Você está na página 1de 4

SUCESSÕES PROF. LUIZ FERNANDO DEL RIO HORN

ATIVIDADE – EXERCÍCIOS DE SIMULAÇÃO E DISSERTATIVA

RECOMENDAÇÕES (LEIA ANTES DE INICIAR A ATIVIDADE):

Responder as 7 (sete) questões de simulação para indicar: quem recebe, quanto

recebe e a que título recebe (conforme legenda disponibilizada adiante); Responder a questão dissertativa de modo a contemplar todas as situações que

envolvem a consulta (mais de três respostas combinadas); É permitido todo tipo de consulta, inclusive auxílio à colega.

1) Questões de simulação:

Aponte diretamente nos quadros, quando aplicável, os quinhões em bens (um I ou dois I, etc), percentuais ou valores dos herdeiros, bem como indique os tipos de direitos hereditários envolvidos conforme legenda abaixo, nas simulações a seguir:

1º quadro (ao lado da letra): resultado final em bem, percentual ou valor; 2º quadro: tipo de direito (meação e/ou herança), nestes termos:

Meeiro: M Herdeiro por concorrência: HpC Herdeiro por direito próprio/cabeça: HC Herdeiro por representação ou estirpe: HR Herdeiro bilateral: HB Herdeiro unilateral: HU

2.1) Casamento sob o regime da comunhão parcial de bens conforme jurisprudência do STJ:

Conjunto patrimonial bens particulares de cujus: 7 imóveis de igual valor (em bens); Conjunto patrimonial bens comuns: nenhum.

valor (em bens) ; Conjunto patrimonial bens comuns: nenhum. C C F1 F2 F3 F4 F5
valor (em bens) ; Conjunto patrimonial bens comuns: nenhum. C C F1 F2 F3 F4 F5
C
C
C
C
C
C
C
C

C

C
C
C
F1 F2 F3 F4 F5 F6
F1
F2
F3
F4
F5
F6

2.2) Casamento sob o regime da comunhão parcial de bens conforme redação do

CC/2002:

Conjuntos patrimoniais bens particulares: nenhum; Conjunto patrimonial bens comuns: existente (percentual = 100% de bens do casal).

C
C
nenhum; Conjunto patrimonial bens comuns: existente (percentual = 100% de bens do casal) . C C
C
C
C
C

C

C
C
C
nenhum; Conjunto patrimonial bens comuns: existente (percentual = 100% de bens do casal) . C C

F1

F2

F3

F4

F5

2.3) Casamento sob o regime da comunhão universal de bens conforme redação do CC/2002 :

2.3) Casamento sob o regime da comunhão universal de bens conforme redação do

CC/2002:

Conjuntos patrimoniais bens particulares (art. 1.668. CC): nenhum; Conjunto patrimonial bens comuns: R$ 100.000,00 (em valores).

C
C
patrimonial bens comuns: R$ 100.000,00 (em valores) . C C F1 F2 F3 F4 F5 2.4)
C
C
C
C

C

C
C
C
patrimonial bens comuns: R$ 100.000,00 (em valores) . C C F1 F2 F3 F4 F5 2.4)
F1 F2 F3 F4 F5
F1
F2
F3
F4
F5

2.4) Casamento sob o regime da participação final nos aquestos conforme redação do

CC/2002:

Conjuntos patrimoniais bens particulares antes do casamento: nenhum; Conjuntos patrimoniais bens particulares depois do casamento: nenhum; Conjunto patrimonial bens comuns: existente (percentual = 100% de bens da herança). (R) = renúncia

C
C
patrimonial bens comuns: existente (percentual = 100% de bens da herança) . (R) = renúncia C
C
C
C
C

C

C
C
C
patrimonial bens comuns: existente (percentual = 100% de bens da herança) . (R) = renúncia C
F1 F2 F3 F4 F5 (R)
F1
F2
F3
F4
F5 (R)

2.5) Casamento sob o separação obrigatória de bens conforme redação do CC/2002 c/c Súmula 377 do STF:

Conjunto patrimonial bens particulares do cônjuge falecido (de cujus): R$ 100.000,00 (em valores); Conjunto patrimonial bens particulares do cônjuge sobrevivente: R$ 0,00 (em valores); Conjunto patrimonial bens comuns: R$ 100.000,00 (em valores = de bens da herança).

C
C
R$ 100.000,00 (em valores = de bens da herança) . C C F1 F2 F3 F4
C
C
C
C

C

C
C
C
R$ 100.000,00 (em valores = de bens da herança) . C C F1 F2 F3 F4
F1 F2 F3 F4 F5
F1
F2
F3
F4
F5

2.6) Conforme redação do CC/2002:

Conjunto patrimonial bens de cujus: R$ 100.000,00 (em valores); Autor da herança: F4

C
C
C
C
: R$ 100.000,00 (em valores) ; Autor da herança: F4 C C C F1 F2 F3
: R$ 100.000,00 (em valores) ; Autor da herança: F4 C C C F1 F2 F3
: R$ 100.000,00 (em valores) ; Autor da herança: F4 C C C F1 F2 F3
: R$ 100.000,00 (em valores) ; Autor da herança: F4 C C C F1 F2 F3
: R$ 100.000,00 (em valores) ; Autor da herança: F4 C C C F1 F2 F3
C
C
: R$ 100.000,00 (em valores) ; Autor da herança: F4 C C C F1 F2 F3
: R$ 100.000,00 (em valores) ; Autor da herança: F4 C C C F1 F2 F3
: R$ 100.000,00 (em valores) ; Autor da herança: F4 C C C F1 F2 F3
: R$ 100.000,00 (em valores) ; Autor da herança: F4 C C C F1 F2 F3
: R$ 100.000,00 (em valores) ; Autor da herança: F4 C C C F1 F2 F3
: R$ 100.000,00 (em valores) ; Autor da herança: F4 C C C F1 F2 F3
: R$ 100.000,00 (em valores) ; Autor da herança: F4 C C C F1 F2 F3
: R$ 100.000,00 (em valores) ; Autor da herança: F4 C C C F1 F2 F3
F1 F2 F3 F4 F5
F1
F2
F3
F4
F5

2.7) Conforme redação do CC/02:

Autora da herança: F1 (em percentual = 100%) (R) = renúncia

C
C
C
C
F1 F2 F3 F4 F5 2.7) Conforme redação do CC/02: Autora da herança: F1 (em percentual
F1 F2 F3 F4 F5 2.7) Conforme redação do CC/02: Autora da herança: F1 (em percentual
F1 F2 F3 F4 F5 2.7) Conforme redação do CC/02: Autora da herança: F1 (em percentual
F1 F2 F3 F4 F5 2.7) Conforme redação do CC/02: Autora da herança: F1 (em percentual
F1 F2 F3 F4 F5 2.7) Conforme redação do CC/02: Autora da herança: F1 (em percentual
F1 F2 F3 F4 F5 2.7) Conforme redação do CC/02: Autora da herança: F1 (em percentual
F1 F2 F3 F4 F5 2.7) Conforme redação do CC/02: Autora da herança: F1 (em percentual
F1 F2 F3 F4 F5 2.7) Conforme redação do CC/02: Autora da herança: F1 (em percentual
F1 F2 F3 F4 F5 (R)
F1
F2
F3
F4
F5 (R)

2) Questão dissertativa (resposta direta):

1) Responda o problema que segue:

Maria, em procura ao seu escritório de advocacia, faz uma consulta referente ao seu marido João recém falecido. Narra, a cliente, que o de cujus, teve óbito dia 31 de agosto de 2010, sendo que há 1 (um) ano antes da data de falecimento não mais viviam juntos. Nesse período em que separados de fato, o de cujus não se envolveu com outra pessoa e tampouco foi cogitado, por ambos, a possibilidade de buscarem a separação. Os dois únicos filhos, maiores, provêm de um casamento anterior de João, os quais foram criados e continuam vivendo juntamente com a cliente, em ótima relação. A mãe biológica destes faleceu em data anterior a João e não deixou bens. Inexistem ascendentes vivos de João. Em que pese a inexistência de patrimônio adquirido na constância do casamento de João e Maria, seu regime se deu pela comunhão parcial de bens, sendo que o falecido deixou bens particulares, incluindo um único bem imóvel que serve de residência atual para a família. Segundo informação da cliente em consulta, os filhos do de cujus querem a favorecer. Existe possibilidade? Explique e fundamente indicando dispositivo(s) legal(is) pertinente(s) as situações ora envolvidas com base interpretativa do Código Civil de 2002 (no máximo 15 linhas):