Você está na página 1de 11
Critica cultural e sociedade* A sonoridde da expresso “rte utara” deve incomodar quem esti acostumado + pensar com os ouvidos, eno apenss porque combina, como a palavra “tomiovel, termes do gogo edo latin El record ua gran contadigio, O critica da cltura no est sstifito com a cultura, mas deve wnicament «ea es 1 mal ‘tar. Fle fala como se foseo representane de oma nates ima ‘alada ou de um estigi histrio superior, mas énecessaramente dha mesmaessnca daguilo que pens er seus pos A insfiincia do sujeito que pretend, em ron contingtncse linia, ular violencia do exstente — uma invufceniatanaeveresdenuncads por Hegel, com vistas a uma apologia do status quo — toons Insuportivel quando o proprio sia &mediado ate asa compo ‘igo mas fatima pelo concrito a0 qual econtaptecomo se fose independent esoberano. Mas a impropredade da cites cra ‘no que dir respete 20 conteddo, azo decor tant da falta devs peta pelo que €ercado quant do secret reconhecimento, at famte © cog, do objeto de su erica. O estico da cla mal consegue evita isinuagio de que pon eleura que di fla, Sun vaidade vem em score da wsdadeda curs: mesmo no geste cuatro, o crtico mantém aida de elrsfirmemente ead, inquesionada e dogmatic, Ele deslocao ataque, Onde hi deses: Pe e incomensurstel soften, o cco da cultura ve apenas ‘igo de esi o estado ds consigncia humana, a decadncia da na en Shh oc mr eons norma, Na mia em qe exe inst nite na vento de taguetro inne ever de roca nara que ne tabs preps ann lao dos homens ‘Atte deco da xara be pet, grgs Asa die renga cn rchgdo so cies predominant tnpatt lo eorcarerte tors com bavante reqtncia ele spnat ris aa deere Maso etc da cura ncorpor a ilerenge no span er (gs gow de splint pus que prea de mmo, det {Etcengn pra perc apressrs como calf pepe ds poe tena dcalara x itings, por mao aqua roca de- pest da prov ds condgbe tei devi nonen se gt Elana o eft © cxagere da prerngo cattle prs, tex €lmanente 20 proprio movimento do epi aurea ie Unis em rao s es conden media que a igidle da !ublimagi,confrontada com a powibildade desig mai tu arcade snug deena aes keno torre Sueniontal O etic da cur fax dens pectente serie, im priv seu perdendo sega so coopers com acl tur emo tum ago hnrad ee pogo lv et no ena, (co dae Mestn o place oper com que ca cmania ‘rd sre contac tlo-erdaders persaceeconiato ‘ria do gue écombatd, ial em sae afrgtee Quem 2 prosama tperior senteze a0 meno tempo como endo do fame Se alg etude a profscte de cee na aceade bor. fe, que tango Tnalette te» pos de efico cal ome aque que Bla, porexemplo, ands pods ebay OF tttios prfsbonis ean sheet, “forse”: oneervam febreo merado dos produto epi, Alcngavaecaoeal Inet com iso uma vio mals profunda da queso, perma tend, condo, vampreanblm cowo aga do omer, onsnincn se odo Gm sus prdutos eda, com sere dlocomercoenqut a Ele trazem sare dso, meso que tenhum sbandonado o papel de agent, Que Iie enka do cone doo papel de prtoy «depois © de ue ft algo Inevivel do pont devs econbmico, enor acide no qe de reps. us quaiingbes objec. A apidade quel proporconars pigs prileiaan no jogo du conconttac—" prvlegadse ‘orgs 0 detine do que era julguto dependia en grande pute de Seu voto — confers aos seus jugamentos a usio de eompetincs, (cupando habilmence as lacus adquitindo, com a expansio da imprensa, uma maior inflvéncia, os etic acabaram aleagando examen als storia ques roa profit pretensaniente preston San arroginls provi do fa de que cas formas da Sociedade coacortencia, onde todo ser € meramente um se pars ‘tro, até mesmo © proprio ertico pasa a ser medido apenas ‘segundo se éxito no mercado, ou sep, na medida em que ele exe {eacrics,O conhecimento eltivo dor tomas nao ea primordial teas sempe un produto secundisio, quan rs alta a eco {sie conbecimento, tanto mais esa carci passa a see cuidadosa- ment substuid plo eruitisme e plo conformismo, Quando os “rita fnalmente nao etendem mas nada da qe jalgam ema ena, 2 du at, edeiam-se ebuinar com prazer 30 papel de pro” pagandists ou censres,consuma-se ales antiga fats decariter {do ofcio, Ax prerogativa da informagioe da posiio permite ‘que ces expresem sua opinido como se fosse a propria obetiv- dade, Mas els €unicamente a objetividade do espirito dominant. (seis da cour jadace a eer oi ( concste de liberade de opinio,« atmo o pepo cane ‘sito de Hberdade esprit oa sociedad burguea, no gua cca altura se baseia,posui 2 sua propria dlc, Pois,enquanto se Hiberava da tte tcldgico-fual, 0 eprt, gras 3 progress socilzago de todas a elagSes humans, cla eda vez mais 0b 0 onto anim das relies vgeates, que alo spenss se impos partir de fora, como também se inroduzto em Seu ftio imanente Esss relagies se impoem tio impiedosamente a0 esptto at0- nome quanto antes or ondenaments eterSnomor se impunham 20 ‘splits compronectid. Nio a o spt se jst un realidad tmereadologia repreduzindo com so a atgoras soci redo rinantes, como se asemlha, objeivamente, a0 status quo, mesmo ‘quando, subjtvamente,nio se transforma em mereadora, As ‘malas do todo so stadas ca ver mai conforme o modelo do to de troca Hote permit A consznciainivideal cada vex mena tspago de manobra, pasa a formla de antero, de umn nado sud vez mas radical, cortando-Ihe a pron a possiblidade ds diferega, |gue se degrads em mera nance no inttior da homogenedade a fora. Simulanament spain de liberals torn efledo {obre» propia do liberdale incorparaemete as det do Gus ste ganda ena csara cm conta om ra do bs dade manila, o que sea relorgando 2 dependenca, Ess tmomenton, em cajun com aslo nce dos padres do txt, ey emo ees repre do epi Sus esons. Ildade transforms, de scordo com » conenciapreponrate da socedade, em fio. De ma liberdade 0 pitt desenvalre ‘pens o momento neavesheraga desta comigto monadlo fee vem projton respond, Fors dao, pore, le $s cals ver is ememente, como mato rmuneaty i sears da qual preenia edetaca As ivectvas de eel Kraay Conta bead de inprena no deem close tomade 0 dale invocataio cesar on eves ea exo Szarodemdnioaplado «Beeb Maes cee mena oe Hloyescem sb a roe da Iibrdade deimprensa no segura amet, algo de siden! ta matcha hres do ptt: no 9+ tages dcr mqal e encea st ea, ones {cman nn cue an etre lene quai onde o cpio arena sus propos pcs ‘ice, Quando ov faci ane rosters spss ok 3 susitatam pelo geado conto de Kumericheng {cone templao daa} sgn apenas o forte merce do Eada orcs, que ainda emis a revere do colabrador de fothetins pathos do Marts de Por, Mas asgane barbie calor qu elmer sor bros liming da crc rapsto a hora seagem no seit do ep retry se prey, Coma mesma meds, Ns ria sialic do case pda conta ‘os crcsteos no vive somente» inv de una era eda Forge oe nom sei cena on a ae fem expres © seativ que cle proprio tee de epinin O Aisin equ o at soberan do cit ener os Ian inde ennca que cle do poste pevme un papel decomando que Etrconeidel como su proprio principio de ibedade epi Iso neva on es imi © salma dete fo sore. mente sade pel fraguera atcinamene aad de fore, diqucles caja gesiculalo distor tert suplamado com tans ‘goto a dos posters donos do pve mito mens st Maso SET TR = fascias socumbiram a mesma ingenidade dos crticos acrenga ma cals enguanto tl, agora restrta 3 ortentaio © a0 giants do ‘spiito mais convenientes. Hes ve setram os médios da caltra 1 Tvraram do aguilio de erica: Com eso, co apenas se reba ‘aram 20 oficalsme, como também dexaram de rconhecer @ ‘quanto a erica ea cular esto entrelgadas, pra o bem ou para 0 ‘mal A cule #6 €verdadeira quando implistamente erica © 0 ‘apie que se exuere dss vings-se de mesmo nos eroos que tle proprio cia. A etca & um eltmeno inalienvel da cus, replea de coatradigese pes de toda sua invedade ands é 0 serdadira quanto nio-verdadsrs€ evlar. A cica no ¢ ins {quando deri era snds seria sua melhor qualidade —, mas {endo 30 deabedecer,obedece “A cumplcdade da esa cultural com a cultura ao ceside na sera mentalidade do ertio, & ditada sobretdo pela relgio do {rico com agulo de que trata. Ao fazer da cular ose obj, 0 ‘ico torn bjels O sentido proprio da cultura, entetanto, ‘ons na interuptio da cbjetvago, To logo a cultura se com fea em “bens cltras™e na sua repuganteTaconalizagioflo- fi, of chamador “valores cultura", poca contra asa raion ‘etre, Na dstlagio deste “valores” —termo no qual e083 or acsto, a Finguagem da toca de mercadoriat —~ a cultura se rtege it detenninages do mercado. Memo ao entutiasmo por ‘rand civlizagbes exis puls a excita com uma psa rat ‘a qual podese investi algum dei. Quando aera cultural, até mesmo em Valery, alase 20 conservadorisme, desase com