Você está na página 1de 2

A que tipo de "vontade" se refere Mateus 7:21?

O reino dos cus para todos aqueles que creem em Jesus e o receberam
com Salvador de suas vidas. A salvao, obra e graa de Deus, atravs da
f em Jesus Cristo, eterna a partir do momento em que cremos, nada
restando para ser conquistado. Uma das verdades centrais do cristianismo
a de que, uma vez salvo, o Esprito Santo faz morada permanente no
cristo. Essa foi uma das promessas do Senhor quando entre ns (Joo
14.16-17). Efsios 1.12-14 nos diz que o Esprito Santo um selo da
promessa do Senhor, uma garantia de que o salvo permaneceria nesta
condio, no importando as circunstncias (ver tambm 2 Corntios 1.2122; 5.5). Uma vez que a salvao imperdvel e eterna, no existe a
possibilidade de o crente perd-la, e uma das razes pela qual isso no
pode acontecer porque ela no foi conseguida por obras humanas, mas
sim, por esforos e obra divina (Efsios 2.8-9). Fomos comprados por um
alto preo e somos propriedade eterna deste "comprador" (1 Corntios 6.1920) e, como habitao perene do Esprito Santo (1 Corntios 3.16), nenhum
juzo existe para ele (Romanos 8.1-2).
A verdade bblica que o crente no salvo por qualquer obra sua, mas
tambm verdade que ele salvo para as boas obras (Efsios 2.10). O
verdadeiro crente obedece aos mandamentos de Deus (Joo 14.21; 15.10),
ou seja, ela faz a vontade daquele que O salvou. Fazemos a sua vontade
porque somos salvos e no para sermos salvos. Fazemos a sua vontade no
para adicionar algo nossa salvao, mas porque o amamos (Joo 14.21,
23-24).
A vontade de Deus, da qual trata Mateus 7.21, que vivamos uma vida que
evidencie a obra que Ele fez em ns. Paulo, em 1 Corntios 15.1-2 diz que o
resultado de uma vida salva por Deus o apegar-se Palavra. Uma pessoa
que se apega Palavra procura, em tudo, obedecer os mandamentos do
Senhor, Autor da Palavra. Ento, a vontade de Deus, principalmente, que
conheamos os seus mandamentos, e com isso, vivamos uma vida
santificada. Santificao a vontade perfeita de Deus para o salvo (1
Tessalonicenses 4.3), ainda mais considerando que a etapa final da nossa
salvao sermos conformes a imagem do Filho de Deus, Jesus Cristo
(Romanos 8.29; 1 Corntios 3.2; 15.49; 2 Corntios 3.18; Filipenses 3.21).
Mateus 7 parte integrante do final do que chamamos de Sermo do
Monte, e Jesus Cristo encontra-se fazendo uma aplicao geral do
evangelho que salva o homem pecador. Na aplicao, Jesus avisa que,
mesmo que a salvao seja apenas pela graa, ela exige o conhecimento
da verdade, arrependimento e submisso a ele (Joo 10.38; 16.24-25;
15.18-19; 16.1-3). Jesus no sugere que as obras podem obter a salvao.
O que ele diz que a f verdadeira produzir o fruto das boas obras, afinal,
fomos salvos para isso (Efsios 2.10). O verdadeiro salvo evidenciar frutos
de um verdadeiro arrependimento (Mateus 3.8). O contrrio tambm
verdade: no fazer a vontade de Deus evidncia de quem no foi salvo e
no passou por um arrependimento genuno. Santificao, ou uma vida

apegada Palavra, o assunto de Mateus 7.21. Sem santificao ningum


ver a Deus (Hebreus 12.5), tampouco desfrutar das maravilhas do seu
reino.

Você também pode gostar