Você está na página 1de 2

Cambono e suas atividades

A fim de prestar auxlio ao mdium incorporado, todo atendimento de


umbanda necessita da
figura do cambono mdium auxiliar que no sofre incorporao no
momento da consulta.O termo
cambono uma corruptela de cambondo, originrio do idioma angolano
quimbundo, e quer dizer
amigo, companheiro. Antes de ser apropriada e difundida pelo universo
umbandista, a palavra j era
utilizada em rituais de candombl de caboclo, e se referia aos tocadores de
atabaque.
Na configurao da oferta de consulta, os papis so geralmente atribudos
pelo dirigente do
centro de acordo com a vocao e necessidade de cada mdium. bastante
difundido o preceito de que
o ato de cambonar necessrio na formao e aprendizado do membro da
casa, pois o convvio direto
com as entidades faz com que determinadas qualidades latentes (inclusive
a mediunidade ostensiva)
comecem a aflorar.
O cambono incorpora algumas atribuies, tais como: zelar pela integridade
fsica do mdium
incorporado; cuidar dos materiais de trabalho da entidade (cachimbos,
velas, teros, perfumes etc.);
anotar o tratamento prescrito ao consulente; mediar a comunicao entre a
entidade e o consulente, que
porventura no est habituado linguagem falada pela entidade de
umbanda. Embora mais comumente
associado aos mdiuns que servem diretamente s entidades, o termo
cambono tambm utilizado para
se referir aos que so responsveis pela defumao do ambiente, limpeza
energtica, esclarecimento e
doutrinao da assistncia, bem como a realizao das chamadas
obrigaes, de ordem mais especfica,
como acendimento de velas, entoao de pontos e preparo de oferendas.
Tambm chamado de mdium auxiliar, zelador ou mdium de sustentao,
o cambono de

entidade espiritual17
trabalha diretamente com ela e participa das consultas auxiliando os
consulentes e
a prpria entidade. No cotidiano umbandista, diz-se que o cambono
sustenta o equilbrio energtico do
entorno, tendo vital importncia no transcorrer dos atendimentos.
O trabalho do cambono de entidade espiritual comea bem antes do incio
dos rituais. Dentre
suas responsabilidades, est a de zelar pelos materiais utilizados pela
entidade. NesteCentro, todos os