Você está na página 1de 3

AADDVVÉÉRBRBIOIO

PPaallavavrraa iinnvavarriiáveávell qquuee iinnddiicaca cciirrccununssttâânncciiaass MMododiiffiicaca uumm AAddjjeettiivovo,, uumm VVeerrbobo oouu oouuttrroo AAddvévérrbbioio

EExemxemplosplos::

Nós eessttudaudammosos muito. (verbo)

Ela bastante inintteligeneligentete. (adjetivo)

Seu amigo dança muito bembem. (advérbio)

muito . (verbo) Ela bastante inintteligeneligentete . (adjetivo) Seu amigo dança muito bembem . (advérbio)

22)) CCLLAASSSSIFIIFICCAAÇÃOÇÃO // CCIIRCUNRCUNSSTTÂNCÂNCIIASAS

Gustavo certamente será aprovado no próximo concurso. (afirmação)

Rafael

provavelmente

gostará

destas aulas.

(dúvida)

Vocês brevemente estarão no serviço público. (tempo)

Saiu com os amigos (companhia).

Falava-se sobre a guerra ao terrorismo. (assunto)

no serviço público. (tempo) Saiu com os amigos (companhia). Falava-se sobre a guerra ao terrorismo .

B)B) ddee ininffeerrioiorridadeidade:: menos + advérbio + (do) que

ExEx

::

Ele agiu menos rápido do que eu.

C)C) ddee ssupeuperrioiorridadeidade::

} analítico: mais + advérbio + que (do que)

ExEx

} sintético: melhor ou pior que (do que)

ExEx

::

::

Carlos salta mais alto (do) que Paulo

Roberto fala pior (do) que José.

ou pior que (do que) ExEx :: :: Carlos salta mais alto ( do ) que

12/9/2009

1)1)

LLOOCUÇÃCUÇÃOO AADDVEVERRBBIIALAL::

Duas ou mais palavras com valor de advérbio.

EEx.x.:: às vezes, às pressas, à direita, à noite,

þþ OObbseserrvaçãovação::

É importante não confundir locução adverbial com llooccuuçãoção pprreepopossiittiivava. Por exemplo:

ExEx

ExEx

11::

22::

Ela preferia ver tudo de perto. (locução adverbial)

Ela estava perto de atingir seus objetivos. (locução prepositiva)

preferia ver tudo de perto . (locução adverbial) Ela estava perto de atingir seus objetivos. (locução

33)) FLFLEXEXÃOÃO DDOO AADDVÉVÉRBRBIOIO::

O advérbio é uma classe invariável em gênero e número, mas flexiona-se em grau. À semelhança do adjetivo, admite dois graus:

comparativo e superlativo.

}} GGrrauau CCoommppaarraattiivovo

A)A) ddee igualdadeigualdade:: tão + advérbio + quanto (ou como)

ExEx

::

Renato fala tão alto quanto João.

A)A) ddee igualdadeigualdade :: tão + advérbio + quanto (ou como) ExEx :: Renato fala tão

}} GGrrauau SSupupeerrllaattiivovo AAbbssoluolutoto

Analítico: acompanhado de outro advérbio. Ex.: Sandra dança muito bem.

Sintético: formado com sufixos Ex.: Sandra dança rapidíssimo.

44)) EEMMPREPREGOGO DODOSS ADADVÉRBVÉRBIIOSOS

A) Otimamente e pessimamente são as formas

irregulares do grau superlativo absoluto sintético de bem e mal.

ExEx

:: Tudo ocorreu otimamente. (= muito bem)

irregulares do grau superlativo absoluto sintético de bem e mal . ExEx :: Tudo ocorreu otimamente

B)B) Certos advérbios podem apresentar-se no diminutivo ou repetidos, mas ambos com valor de superlativo.

ExEx

:: Hoje cheguei cedinho. (=muito cedo) Todos chegaram cedo, cedo.

C)C) Quando se coordenam dois ou mais advérbios terminados em “–mente”, pode-se usar esse sufixo apenas no último advérbio.

Ela estudava atenta, tranquila e sosse-

gadamente.

ExEx

::

”, pode-se usar esse sufixo apenas no último advérbio. Ela estudava atenta, tranquila e sosse- gada

55)) PPAALLAAVVRRAASS EE LLOOCUÇCUÇÕÕESES DDEENNOOTTAATTIIVVASAS

Assemelham-se a advérbios, mas não possuem uma classificação especial, segundo a Nomenclatura Gramatical Brasileira (NGB).

A)A) ddee excexclulusãosão:: só, salvo, menos, apenas, senão

ExEx

:: Todos saíram, menos ela.

Tu, tu, puro amor

( Camões)

:: só, salvo, menos, apenas, senão ExEx :: Todos saíram, menos ela. Tu, só tu, puro

E)E) dede rreetifitificaçãocação:: aliás, ou melhor

ExEx

:: Aliás, não foi isso que prometi. Éramos dez, ou melhor, nove homens feitos.

F)F) dede rreaeallcece:: cá, lá, só, é que, ainda, mas, etc.

ExEx

::

Você sabe o que está dizendo, homem Mas que olhos lindos! Veja que maravilha! Ele é que ganhou o prêmio?

G)G) dede exexppliliccaaççãoão:: isto é, por exemplo, a saber, ou seja

Ele falhou conosco, isto é, deixou de cumprir

os contatos que firmamos junto à empresa.

ExEx

::

12/9/2009

D)D) Antes de particípios, usam-se as formas analíticas: “mais bem”, “mais mal”.

ExEx Aqueles candidatos estão mais bem (mais mal) preparados que os outros.

Esses são os projetos mais bem (mais mal) elaborados que já vi.

E)E) Tampouco’ equivale a ‘também não’, ‘nem’. É usado após oração declarativa.

ExEx Ele não se interessa pelo estudo tampouco pelo trabalho.

::

::

‘nem’ . É usado após oração declarativa. ExEx Ele não se interessa pelo estudo tampouco pelo

B)B) dede inincclulusãosão:: também, até, mesmo, inclusive

ExEx

::

Nosso colega é ótimo em tudo, até nas artes. Esperem-me, eu também vou.

C)C) ddee ssiittuuaçãoação:: mas, então, agora, afinal

ExEx

:: Mas quem foi? Então, que fazer por aqui? Afinal, quem seria capaz de acusá-lo?

D)D) dede ddesesignignaçãoação:: eis.

ExEx

:: Eis nosso barco!

por aqui? Afinal , quem seria capaz de acusá-lo? D)D) dede ddesesignignaçãoação :: eis. ExEx ::

ÉÉ iimmpoporrtantetante exexeerrcciitatarr

??

01. (FCC) assinale a alternativa em que o termo destacado tem valor de advérbio.

a) Achei-o meio triste, com o ar abatido.

b) Não há meio mais fácil de estudar.

c) Só preciso de meio metro dessa renda.

d) Encarou-nos, esboçando um meio sorriso.

e) Ela caiu bem no meio do jardim.

preciso de meio metro dessa renda. d) Encarou-nos, esboçando um meio sorriso. e) Ela caiu bem

RRESPESPOOSSTATA

01. (FCC) assinale a alternativa em que o termo destacado tem valor de advérbio.

A)A) Achei-o meio triste, com o ar abatido.

b) Não há meio mais fácil de estudar.

c) Só preciso de meio metro dessa renda.

d) Encarou-nos, esboçando um meio sorriso.

e) Ela caiu bem no meio do jardim.

preciso de meio metro dessa renda. d) Encarou-nos, esboçando um meio sorriso. e) Ela caiu bem

RRESPESPOOSSTATA

02. (Fei-SP) Assinale a alternativa em a expressão destacada não possui o significado equivalente à

que

padrão.

A) Entrou sem que ninguém notasse. (sorrateiramente)

B) Aceitou tudo sem se revoltar. (calmamente)

C) Trataram-me como irmão. (fraternalmente)

segundo a norma

está

entre

parênteses,

D) Fazia as atividades sem vaidade pessoal. (humildemente)

E)E) Recebeu a medicação pouco a pouco. (concomitantemente)

Fazia as atividades sem vaidade pessoal . (humildemente) E)E) Recebeu a medicação pouco a pouco .

RRESPESPOOSSTATA

03. Assinale a alternativa correta.

a) Este jogador está melhor posicionado que aquele.

b) Esta questão está pior elaborada que aquela.

c) Está na hora do menino sair.

D)D) Ele resolvia os problemas calma e serenamente.

e) Chegou a hora deste pintor ser reconhecido.

hora do menino sair. D)D) Ele resolvia os problemas calma e serenamente. e) Chegou a hora

12/9/2009

ÉÉ iimmpoporrtantetante exexeerrcciitatarr

??

02. (Fei-SP) Assinale a alternativa em a expressão destacada não possui o significado equivalente à

que

padrão.

A) Entrou sem que ninguém notasse. (sorrateiramente)

B) Aceitou tudo sem se revoltar. (calmamente)

C) Trataram-me como irmão. (fraternalmente)

segundo a norma

está

entre

parênteses,

D) Fazia as atividades sem vaidade pessoal. (humildemente)

E) Recebeu a medicação pouco a pouco. (concomitantemente)

D) Fazia as atividades sem vaidade pessoal . (humildemente) E) Recebeu a medicação pouco a pouco

ÉÉ iimmpoporrtantetante exexeerrcciitatarr

??

03. Assinale a alternativa correta.

a) Este jogador está melhor posicionado que aquele.

b) Esta questão está pior elaborada que aquela.

c) Está na hora do menino sair.

d) Ele resolvia os problemas calma e serenamente.

e) Chegou a hora deste pintor ser reconhecido.

na hora do menino sair. d) Ele resolvia os problemas calma e serenamente. e) Chegou a

LLEEMMBREBRE--SE:SE:

Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo

ser reconhecido. LLEEMMBREBRE--SE:SE: Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo Fernando Pessoa

Fernando Pessoa

ser reconhecido. LLEEMMBREBRE--SE:SE: Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo Fernando Pessoa