Você está na página 1de 3

Os sinais de trnsito

Um dia, os sinais de trnsito da cidade resolveram reunir-se, no centro da


praa.
Foram chegando em grupo, cumprimentaram-se e comearam a
conversar.
Os sinais de perigo, aqueles de cabecinhas triangulares, pintados de
vermelho e negro, diziam:
- Gostamos muito das pessoas. Pois no verdade que quem me avisa do
perigo, meu amigo ?
- Ento e ns, assim redondinhos e cercados a vermelho, quando
proibimos alguma coisa s pessoas s para as proteger! - diziam os
sinais de proibio.

- Ns s damos bons conselhos, obrigando a tornar o caminho mais


seguro! - afirmavam os sinais de obrigao, de rostos circulares e muito
azuis.
Por fim, chegaram os sinais de informao, retangulares, de fundo azul.
Com o seu ar simptico, faziam uma vnia aos colegas e diziam
orgulhosos:
- E quem informa onde o restaurante, o telefone, o pedido de socorro?
Estamos sempre prontos a ajudar.

Nesta altura, os sinais lembraram-se que era preciso regular o trnsito da


cidade. Despediram-se uns dos outros e voltaram aos seus lugares dando
ordens e indicaes teis a toda a gente.

Ordena as seguintes frases da histria:

Os sinais de perigo diziam que quem avisa do perigo, seu amigo .


Os sinais de obrigao redondos e azuis diziam que davam bons
conselhos, tornando o caminho mais seguro.
Os sinais de proibio, redondos e vermelhos, diziam que se proibiam
era para proteger.
Despediram-se, pois era necessrio regular o trnsito da cidade, dando
ordens e indicaes teis a toda a gente.
Os sinais de informao, retangulares e azuis, esto sempre prontos a
informar.
Os sinais de trnsito da cidade resolveram reunir-se, no centro da praa
para conversar.

Nome: __________________________________________ Data: ___________________

Os sinais de trnsito so classificados em diferentes famlias, e:


Dizem respeito a quem circula de automvel.
Dizem respeito aos pees.

Dizem respeito a todos os que circulam na via pblica (condutores,


ciclistas, pees).

Nome: __________________________________________ Data: ___________________