Você está na página 1de 10

1

MOTIVAÇÃO
“LEMBRE-SE SEMPRE QUE ESTA É A CÓPIA DE UMA PALESTRA EM VÍDEO, E A ESCRITA
REPRESENTA A FALA NA ÍNTEGRA. ”
Nós vamos trabalhar neste pequeno curso sobre aspectos motivacionais da pessoa
humana.
A pergunta que sempre se faz é - O que motiva o ser humano?
Vamos primeiro lembrar que, motivar significa ter motivos, ter razões para poder fazer
uma coisa ou deixar de fazer.
Vamos discutir um pouquinho alguns aspectos sobre “ser humano”, “o que motiva”, “o
que faz”, “quais as características fundamentais do ser humano” e o que isso significa.
Eu queria pedir muita atenção de vocês prá esses conceitos que não são muito simples
assim de serem compreendidos se a gente não prestar um pouco mais de atenção.
Primeiro: O quê que caracteriza o ser humano? O quê que distingue o ser humano dos
outros animais? Quem é este ser humano?
Há uma coisa que nós precisamos entender. Na verdade o que distingue o ser humano
dos outros animais, segundo hoje se diz, segundo modernamente se coloca, é que o ser
humano tem duas características fundamentais; uma delas é a inteligência, e nós prezamos
muito a inteligência, nós queremos ser inteligentes, casar com pessoas inteligentes, casar com
marido inteligente, casar com mulheres inteligentes, ter filhos inteligentes; nós na verdade,
temos a inteligência na nossa sociedade como o maior atributo do ser humano. Mas como
diziam os Gregos, como dizia Demócrates, os pré-socráticos: - “ A inteligência é um farol que
ilumina o caminho.
A inteligência não nos faz caminhar. A inteligência nos dá apenas a capacidade de discernir, de
distinguir, entre aquilo que eu devo fazer e aquilo que eu não devo fazer. É apenas um ponto de
iluminação. A inteligência não é livre. A inteligência é livre na sua criação, mas ela não é
absolutamente livre. Por exemplo: -Se eu colocar a mão no fogo e experimentar pela sensação
e percepção que fogo queima, não há como a inteligência me dizer no futuro que fogo não
queima, ela não vai ser livre para dizer que fogo não queima. Ela vai me dizer sempre que fogo
queima. Ela não tem essa liberdade absoluta de ir contra seus próprios princípios. A inteligência,
portanto, é uma coisa estática. Todos nós conhecemos pessoas inteligentes, amigos
inteligentes, colegas de classe da nossa infância, pessoas muito mais inteligentes do que nós,
segundo nós próprios, e que vivem numa draga desgraçada. Parecem que só patinam, parecem
que não conseguem se desvencilhar das coisas do cotidiano. E desde que alguém definiu a
inteligência como a capacidade de vencer obstáculos, hoje nos dizem que a inteligência, e
inteligentes todos nós somos, - a não ser os pardos, os idiotas, os oligofrênicos, os estúpidos todos nós que, por exemplo, os senhores, que trabalham numa empresa, todos nós somos
igualmente inteligentes.
É uma outra característica fundamental do ser humano que nos distingue, e essa outra
é a VONTADE.
O ser humano é um ser inteligente, é um ser, é um animal que promove atos volitivos,
estes atos de vontade são absolutamente livres. A vontade é livre.
O atributo da liberdade é um subproduto da vontade e não da inteligência. Embora
minha inteligência diga: - Faça! Embora a minha inteligência me mostre o caminho; EU por
absoluta liberdade da vontade digo: - Não faço e não vou!
Lembre-se que o ser humano é o único animal capaz de fazer greve de fome. E por que
a greve de fome é tão simbólica? Porque o meu organismo, a minha fisiologia me diz: - Coma
que você está morrendo. A minha inteligência me aponta: - Se você não comer morrerá! E eu,
em holocausto às vítimas não sei de onde, não como e morro. Ou seja, a greve de fome é
simbólica porque é a vontade acima do próprio homem, acima dos chamados instintos, acima
da sua própria inteligência.
E nós somos fracos de vontade. Nós nos esquecemos que desenvolver a
inteligência só é possível por via da vontade.
E nós, na verdade, desrespeitamos a educação da vontade; nós não temos mecanismos de
educação da vontade. E é isso que nos falta.
Quantos de nós não começamos a aprender inglês e não terminamos?
No começo é tudo animado, todo mundo muito animado. Já faz o verbo to-be, já não
diz : - Bom dia!, diz : - Hellô! Mas de repente, quando nos é exigido o esforço, quando as coisas
começam a se complicar, a gente, imediatamente, racionaliza e diz: - Ah, pra quê que eu vou

a não ser as plantas que possam ter. ou há dez anos atrás.. Da mesma maneira é o futuro.. ao construir uma televisão. ele fez um artigo das descobertas dele e ganhou um prêmio internacional. Tudo foi feito pelas mãos do homem. chega lá alguém fala por mim. Um minuto atrás não me pertence. O passado portanto. que palhaçada.. E o que diziam a ele na sala dos professores: . Nós achamos que as pessoas que cresceram.. Teve um aluno que disse pra mim: . hein? Você nasceu virado pra Lua. E é sempre assim. foram homens normais. um segundo. São pessoas que quiseram. ele jamais proporia aquela tese. Não foram gênios. E esse passado é um minuto.. que prêmio! . Quer dizer então.2 aprender inglês? Besteira. Olha. Quantos de nós não começamos a aprender um instrumento musical e não terminamos? O Brasil é o país da primeira de dó.sonhar acordado.Ah professor eu acho que não foi a cegonha quem me trouxe. medo do futuro. não me pertence. ele fazendo genética. não me pertence mais. pertence à uma ciência chamada história. a coisa veio pra mim é ruim. Pobre não viaja. Eu imagino que seja assim." Sabe.. prenda minha.. ou há um segundo atrás. foram mais de quinze anos ali. Seja um minuto à frente. timbum-timbum. Vá pelo caminho mais fácil. Homens que muito antes da inteligência eram homens fortes de vontade. pessoas que vivem ansiosas. E quantos.. é inexorável.. Todo mundo toca no violão serenô eu caio. o homem é livre. eu não consigo. Mas as pesquisas francesas falam de uma coisa que nos deixa um pouco apavorados. olhem em torno da sala em que vocês estão. dizendo: . O homem é inteligente. Tudo isso é muito bonito..Eu sou o melhor funcionário da minha empresa. É claro que a inteligência teve o seu papel e o seu momento. a gente fala: . ele comia sanduíche olhando no microscópio . primeiro o sentimento de ansiedade e segundo. ele não podia parar para almoçar. aquele mosquitinho de banana.. portanto. O passado portanto.. minha gente. Tudo que está aí foi construído pela mão do homem. Por que essa pergunta é feita? Porque aquilo que eu fiz há um minuto atrás. que é um sentimento muito grave. Foi a vontade. . como tinha lá os ciclos genéticos. E as últimas pesquisas francesas provam que nós vivemos 25% do tempo vivendo o futuro. ". você é bobo.. E foram anos. Na hora em que nos é exigido a pestana.Não. ao fazerem um retroprojetor.. ou há cinco anos atrás . foi um corvo. E eu me lembro de um caso na Universidade. mas se ele não ficasse os 18 anos ali... É preciso. Mas quando eu sou inteligente e quando eu sou livre? Porque essa pergunta é feita? E essa pergunta é muito profunda e agora peço a atenção de vocês com um pouco mais de cuidado. Depois de 18 anos trabalhando naquilo..Você é louco! Isso não vai dar certo! Larga mão! Ninguém vai comprar isso. seja um ano à frente.Que sorte.eu não sou capaz. a hora em que é exigido um esforço. E reparem que quase tudo. ele jamais escreveria aquele artigo. O passado não existe mais...Primeiro é o sentimento de ansiedade.. ele. seja uma hora à frente. eu levo dólar.. O futuro. Eu não sou livre e nem sou inteligente no meu passado.. tudo é ruim pra mim. . não me pertence mais. Devaneio significa . e assim foi. seja vinte anos à frente. Vivendo o futuro com dois tipos de sentimento: . não me pertence ainda. ao fazerem um quadro deste que não suja as mãos. Pertence à prospecção. vocês que estão me assistindo. ou há vinte anos atrás. eu não vou conseguir . e isso não é verdade. Muito bem. Dizem que nós passamos 70% do nosso tempo vivendo o passado.. ele via como era a relação sexual dos mosquitos. ele não me pertence. o passado se foi. ouviram pessoas dizerem: . vou aprender violão em troca de quê? Quantos de nós começamos a fazer regime pra emagrecer e paramos? Largar de fumar? O que nos falta então não é inteligência é VONTADE. ou há uma hora atrás. Porque não é possível. ele ficou quase cego das vistas. Olhem.. professor. cresceram porque nasceram viradas pra lua. voltar a querer. Com sentimentos de culpa.. Depois. Gente!? Não foi a inteligência. é um sentimento muito mal. Mas viver em devaneio. que passou anos no laboratório de genética contando no microscópio. e não passa disso. eu não agüento. 10 anos ou 20 anos. Não adianta nada ficar com sentimento de culpa com relação ao passado.. E com isso. O passado já foi. Tinha um colega de universidade. o que me falta é chance. Agora vocês vão falar assim: Foram homens inteligentes? .Ah. que é o sentimento de devaneio. O devaneio é bonito quando a gente é adolescente.

Eu não vivo! E viver. é debruçar toda a inteligência e toda a vontade no instante presente que eu estou vivendo. sabe como é. O outro diz. é realmente a minha vida. E pelos movimentos de rotação e translação da terra o espaço que o pêndulo ocupa cada vez que ele badala é um novo espaço. olhamos para o nosso dia e o que é que fizemos? A gente tem a sensação que só fez poeira. correr e. . quando é que eu existo? Quando é que eu sou? E é claro. e eu dizia: . E há uma discussão: se é instante ou se é momentum. E tem uma coisa. se livrar dos momentos. estou pensando no recado que tenho de dar a ela. Eu não vivo.. Eu estou falando com ela. Não é nem no passado nem no futuro.eu estava um dia dando uma aula. mas estou lembrando do depósito que tenho que fazer no Banco..Eu não tenho direito de desprezar ninguém.. Mas ela é igual. . As sociedades orientais têm a cerimônia do chá que nada mais é do que um treino cultural para concentração no momento presente. que nós chegamos ao fim do dia. O que é viver? Viver é concentrar toda a inteligência e toda vontade dirigidos ao momento presente. maior engano do homem é achar que o pêndulo de relógio volta. Por quê? . mas não estou prestando atenção. estou lembrando que é o horário do meu jantar. sentimentos de culpa pelo passado.. e..Não tenho direito de pensar que sou mais que os outros. Porque toda a minha vida foi diferente da vida de vocês. porque agora eu estou aqui falando e vocês estão aí ouvindo. no tempo. Mas não vivemos assim.Olha. Viver. ao instante presente. só mexeu e não realizou.Gente. apareça lá em casa mais tarde. o que é mais curto. E eles depois de muita discussão chegaram à conclusão que o pêndulo vai e volta.. Ele nunca voltou. Nós temos que fazer. . é um novo momento. . Estou lembrando que é hora do meu almoço. Vai pra um lado e vai para o outro. Muito bem. É por isso. Cada vez que ele vai é um novo instante. porque os filósofos querem saber o que é menor. realizar. Ele só foi. Eu vivo só com pensamentos de culpa e ansiedade pensando no futuro. Economizar pra quando? Pra quem? Pra onde?. A vida.Mas eu estou calmo. Eu só sou e só existo aqui e agora.Olhe eu morrendo.3 Ora. por quê? Porque não viveu! Efetivamente não viveu! E o que é viver? Viver é debruçar toda a inteligência e toda a vontade no instante presente. minha gente.. Primeiro: . e pedi aos meus alunos. Esta é minha vida.uma hora eu olho pra o relógio e não vejo o sino badalar porque morri. só existo no instante presente. que é o fim da vida. tudo isso não resolve. gente. sentimentos de ansiedade pelo futuro e devaneio. Portanto se quiser ficar neurótico. por quê? Porque nós temos que fazer os momentos passarem e nós não temos concentração no momento presente. Eu chego à pessoa e digo: . Eu estou falando com você. escovar as pessoas. eu pedi aos alunos que descrevessem o movimento que o pêndulo daquele relógio fazia. Porque o mais curto. Essa é uma consciência muito dura. é verdade. já está visto que eu só sou eu. . fique olhando para um pêndulo de relógio e diga: . o passado.Eu não tenho o direito de pensar que tenho o Rei na barriga. no momento presente. Mas os filósofos ainda fazem uma outra pergunta. é um novo minuto. de fato. algumas coisas decorrem deste conceito. Nunca será o mesmo.Eu não tenho direito de ser metido. Se um minuto atrás não me pertence. na verdade. E quero lhes dizer uma coisa: . que ninguém tem o direito de se economizar. Por quê? Isso porque as pessoas querem se livrar uma das outras. na verdade. Muito Bem. venha aí com mais calma. na universidade. que nunca mais volta. a minha vida é esta conjugação entre o passado e o futuro que eu não sei se vai ocorrer. só levantou papel. havia um relógio de pêndulo assim do lado da classe. Embora eu tenha programado aquilo que eu vá dizer. E eu não preciso fazer esta conta aos senhores. o mais imediato. este ponto vai se tornando mais distante do passado e mais próximo de um futuro incerto. Conforme a vida vai passando. É exatamente este ponto de ligação. Ora gente! É por isso que ninguém tem o direito de se economizar para o momento presente. não concretizou. se um minuto à frente não me pertence.. nós só vivemos 5% do tempo o presente. dependendo do tamanho do pêndulo. Portanto.. ninguém me garante que isso vá ser dito. Quero que guardem bem este conceito. E nós estávamos discutindo os processos espaciais e temporais. estou lembrando. Fazer o quê no instante presente? . notem.

Por favor seu padre. eu quero saber. porque sem tapete eu não caso. é aquilo que eu devo fazer imediatamente. Eu digo: . ao sujeito que está ao meu lado..Vamos casar com tapete ou sem tapete na igreja? . que sou livre.Com tapete ou sem tapete? Eu digo: . a gente diz:. E namoremos e ficamos noivos e vamos marcar o casamento na igreja.. Me desculpem. Eu digo: . no aqui e no agora. a barriga começa a roncar. não sabemos nem se vamos casar. você já devia estar no banheiro.. De repente vai ficando importante. aquilo que foi absurdamente acidental tornou-se essencial. e tem uma hora que é essencial. . se não vai ter tapete. . E acidental é aquilo que eu devo fazer. vá ao banheiro. vá ao banheiro! A minha vontade diga. como essencial. Eu só vou fazer o importante quando o importante tornar-se essencial. Em tudo aquilo que formos fazer na vida. sem tapete é outro preço.Mas pelo amor de Deus!. É impossível que ele fale tanto. ainda mais num curso assim. Aí eu já pergunto: . ou classificar de três formas. ou de dez anos. Tem uma hora que o sujeito se levanta e. tudo o que formos fazer: 1) se aquilo que vamos fazer é ESSENCIAL. .. mas vou dar um exemplo muito chulo..Você sabe onde é o banheiro?. não vou e me borro aqui na frente dos senhores. É uma coisa o quê? Absolutamente acidental. pessoalmente. Mas o que é que eu vou fazer no momento presente? E agora vem pra que serve a inteligência. Tem uma hora que é acidental.4 Eu já vi que sou inteligente. Vejam bem. E aquela briga. mas por um minuto que seja. É a vontade de ir ao banheiro. não fale isso. Mas vamos dizer que a gente consiga passar por essa primeira crise. e no primeiro dia de namoro ela me pergunta: .... ou a noiva tem que decidir. aos dez anos de idade discutir se vai casar com tapete ou sem tapete. né? A gente já começa a ter um desconforto. não vamos nem discutir se vai ter tapete. 2) se aquilo que vamos fazer é IMPORTANTE e 3) se aquilo que vamos fazer é ACIDENTAL.Não.. eu devo fazer! Mas só depois de haver feito antes aquilo que eu tinha considerado como essencial. que eu não deveria dar. perguntam: . alguém tem que decidir. Começa a mexer um pouco demais na carteira . portanto eu só sou ser humano no “icte num” ou seja. Importante é aquilo que eu devo fazer. pra mim assim. eu quero saber se eu ponho tapete ou se eu não ponho tapete.. Gente. Embora minha fisiologia diga: . depois que eu tiver feito aquilo que eu tinha considerado como importante.Não. Tudo aquilo que é absolutamente acidental poderá chegar ao seu momento de essencialidade e portanto deverá ser feito..Carvalho. foi ao banheiro.. . o verbo é “dever” e não “poder”. este curso já vai terminar.Saiu às pressas. que só sou inteligente e só sou livre no instante presente. porque com tapete é um preço. Se eu não decidir.Pelo amor de Deus. isso é um absurdo. se vamos namorar direito... Essencial. gente.Carvalho.Ah. nós podemos dividir em três coisas.Onde é que foi fulano? . a palavra é “devo” e não “posso”. Dá tempo..Eu com onze anos de idade começo a namorar um menina também com 11 anos. Portanto eu só tenho tempo para o essencial. é impossível.Com tapete ou sem tapete. Isso aí há uns quinze anos atrás já deu um rolo.Não vou. Vou dar um exemplo: . JÁ! É aquilo que mais vai me levar ao meu objetivo de vida. embora a minha inteligência diga:. Ele fala: . É um absurdo. é o primeiro dia de namoro.. eu não sei. eu tenho que dizer: .. E chegamos na igreja o padre perguntanos: ..

. e daí eu durmo. não há nenhum alcoólatra do trabalho que tem um dia de 28. e oito horas que eu faço tudo aquilo. Eu queria dizer uma outra coisa a vocês: .... o interlocutor dirá: . É preciso portanto. portanto. que é baixo. eu tenho o que chamam de domínio precedente. Pessoas que só fazem o acidental. que não é nem repouso. do automóvel que possui. Portanto nós só temos tempo para o essencial. toda a inteligência e toda a vontade. o importante depois e o essencial por último. É por isso que nós dizemos: . eu não estarei vivendo. etc. faço minha higiene matinal. Porque fazem. vou à escola.5 Os filósofos dizem. É um pouco de manhã. mas quem é ele??. É porque nós só somos reconhecidos pelo que fazemos. Diretor da empresa tal. se a coberta está boa. Oito horas de repouso. eu posso falar da casa onde mora. Se eu colocar meia inteligência e toda a vontade. vezes os 35 melhores anos da vida. Por . Raramente fazem alguma coisa que tenha importância e nunca tem tempo para o essencial. Viver é trabalhar? É. onde as pessoas só são reconhecidas pelo trabalho. um metro e tanto. não é com essa chuleza que eu estou dizendo. A pessoa que for o interlocutor dirá: . E vamos lembrar que nós só temos tempo de fazer uma coisa de cada vez. Porque são as oito horas de trabalho as mais importantes? . Nem para o importante. também não estarei vivendo. se eu não disser o que a pessoa faz. que é por isso que as pessoas vêm se borrando na frente das outras.Fulano é realizado. nenhum alcoólatra do ócio que tem um dia de 20 para trabalhar menos. Nas oito horas de repouso eu não tenho domínio total sobre elas. Estas oito horas que não são nem de repouso.Mas quem é ela? Eu digo: . nem trabalho. Justamente nas oito horas do trabalho que eu tenho as oito horas mais concentradas do dia para poder usufruir de toda a minha potencialidade humana.É gerente do Banco tal. de toda minha inteligência.Viver é trabalhar. dirigidas ao essencial no momento presente. viver é trabalhar! Porque viver é trabalhar? Veja: . vou ao trabalho. também não estarei vivendo. viram isso de cabeça para baixo. E agora vocês poderão me achar completamente louco.Mas quem é ela? Quando eu disser:. Sim. dirigidas ao importante.. e esse dia é teoricamente dividido em três grandes grupos de 8. por exemplo: . de olhos escuros. Se eu não tenho domínio da inteligência e da vontade sobre estas oito horas. Por isso viver é trabalhar. toda a inteligência e meia vontade. de toda minha vontade.. todos nós temos um dia de 24 horas.. São muitas as variáveis que intervêm e interferem nessas oito horas. tudo isso teoricamente. outro pouco. eu não tenho domínio sobre estas oito horas. nem para o acidental. gordo.. E eu queria dizer uma coisa: .Ah. porque não disse antes? E a gente pode ter a ilusão de estar vivendo num mundo desumano. eu tenho que ver se a cama está boa. toda a inteligência e toda a vontade. Portanto. Se eu disser. outro pouco no almoço. nem de trabalho. e vamos lembrar que todos nós temos 24 horas por dia. é concentrar toda a inteligência e toda a vontade dirigidas para o essencial no momento presente. de recreação. claro.. meu sistema de lazer. Isso é que é viver. Gente. dirigidas ao essencial no momento que não seja o presente. por isso vivem acidentalmente..É irmã daquele senhor. me alimento.Encontrei uma pessoa alta.. Vivem acidentalmente. loira. Colocam o acidental primeiro. se o ar está bom. se o lençol está bom.Porque são as 8 melhores horas do dia. oito horas de trabalho. daí a pessoa dirá: .Das 24 horas do dia. eu posso descrever as pintas do corpo.. Meu consciente adormece e eu fico à disposição das forças subconscientes. eu não tenho controle. outro pouco à tarde.O que é viver? Viver. também não estarei vivendo. colocar essa hierarquia em pé. elas são muito partidas e espalhadas sobre o dia e durante a semana.

Ah. dirigidas ao essencial no instante presente.Com licença. O balconista estava lendo o seu jornal. muito obrigado. na hora de prestar atenção nas coisas é prestar. E qual é a nossa função? Transformar estas oito horas de trabalho em horas de realização pessoal. de fofoca. Eu falei: . etc. Um dia eu fui comprar uma peça (uma lâmpada do porta-luvas do meu automóvel). não se preocupe comigo. não está prejudicando seu patrão. O senhor está é prejudicando a si próprio. Por quê? Porque são as oito melhores horas do dia vezes os 35 melhores anos da vida. virou-se novamente e falou: . O senhor vai viver assim 35 nos de sua vida.Ah. Na hora de amar é amar. é viver. está matando cachorro a grito e o senhor vai morrer. de crescimento pessoal. Eu tenho que ter este entusiasmo com a própria vida senão eu não vivo. viver é trabalhar.se o instante presente é trabalhar.Eu queria esta lâmpada aqui. depois de amanhã o Sr. numa concessionária de automóveis.. Ele falou: . Viver. Ele disse: . Viver é recomeçar por causa disso. temos que fazer exatamente o inverso uma vez que aqui está nossa realização pessoal e é no trabalho. eu vou embora. Eu falei: . 10 para 6 da tarde o Sr. Se 10 para as 8 da manhã o senhor está neste azedume todo. Peça demissão. portanto. e o senhor acha esta lâmpada em qualquer lugar.6 isso que a gente diz: -Fulano é realizado. eu cheguei e falei: .. de dificuldade de crescimento. este conceito. e a concessionária ainda estava fechada . Eu falei: . O balconista bateu o jornal na mesa. eu queria esta lâmpada. eu não agüento esse trabalho. fez que foi em direção à sua estante de peças. O que o Sr. é o trabalho que eu tenho que fazer. E lembrar que : . Isto é contra o senhor.Mas saia. Vamos lembrar que ninguém no mundo é como uma linha reta. porque eu vou na loja aqui em frente e compro. não tem esta lâmpada aqui.Mas o senhor nem viu. Ninguém no mundo é todo dia igual. A sua vida é esta. não está prejudicando a mim.eu ia indo ao trabalho.. na hora de ir ao cinema é ir ao cinema e assistir ao filme. tudo bem. disse assim: .. Mas não se mate desse jeito.. sabe quanto custa esta lâmpada? Não custa nem 1000 cruzeiros (era no tempo do cruzeiro). Vá vender banana na estrada de Itanhanhem.Começou cedo.Meu senhor. de intrigas. Saia. Ele olhou para a lâmpada. vai estar aqui. vai estar aqui.. alguém.. acredito que tenha sido o gerente. Ninguém no mundo é todo . E tem mais um conceito que eu queria dar a vocês. E nós. E eu queria lhes dar um exemplo. Agora eu queria lhe dizer uma coisa: o Sr. nesta quadra de conceitos extremamente úteis para a nossa vida e o nosso trabalho. etc. Por quê? Porque nós reconhecemos as pessoas pelas horas de trabalho. quer? Eu falei: . e eram 7:30 da manhã. Então. Porque amanhã o Sr. eu acho em qualquer lugar. eu resolvi esperar porque eu precisava muito daquela lâmpada .Não. de desenvolvimento pessoal. na hora de se divertir é se divertir.dez para as oito. gente: . qualquer outra coisa. vai morrer assim. Gente. E o que temos feito? Nós temos transformado estas oito horas em horas de tensão. Esta é a sua vida. de ansiedade.. na seção de peças. vá fazer uma coisa. Fulana é realizada. de raiva. é querer viver no instante presente. abriu as portas da seção de peças e eu entrei.dedicar toda a inteligência e toda a vontade. Viver é isso.

e logo no dia seguinte: . Assim mesmo. amanhã não cumprimentam. é preciso querer. Não desista. peça pra ele. Recomece. Mas a verdade é essa. mas você não vai ao Rio..Como está ele hoje? . É preciso ter convicções claras para nos fazer descer para a realidade e caminhar. Tente passar por cima do cansaço.Ah. discipline-se em função dos seus objetivos. Esta linha é chamada : “Linha da Convicção”.“Definição de Objetivos”. E o conselho é este. Nós somos um pouco ciclotímicos. Ele é meio desagradável da gente falar. Essa é a chamada “Linha da Sensibilidade”. Sabe. O conselho é o seguinte: Saiba o que é essencial e queira o essencial. Quando você imagina que pregou. pela manhã e olha o retrato do seu patrão e diz: Lá vou eu patrão! Ninguém faz isso. é mas a Castelo Branco é mais bonita.Eu não consigo. quando eu esteja deprimido eu consiga levantar à realidade e caminhar. Que faça com que quando eu esteja eufórico eu consiga descer à realidade e caminhar. Todos nós somos essencialmente assim.. são pessoas que vivem assim.. É preciso querer. Há pessoas que parecem que nasceram cansadas. tem muitas opções.. E é claro que nós não podemos viver assim.(Uma linha com altos e baixos). que tenhamos uma linha de convicção que equilibre esta linha de sensibilidade. Quer dizer. Portanto o negócio é caminhar. É muito importante. pega onde ele parou e um mês depois consegue. E tente outra vez.o homem vai longe depois de estar cansado. Estas são aquelas pessoas horríveis com as quais nós nos encontramos todos os dias e que dizem assim: .. estas pessoas que chegam hoje e nos cumprimentam. esse é o primeiro conselho . querer o essencial. Você não pode ir ao Rio de Janeiro pela Via Castelo Branco. E o conselho principal é: concentre toda sua energia naquilo que você deseja almejar. É preciso. E a gente tem que lembrar que o tanque combustível do homem. Coloque toda sua energia naquilo que você deseja alcançar. Se nós não tivermos muito claro na nossa cabeça aquilo que queremos.7 dia satisfeito. O segundo conselho: Lembre-se como dizia "fulano": . eu não consigo.. tudo ele está dando hoje.. A gente liga o televisor é cada minuto. Além do quê? Além do que você achou que era o limite máximo da sua capacidade de ir.: Vá além. Um outro conselho: auto-disciplina.. é ir. pois é. isto é uma coisa clara.. Porque eu tenho que caminhar sempre. é .Como é que está fulano? .. é mais agradável. Vá além! Tente passar por cima do cansaço. alguns conselhos para aplicação desses conceitos todos. dificilmente conseguiremos realizar. cada segundo é um apelo: Faça isso. Portanto nem a rigidez nem a sensibilidade pura. E as pessoas dizem assim: . Saber o que é essencial e. e vem o seguinte. daqui a pouco deprimidos. faça aquilo. Força! Vá! Faça!. Mas é claro que a vida em sociedade faz com que nós não possamos dar vazão plena só a nossa linha de sensibilidade. E os conselhos são os seguintes: Primeiro: É preciso ter definição de objetivo. Vá lá.Olhe. Por que o mundo de hoje é muito apelativo. (A gente fala as mil coisas). Dormiu com pé pra fora. alegre. hoje ele está uma fera. estas coisas todas. Eu tento e não consigo. todos nós. é mais bonita mas você não chega ao Rio. Entre altos e baixos constantemente. Eu gostaria de dar também. não está legal.Olhe não fale com ele lá que ele não está legal hein!? As secretárias sabem o que passam com seus chefes. Se você quer uma coisa tem de ir em direção àquilo. feliz. nem fale com ele. fundamentalmente. que tem que viver dizendo que ele não está bom. E esse conceito não é muito popular não. É preciso parar de mentir pra si próprio e querer! E o conselho é este: Domine o . Hoje nós estamos eufóricos. Saber não basta. Muito bem. e isto a inteligência nos dá e a vontade nos deve forçar. eu tenho que pegar a Dutra ou a Trabalhadores. Claro que consegue. depois mais ou menos. Nós somos seres sensíveis. Vá além! Lembre-se de uma coisa muito triste: Os grandes pesquisadores do mundo desistem de suas pesquisas exatamente no ponto onde iam encontrá-las. Tente de novo. Ninguém levanta. força que você vai.. As pessoas perguntando: . o tanque de reserva é maior que o original. fulano está muito bem.

É preciso tomar a iniciativa de fazer. Não consigo. Esqueça esse seu passado. Decida. mas erre também.. Isso é administrar o tempo. Um outro conselho: .Preste atenção. nenhum deles funciona bem. Assuma. é impossível que você não faça nenhum esporte..Desenvolva uma visão criativa. você é quem ia. Saiba descansar e relaxar e principalmente: curta a vida! Curta. Arrisque a saída heróica. eu já tive essa idéia há muitos anos. Eu não vou. Porque? Porque não pode administrar bem o tempo quem não tem as coisas ordenadas na cabeça. Que vocês vejam bem.. É ter tempo para o que vale a pena.Vamos fazer um pic-nic. tem que lutar pra isso. É preciso caminhar."Mais vale se sujar um pouco andando do que morrer sentado". O outro conselho: .. Faça exercícios. prestando atenção.Forme um grupo. assim: curtiiinndo. Não copie só aos outros. Faça exames periódicos de saúde. Um outro conselho: .. Discuta com as outras pessoas os seus pontos de vista. Tenha amigos. Não é? Se eu ficar aqui imaginando que aquela pessoa vai me dar um trança-pé.De vez em quando acerte. Extremamente negadoras. Não espere muito.Puxa. eu é quem pensei primeiro em ir. de gestão do tempo. Quantas vezes você já não viu alguém falando alguma coisa e você pensou assim:.Mantenha boa saúde física e mental. Não se omita. Porque viver é constantemente começar. Não consigo aprender isso.Aprenda com os insucessos. preste atenção na vida. Só não erra quem não faz.8 comodismo e vá fazendo um rol das coisas que você precisa vencer. Faça e erre. Cuidado com elas. Qual a diferença? A diferença é que ele fez e que você não fez. Pessoas horríveis. há muitos cursos de administração do tempo. Pra isso serve a vontade. São aqueles loucos fronteiriços: se estivessem no hospício não saiam. Elas imediatamente. E eu quero dizer uma coisa: Essa questão de física não me preocupa muito porque ela dói. que a porta vai estar fechada. ele é quem foi. São aquelas pessoas negadoras. Um outro conselho: . não tenha domingos. Tem um ditado que diz: . Pessoas que só vivem para dizer que não vai dar certo. Doe-se aos instantes presentes.Tome a iniciativa. logo se tocam. Olha. é impossível que você não cavalgue.Eh. Quem não tem a dedicação ao essencial. Você tem as mesmas horas do dia que . Há mil triques pra ensinar você. Eu é quem tive a idéia. Pelo amor de Deus. Eu diria a vocês: . Analise as causas e os erros cometidos. E ao olhar a porta eu vou ver a outra pessoa lá e vou ter a sensação de dizer:. é impossível que você não tenha lazer porque é ocupado. Que não vamos chegar lá. Eu conheço pessoas que dizem: . com eu posso administrar o tempo? Administrar o tempo é viver com toda a inteligência e toda a vontade o momento presente para o essencial. coloque em xeque a sua opinião sobre as coisas. eu é quem ia. É a sua vida. PRESTAR ATENÇÃO é o primeiro conceito que nós dissemos: é viver o instante presente. Faça.. Pessoas que quando você fala: . Vamos lembrar da administração do tempo.Ei!. você pensou. Essas pessoas são pessoas insanas mentalmente.. porque isso é natural que tenhamos que fazer.Eu não consigo acordar cedo. Curta cada momento presente da vida. vivendo. procure inovar. O pior é que essas pessoas se denominam realistas. Que não vamos conseguir.. que você quer aqui? Aqui não pode entrar. que eu vou chegar lá e vão dizer:. aos momentos presentes.. pra isso serve a inteligência e recomece. e as pessoas então. Impossível que você não tenha sábados. É aquele ditado Tcheco que diz que a única maneira de ir até a porta é indo.. dizem: Vai chover. o que me preocupa é a saúde mental. A vida foi feita pra curtir. Tem muito louco solto. é cada momento. evite copiar e arrisque pra conseguir alguma coisa nova. erre! Só não erra quem não faz. Um outro conselho: . Isso é o pior. Impossível que você seja a pessoa mais ocupada do mundo. De um fracasso faça um sucesso. Tenha uma atenção controlada. a cada semana uma relação das coisas que nós precisamos vencer. é preciso alguém se sujar. Nós temos que fazer a cada dia. Impossível que você não jogue um tênis. Sabe. Um outro conselho: . As pessoas do não. Se eu não sei o que é essencial. E se você é uma dessas. procure ajuda. etc. mas como estão fora a gente não conseguiu por dentro ainda. É preciso arriscar a saída heróica. de fato.

etc. Quer dizer: a capacidade de transformar a realidade. das flores e eles atropeladamente descrevendo aquilo. É preciso educar essa população. Nós choramos demais. inconformados com aquela escuridão. Porque ninguém nunca sabe tudo. as flores. será uma semana de viagem. É preciso uma educação libertadora. E ao chegarem lá ficaram boquiabertos. E a única maneira de ser entusiasmado é agir entusiasticamente. E nós. É preciso ser entusiasmado. E depois de uma semana de viagem. um olhava para o outro pra saber se o que estavam vendo era realmente real.Coitados. do emprego. Isto é um mito. com aquela umidade. nós não vamos nos entusiasmar nunca. até que lá chegaram. Muitos de nós poderemos nem chegar até lá. eles voltaram de novo para o interior da caverna para contar aos outros. Eu queria dizer também uma palavra que Churchill dizia:. O entusiasmo. gerações e gerações se multiplicando naquela escuridão. os pássaros. De que maneira? Concentrando-se no momento presente. É diferente do otimismo que é acreditar que vai dar certo. E eu queria terminar contando uma historinha a vocês. o calor. O entusiasta é aquele que acredita na sua capacidade de transformar a realidade e fazer dar certo. se organize. dos filhos. nesse país. É a própria ação que permite a gente progredir no saber. cada um de nós que tem um teto para morar . reuniram todos e disseram:. brigar com animais bravios. outro dos pássaros. da mulher. cada um de nós que sabe ler e escrever. do marido. É importante que agente lembre que não é preciso saber tudo para agir. cada um de nós que tem um emprego. Só o homem é capaz disso. eles viram um ponto luminoso e foram em direção ao ponto e descobriram o que hoje nós chamamos de boca da caverna. Os deuses panteístas gregos. autóctone. na escuridão. Havia uma tribo que morava nas profundezas da caverna. E aqui um outro conselho estruturalista. E um último conselho: . passando pelos mesmos percalços. diferentemente do otimismo.“Cada pessoa tem apenas que cumprir o seu dever para arruinar o mundo!” Vocês pensam que eu falei o ditado errado? Não. Portanto. com a ausência de perspectiva visual. de saída da caverna. da situação. nesse Brasil em que vivemos. Nós reclamamos muito. É verdade. vem do grego que significa ter dentro de si os deuses. Ao verem aquelas maravilhas todas. Um falava do calor. maravilhados ao verem aquelas maravilhas as quais eles nunca haviam ouvido falar: a luz. É uma estória. na ausência de perspectiva. Nós vivemos reclamando do salário. E tem um outro conselho que eu queria dar: Passe do plano do choro para o plano da ação. enlouqueceram! Isso tudo não existe.. mesmas horas que o Papa. Vamos transformar a realidade. quando terminaram o relato. Isso que é preciso. Próprio. É preciso fazer mais. seu próprio auto-desenvolvimento. Eles estão tendo alucinações. décadas. Uma lenda. porque nunca nós teremos as condições ideais. passando por lugares estreitos. Se cada um de nós só cumprirmos o nosso dever nesse país. na umidade.. Tem que deixar que o sistema desenvolva suas próprias negativas. Eles se beliscavam. outro do sol. Cada pessoa tem apenas que cumprir o seu dever para arruinar o mundo. a descrever as coisas que haviam visto. A vida é esta aqui. rios profundos. Se você primeiro vai esperar ter tudo pronto para depois agir. etc. do Brasil. mas o que existe lá vale a pena. você nunca vai agir. Vamos passar do plano do choro para o plano da ação. . eles enlouqueceram. séculos.Olha gente. Mais uma semana de viagem. E depois de muitos anos. nós temos que dar muito mais do que cumprir o dever.. se nós formos esperar primeiro ter todas as condições ideais para daí nós nos entusiasmarmos. por rios profundos. estupefatos. E chegando no meio dos membros de sua tribo. Portanto é preciso mais que cumprir o dever. É preciso levar essa população ao seu próprio desenvolvimento. E é importante que a gente lembre uma coisa muito forte. pobre do Brasil. um grupo de jovens. se nós formos por aqui. cada um de nós que tem uma família e filhos sãos e pessoas sãs na família. mas vale a pena.Seja entusiasmado com a vida! O entusiasmo em si traz uma nova visão da vida... o sol. Vejam bem. da família. Nós precisamos das pessoas que façam mais do que cumprir o seu dever. viajar pelo interior daquelas imensas cavernas. Alguma coisa nesta viagem deve lhes ter mordido. E dizem que esta tribo depois das últimas glaciações ficou presa na escuridão da caverna a lá viviam só. e começaram. nós vamos ter que passar por lugares estreitos. prepararam seu fardão e sua mochila e resolveram percorrer a caverna. brigando com animais bravios..9 o Presidente do Estados Unidos. outro da luz. sofregamente. por penhascos e desfiladeiros. os mais velhos disseram: .

É preciso querer.Que nem pelo fato de terem matado aqueles jovens todos. aquelas maravilhas que eles viram deixaram de existir. passando por lugares estreitos. a sair de sua umidade. por penhascos e desfiladeiros. A verdade é a realidade que é possível ter um emprego que nos realize. aqueles que preferiram a escuridão e a umidade ao desinstalar-se e ao caminhar. que é todo vontade e que é todo feito para viver o momento presente. brigando com animais bravios. Tudo isto existe. Mas nem por isso. ter uma vida em que você viva cada momento intensamente. Tudo isso é possível. A moral da estória é a seguinte: . porque redescobre a força da sua própria vontade. Só tem duas coisas: . que é o próprio homem. a realidade é a verdade de que é possível ter uma vida realmente realizada.. que é você mesmo. do homem que é todo inteligência. descobre a força do homem. mas eu diria uma coisa: .10 E nessa tribo a pena para quem tivesse enlouquecido era a pena de morte. . E mataram todos os jovens. é muito forte. Vocês podem me matar. aqueles que achavam que todas as pessoas que diziam as coisas que não fossem a escuridão e a umidade em que viviam eram loucas. e que só nós podemos acordá-la. mereciam ser mortas.VALE A PENA! Vale a pena porque o que se encontra do lado de lá. agradecendo a audiência de vocês. Da mesma forma.. A verdade é a realidade que é possível construir ambientes humanos agradáveis e de crescimento.Segundo: temos que lembrar que será sempre uma semana de viagem. Aqueles que na verdade. não tiveram disposição de passar pela semana de viagem.Que vocês podem achar que estou louco. É preciso despertar dentro de nós esse gigante adormecido que é a vontade e que está lá. eu queria dizer: . por rios profundos. Quem deixou de conhecer foram aqueles que não se dispuseram a sair de sua escuridão. .

Interesses relacionados