Você está na página 1de 17

LIÇÃO1:HIRAGANA

Pode­sedizerqueosistemadeescritajaponesapossuiquatromeiosdeexpressão:Hiragana, Katakana(queconjuntamenteformamo“Kana”),KanjieRoomaji.Porhora,nestaprimeiralição aprenderemosoHiragana,osilabáriobásico.

1.1.PORQUECOMEÇARPELAESCRITA?

Afimdeaprenderjaponês,omelhorcaminhoécomeçarapartirdoscaracteres.Talvezalgumas

pessoasnãoconcordemcomisso,porquesepensarmosnamaneiracomoosbebêscomeçama

aprenderasualínguamaterna,elesprimeiramentepronunciampalavras,entãosódepois

começamaaprenderaescrita.Masparaosqueaprendemjaponêscomolínguaestrangeira,este

métodoéumpoucodifícil.

Emprimeirolugar,porqueparaumnão­nativoémuitodifícilencontrartoneladasdevocábulos

emseucotidianocomoacontececomosbebêsjaponeses,amenosquevivanoJapãooutenha

muitosamigosjaponeses"conversadores".

Emsegundolugar,porqueumavezqueaprendemosanossalínguamaterna,torna­sequase impossívelmemorizarpalavrasestrangeirascomsonsapenas.Porestarazão,usartodososcinco sentidostantoquantopossíveléaformamaiseficazdeobteroquesedeseja.Então,porfavor, nãouseapenasseusouvidos.Useseusolhosparaveroscaracteres.Treinesuabocapara pronunciá­los. Estimule o seu cérebro para imaginá­los mesmo quando você não estiver estudando.Narua,notrabalho,enfim,ondequerqueseja.Movasuamãoparasentiros caracteres.

Emterceirolugar,porquesaberoscaracteresjaponeses(especialmenteoKana),éamesma

coisaqueaprenderapronunciaçãodalínguajaponesa.

1.2.AHISTÓRIADAESCRITANALÍNGUAJAPONESA

ParacompreendermosaorigemdoHiraganaedoKatakana(conhecidosconjuntamentecomo

“Kana”),precisamosvoltarnotempoeentendermosoquesãoKanjis.OsKanjissãoummeiode

representardiferentesconceitosmateriaiseabstratosatravésdefiguras.Talmétodode

escritanãoéincomumnahistóriahumana;bastaolharparaoshieróglifosegípciosevocê

perceberáqueochinêsnãoéumcasoisolado.

ExistemváriasteoriassobreaformacomoosKanjisforamdesenvolvidos,masnenhumaédada

comocerta.Umadessasteoriasnosdizquehácercade5000a6000anos,umhistoriadorchinês

chamadoTs'angChiehteveaideiadecriarummododeexpressargraficamenteascoisas,

inspiradopelaspegadasdeavesemumcampodeneve.OutrateoriadizqueosKanjisforam

criadosquandoFuHsi,umdostrêsimperadoresdaépoca,substituiuoatéentãoexistente “métododascordas”pelo“métododecaracteres”.Ambasasteorias,entretanto,podemser consideradasmaismitosdoquefatoshistóricosconfiáveis.Ofatoconfiáveléqueoscaracteres maisantigossãoosqueforamintroduzidosduranteosdiasdovigésimosegundoimperadorda

DinastiaShang(Yin)(1700a.C.­1100a.C.)etratavam­sedeinscriçõesemossosdeanimaise

carapaçasdetartaruga.

Obviamente,aformadosideogramassofreualteraçõesaolongodotempo.Noinícioeramfiguras maisoumenosrealistasecomseuusoforamsendosimplificadas.FoientãoduranteaDinastia

Han(206a.C–211d.C)queocorreua“padronização"dosideogramas,fatoquedeuaoconjunto

decaracteresonomedadinastiavigente.Aescritachinesapassouentãoaserconhecidacomoa

“letradaDinastiaHan”(“Hanzi”emchinês).Observeoquadroabaixoquedemonstraaevolução

dosideogramas:

dosideogramas:

Obviamente,osKanjisnãoselimitavamarepresentarconceitosgraficamente,mastambéma eles eram atribuídas a pronúncia da respectiva palavra que representava o significadopropostopelocaractere.Então,podemosdizerqueosistemadeKanjisune representaçãográficaesomdeumconceito.Vejaafiguraabaixo:

AtéoséculoIV,ojaponêseraumidiomaapenasfaladoenãopossuíaqualquerformade

AtéoséculoIV,ojaponêseraumidiomaapenasfaladoenãopossuíaqualquerformade

expressãoescrita.Então,aquelesistemadeideogramasqueforapadronizadopoucoantesna

China,foiintroduzidonoJapãopormeiodeescritostrazidospormongesbudistasatravésda

penínsulacoreana,ficandoconhecidocomo“Kanji”.Nocomeço,somentealgumaspessoascultas

eramcapazesdeleraquelesideogramasetudooqueliamserestringiaatratadosdobudismoe

dafilosofia.Poucodepois,devidoàforterelaçãocomercialexistenteentreosdoispaíses,um

conselhochamado“Fuhito”foicriadopelamonarquiajaponesacomatarefadeaprendera

línguachinesaparaquepudessemlerosdocumentoschineses.SomentenoséculoVI,como

incentivoàdifusãodobudismopelopríncipeShotoku,filhodaImperatrizSuiko,oconhecimento

doKanjiseespalhoupelopaís.OsábiocoreanoWangIensinouoKanjipeloJapão.

NOTA:algunspesquisadoresdefendemaideiadequejáexistiaum"proto­alfabeto",antesda

adoçãodoscaractereschineses,comoporexemplo,o“Kamiyo­Moji”(Escritaherdadados

deuses).

Pode­sedizerqueoprimeirosistemadeescritajaponesafoio“kanbun”,queconsistiana realidadeemtécnicasparaadaptarassentençaschinesasàgramáticajaponesaatravésdousode sinais diacríticos juntamente com os Kanjis. Isso permitia que os falantes japoneses interpretassemessassentenças.Tomemoscomoexemploaoraçãoemchinês“Umhomemde Chuestavavendendoescudoselanças.”:

“Umhomemde Chuestavavendendoescudoselanças.” :

Jáquetantonochinêscomonoportuguêstem­seopadrãogramatical[sujeito­verbo­objeto],

mesmocomumatraduçãoliteral,afraseécompreensível,comexceçãodapartículafinal“zhe

”(aqueleque,oque),queéumnominalizadorquemarcaumapausaapósumsintagma

nominal.

NOTA: se você ficou em dúvida quanto à definição de “sintagrama”, acesse este link:

Emjaponês,entretanto,serianecessárioalteraradisposiçãodostermosparaqueasentençase

encaixedentrodospadrõesdagramáticajaponesa.Vejamosumexemploapenasparaquevocê

tenhaumanoçãobásica:

tenhaumanoçãobásica: Ou,seusássemosnúmeros,teríamos:

Ou,seusássemosnúmeros,teríamos:

Ousodesinaisemescritoschinesesfoibomjáqueasintaxechinesaéextremamente diferentedajaponesa.Posteriormente,oKanjipassouaserusadoparaescrever palavrasjaponesas,dandoorigemaosistemaquemaistardeseráchamadode“Man’yougana” edataprovavelmentedoiníciodoséculoV.OnomeMan'youganavemde“Man'youshuu”(万葉

),amaisantigacoleçãodepoemasjaponeses,compiladaduranteoPeríodoNara(710­794).

Acredita­sequeoscaracteresquecompunhamoMan'youganaforamcolhidosnessespoemas.

AprincipalcaracterísticadoMan'youganaéqueeleutilizavaumKanji por seu valor fonético,emvezdeporseusignificado,istoé,Kanjiseramescolhidosdeacordoapenas comsuapronúnciapararepresentardeterminadosomdalínguajaponesa.Sendo assim,praticamenteformava­seumsilabário(Kana)comosKanjis.Ummesmosompodiaser representadopornumerososKanjis,e,naprática,osescritoreselegiamaquelecomsignificado maisadequado.OexemplomaisantigodeMan’youganaéa“espadaInariyama”,queéuma

espadadeaçoescavadaem1968noInariayamaKofun,umtúmuloantigolocalizadoemGyouda,

Saitama.Acredita­sequeestaespadafoiconfeccionadaporvoltadoano471.

Comodecorrerdotempo,oMan'youganafoievoluindoedandoorigemaosdoissilabários,

KatakanaeoHiragana.AsformasdoHiraganaoriginam­sedoestilocursivodacaligrafia

chinesa(daíonome“Hiragana”,istoé,“silabáriodapalmadamão”).Afiguraabaixomostraa

origemdoHiraganaapartirdoestilocursivodoMan’yougana.Observe:

Apartedecimamostraocaractereemseuformatoregular,adomeio(emvermelho)mostraa

Apartedecimamostraocaractereemseuformatoregular,adomeio(emvermelho)mostraa

formacursivaeapartedebaixomostraorespectivoHiragana.Notetambémqueasformasde

escritacursivanãosãoestritamentelimitadasàquelasdailustração.

Dadoque,comomencionamos,váriosKanjispodiamteromesmosom,houvecasosemqueum

caractereMan'youganaoriginouumfonemadoHiragana,masoseuequivalenteKatakana

evoluiudeumKanjiMan'youganadiferente.Porexemplo,oHiragana「る」(ru)sedesenvolveu

apartirdoMan'yougana「留」,amedidaqueoKatakana「ル」(ru)procededoMan'yougana

「流」.

AlgumasteoriasapontamqueoKanafoiinventadoporummongebudistachamadoKuukaino

séculoIX.KuukaicertamenteintroduziuaescritaSiddhamemseuretornodaChinaem806,eo

seuinteressenosaspectossagradosdafalaedaescritalevou­oaconcluirquealínguajaponesa seriamelhorrepresentadaatravésdeumalfabetofonéticoemvezdosKanjiutilizadosatéentão.

OatualKanamoji(conjuntodeKanas)foicodificadoem1900easregrasparaouso,em1946.

NOTA:Naatualidade,oMan'youganacontinuasendoempregadoemcertosnomesregionais,

especialmenteemKyushu.

QuandooHiraganafoidesenvolvido,emumprimeiromomento,nãofoiaceitoportodos,pois

muitosconsideravamquealínguacultaaindaserestringiaaochinês.Historicamente,noJapão,

aformaregulardeescritadoscaracteres(kaisho)erausadapeloshomensechamadadeotokode

(男手),literalmente“mãosmasculinas”,enquantoqueoestilocursivo(sousho)erausadopelas

mulheres.Porestarazão,oHiraganasepopularizouprimeiroentreasmulheres,hajavistaquea

elasgeralmentenãoerapermitidoteracessoaosmesmosníveisdeeducaçãoqueoshomens.

Dissoveioaalternativaqueficouconhecidacomo“onnade”(女手),literalmente“mãos

femininas”.Porexemplo,em“OContodeGenji”eoutrosromancesmaisrecentesàépocacujos

autoreseramdosexofeminino,oHiraganafoiusadoextensivamenteouexclusivamente.

AutoresdosexomasculinochegaramaescreverliteraturacomHiragana,queporalgumtempo foiusadoparaaescritanão­oficial,taiscomocartaspessoais,enquantooKatakanaechinês foramusadosparadocumentosoficiais.Nostemposmodernos,ousodoHiraganasemisturou comaescritaKatakana,queagoraestárestritoausosespeciais,taiscomopalavrasrecentemente emprestadas(ouseja,desdeoséculoXIX),nomesdetransliteração,osnomesdosanimais,em

telegramas,eparadarênfase(maisdetalhesnalição2).

Originalmente,todasassílabaseramescritascommaisdeumfonemadoHiragana.Em1900,o

sistemafoisimplificadodemodoquecadasílabasótivesseum.O“outro”sistemaHiraganaé

conhecidocomoHentaigana(変体仮名).

1.3.CONHECENDOOSFONEMAS

OHiraganaéoalfabetobásicodalínguajaponesaerepresentatodososseussons.Portanto,

teoricamente,vocêpodeescrevertudoemHiragana.Noentanto,comoaescritajaponesaéfeita

semnenhumespaçoentreaspalavras,istoirácriarpraticamenteumtextoindecifrável.Abaixo,

segueumailustraçãocomosfonemaseosrespectivossonstranscritosemRoomaji.Noteque

diferentementedalínguaportuguesa,aordemdasvogaisemjaponêssedánopadrão­A,­I,­U,

­E,­O.

­A , ­I , ­U , ­E , ­O . Atabeladeveserlida decimaparabaixoedadireitaparaaesquerda

Atabeladeveserlidadecimaparabaixoedadireitaparaaesquerda,jáqueaescrita

tradicionaljaponesasegueessepadrão.Porisso,consideram­selinhas「ぎょう」ascolunas

verticais,ecolunas「だん」aslinhashorizontais.Tenhaemmentetambémquecadalinhae

colunasãonomeadasdeacordocomoprimeirofonemaneladisposto.Assim,porexemplo:

­alinhanaqualestãodispostososfonemas,,,eéchamadaぎょう (linhaA), poisofonemaqueainiciaé;

­acolunanaqualestãodispostososfonemas,,,,,,eéchamadaだん

(colunaI),poisofonemaqueainiciaé;

­osfonemasquecompõemかぎょうsão:,,,e;

­osfonemasquecompõemえだんsão:,,,,,,e.

Guardeestesconceitos,poisserãoamplamenteutilizadosquandotratarmosdeverbos(lição12).

Afimdefacilitaroentendimentodapronúncia,dispusemosatabelademodoque,excetopelo

「し」、「ち」、「つ」、e「ん」、osomdecadafonemapodesercompreendido

combinando­seaconsoantedalinhadecimacomavogalnalateraldireita.Porexemplo,「き」

será(K)+(I)=/ki/,e「ゆ」será(Y)+(U)=/yu/,eassimpordiante.Entretanto,nãosão

todosossonsquefuncionamcomosistemadecombinaçãodasconsoantes.Comoescritona

tabela,「ち」épronunciado"chi"(semelhantea“tia”)e「つ」épronunciado"tsu".Paraficar

maisclaro,assistaaovídeoabaixo:

FONTE:programa“Let’sLearnJapanese”

Agora,vamosfazeralgumasconsiderações:

I.Presteatençãonadiferençadossons/tsu/e/su/;

II.Osom“H”dojaponêstemumsomaspiradocomonaspalavrasemInglês“house”e“help”.O

som“R”dojaponêstemsomdo“R”doportuguêsparecidoaodaspalavras“ouro”e“aura”;

III.Ocaractere「ん」éumcaractereespecialporqueéraramenteusadosozinhoenãotemum

somvogal.Eleéanexadocomoutrocaractereparaadicionarumsomnasal/n/.Porexemplo,

「かん」seria'kan'emvezde'ka';「まん」seria'man'emvezde'ma',eassimpordiante;

IV.Porrazõeshistóricasqueserãoexpostasnalição3,ofonema「を」nãoépronunciado“wo”,

massim“o”eéusadosomentecomopartícula.

AdisposiçãomodernadoKanarefleteaqueladaescritaSiddham,eétambémusadaparafinsde ordemalfabética,istoé,「あ、い、う、え、お、か、き、く eassimpordiante.Entretanto,

nemsemprefoiassim:atéasreformasdaeraMeijinoséculo19,adisposiçãodosfonemasseguia

aordemdo“Iroha”,poemajaponêsescritoduranteaeraHeian(794–1179)efamosoporserum

pangramaperfeito,contendocadacaracteredosilabáriojaponêssemrepetições(comexceçãodo

「ん」,quefoiadicionadoaosilabáriomaistarde).Porisso,eratambémusadocomoordem

alfabéticadosilabário.Vejamos:

OirohaéencontradoaindaocasionalmentenoJapãomoderno.Porexemplo,éusadopara

OirohaéencontradoaindaocasionalmentenoJapãomoderno.Porexemplo,éusadopara

numerarassentosemteatros.Namúsica,otermo“iroha”éusadoparanomearasnotas

musicais,sendoescritoemKatakana:

musicais,sendoescritoemKatakana: Apesardeseroestilodeescritatradicional,aescritavertical(

Apesardeseroestilodeescritatradicional,aescritavertical(たてがき)aospoucosvemcaindo

emdesusonodia­a­diadomundojaponês.Essefatosedeveàinfluênciaocidentaleoadventoda

tecnologia,comcomputadores,celulareseetc.Hojeemdia,émaiscomumveresteestilode

escritaemalgunspoucoslivros,poesias,pensamentosetrabalhosmaisliterários.Devidoà

tecnologiaeainfluênciaocidental,oministériodaeducaçãojaponêsadotouoestilodeescrita

horizontal(おうぶん)comopadrãoemlivrostécnicosoulivrosmaisvoltadosparaoramo

educacional.

OHiragananãoétãodifícildedominaroudeensinare,comoresultado,háumavariedadede

websiteseprogramasgrátisquejáestãodisponíveisnarede.Recomendamosquevocêprocure

poresseswebsitesafimdeouvirapronúnciadecadacaractereefazerumacomparaçãoentrea

suapronúnciaeossonsparatercertezaquevocêestáaprendendocorretamente.

1.4.AENTONAÇÃO

Pode­seafirmarquecadasomnoHiragana(eoequivalenteemKatakana)correspondeauma

[vogal]ou[consoante+vogal],comexceçãodosfonemase(noKatakana)eé

pronunciadocomigualduraçãoemrelaçãoaosoutros.Estesistemadesomfazcomquea

pronúnciadosfonemassejaclaraesemnenhumaambiguidade.Noentanto,asimplicidadedos

sonsindividualmentenãosignificaqueapronúnciadepalavrassejasimples.Issoporquena

línguajaponesaháoqueéconhecidocomo“acentotonal”(kooteiakusento),ouseja,cada

silabadeumapalavrapodeserpronunciadacomumtomaltooubaixo.

Apesardevariarmuitodependendodocontextooudodialeto,existemquatropadrõesbásicosde

entonaçãonojaponêspadrão:

I.ATAMADAKA­GATA(\_):osomcomeçaalto,caiderepente,eentãocontinuadescendo.

Comoexemplo,vejamosaentonaçãodaspalavras「うみ」e「いのち」quesignificam“mar”e

“vida”respectivamente:

のち」 quesignificam“mar”e “vida”respectivamente: II.NAKADAKA­GATA( /\ ):

II.NAKADAKA­GATA(/\):osomagudonãoestánemnaprimeiranemnaúltimasílaba.

Elesobe,atingeomáximo,entãocaiderepente.Seforumapalavracomduassílabas,elecairá

napróxima.Comoexemplo,vejamosaentonaçãodaspalavras「あつい」e「くだもの」que

significam“quente”e“fruta”respectivamente:

que significam“quente”e“fruta”respectivamente: III.ODAKA­GATA( / ̄ ­ \ ­):

III.ODAKA­GATA(/ ̄ ­­):osomagudonãoestánaprimeirasílaba,masestánas seguintes.Éaltoatéatingirumelementofixo,talcomoumapartículaedesce.Comoexemplo, vejamosaentonaçãodaspalavras「はな」e「おとこ」quesignificam“flor”e“homem” respectivamente,juntamentecomaspartículas「は」e「が」:

「は」 e 「が」 : IV.HEIBAN­GATA( / ̄ ̄ ):

IV.HEIBAN­GATA(/ ̄ ̄):literalmenteplano.Seapalavranãotemumacentotônico,a

tonicidadesobedocomeçoaofim.Comoexemplo,vejamosaentonaçãodaspalavras「むずかし

い」e「あらう」quesignificam“difícil”e“lavar”respectivamente:

quesignificam“difícil”e“lavar”respectivamente: ­­­­

­­­­

Estudantesestrangeirosdejaponêsmuitasvezesnãosãoensinadosapronunciaroacentotonal,

emboraissosejacertamenteumaspectocrucialnafalajaponesa,porquepalavrascomomesmo

Kanapodemserdistinguidaspelosacentostonaisdiferentes.Vejamosoquadroabaixoque

ilustratalsituação:

ilustratalsituação:

Nojaponêspadrão,substantivosnativosnão­compostossãoacentuadoscercade30%dasvezes.

Emsuamaioria,oacentotônicocaisobreaantepenúltimasílaba,ousobreaprimeira,em palavrasmaiscurtas.Umnúmeromenordesubstantivoséacentuadoemoutrassílabas.Os

Keiyoushi(lição18)sãonormalmenteacentuados,esemprenapenúltimasílaba.

Seguirumpadrãodeentonação,especialmenteodojaponêspadrão,éconsideradoessencialem

trabalhoscomooderadiodifusão.Opadrãoatualdeentonaçãoestápresenteemdicionários

especiaisparafalantesnativos,taiscomoo“ShinMeikaiNihongoAkusentoJiten”eo“NHK

NihongoHatsuonAkusentoJiten”,eâncorasdetelejornaiseoutrosprofissionaisqueusama

oratóriadevemsegui­lo.

1.5.OTRAÇADO

Agoraqueconhecemosos46fonemasquecompreendemoHiragana,éessencialquesaibamos

comoescrevê­los,poisháumaordemedireçãonotraçadoquedevemserseguidos.Atentar­sea

issoéimportante,especialmenteparaosKanjis(queveremosnalição4).Vocêentenderáisso

quandosedepararcomrecadosapressadosdeoutraspessoas,quecomcertezanãoparecerão outracoisa,senãoummontederabiscos.Aúnicacoisaqueiráajudá­loéquetodosescrevemna mesma ordem, e o “fluxo” dos caracteres é consideravelmente consistente. Portanto, recomendamosquevocêprestebastanteatençãonaordemedireçãodostraçosdesdeocomeço paranãoadquirirmaushábitos.

Primeiramente,éimportantememorizaraordemcorretadetraçado,istoé,asequênciacorreta

paraseescreverostraçosindividuaisdecadacaractere.Aregrageralé:deve­setraçarda

esquerdaparaadireita[]edecimaparabaixo[]

deve­setraçarda esquerdaparaadireita[ → ]edecimaparabaixo[ ↓ ]

Outropontoimportanteésaberqueexistemtrêsmaneirasdesefinalizarumtraço:

I.Tome(significa“parada”):vocêdevetrazerolápisparaumfimcompletoeerguê­lodo

papelnofinaldotraço.Nosexemplosaseguir,otomeéindicadoporumpontocolocadoperto

doúltimotraço:

doúltimotraço: II.Hane(significa“pulo”):

II.Hane(significa“pulo”):otraçoéfinalizadocomalgoparecidocomumacaudacurvada.

Nosexemplosabaixo,ohaneestáindicadoporum√:

Nosexemplosabaixo,ohaneestáindicadoporum√: III.Harai(significa“varredura”):

III.Harai(significa“varredura”):éfeitolevantando­seolápisgradualmentenofinaldo

traçoenquantosuamãoaindaestáemmovimento.Nosexemplosaseguir,oharaiestáindicado

porumasetapontilhada:

porumasetapontilhada: NOTA:

NOTA:percebaquealgunstraçosnãotêmindicadoresdefinalização.Nestescasos,tantotome

ouhanepodemserusados.

Atabelaseguintemostraométodoparaaescritadecadacaracterhiragana.Osnúmeroseas

setasindicamaordemdostraçoseosentidorespectivamente:

setasindicamaordemdostraçoseosentidorespectivamente:

Sepreferir,assistaaovídeoabaixo:Jáqueestamosfalandodetraçado,háváriosestilosde

caligrafianoJapão,masvamosabordaraquiostrêsestilosbásicos.Vejamos:

1.Kaisho:literalmentesignifica"escritacorreta".Emoutraspalavras,esteéoestiloemque

cadaumdostraçoséfeitodeummododeliberadoeclaro,sendomuitosemelhanteàversão

impressadocaracterequesepodevernumjornal.Estaéaformaqueosestudantesdecaligrafia

aprendemprimeiro,umavezqueestápertodoscaracterescotidianosescritoscomosquaisjá

estãofamiliarizados;

2.Gyousho:literalmentesignifica"escritadeviagem"eserefereaoestilosemi­cursivoda

caligrafiajaponesa.Comoaescritacursivaemportuguês,esteéoestiloqueamaioriadas

pessoascostumausarparaescreverquandotomamnotas,porexemplo.Alémdisso,aspessoas

demaisidadecostumamusaresteestiloemseudiaadia.Temmenosformalidadeeos

caracterespossuemumaaparênciamaissuave,maisarredondada,comostraçosindividuais

fluindojuntos.Umtextoescritonesteestilogeralmentepodeserlidopelamaioriadosjaponeses

queestudaram;

3.Sousho:éomenosformaldosestilosesignifica"escritadagrama",nomeque,deacordocom

omestrecalígrafoEriTakase,refere­seaodomíniodefortestraçosverticaisqueseassemelhamà

grama.Oobjetivodesteestiloétotalmenteartísticoealtamenteabstrato,permitindoqueo

calígrafoalcanceumaexpressãoartísticacompleta.Devidoaisso,osjaponesesnãousamesse

estiloparaescrevernodiaadia.Naverdade,étãoabstratoquesópodeserlidogeralmentepor

pessoastreinadasemcaligrafia.Aqui,quemescreveraramentepermitequeopincelsaiado

papel,resultandoemumaformagraciosaearrebatadora.

Agoravejamosumquadrocomparativo:

Agoravejamosumquadrocomparativo:

HáaindaosestilosMinchoeMing,quesãoosestilosnormaisdeimprensa,oKaku­gótico,queé

utilizadoemsinais,publicidade,títulos,etc.,oReisho,queerausadoprincipalmentepor

escravoseaspessoascomeducaçãolimitadaehojecontinuaemtítulosdejornaisecomouma

formadeesculturaempedra,oestiloKoin,queéusadonaescritareligiosaeoTensho,usadonos

carimbospessoais,deorganizações,deempresas,etc.Vejamos:

carimbospessoais,deorganizações,deempresas,etc.Vejamos: 1.6.OSSONSMODIFICADOS

1.6.OSSONSMODIFICADOS

UmavezquevocêmemorizoutodososcaracteresdoHiragana,vocêacaboudeaprendero

alfabeto,masnãotodosossons.Hámaiscincosonsconsonantaisquesãopossíveisdeseobter

dedoismodos:

I.Colocando­seduaslinhaspequenasparecidascomasaspasnocantosuperiordireitodealguns

fonemas.Taislinhassãochamadasde「だくてん」;

II.Colocando­seumpequenocirculonocantosuperiordireitodealgunsfonemas.Talsinalé

chamadode「はんだくてん」.

Istoessencialmentecriaumsommodificadodaconsoante–tecnicamentechamadauma

consoantesonoraou「にごり」,queliteralmentesignifica“tornar­selamacento”.

Todasaspossíveiscombinaçõesdossonsmodificadossãodadasnatabelaabaixo:

NOTAS: 1. Oscaracteres 「ぢ」 e 「づ」

NOTAS:

1.Oscaracteres「ぢ」e「づ」têmamesmapronúnciaque「じ」e「ず」,respectivamente.

Porém,「じ」e「ず」sãousadoscommaiorfrequência;

2.NatranscriçãoparaoRoomaji,「づ」éescrito/dzu/enão/zu/.Comrelaçãoaoscaracteres

「ぢ」e「じ」,aescritapermaneceamesma,ouseja,/ji/.

1.7.OS「や」、「ゆ」E「よ」PEQUENOS

Épossíveltambémcombinaralgunsfonemasdeいだんcomumsom/ya/yu/yo/colocando

doseuladodireitoumpequeno「や」、「ゆ」、ou「よ」.Talfenômenoéchamado「ようお

ん」:

doseuladodireitoumpequeno 「や」、「 ゆ」、 ou 「よ」 .Talfenômenoéchamado 「よ うお ん」 :

NOTAS:

1.Atabelaacimaéamesmaqueasanteriores.Combineasconsoantesdecimacomosomda

vogaldadireita.Ex:きゃ=kya;

2.Emalgunsmétodosépossívelqueseencontrecombinaçõescomo「ぢゃ」、「ぢゅ」e「ぢ

ょ」.Porém,nãosãonuncausadas;nolugarésempreusado「じゃ」、「じゅ」、e「じょ」;

3.Notequecomo「じ」épronunciado/ji/,todosospequenossons「や」、「ゆ」、「よ」

sãotambémbaseadosnisso;emoutraspalavrasficarão/jya/jyu/jyo/;

4.Omesmoseaplicaparao「ち」quesetorna/cha/chu/cho/e「し」quesetorna/sha/

shu/sho/.

1.8.O「つ」PEQUENO

Ofonema「つ」nemsempredeveserlidocomo/tsu/;emcertaspalavraseleapareceentredois

caracteresemenordoqueeles.Nestescasos,échamadode「そくおん」,literalmente“som

oclusivo”.

Masqualasuafinalidade?Observeoexemploabaixo:

=escritor

Noteque「つ」apareceentreosfonemas「さ」e「か」,masemtamanhomenor.Quando

issoocorrer,elenãodeveserpronunciado.O「つ」pequenotemcomoprincipalfinalidade

representarumapausaantesdapronunciadofonemaqueosucede.Napratica,ébasicamentea

pausaquesefaz“jácomalínguanocéudaboca”antesdeseguirparaumanovasílaba.

Dividiremospronúnciade「さっか」emtemposparaquevocêentendamelhorcomofunciona

essapequenapausa:

「さ」–1ºtempo;

「っ」–2ºtempo:“comece”apronunciaropróximofonemaeentãofaçaumapequenapausa

“jácomalínguanocéudaboca”;

「か」–3ºtempo:“termine”depronunciarofonemaquesegueo「つ」pequeno.

NatranscriçãoparaoRoomaji,o「そくおん」érepresentadopeladuplicaçãodaconsoanteda

sílabaqueoprecede–porissotambéméconhecidocomo“consoantegerminada”.Observe

algunsexemplos:

「さっか」–deveserromanizado“SAKKA”enão“satsuka”ou“saka”,poisofonemaque

precedeo「そくおん」é“KA”,logo,aconsoante“K”seráduplicada;

「はっぱ」–deveserromanizado“HAPPA”enão“hatsupa”ou“hapa”,poisofonemaque

precedeo「そくおん」é“PA”,logo,aconsoante“P”seráduplicada;

NOTAS

1.Presteatençãonapronúnciadepalavrasnasquaiso「そくおん」estápresente,poisisto

podealterarosignificadodepalavrasaparentementeiguais.Porexemplo,「もと」e「もと」

possuemsignificadosdiferentes;

2.Certifique­sequevocêestáfazendoestaparadacomaconsoantecerta(aconsoantedo

segundocaractere);

3.O「そくおん」indicatambémqueumasentençaterminaabruptamente,funcionandocomo

umpontodeexclamação.Porexemplo,「だまれ(caleaboca!).

1.9.OSOMPROLONGADO

Ufa!Estamosquaseterminando.Nestaúltimaparte,veremoso“somprolongado”,queconsiste

noprolongamentodaduraçãodosomdeumcaractere.Paratanto,bastacolocar「あ」、「い」

ou「う」dependendodacoluna「だん」aqueocaracterepertença.Observeatabelaaseguir:

Comoexemplo,vamoscriarosomprolongadode「か」.Paratanto,primeiramentedevemos

saberaqualcoluna「か」pertence:

Agora,sabemosque「か」pertenceà だん,portanto,deacordocomaregra,ofonemaque usaremosparaestenderseusomé「あ」.

Arazãodistoébemsimples:tentedizer「か」 e「あ」 separadamente.Entãofale sucessivamenteeomaisrápidopossível.Vocêlogoperceberáqueestaráestendendoo/ka/por umaduraçãomaislongaquedizersomente/ka/.Vocêpodetentaresteexercíciocomasoutras vogais.Tentelembrar,quenaverdade,vocêestápronunciandodoiscaracterescomseuslimites embaçados.Naverdade,vocêpodenemestarpensandoconscientementesobrevogaislongase simplesmentepronunciarasletrasjuntasrapidamenteparaconseguirosomcorreto.Em particular,enquantoque/ei/podeserconsideradosomvogalprolongado,euachoquea pronúnciasaibemmelhorsimplesmentepronunciando/e/e/i/.

NOTAS:

1.Háumnúmeropequenodepalavrasemqueoprolongamentodefonemasdeえだんsedá

atravésdaadiçãode「え」enão「い」おねえさん(irmãmaisvelha);

2.Porrazõeshistóricas,hátambémumpequenonúmerodepalavrasemqueoprolongamento

defonemasdeおだんsedápelaadiçãode「お」enão「う」とお(dez).

Éimportantevocêsecertificarqueavogaléprolongadaosuficienteporquevocêpodeestar

dizendocoisascomo“aqui”(ここ)emvezde“EnsinoMédio”(こうこう)ou“mulherde

meia­idade”(おばさん)emvezde“avó”(おばあさん)sevocênãoesticarcorretamente!

Fontes:

OtakuProject:http://op.xisde.org/

sci.lang.japanFrequentlyAskedQuestions:http://www.sljfaq.org/afaq/afaq.html

Let'sLearnHiragana:FirstBookofBasicJapaneseWriting,YasukoKosakaMitamura