalini – Negustan), a Serpente de Bronze, contra a Serpente Tentadora. A mesma
força que evolui, não faz super-humanos e sim involui, ou seja, o ser humano degrada,
desce.

Os Chacras e a Energia ativa da Kundalini

A isto a Bíblia chama o assunto da serpente que tentou Eva (mulher). Já que ao
adquirir consciência de si mesmo Adão (homens vermelhos), sentiu a necessidade de vestir-se
e de buscar a mulher para auto-procriar-se.
Enlil (deus), se irritou tanto que correu a um lugar onde viviam os humanos, com
comida e teto seguro, já que somente serviam como escravos inconscientes, os quais se
alimentavam como fazemos com os brutos (animais) de carga hoje em dia. Assim se passou o
mito da corrida a um lugar chamado Éden. Evidências confirmadas nas tábuas Sumérias.

Enky como engenheiro chefe junto com a raça pleiadiana e reptóide (réptil),
conhecedor de todos os segredos científicos e sua irmão Ninhusarg, médico chefe e grande
genetecista, usaram a base dos Neandertals e os uniram com seus genes pleiadianos, depois de
muitos experimentos e ensaios conseguiram a combinação do esperma Neandertal e o óvulo
das pleiadianas (Niki, esposa de Enky) e se criou o primeiro homem, parece que foi do sexo
masculino, porém este não tinha capacidade de procriação sexual (híbrido como as mulas).
Depois de usar umas técnicas de genética especiais, o clonaram e os seres que se
desprenderam dele e de outras Anunnakis criou-se os humanos de sexo masculino e feminino,
os quais foram reduzidos os 12 filamentos de seu DNA, resultado da mistura dos genes dos
pleiadianos e dos Neandertals.
Os Neandertals tinham os genes desativados de todos os seres que povoavam a
Galáxia, e os plantaram como uma reserva genética estratégica, ou como chamam, os doze
avos (1/12) da biblioteca vivente da Galáxia.

Enki no processo de mudar


e criar a raça humana atual

Mesmo que não dizem claramente, o que ocorreu foi que com o resultado desta
hibridação os humanos teriam mais capacidade genética que os próprios pleiadianos, já que
eles somente têm quatro filamentos, ou seja, duas hélices, e com o uso completo os humanos
teriam os doze filamentos, formando as seis hélices completas, mas desativadas.
Não era conveniente para os Sirianos ter esses genes ativos, porque somente seriam
recolocados estrategicamente se tivesse algum problema devido às guerras com os Reptóides
(raça com que o Cosmos teve grandes lutas) do Concílio de Ankara (Observação minha: no
dicionário concílio significa assembléia de prelados católicos presidida pelo Papa!!!!!).
Assim eles podiam vir quando quisessem para extrair os genes necessários com
finalidade de criar clones das espécies que necessitassem (como fazem os extraterrestes
Grises e suas abduções).
O planeta ficou escondido na margem da Galáxia, na Constelação de Touro, devido ao
cataclismo cósmico no qual o Sistema Solar foi deslocado do Sistema de Sirius ao Sistema
Pleiadiano.
Acima, se vê a forma cromossômica na tabuleta suméria, o DNA.

Aos humanos só deixaram ativas duas hélices e reduzidas a 10% para que fossem
escravos mansos sem qualquer capacidade de pensamento. A Enky parecia algo incômodo ter
que estar clonando os humanos e as mulheres Anunnakis, já que eram muito incômodas a
inseminações. Assim que Enky abriu sua consciência aos humanos que ele chamou de Adão
(homens vermelhos), por ser essa a cor resultante (da cor azul dos pleiadianos com a cor dos
Neandertals).

Se vê o Cadeceu de Mercúrio na tabuleta suméria. À direita o DNA.

Ao abrir um pouco a consciência e ensinar-lhes o ritual da procriação, os humanos


puderam por vontade própria executar o ritual da procriação (lembrem-se da Serpente e da
Eva), fato que provocou a ira de Enlil, que ordenou que os humanos fossem retirados do lugar
chamado Éden, assim foram expulsos do lugar onde tinham alimento e segurança. Então
graças a Enky os humanos (Adão) tiveram seu primeiro ato de consciência, inteligência e
vontade própria.

Com isto os Anunnakis (uma das castas de pleiadianos, pois existem vários tipos de
pleiadianos) caíram em egolatria e realmente se sentem deuses do planeta, passavam
discutindo e brigando entre si pelo poder, colocando uns contra os outros em suas guerras.
Enky ensinou aos humanos a arte da agricultura e criação, realmente dele nasceu um
grande amor pela mutação que havia criado e sua proteção era como um véu. Sem duvida se
sentia como um pai. E Enky cuidava de sua criação, os ensinou a semear, a cuidar dos gado, a
trabalhar nas minas, a usar ferramentas e ter o poder da carne.

Enky, senhor da criação e das águas


Ao estar na terra e em contato direto com sua criação, os humanos começaram a vê-lo
com carinho, a despertar internamente o primeiro sentimento de afeto ao seu criador, ao deus
Enky. E a grande deusa MIM, como era conhecida Ninhursag, também era chamada de
MAMI. Assim, com esta nova capacidade de pensar e sentir, se criou o conceito de DEUS-
DEUSA.
Enlil, furioso e ciumento do trato dos humanos com seus irmãos, decidiu junto com os
Nefilins acabar com a raça humana e dispersou seus armamentos e destruiu as colheitas e o
gado provocando grande fome, o que quase acabou com os humanos, que se salvaram graças
aos espiões de Enky que avisaram a ele com tempo dos grandes planos de Enlil. Enky ocultou
muito alimento e isso salvou a humanidade.
Enlil queria vingar-se de Enky acabando com os humanos (criação de Enky) e
ordenava que com suas naves voadoras (atuais ovnis) provocasse fome para exterminá-los.

Igual fez à destruição de Atlântida com os enormes tsunamis que ocorreram no planeta
Terra. Enlil ao ter o controle da base espacial sabia que passaria oculto para provocar a total
destruição dos humanos. Enky colocou em várias naves certos humanos de várias civilizações
(Noé) e os genes de outros animaise plantas do planeta, salvando com esse ato a humanidade,
o mundo vegetal e animal.
Para Enlil o tiro saiu pela culatra, já que também os Nefilins (pleiadianos de Nibiru)
que residiam na base estelar localizada na nave Estrela Lua, padeceram de fome. Com isso
Enky teve um pretexto para negociar alimentos pela vida dos humanos, alegando que os
humanos eram necessários para trabalhar nos campos, gerar colheitas e cuidar do gado. O
soberbo de Enlil aceitou o trato já que estava muito debilitado, e se conformou com a carne
das ovelhas que Enky ofereceu.
Os humanos assim conheceram a dois deuses, um é Enky, que dava vida, alimento,
roupas e os instruía, gerando sentimentos de amor e lealdade, e por outro lado o deus do céu,
que é Enlil, que nunca descia à Terra, lhes dava temor já que mandava raios de fogo do céu e
enviava supostos “anjos” (Nefilins) com espadas flamejantes de laser para o extermínio.
Os humanos já tendo separados os órgãos sexuais e com a capacidade de pensar,
começaram a se reproduzir por si mesmos, conheceram os prazeres do sexo, onde gerou mais
energia que ajudou ao cérebro começar a fazer conexões de rotas neurológicas adormecidas,
aumentando a consciência e o desenvolvimento.

Enlil viu que a população humana crescia rapidamente e decidiu que não os
alimentaria mais, nem lhes daria lugar para morar, por isto correu os humanos das barracas
em que viviam, e os abandonou à própria sorte, fato que provocou a proliferação da
humanidade pelo planeta. Assim tiveram que se desenvolver só com os conhecimentos que
Enky havia lhes transmitido. Começaram então a ordenar-se por si mesmos, a criar tribos e
aldeias que eram escondidas e protegidas pelos filhos de Enky e com o tempo também pelos
filhos de Enlil.

Os auto-denominados Deuses não são outra coisa além de vários grupos de


extraterrestres.

As pessoas que se tem convertido em canais abertos, que recebem as freqüências dos
extraterrestres, assim como dos arcanjos, anjos e demais seres pertencentes às hierarquias
espirituais (A GRANDE FRATERNIDADE BRANCA) como Jesus, Maria, Kuthumi, El
Morya, Hilarion, Saint Germain, Thoth, Esmeralda, mestra Nada, etc. falam que em Sirius se
originou esse ser para servir com os 12 da biblioteca vivente.
Devido às guerras pelo poder entre as forças da Luz encabeçadas pela Aliança de
Humanos, a qual é chamada de Federação Galática, e por outra parte as forças da Obscuridade
Reptóide comandadas pelos seres da Aliança ou Concílio de Ankara, conhecidas como as
guerras Lirianas por ocorrerem na Constelação de Lira, lugar onde está o Sistema Multi-Solar
de Sirius ( ao menos assim é que conhecemos).
Certos deuses criadores chegaram para apoderar-se da biblioteca vivente da Terra há
300.000 anos, houve luta e ganharam. Esses novos donos não queriam que a espécie humana
tivesse acesso à informação. Houve muita ação nuclear e radioativa, grandes destruições.
Esses novos donos eram excelentes em genética e sabiam que a Consciência existia em todas
as coisas. Assim ajustaram a energia eletromagnética da consciência para que vibrasse a certa
freqüência e assim nutri-los.
Isto começou quando os filhos de Enky e Enlil se repartiram das tribos de humanos e
se proclamaram como seus deuses, os obrigaram a adorá-los, uns por meio do amor – como o
caso de Inanna – outros por meio do terror – como o caso de Marduk. Lhes impuseram regras,
leis, condições, absurdos, caprichos, enfim, serviam todo tipo de situação para a diversão dos
denominados deuses.
Os Anunnakis (Niburianos que residiam na Terra) e os Nefilins (Niburianos que
residiam nas bases espaciais) também se divertiam com as mulheres e homens humanos, já
que estes tinham grande beleza, e nem todos os pleiadianos são de figura humana, pois alguns
vinham de Selene, outros de Taygenta, Asperopoe e mais alguns de Merope. Colocou-se
visitantes no planeta Nibirú, resultando que alguns filhos de humanos e “deuses” não tiveram
a forma completa de humanos, nem o sangue vermelho, alguns tinham o sangue azul como os
pleiadianos.

Em outros de seus jogos decidiram que seus filhos semi-humanos, metade pleiadiana e
metade humana, governariam os demais humanos, criando assim a realeza no planeta. Esta
realeza teria seu “deus” preferido, logicamenete o “deus” era seu pai que lhes concedia mais
favores. Tais humanos também foram usados em jogos de guerra, sempre com as regras a
favor da realeza e dos deuses.
Depois que Marduk ganhara as guerras e se apoderara do planeta, os “deuses” que
estavam em suas bases espaciais, se ausentaram da Terra, e outros que estavam na Terra se
refugiaram nos reinos do povo de Dragão e do povo da Serpente (CIDADES
INTRATERRENAS), deixando os humanos desamparados. Com esta situação alguns se
aproveitaram e se converteram nos intermediários entre humanos e deuses. Estes criaram o
Sacerdócio. Marduk, filho reptóide de Enky se apoderou do planeta ao ser o mais despiedoso
de todos, já que a Federação Galática isolou a Terra com uma malha de energia para que não
pudesse escapar nem receber energia do pai criador, a Federação Galática concordou que ao
chegar na Terra, o cinturão de fótons em dezembro de 2011 Marduk deveria se soltar aos
humanos e estes decidiram se podiam trocar seus genes e ativá-los com a mesma perspectiva
de submissão e separação com uma consciência limitada tridimensional. Os que despertaram a
sua realidade multidimensional passariam a Nova Terra tetradimensional (quarta dimensão) e
eventualmente à quinta dimensão.
Ao não ter Marduk e os Anunnakis leais à energia reptóide para ele e aos seus
seguidores, decidiu-se tirar a energia dos humanos e viu-se que a energia do medo era mais
fácil de ordenar, já que se assegurava a submissão dos humanos. Marduk decidiu estimular o
medo, as guerras, o ódio, a avareza, a luxúria, distrações em criar religiões que fizeram com
que os humanos pedissem salvação aos deuses que nunca iriam os resgatar já que nem sequer
existiam, assim ele inventou deuses e religiões que lhe assegurava o controle e o poder.
Assim como a televisão e a internet propiciam o consumismo, a pobreza para as
pessoas se dedicarem a trabalhar para consumir, enriquecer e deixar de crescer internamente.

Assim se criaram as duas castas de poder no planeta Terra, uma das castas é a Realeza,
formada por filhos e descendentes dos “deuses”, porém somente aos de forma humana foi
permitido aparecer em público, pois os de forma não-humana causava terror, e para esses se
deixou outros tipos de trabalhos. A outra casta foi a do Sacerdócio que servia de intermediário
entre os “deuses” e os humanos. Marduk e seus Anunnakis decidiram depois que a Federação
Galática se isolasse do planeta, colocando uma rede invisível para o humano comum, essa
rede impedia a energia do pai de entrar e encher o planeta, pois assim diminuiria os poderes
dos Anunnakis.

A Federação Galática não considerava os humanos como seres importantes dignos de


se tomar em conta, a não ser como seres muito primários por ter a consciência muito limitada,
assim como nós fazemos com os símios (primatas) atualmente.
Marduk e seus Anunnakis junto com seus filhos metade humanos e metade reptóides,
decidiram tirar energia do planeta e viver em cidades intraterrenas junto aos Portais
Dimensionais, os quais se encontram a 200 metros abaixo da superfície da Terra e nos
vértices de energia do planeta. A Federação Galática fechou os túneis de acesso à essas
cidades intraterrenas habitadas pelos Anunnakis. A alimentação dos Anunnakis diminuiu, já
que também se alimentavam de carne humana rica em genes superiores adormecidos, porém
superiores, isso lhes dava uma grande quantidade de energia e força (recordem-se dos
vampiros que se alimentavam-se de sangue).

Marduk decidiu que a energia negativa que provocavam os sentimentos e emoções


densas como o medo produzido pela ignorância, o fanatismo, a ira, a violência, a avareza, a
luxuria, etc. são de baixíssima freqüência e o servia muito bem para usar de alimento já que
eles tinham acesso aos planos astrais, de onde flui essas energia. Desde então eles tem-se
dedicado a criar toda uma estrutura mental, psíquica, ética, moral, religiosa, para provocar nos
humanos esses sentimentos e emoções negativas, para assim se alimentarem dos humanos,
coisa que fazem atualmente.
Tanto os Dracos ou Dragões, como os Reptóides, existem os que se aproveitam dos
humanos e outros que respeitam os humanos e não se metem com outras raças. Vivem em
cidades subterrâneas. Marduk é de caráter tirano, porem entre os seus povoadores existem os
filósofos, os místicos, os mutantes e os rebeldes, como no nosso mundo. A cidade maior ou a
capital está no oriente médio.
Marduk necessitava um grupo de ligação entre os humanos e os Anunnakis e então
escolheu alguns descendentes de um naufrágio estelar, seres que vieram do planeta Sion, o
qual haviam destruído por suas guerras, eram seres que engajavam muito bem seus planos.
Esses seres se mesclaram com a tribo de Judá, já que haviam adotado e Enlil (JEOVÁ) como
seu “deus” de cabeceira. Eles concordaram de boa maneira já que foram oferecidas muitas
riquesas e poder ilimitado no plantea, muito superior ao poder dos Reis e do sacerdócio. Esses
seres se conhece como os Iluminatti, e são um dos pilares do Governo Secreto do Mundo.
Eles estão atrás de todos os governos do mundo e por detrás de todas as religiões e Escolas e
seitas Secretas, Iniciáticas e Esotéricas que existem. Criaram um novo deus: o dinheiro e a
economia.

Eles tem o poder econômico e decidem quem deve o ter e o que fazer ou o que não
fazer, tiram governos, provocam guerras, criam fome, se beneficiam com o dano da
humanidade, que no fim somos carne sem importância. Eles obedecem a Marduk, conhecido
pelos cristãos como Satanás, fazem culto e manipulam como um grande polvo com seus
tentáculos. Este polvo é a estrutura do Governo Secreto. Quantos tentáculos ele tem?? Todos
os que tu imagina e mais.

Representação de Marduk pelos Babilônios.

Marduk conhecido como RÁ pelos Egípcios.

A raça réptil e draconiana são expertas na manipulação emocional, mental, magia


negra, sedução, trampas, mentiras, etc. Vou mencionar alguns tentáculos com os quais eles
manipulam: o consumismo internacional, o marxismo e similares. Espertos na manipulação
da mentira e da magia negra, negam suas crenças ante ao mundo, porém a praticam
ocultamente.
Terrorismo internacional
Iluminatti
Bilderbergen (as 5000 familias mais ricas do planeta)
Conselho dos 33
Os sete sábios de Sião
Algumas das grandes religiões do planeta
Algumas das escolas e seitas iniciáticas e esotéricas
Seitas muito secretas como a Trilateral
O Conselho de Relações Exteriores
O Tribunal Supremo
O Banco Mundial
O Fundo Monetário Internacional, etc, etc, etc.

Nos tem feito crer que eles querem como eles querem, onde eles querem, a hora que
querem, nós só nos movemos como cata-ventos, já que estamos tão alimetados e dormentes
que nem nos damos conta de nada. Primeiro nos atraem como moscas ao prato cheio de mel e
depois nos manipulam ao seu desejo, nos tem controlados há 6.000 anos no mínimo. Apesar
de todo esforço do Governo Secreto por evitar que o Amor como o conhecemos neste planeta
não cresce, não os resultou já que também há escolas Iniciáticas que tem mantida viva a
Chama da Esperança, o Conhecimento e a Sabedoria Oculta nos permitindo experimentar
sentimentos tão altos como o Amor, acompanhado da Bondade, Compaixão, Solidariedade,
Compreensão, etc.
A luta entre o bem e o mal se dá entre os extraterrestres por domínio e controle, o
planeta é o campo de batalha. O plano é trocar a freqüência da Terra, as emoções são fonte de
alimento. Por agora se nutrem de temor, ansiedade, caos, fome e tristeza. Por isso é que se
manipulam as coisas de maneira a serem produzidas emoções. A FAMÍLIA DA LUZ quer
devolver à Terra sua freqüência de Amor, e deve retirar o abastecimento de outras emoções
para que se vão os que dominam.

Tu como membro da Família da Luz. De vocês estão sendo retirado o alimento.


São quebradores de sistemas, estão aqui para vencerem seus próprios medos e mostrar
ao planeta que não há o que temer. Não devem fazer proselitismo, somente devem ser
receptáculos. Vocês recebem os raios cósmicos em vossos corpos, esses disfarces que usam e
permitem que se suceda o processo.
Vocês estão codificados e responderão ao Plano a medida que surja em vossa
memória, começarão a manter uma freqüência e logo vivenciar ela, transmitindo-a como
pulsações eletrônicas, a medida que vivem a vossa freqüência afetam a todo lugar e pessoa
aonde vão. Muitos já sabem que o que tem que fazer, outros estão começando a recordar. O
plano de recuperar os filamentos e trocar a freqüência da Terra é gigantesco. A Terra está
ajudando a todo o Universo, a Terra vem a ser o cenário onde tudo ocorre.
Por isso têm vindo aqui muitas vezes para treinar (reencarnação) e virão em grandes
números quando for o tempo. Todos estão se unindo agora, todos devem se ocupar com o que
tem em comum e não o que os separa. A informação do planeta a que vocês concordam
estimula vosso conhecimento. Vosso crescimento afeta o planeta.

Evoluirão de 2 a 12 filamentos luminosos, que correspondem aos 12 chacras que há


dentro e fora do corpo. Conseguindo isto, se darão conta de que são criadores conscientes.

DNA em mutação

O incremento da atividade ÓVNI se deve à explosão nuclear de Alamo, nos Estados


Unidos, quando se provou a primeira vez a bomba atômica. A partir disso a Federação
Galáctica por meio do Comando Ashtar penetraram no planeta para revisar o que estava se
passando, já que um evento dessa magnitude se sentiu nos confins da Galáxia. Tanto as naves
do Comando Ashtar como as dos Reptóides e Draconianos Intraterrenas voaram pelos ares do
planeta, livrando-se de cruéis batalhas pelo poder.
Os extraterrestres Grises, de Zeta Retuculi, se puseram em contato com os govenos
americanos, soviéticos e nazistas prometendo tecnologia em troca de fazer seus experimentos
genéticos nos seres humanos.
A raiz do incidente de Roswell, onde depois caíram algumas naves de uma batalha, os
Grises aumentaram a entrega de tecnologia aparentemente aos americanos, porem na
realidade foram os tratos como governo chamado Secreto do Mundo com quem se acordou a
tecnologia em troca, em fazer abduções e implantes genéticos em óvulos humanos para criar
um nova raça híbrida: metade Humana e metade Gris.
A raça dos Grises estava se extinguindo por carecer de órgãos sexuais e por não ter
corpos emocionais, causa da degeneração que produz a excessiva clonação.

Raça Gris

Os humanos têm os genes originais dos Reticulianos, já que eles também são doadores
para a 12ª Biblioteca Vivente da Galáxia (Nós) e por ainda terem direito de uso.

Os Gris decidiram que usariam mulheres humanas e seus óvulos para a gravidez e
depois de 3 meses retirariam os fetos para que o desenvolvimento deles terminassem em
provetas e incubadoras. Ao completar esta tarefa as mães seriam transportadas até as naves
(em estado hipnótico) para que a criança recebesse calor humano por 3 meses, o que ativaria
seus novos corpos energéticos.
Se fazia isso nas noites, sem que as mulheres se dessem conta da gravidez, eles se
teletransportavam às casas dos humanos e as fecundavam com um pequeno raio de luz
emitido de uma pequena pistola especial que continha sêmen Gris. A mulher não se dava
conta na maioria dos casos, e quando se retirava o feto, apenas viam uma gota de sangue ou
sentiam cólicas menstruais. Outras os médicos diagnosticavam gravidez sem embrião.
Nesses tempos a nova raça híbrida está completa e as abduções já terminaram, só em
poucos casos se levam as mães a servir de ama-de-leite dos bebês. Em muitos humanos eles
têm colocado implantes mecânicos ou biomoleculares, para poder monitorar com mais
cuidado, sobretudo as mães dos híbridos.

Esta raça híbrida tem regressado para testemunhar e assegurar-se deste maravilhoso
acontecimento (a Era da Luz). Havia acordado somente o resgate dos ET’s que estavam no
planeta com corpos de terceira dimensão, porém a intervenção do mestre Jesus Sananda, Mãe
Maria, Thot o Atlante (Hermes, Enky), Ashtar Sheran e a Federação Galáctica com o Concílio
de AEON em representação do PAI-MÃE CRIADOR original, se acertou o resgate de toda a
humanide sempre e quando esta puder subir seu nível de freqüência vibratória e entrará em
contato com seu Eu Superior para poder alcançar os planos superiores e entrar em contato
com eles. Tipo assim, como se as formigas se despertassem para poder se comunicar com os
humanos.
Se implementou o chamado plano B, que consistia em adiar o Cinturão de Fótons na
entrada da Terra, guardando-a em uma bolha holográfica até 21 de dezembro de 2012 e
implementar a entrada de raios que produziriam os efeitos desejados de elevação de
freqüências. Estes raios energéticos se distribuiriam no lapso do período de tempo do tempo
Maya. Isto foi a raiz do chamado de auxilio que a humanidade produziu na denominada
Convergência Harmônica de 1987. Estes arranjos foram feitos pelo Comando Ashtar, que
estava perto do Sistema Solar e depois substituído pelo comando regional da Frota da
Federação Galáctica.

A Federação Galáctica fez arranjos com o Governo Secreto comandado por Marduk
que se negava a entregar o poder e coisa que ainda não quer. Já havia sido avisado a ele faz
6000 anos de que ao chegar o cinturão de fótons na Terra o acordo terminaria e a intervenção
daria seu fim, dando passo ao resgate planetário. Depois de árduas negociações também foi
acordado que eles (Anunnakis, Reptóides, Grises, demais membros do Concílio de Ankara
junto com essências de ETs de toda a Galáxia e Anjos) encarnariam em corpos humanos com
mais capacidade genética do que seus atuais corpos, para ter a oportunidade de ascenção a
quinta dimensão e poder seguir sua evolução.
As chamadas Crianças Índigo são na realidade essências de Ets, anjos e Reptóides da
quarta dimensão que estão encarnados em corpos humanos.
As chamadas Crianças Cristal são essências de seres de quinta dimensão que baixaram
ao auxilio da raça para ascender.
Por que os da Federação Galáctica não baixaram e acabam por ajudar a humanidade já
que falta pouco para se chegar a 2012? A resposta que eles dão é a não intervenção, não
podem entrar livremente, a menos que se forme a massa critica que peça auxilio e acelere os
tempos, e que o humano eleve seu nível de freqüência vibratória para poder suportar a energia
fotônica. Primeiro havia um plano de evacuação massiva para a humanidade já que o planeta
tem que se reconfigurar por sua próxima ascensão e despertar cósmico.

Comandante Asthar Sheran da Evolução Venusiana, um dos encomendados para o


resgate dos elegidos

Depois graças à resposta da humanidade este plano se alterou e se deram soluções


alternativas de ajuda aos diversos níveis que alcançará a humanidade, já que todos poderão
alcançar esse nível esperado. Se criarão mais cidades Intras e acondicionamentos em outros
planetas para colocar humanos lá enquanto terminam seu processo, outros passarão a corpos
semi-etéricos de quarta dimensão e outros de quinta dimensão, porém muitos poucos
conseguirão converter-se em seres multidimensionais ou mestres ascensos da Fraternidade
Branca.
O planeta reconfigurado ficará para a nova onda de almas a habitar, enquanto os recém
ascensos passarão para a classe seguinte no chamado Período de Júpiter que será na Lua
chamada Europa.

portal_pleyadiano@ yahoo.com