Você está na página 1de 1

Antes de debater o caso especfico em estudo vamos falar um pouco sobre o conceito

de tica. O que tica? tica um conjunto de princpios ou padres pelos quais o homem
tende a realizar o valor de bem/correto.
No caso em estudo, o Eng. Antnio Rodrigues, encontrou um excerto de cdigo que
servia na perfeio para resolver parcialmente um problema, no decurso do ser trabalho.
Poder ele reivindicar os direitos de autor do trabalho? A resposta poder variar consoante
temos copyright ou copyleft.
Em caso de copyleft, em que o excerto de cdigo considerado cdigo aberto, o Eng.
Antnio Rodrigues pode utiliza-lo e reivindicar o trabalho como sendo da sua autoria, desde
que identifique o excerto de cdigo.
No caso de copyright, em que o excerto de cdigo no cdigo aberto, podemos
tomar vrios caminhos. Segundo o artigo 141, n 4 da Ordem dos Engenheiros, O
engenheiro deve opor-se utilizao fraudulenta, ou contrria ao bem comum, do seu
trabalho, logo o Eng. Antnio Rodrigues tem que chegar a um acordo com o autor do excerto
do cdigo e s depois pode utiliza-lo, nunca esquecendo de o identificar.
Para reivindicar os direitos de autor do trabalho, no basta olhar para os aspetos
falados. Segundo o artigo 144, n 2, O engenheiro apenas deve reivindicar os direitos de
autor quando a originalidade e a importncia relativas da sua contribuio o justifiquem,
exercendo esse direito com respeito pela propriedade intelectual de outrem e com as
limitaes impostas pelo bem comum. No problema em estudo, o excerto utilizado pelo Eng.
Antnio Rodrigues resolveu parcialmente um problema, logo cumpre com o artigo 144 n2.
Em concluso, o Eng. Antnio rodrigues, pode reivindicar os direitos de autor, se
cumprir com os termos escritos no paragrafo trs e quatro (copyleft e copyright).