Você está na página 1de 60

Medição de

energia elétrica
Eletrônica envolvida, II JECOMPE
transdutores,
condicionamento dos sinais,
processamento digital USC - BAURU
e componentes específicos

Prof. Haroldo Luiz Moretti do Amaral


agaelema@gmail.com
SHORT. BIO.
2

Quem sou eu!?


Haroldo L. M. Amaral
Doutorando Eng. Elétrica – Poli USP
Mestre Eng. Elétrica – UNESP Bauru
Tecnólogo Sistemas Biomédicos – FATEC Bauru

Professor na FATEC Bauru – Tec. Em Automação Industrial


Articulista no portal Embarcados ->
Apaixonado por eletrônica
3


O maior inimigo do
conhecimento não é ignorância,
mas a ilusão do conhecimento.
(Stephen Hawking)
4

AGENDA
1 - Importância e uso
2 - Transdutores de tensão
3 - Transdutores de corrente
4 - Condicionamento dos sinais
5 - Conversão do sinal
6 - Processamento Digital
7 - Componentes Específicos
Desafios envolvidos
Alguns projetos meus
5

OBJETIVO
Introduzir as principais técnicas
relacionadas a medição de energia
elétrica

Apontar as principais dificuldades e


riscos relacionados ao desenvolvedor
e usuário
6

1. Onde e porque
IMPORTÂNCIA E utilizamos a
medição de
USO energia elétrica
7

TARIFAÇÃO

Energia utilizada
Energia fornecida

Smart Grids – Redes Inteligentes

Fluxo de energia
Monitoramento
Controle
Previsão de consumo
8

INDÚSTRIA

Tarifação
Monitoramento
Controle

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

Controle sobre o consumo


Uso consciente
9
UM POUCO
SOBRE A
ELETRÔNICA
ENVOLVIDA

1. Transdutores tradicionais
Tensão
TP
Transdutor de Efeito Hall
Divisor Resistivo
Divisor Capacitivo e Misto
10

TENSÃO - TP
Transformador “abaixador”

Baseado da relação de transformação


Primário/secundário

Tensão alta
Primário *

Tensão Baixa
Secundário *
* Não é uma regra
11

TENSÃO - TP
Prós
Isolamento Galvânico
Facilidade de uso
Pode ser reaproveitado

Contras
Apenas AC
Preço
Pode gerar Distorção
Harmônica
Trafo de baixa qualidade
12

TENSÃO – EFEITO HALL


Prós
Isolação Galvânica
Linearidade
AC/DC

Contras
Preço
Dificuldade de acesso
TENSÃO – DIVISOR
13

RESISTIVO 𝑽𝑹𝟐 = 𝑽𝒊𝒏 ×


𝑹𝟐
𝑹𝟏 + 𝑹 𝟐

Prós
Barato e simples
AC/DC
Comportamento linear
Não interfere no sinal

Contras
Não existe isolamento
TENSÃO – DIVISOR
14

CAPACITIVO E MISTO 𝑽𝑪𝟏 = 𝑽𝒊𝒏 ×


𝑪𝟐
𝑪𝟏 + 𝑪𝟐

Pode ser aplicado em DC e AC C1 C2


Em AC a relação muda com a freq.

Aplicação em conversores
ADC SAR e também CDAC

O circuito misto é bastante


utilizado no front-end de
osciloscópios
Resposta linear em toda
a banda
TENSÃO – ISOLADOR
15

ÓPTICO
Comum em fontes chaveadas

Prós
179 Vp
Barato e simples
AC/DC
5 Vp
DIY - Adaptável

Contras
Não é linear
Distorção harmônica
de cruzamento
16

UM POUCO
SOBRE A
ELETRÔNICA
ENVOLVIDA

3. Transdutores tradicionais
Corrente
TC
Transdutor de efeito Hall
Resistor Shunt
17

CORRENTE - TC
Prós
Isolamento galvânico
Medição de grandes
correntes

Contras
Apenas AC
Pode necessitar
de Burden resistor
Alto custo
18

CORRENTE - TC
Modelos compactos

Modelos não invasivos

DIY

Possível alteração do range


CORRENTE – EFEITO
19

HALL
Prós
Isolação galvânica
AC/DC
Simples utilização
Linearidade

Contras
Preço
Invasivo
Ruído de fundo
CORRENTE – RESISTOR
20

SHUNT
Prós
AC/DC
Simples
Não interfere no sinal
Boa linearidade

Contras
Perigoso
Sem isolação
Invasivo
Dissipação Térmica
21

UM POUCO
SOBRE A
ELETRÔNICA
ENVOLVIDA

4. Condicionamento dos
Sinais
Adequação dos sinais
22

CONDICIONAMENTO DOS SINAIS

Tensão
Abaixar a tensão Através dos
transdutores
Corrente
Transformar em tensão

AmpOp’s
Casar impedâncias
Amplificar/Atenuar
Filtrar
23

CONDICIONAMENTO DOS SINAIS

Sinais AC em single supply

Adicionar offset DC Virtual Ground


Circuito passivo ou ativo
24

CONDICIONAMENTO DOS SINAIS

Medição com Resistor Shunt


Qual o tipo de medição de corrente?

High-Side?
O AmpOp é compatível
com o VCM?

Low-Side?
Afetará o ground patch?
25

CONDICIONAMENTO DOS SINAIS

Medição em Low-Side

Exatidão na medida
Não detecta
bypass na carga
Interfere no GND
Aterramento ruim
pode interferir no sinal
26

CONDICIONAMENTO DOS SINAIS

Medição em High-Side

Exatidão na medida
Pode detectar by-pass
na carga
Amplificador com
elevado VCM
27

CONDICIONAMENTO DOS SINAIS

Medição em High-Side
Como lidar com o VCM?

Cada fabricante utiliza


uma topologia (ou várias)
Atenuar o sinal
Entrada flutuante
Outras...
28

CONDICIONAMENTO DOS SINAIS

Medição em High-Side

Posso resolver o VCM


na “raça” (DIY) ?
SIM!

Será simples e viável?


Provavelmente NÃO!
PEQUENO ESTUDO DE CASO
29

MEDIÇÃO HIGH-SIDE

Considerando as características a seguir


Vsource = 48 V Iload(max) = 10 A Rsense = 10 mΩ
Vcc = 3,3 V Vcm = Vss – 0,2 e Vcc + 0,3
Vos(OpAmp) = ±1 mV

Iload(max) = 10 A
Vsense = 0,01 Ω * 10 A = 100 mV
Psense = Rsense * Iload2 = 1 W
PEQUENO ESTUDO DE CASO
30

MEDIÇÃO HIGH-SIDE

Amplificador diferencial tradicional

Ganho 10x

Elevado Vcm
Além dos limites

Não confie cegamente


na simulação
PEQUENO ESTUDO DE CASO
31

MEDIÇÃO HIGH-SIDE

Amplificador diferencial tradicional atenuado

Estágios em cascata
Ganho 1 = 1/18x
Ganho 2 ≈ 180x

Vcm dentro dos limites

Impacto do Vos Voffset


32

CONDICIONAMENTO DOS SINAIS


É possível garantir isolação e segurança
utilizando resistor shunt ou divisor resistivo?

SIM!!!
Amplificadores de Isolação
“Isolation Amplifier”

Modula/demodula o sinal
Barreira capacitiva (AMC1100)
Transformador isolador (AD215)
33

CONDICIONAMENTO DOS SINAIS

Filtragem do sinal
Filtro passivo
Filtro ativo
Simples ou Complexo
Misto

Ferramentas online
WEBENCH® Filter Designer – TI
Analog Filter Wizard - AD
34

UM POUCO
SOBRE A
ELETRÔNICA
ENVOLVIDA

5. Conversão do Sinal
Analógico -> Digital
35

CONVERSÃO DOS SINAIS

Converter os sinais condicionados

Analógico
Domínio contínuo

Digital
Domínio discreto
- No tempo e amplitude
36

CONVERSÃO DOS SINAIS

Conversor ADC

Amostragem do sinal
Frequência do sinal
Teorema de Nyquist-Shannon

Resolução tem grande influência


Menor unidade mensurável
37

CONVERSÃO DOS SINAIS


Existe diferença entre Precisão,
Exatidão e Resolução?
Precisão (Precision)
Reprodutibilidade de
uma medida
Exatidão (Accuracy)
Concordância com a
referência
Resolução (Resolution)
Menor incremento possível
38

CONVERSÃO DOS SINAIS

Tipos mais tradicionais

SAR
Presente nos uC’s e ADC’s de uso geral

Sigma-Delta
Aplicações de precisão
Tradicional na medição de energia
39

CONVERSÃO DOS SINAIS

Ponto importante - Simultaneous Sampling

Conversores tradicionais
Multiplexam os canais
1 único ADC

Conversores para Energy Metering


Múltiplos ADC’s
Conversão sincronizada
40

UM POUCO
SOBRE A
ELETRÔNICA
ENVOLVIDA

6. DIGITAL SIGNAL
PROCESSING
Processamento digital dos
Sinais
41

PROCESSAMENTO DIGITAL

Aplicação de Filtros Digitais

Filtro FIR
Finite Impulse Response
Filtro IIR
Infinite Impulse Response
Tipos
Low-pass, High-pass, Band-pass...
42

PROCESSAMENTO DIGITAL

Aplicação de Filtros Digitais

Filtro de média móvel


Minimizar ruídos com característica gaussiana
Baixo custo computacional
43

PROCESSAMENTO DIGITAL

Algoritmo True RMS

RMS
Root Mean Square
Cálculo da integral das formas de onda
Independente da forma de onda

𝑇
1 1
𝐴𝑅𝑀𝑆 = න 𝑎2 𝑡 . 𝑑𝑡 𝑅𝑀𝑆 = ෍ 𝑥2
𝑇 𝑁
0
44

PROCESSAMENTO DIGITAL

Cálculo do Fator Potência (FP)

𝑃
𝐹𝑃 =
𝑆

(1 + 𝑇𝐻𝐷𝑝 ) cos 𝜑1
𝐹𝑃 = cos 𝜑 . 𝐹𝑃 =
2
1 + 𝑇𝐻𝐷𝑖 ∗ 1 + 𝑇𝐻𝐷𝑣 2 1 + 𝑇𝐻𝐷𝑖 2
45

PROCESSAMENTO DIGITAL

Cálculo das Potências

𝑆 = 𝑉𝑟𝑚𝑠 ∗ 𝐼𝑟𝑚𝑠

𝑃 = 𝑃1 + 𝑃𝐻 = 𝑉1 ∗ 𝐼1 ∗ cos 𝜑1 + ෍ 𝑉𝑛 ∗ 𝐼𝑛 ∗ cos 𝜑𝑛
𝑛=2

𝑃 = 𝑉 ∗ 𝐼1 ∗ cos 𝜑1

𝑄 = 𝑉 ∗ 𝐼1 ∗ sin 𝜑1

𝐷= 𝑆 2 − 𝑃2 − 𝑄 2
46

UM POUCO
SOBRE A
ELETRÔNICA
ENVOLVIDA

7. COMPONENTES
ESPECÍFICOS
Componentes focados em
medição de tensão, corrente
e consumo de energia
47

COMPONENTES ESPECÍFICOS

Conversor RMS to DC

Gera uma tensão DC proporcional


ao valor RMS

Comum em multímetros true rms e


equipamentos que trabalham em
ampla banda

Ex.: AD736, AD636


48

COMPONENTES ESPECÍFICOS

Soluções voltadas a medição de energia

Analog Devices - Linha ADE7xxx


Single Phase / Multi Phase
Processamento interno ao AFE
Acessar os valores via SPI
49

COMPONENTES ESPECÍFICOS

Soluções voltadas a medição de energia

ATMEL M90E36A
Poly-Phase
Processamento interno
DSP interno (THD e DFT)
Acessar os valores via SPI
50

COMPONENTES ESPECÍFICOS

Soluções voltadas a medição de energia

Texas Instruments - Linha MSP430


uC 16 bits Low power
Single Phase / Multi Phase
ADC ΣΔ 16/24 bit
51

COMPONENTES ESPECÍFICOS

Soluções voltadas a medição de energia

Texas Instruments – ADS131E08


AFE Multi Phase
8 ADC ΣΔ 24 bit – 64ksps
52

Definir as características e componentes


• Quais e porque?
Desenvolver os algoritmos de cálculo
• Validar seu funcionamento
Integrar todos os periféricos necessários
• Hardware/Software
Calibrar o sistema
• Verificar precisão e exatidão
DESAFIOS
A cada novo projeto aprendemos
ENVOLVIDOS
coisas novas!!
53

TCC UPGRADE MESTRADO


(2012) (2013) (2014)

REF. TENSÃO
ALGUNS DE PRECISÃO
(2015/2016)
DOS MEUS
PROJETOS
54

TCC – Graduação
(2012)

Gerenciador de energia

Sistema para medição de


algumas grandezas

uC 8051, ADC 8 bit,


limitações no hardware
55
Upgrade no sistema
(2013)
Troca dos uC’s
8051 por 1 MSP430G2553
Aumento da resolução
ADC de 8 bit para 10 bit
Ganhos em desempenho
Menos ciclos por instrução
Menor clock com maior
desempenho
Possibilidade de debug
Mesma etapa de condicionamento
dos sinais...
56

Mestrado
(2014)
Desenvolvimento de um
Smart Meter

2 uC’s MSP430
Divisão de tarefas e periféricos
ADC 16 bit
Substituição dos algoritmos
Novo projeto para etapa analógica
Medição não isolada
Não interferir na forma de onda
Exatidão superior a 1%
57
Referência de
Precisão
(2015-2016)
Projeto Open-Source
Referência de tensão de
precisão

Baseado na REF102 (10 V)


Total de 5 tensões

Exatidão sem calibração


Superior a 0,05%
Download desta
apresentação
e outros
materiais
Haroldo L. M. do Amaral GRATO PELA
agaelema@gmail.com
ATENÇÃO!

Dúvidas ou
comentários?
CREDITS
Special thanks to all the people who made and released these
awesome resources for free:
Presentation template by SlidesCarnival