Você está na página 1de 1

Eleio diferente

Roberto Garcia Simes


10.07.2016
Com a proibio do uso de dinheiro das empresas nas eleies municipais deste
ano, uma das desejadas mudanas na poltica dever se efetivar o que precisar de
uma negao e ateno do eleitorado para evitar os possveis desvios mediante a
recorrente prtica do caixa 2 e dos laranjas. H muitos que torcem para tanto
visando a reforar a defesa de que as doaes (sic) das empresas, sob outras regras,
tm que voltar. Eleio era um grande negcio.
A essa mudana essencial, de tal forma que qualquer campanha feita nos moldes
anteriores ter algo de ilegal, se entrelaa a reduo do tempo da campanha de 90
para 45 dias e do horrio eleitoral na TV e no rdio de 45 para 35 dias. Alm disso,
preciso considerar que as finanas municipais esto em baixa ou no vermelho. Nesse
quadro de restries, haver uma reduo ou no no nmero de candidatos,
abrangendo as Cmaras?
Com poucos recursos para a campanha e prefeituras com oramentos
desfavorveis, em meio a uma grave crise nacional que amplifica o descrdito nos
polticos, emergem muitas indagaes sobre o que influenciar a deciso do
eleitorado nessa eleio diferente. Para comear, com o pouco dinheiro, dever haver
uma sensvel reduo da influncia do marketing eleitoral especialmente nos
programas de TV. Qual ser a inovao nesse novo processo eleitoral? Bastam as
redes sociais e as mensagens eletrnicas?
Qual tipo de candidato (a) poder conquistar alguma ateno de grande parte do
eleitorado? Os polticos conhecidos tero maior dificuldade para pedirem votos nas
ruas? A aposta ser nos candidatos nefitos na poltica? As igrejas crescero a sua
influncia em tempo de vacas magras? O que retornar das antigas campanhas?
Quais propostas despertaro interesse? Diante do caixa baixo das prefeituras, as
tradicionais promessas de mais tudo e as que geram expectativas de um futuro
radiante rendero votos? Ou o eleitorado quer ouvir do candidato(a) propostas
realistas e at impopulares para alguns segmentos sociais? Por exemplo, reduo de
gastos e de tempo desperdiados?
Haver alguma influncia na disputa local, notadamente nos municpios de mdio
e grande portes, das denncias de corrupo que abrangem os maiores partidos? O
PT, o PMDB e o PSDB sero os mais visados? As propostas de combate corrupo
no podero faltar no discurso programtico?
Conjugando tipo preferencial de candidato(a) e propostas que podero atender ao
eleitorado diferenciado, o que prevalecer na deciso do voto nessa eleio?