UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA – UCB

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO – PRG
ASSESSORIA TÉCNICO-PEDAGÓGICA DA PRG
PLANO DE ENSINO
1. IDENTIFICAÇÃO:
CURSO: Odontologia
DISCIPLINA: Odontologia Pediátrica
PERÍODO MINISTRADO: 5o período
SEMESTRE/ANO: 2º/2016
PROFESSOR: Tatiana Degani Paes Leme Azevedo

CÓD. DISCIPLINA: G21049
CÓD. CURRÍCULO: 2151
HORÁRIO: 3AB

2. EMENTA:
Materiais e instrumentais odontológicos, biossegurança e ergonomia aplicados. Noções do desenvolvimento físico e psicológico
da criança. Diagnóstico, prevenção e tratamento de problemas de saúde bucal. Noções para o atendimento aos pacientes de
maneira responsável, profissional e ética.
3. CONTRIBUIÇÃO PARA OS OBJETIVOS DO CURSO:
Contribuir, por meio de conhecimentos teóricos, para a formação do cirurgião dentista clínico geral, de tal forma que o mesmo
seja capaz de diagnosticar e/ou realizar o atendimento odontológico em crianças, bem como, transmitir conhecimento informativo
sobre a especialidade de Odontopediatria.
4. OBJETIVO GERAL:
Conhecer os aspectos biofísicos e psicológicos da criança e do adolescente a fim de diagnosticar as alterações mais
encontradas no sistema estomatognático das crianças e aplicar esses conhecimentos para a realização de um plano de
tratamento que visa restabelecer e manter a saúde bucal
5. ARTICULAÇÃO COM OUTRAS DISCIPLINAS DO CURSO:
Aplicação dos conhecimentos de Psicologia, Anatomia, Histologia, Patologia, Farmacologia, Estomatologia, Radiologia,
Anestesiologia, Cirurgia, Dentística Operatória, Endodontia, Periodontia, Saúde Coletiva, Ortodontia e Terapêutica para a
realização de um plano de tratamento preventivo – restaurador, a fim de favorecer e colaborar com a manutenção e o
restabelecimento da saúde bucal proporcionada pela somatória com as demais disciplinas.
6. COMPETÊNCIAS E HABILIDADES:

7. CONTEÚDO:

Buscar o conhecimento teórico para atender pacientes infantis na
Clínica Pediátrica com o objetivo de identificar, diagnosticar e
interpretar os achados clínicos e radiográficos para a confecção de
plano de tratamento que restabeleça e mantenha a saúde bucal a
médio e longo prazo.
Perceber a necessidade do relacionamento multiprofissional no
atendimento de pacientes infantis nas clínicas odontológicas e em
ambientes hospitalares.

O paciente infantil – aspectos psicológicos
Erupção e Rizólise
Anomalia dentária
Exame bucal e radiográfico. Plano de tratamento pediátrico
Afecções estomatológicas em crianças
Doença periodontal na infância
Prevenção da cárie dentária oclusal- Selantes
Técnicas de anestesia local em crianças
Tratamento dentário da cárie na dentição decídua. Parte I e II
Tratamento endodôntico na dentiçãodecídua. Parte I
Tratamento endodôntico na dentiçãodecídua. Parte II

8. SITUAÇÕES DIDÁTICAS (METODOLOGIA DE ENSINO):
A disciplina é presencial, sendo as aulas teóricas executadas de maneira expositiva e/ou com emprego de Metodologias Ativas
de Aprendizagem. O ambiente virtual poderá ser explorado durante a disciplina, como uma ferramenta de suporte, onde o aluno
poderá participar de atividades complementares. Atividades complementares poderão ser recomendadas para o melhor
aproveitamento da aprendizagem para discussão em sala de aula por meio de Tutorial.
9. RECURSOS INSTRUCIONAIS:
As aulas serão ministradas podendo ter auxílio de equipamento de multimídia, lousa, plataforma moodle, vídeos instrucionais e
artigos baseados em literatura pertinente para cada assunto e metodologias ativas de ensino e aprendizagem.
10. BIBLIOGRAFIA (básica e complementar):
Bibliografia básica:

1- TOLEDO, O. A. Odontopediatria: fundamentos para a prática clínica. 3. ed. São Paulo:
Premier,
2005.
2- ASSED, S. Odontopediatria: bases científicas para a prática clínica. São Paulo: Artes
Médicas,
2005.
3- KLATCHOIAN, D. A. Psicologia Odontopediátrica. 2. ed. São Paulo: Santos, 2002.
Bibliografia complentar:

1- MASSARA, M. de L. de A.; REDUA, P. C. B. (Coord.). Manual de Referências para
1

Brazilian Dental Journal. Participar ativamente da atividade proposta. 2. artigos disponibilizados para atividades complementares. poderá realizar uma prova de recuperação (PR). Caso o aluno perca uma das avaliações teóricas. novamente. Journal of Clinical Pediatric Dentistry. a avaliação dos modelos. Perdi o Bonde Estudo de casos. serão considerados: pontualidade.0). 4. O projeto deverá ser finalizado no final do semestre. essa prova substituirá unicamente a nota da avaliação perdida. A nota da PR substituirá. complementar.KRIGER. Para essa avaliação. Panfletos Educativos sobre o tema. unicamente. Orientação sobre os tipos de metodologias ativas de aprendizagem que serão abordadas em sala de aula durante o semestre. 2015. Assim.Exame Clínico. nesse caso. E.0) estarão reprovados. a nota da prova perdida. serão propostas na semana seguinte após a explicação dos assuntos teóricos. biossegurança. AVALIAÇÃO (critérios. Caso não entregar o atestado no dia determinado.0) para a aprovação. A prova de recuperação abrangerá todo o conteúdo teórico ministrado durante o semestre e terá valor dez (10.Periódicos: European Archives of Paediatric Dentistry. ed. Nota final ( Média final) = ATI + ATII + AD + CL + AL 5 Caso o aluno não atinja a média sete (7. ciência. Unidade I: Anamnese e Exame Clínico. ser igual ou superior a sete (7. O “Caso Laura” será apresentado nos primeiros dias de aula e exigirá que o aluno resolva o problema da paciente Laura.. conforme especificado no cronograma de atividades. humanização.Procedimentos Clínicos em Odontopediatria. 4. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES: * No 1. São Paulo: Artes Médicas. Porto Alegre: Artes Médicas. 3. Caso o aluno perca uma das avaliações. o mesmo fará a prova de recuperação (PR). Cárie Dentária: a doença e seu tratamento clínico. Essas atividades diversificadas e ativas de aprendizagem (AD) serão avaliadas e terão um valor de 10 pontos ao final do semestre. com valor de 10 pontos cada. será desenvolvido um projeto denominado “Caso Laura” (CL). Unidade I: Diagnóstico por imagem em odontopediatria. Confeccionar um vídeo tutorial sobre o assunto proposto. 3. 2005.0). Por fim. O. R. Neste caso. ao final das práticas laboratoriais. International Journal of Paediatric Dentistry.gov. 2. Journal of Dentistry for Children. 2010. Os estudantes que não atingirem a nota suficiente para aprovação (maior ou igual a 7. será possível colocar todos os assuntos estudados em prática. será considerada. As atividades de resolução do Caso Laura. A nota final da disciplina será calculada de acordo com a média aritmética simples das 5 notas obtidas durante o semestre (AT 1+ AT2+ AD+ CL+ AL) cujo resultado ({AT1+AT2+AD+CL+AL/5) deverá ser superior ou igual a sete (7. Manual de Odontologia para Bebês. A disciplina contará ainda com atividades laboratoriais (AL) que terão um valor total de 10 pontos. durante a prática laboratorial. Caso Laura. IMPORTANTE: Os conteúdos da disciplina poderão ser a somatória da bibliografia básica.FEJERSKOV. Em cada aula teórica será sugerido uma atividade para que o processo de aprendizagem ocorra de forma ativa. .br/> Acesso em: 14 nov. 11.Manejo do comportamento em Odontologia Pediátrica.WALTER.Apresentação. Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada. 2003. Antes do início da execução dos procedimentos. São Paulo: Santos. ponderação e recuperação): Serão aplicadas 2 avaliações teóricas (AT) dissertativas e/ou objetivas individuais (I e II) que abordarão o conteúdo da Unidade correspondente. São Paulo: Santos. 02/08/16 Caso Laura. KIDD. Divisão da turma em grupos para a realização da atividade proposta para a próxima aula. Além disso. 2014. L. cujo resultado final deverá. sendo que.periodicos. Unidade I: Manejo do Comportamento em Odontologia Pediátrica. de F. após o estudo de cada assunto teórica. deverá apresentar atestado médico ou judicial na aula seguinte ao professor e. Aula dialogada e estudo dirigido. II e III. Seguir as orientações do roteiro de estudo. Oral Sciences. 5. em grupos. Vídeo tutorial. que terá um valor de 10 pontos. 12. Elaborar um panfleto educativo sobre a técnica de manejo. L. Disponível em: <http://www. 3. Apresentação da disciplina – Dialogada e discutida Seguir as orientações do roteiro de estudo. DATA ATIVIDADES PRESENCIAIS MEDOTODOLOGIA ATIVA DE APRENDIZAGEM Orientação do Tutor 26/07/16 Unidade I: Introdução à disciplina e plano de ensino. Seguir as orientações do roteiro de estudo.0). o mesmo fará uma prova ao final do semestre das unidades I. o planejamento do procedimento também será avaliado. o aluno perderá o direito de realizar a prova de 2ª chamada. 2 Seguir as orientações do roteiro de estudo. disponibilidade de materiais e instrumentais e. uma nova média aritmética entre o resultado da média aritmética anterior e a prova de recuperação (PR) será realizada. Aboprev: Promoção de saúde bucal: paradigma.capes. 09/08/16 16/08/16 Caso Laura.

6. (Prática laboratorial. Atividade Individual – O conteúdo da prova abrangerá toda a matéria administrada durante a unidade I Unidade II: Odontologia Minimante Invasiva.turma II). 23/08/16 Caso Laura.Diagnóstico por imagem. 13. 04/10/16 Participar proposta. 8. 20. Participar proposta ativamente da atividade Caso Laura. Unidade II: Tratamento dentição decídua. 27/09/16 Técnicas Anestésicas em Crianças. Participar proposta ativamente da atividade 01/11/16 Unidade II: Tratamento endodôntico na dentição decídua (Prática laboratorial. 11/10/16 18/10/16 ativamente da atividade Participar proposta. 25/10/16 Unidade II: Tratamento endodôntico na dentição decídua. 5. 12. Essas alterações serão comunicadas antecipadamente aos alunos via graduação on line ou pela direção do curso 3 . Seguir as orientações do roteiro de estudo.Diagnóstico periodontal. 13/09/16 Unidade I: Selantes (Prática laboratorialturma II) 20/09/16 Unidade I: Unidade I: 1ª AvaliaçãoTeórica (ATI) 11. Na aula ocorrerá uma Sessão de Júri. 14. O trio deverá levar o material sugerido conforme a divisão proposta em sala de aula. Avaliação de 2ª Chamada e Prova de recuperação (PR). Laboratório. 30/08/16 Unidade I: Tratamento preventivo não invasivo em Odontologia Pediátrica.0. 08/11/16 15/11/16 22/11/16 29/11/16 06/12/16 Atividade individual e coletiva. 18.O conteúdo da prova abrangerá toda a matéria administrada nas Unidades I e II. Unidade I: Selantes (Prática laboratorialturma I). Feriado. Seguir as orientações do roteiro de estudo. 10. Unidade II: Doença Periodontal na Infância. Seguir as orientações do roteiro de estudo. Divulgação da nota final Divulgação das notas finais * OBS: Alterações de datas e /ou modificações de alguma metodologia ativa de aprendizagem poderão ocorrer nesse plano de ensino durante o semestre. e os grupos deverão realizar as atividades conforme as orientações. Sessão de júri. 19. Seminário. (Selantes) 06/09/16 Workshop Preventivo da Odontologia Pediátrica. Seguir as orientações do roteiro de estudo. 7. 9. 16. endodôntico na Fórum virtual Seguir as orientações do roteiro de estudo. 17. Relatórios). Confeccionaremos o workshop preventivo da Odontologia Pediátrica. Atividade individual para os alunos que perderam uma das provas das unidades ou que não atingiram a média final 7. Caso Laura: Tratamento não invasivo e minimamente invasivo. 15.turma I) Laboratório.Unidade I: Tratamento preventivo não invasivo em Odontologia Pediátrica. Feriado. ativamente da atividade Estudo de casos. Atividade Individual – O conteúdo da prova abrangerá toda a matéria administrada durante a unidade II 2ª Avaliação Teórica (ATII) Unidade III:. Caso Laura. Revisão de notas (1ª avaliação. O assunto será abordado por meio de seminários em grupos.