Você está na página 1de 3
oa2016 AVAUNIVIRTUS Matriz Discursiva UTA A FASE Il - 16/05 até 03/06 ‘JOSE CARLOS CANTARINI FILHO RU: 1260111 Nota:78. PRoTocoLo: 201605231260111680458 Disciplina(s): Bancode Dados Data de inicio: 23/05/2016 1647 Prazo maximo entrega: /o5/e018 16:17 Data de entre 2ayosye0ns 15:58 Questo 1/5 (Os bancos de dados (DB) estao focados em armazenar dados e documentos. Até a pouco tempo a énfase dos DB eram os dados. Ultimamente os DB também esto recebendo uma énfase no armazenamento de documentos. Descreva 0 que sao dados no contexto de banco de dados. 200 © dado 6 um conjunto de letras, nimeros ou digitos que, tomado isoladamente, nao transmite nenhum conhecimento, ou soja, i igitos « y ‘do contém um significado claro, Pode ser entendido como um elemento da infarmagao. Pode ser definido camo algo depositado ou armazenado. (Rezende, 2007, p. 19) Slide 08/14 do Hyperibook da Aula 01, apg Dados (Slide 02108), Resposta: Dados séo letras, nmeros ou digites que sozinhos no tem significado claro. & um elemento da informagao que pode ‘ser armazenado em uma base de dados. Questo 2/5 s relacionamentos © as cardinalidades maximas sao utiizadas para definir como os registros vao se relacionar através das chaves estrangeiras, processo extremamente necessario para formarmos nosso modelo légico relacional. Relacione a(s) cardinalidade(s) maxima(s) que indicam a criagéo de um campo para chave estrangeira. Explique o mecanismo da relagao por meio da referida chave. ® /s cardinaldades maximas que indicam a criagdo de um campo para a chaveestrangoira s&o: On, 1:n,n:0@ nt or meio da chave estrangeirapode-se identcar, na tabelareerenciada, qua registos esto igados. Resposta: (0.1)<>(0,1) (0.1}<>(0:n) (0.1)}<>(1,n) (1.1)<>(0.n) (1.1)}<>(1,n) bp:tunvietus-277877701s-oast- eb. amazonaws,com/avalwebitlavalAval acacusuarioHistorica7O962inavalt 18 oa2016 AVAUNIVIRTUS E recomendada adigo de um novo campo do tipo chave estrangeira em uma tabela quando ocorrem uma das cardinalidades maximas acima. Chave estrangeira em uma tabela 6 a chave primaria de outra tabela que se relacionam Questio 3/5 Lela e analise. Projetar uma base de dados é atender a necessidade do cliente. Também pode-se dizer - atender a necessidade do sistema. Sistema no sentido amplo da palavra que vai além do contexto da informatica. Temos de entender sistema como um conjunto de partes interagentes e interdependentes que, conjuntamente, formam um todo unitario com determinado objetivo e efetuam determinada fungao™ Explique as formas de representar os modelos conceituais e légicos. © ‘mbos podem ser representados po linguagem textual ou por Inguagens gras, O mais usual na representagie do modelo conceital é por inguagem grfic uiizando a abordagem Entcade-Relacionamento Apresentagao 2 slide 8. Resposta: Modelo Conceitual: Pode ser apresentado em linguagem textual ou grafica. O DER (Diagrama Entidade- Relacionamento) 6 um exemplo de linguagem grafica no Modelo Conceitual. Modelo Légico: & a criagdo de um SGDB de fato, no MySql por exemplo, a partir do resultado do Modelo Conceitual Questo 4/5 Alinguagem SQL tem um conjunto de instruges SQL DDL - Data Definition Language, ou seja, 0 conjunto de comandos referentes a Linguagem de Definicdo de Dados do SQL © um conjunto de instrugses SQL DML - Data Manipulation Language, ou seja, 0 conjunto de comandos referentes a Linguagem de Manipulagao de Dados do SQL. Considere a existéncia de duas tabelas na base de dados, sendo elas de nome “tt” e “t2" Instrugdes SQL; DROP TABLE t1; ALTER TABLE t2 RENAME tt; Explique em detalhes as instrugdes SQL apresentadas e a relagao entre elas. '® A primeira instrugao exclui a tabela “t1" e a segunda instrugo renomeia a tabela “t2" para “tt”. As instrugées tém de seem feitas na ordem em que estao para que a tabela 12" possa receber o nome de “tl pois jé existe uma tabela com o nome de “t1", bp:tunvietus-277877701s-oast- eb. amazonaws,com/avalwebitlavalAval acacusuarioHistorica7O962inavalt 28. owns2016 AVAUNIVIRTUS. Resposta: DROP TABLE t1; > Exclui a tabela "t1” ALTER TABLE (2 RENAME tt; > Renomeia a tabela "t2" para "tt", Atabela "t1" tem que ser excluida antes da tabela "12" ser renomeada para "t1” para que a alteragdo ocorra com sucesso, Questo 5/5 Analise 0 DER para a locadora de veiculos — XYZ. ‘Com base no diagrama apresentado, descreva a cardinalidade maxima e minima do relacionamento “REALIZADO” ® A cardinalidade maxima do relacionamento “REALIZADO" é 1:n, indicando que um veiculo pode realizar varias manutengdes e ‘que uma manutengao tem de ser para uma ocorréncia de vefoulo, A ardinalidade minima do relacionamento “REALIZADO" é 1:0 indicando que um veiculo pode nao ter realizado manutengao & {que se uma manutengdo foi realizada tem de ser para uma ocorréncia de veiculo. Apresentagao 3. Slide 12a 23 Resposta: Veiculo « Realizado - Manutencdo (1,1): Quantos veiculos podem sofrer manutengao, no maximo: 1 Quantos veiculos podem sofrer manutengo, no minimo: 1 Manutengao - Realizado - Veiculo (0,N): Quantos manutengdes podem ser realizadas num veiculo, no maximo: Muitas Quantas manutengdes podem ser realizadas num veiculo, no minimo: Opcional (um veiculo pode nao precisar de manutencao) hp:tunvietus-277877701s-oast- eb. amazonaws,com/avalwebitlavalAval acacusuarioHistorica7O962inavalt