Apresentação Porque Um Time Ágil Buscaria Certificações MPS.br e CMMI

10/29/16

1

Porque um time Ágil buscaria certificações
MPS.Br e CMMI ?
www.jambu.com.br
Eng. Marcelo Sá – Jambu Tecnologia
PA – Belém – Brasil – 2016

10/29/16

2

Apresentação
Institucional
APRESENTAÇÃO
Breve Histórico

1996
Fundada com Foco em consultoria em
sistemas Unix, Telecom e desenvolvimento de
Sistemas.

1998
Foco em Projetos de meios de pagamento
(sistemas de cartão de crédito/bancários, smart card)

2008
Obtenção das primeiras certificações e
estabelecimento de parcerias com projetos
OpenSource

2009
Criação do estúdio de Software JambuLabs e
primeiro contrato de escopo negociável e Scrum.

2013
Inicio da implantação do modelo de
qualidade para Obtenção do nível G de maturidade
de Software MPS.Br


2014

Nivel G do MPS

2016

Primeira empresa do norte com CMMI-Dev 2

3

Apresentação
Institucional

4

Apresentação
Institucional

5

Apresentação
Institucional

Jambu Tec

Projetos TIC, Governança e Infraestrutura Linux

Jambu Labs

Estúdio de Software, Java, Rubi on Rails, Android

Academia do Software Livre
Educação Técnica Certificada

6

Apresentação
Institucional

Porque um time Ágil buscaria
certificações MPS.Br e
CMMI ?

7

Questões sobre Agilidade
MPS.Br e CMMI

Vantagem mercadológica ?

Pelo desafio ?

Vaidade ?

Desejo de melhoria organizacional ?

Porque sim ?

8

Questões sobre Agilidade
MPS.Br e CMMI

9

Questões sobre Agilidade
MPS.Br e CMMI

Independentemente do porte empresas de
desenvolvimento software precisam lidar frequentemente
com questões relativas à qualidade, custos e prazos em
produtos/projetos.
Empresas que demonstram a capacidade de lidar com
essas questões apresentam algum grau de maturidade
de seus processos.

10

Questões sobre Agilidade
MPS.Br e CMMI

Quando um time ágil busca maturidade de seus
processos de software, coloca a prova a sua
capacidade de refletir, refinar e adaptar a sua
engenharia de software

11

Questões sobre Agilidade
MPS.Br e CMMI

O time percebe que agilidade não é improvisação
nem informalidade.
Não dá para esperar auto organização de times
inexperientes, sem maturidade, com perfil frágil e
mediano.

12

Questões sobre Agilidade
MPS.Br e CMMI

No contexto de processo de software recomendados
pelo CMMI-Dev e MPS.Br como garantir aderência
quando se utiliza Métodos Ágeis, Scrum, Kanban ?

Qual a melhor forma de registrar o processo ?

Como estabelecer indicadores ?

Como atender às recomendações e às práticas ?

13

Questões sobre Agilidade
MPS.Br e CMMI

Referência: Anais do SPIN Recife 2008

14

Nossa Vivência

Antes da certificação muitas práticas não eram
rigorosamente levadas a sério, como as reuniões
diárias, ciclos fixos das sprints, integração contínua
Estávamos em busca da melhor forma de usar os
quadros e post-its
Sabíamos que não seriam ferramentas de
gerenciamento de projeto tradicionais que nos
ajudariam

15

Nossa Vivência

Decidimos investir no nosso “Scrum”

Passamos a tratar da Gerência do Projeto (GPR)

Entendemos que o nosso User Story Map poderia ser
estendido para atender as praticas da Gerência de
Requisitos (GRE)

Com a necessidade de implementar uma Gerencia da
Qualidade (GQA), as sprints passaram a ser mais
organizadas, as reviews e retrospectivas precisaram ser
mais bem registradas e as práticas de TDD passaram a
fazer parte do desenvolvimento

16

Nossa Vivência

A Gerencia da Configuração (GCO) nos levou a
melhorar o processo de integração contínua, o uso
intensivo do GIT no controle de versão e a sofisticação
da rastreabilidade horizontal e vertical

Medição a Análise, entre outras coisas, tornou possível
o desenvolvimento com times dispersos (home office)

17

Pageto

18

Apresentação
Institucional

Práticas ágeis

Scrum

Lean

Kaisen – melhoria contínua

Kanban

User Story Mapping

Design thinking

Gestão Visual

19

Pageto

20

Pageto

Application Lifecycle Management
gerência de negócio com engenharia de software
PageTo
JambuLabs
Project Model
Canvas

User Story Map

Tarefas
Kanbam

Fotos, Vídeo
e Áudio

Cerimônias
Marcos

Quadro de
Riscos

Quadro de
Viabilidade

Team
Management

Quadro
Burn-up

GC: Paredes, Repositório ECM

21

Pageto

Código/VCS

Integração

Build

Testes

Bug Track

Release

Gerenciamento
De Custos

Quality
Assurance

Team
Log

ALM: GitLab, OpenStack e Jenkigs

Homologação

Produção

Deployment
22

Pageto

23

Processo

24

Metodologia Scrum

25

Metodologia Scrum

26

Processo

27

Obrigado
Fim!
Marcelo Rocha de Sá
marcelo@jambu.com.br
10/29/16

28

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful