Você está na página 1de 19

TIPOS DE VIGAS

PROF. DR. CARLOS A. NADAL

Apoios ou vnculos
- so elementos que restringem movimentos das estruturas

Apoio mvel
Impede movimento na direo normal perpendicular)
ao plano do apoio
Permite movimento na direo paralela ao plano do
apoio
Permite rotao.

Apoio fixo
Impede movimento na direo normal ao plano do apoio
Impede movimento na direo paralela ao plano do apoio
Permite rotao.

Engastamento
Impede movimento na direo normal ao plano do apoio
Impede movimento na direo paralela ao plano do apoio
Impede rotao.

VIGA EM BALANO OU ENGASTADA


P = carga concentrada
P

P = carga uniformemente distribuda


P

P = carga no uniformemente distribuda

VIGA SIMPLESMENTE APOIADA


P

VIGA SIMPLESMENTE APOIADA COM BALANOS

VIGA ENGASTADA EM AMBAS AS ESTREMIDADES

VIGA ENGASTADA E APOIADA

VIGA CONTINUA

Que tipo de viga pode ser assimilada ao eixo do caminho?

MEDIO DE DEFLEXO EM RODOVIAS

VIGAS CONTINUAS

Exerccio: Traar os diagramas de Momento Fletor e Foras Cortantes


para a Viga biapoiada com uma carga concentrada P
P

S1

S2

x
x
b

a
l

Colocando a seco S1 a esquerda da carga ou seja

x<a

H = reao horizontal de apoio


V = reao vertical de apoio
M = reao momento de apoio
Q = esforo cortante ou cisalhamento
Mf = momento fletor
P = carga concentrada

Clculo das reaes de apoio determinadas pelo equilbrio global da viga


=0

=0

=0

HB =0
VA + VB P =0

VA + VB = P

VB .l P.a = 0

Calculo dos esforos solicitantes


Seo S1
0 x a

(foras esquerda)

Fora cortante: Q1 = VA
Momento Fletor

1 = =

x
0
a

M1
0

a x l

Seo S2

(foras esquerda)

Fora Cortante

2 = =
-P

2 =

( )

Momento fletor
M2 = Va x P(x-a)

2 =

xPx+Pa

Para x= l tem-se

P l +V a

2 = 0

Obs.: O sinal de x + positivo porque traciona a face inferior da


viga e o sinal de () a x P negativo porque traciona a face superior
da viga, em relao seo S.
Quando
Tem-se

a=b=
2

= =
2

E o momento fletor mximo

=
4

S1

S2

x
x
b

a
l

Diagramas de fora cortante


e momento fletor