Você está na página 1de 4

Gestor de Recursos de Servidor de Arquivos

Aplica-se a: Windows Server 2008

Introduzido no sistema operacional Windows Server 2003 R2, o Gestor de


Recursos de Servidor de Arquivos é um conjunto de ferramentas do
Windows Server 2008 que permite aos administradores aplicar limites de
armazenamento em volumes e pastas, impedir os usuários de salvar
determinados tipos de arquivos no servidor e gerar relatórios de
armazenamento detalhados. O Gestor de Recursos de Servidor de Arquivos
não só ajuda os administradores a controlar e monitorar com eficiência e de um
local central os recursos de armazenamento existentes, como também auxilia
no planeamento e na implementação de futuras alterações na infra-estrutura de
armazenamento.

O QUE O GESTOR DE RECURSOS DE SERVIDOR DE ARQUIVOS FAZ?

Com o snap-in Gestor de Recursos de Servidor de Arquivos do Console de


Gestor Microsoft (MMC), pode-se executar três grupos de tarefas para gerir os
recursos de armazenamento em servidores locais ou remotos:

Gestão de cotas - Define limites de espaço flexíveis ou rígidos em


um volume ou em uma árvore de pastas onde pode criar e aplicar
modelos de cota com propriedades de cota padrão.

Gestão de triagem de arquivos - Define regras de filtragem que


monitorizem ou bloqueiem tentativas dos utilizadores salvar certos
tipos de arquivos por tamanho ou por localização onde pode criar e
aplicar modelos de triagem com exclusões de arquivo padrão.

Gestão de relatórios de armazenamento - Gere relatórios internos


para controlar o uso de cotas, a actividade de triagem de arquivos e
os padrões de uso de armazenamento.

Também é possível aplicar directivas de cota e de triagem de arquivos quanto


é aprovisionada uma pasta compartilhada ou através de uma interface de linha
de comando.

HÁ CONSIDERAÇÕES ESPECIAIS?

Tem que se pertencer ao grupo Administradores para poder usar o Gestor de


Recursos de Servidor de Arquivos.
Se estiver usando cotas de disco NTFS, observará maior precisão nas
ferramentas de gestão de cotas do Gestor de Recursos de Servidor de
Arquivos, conforme mostrado na tabela a seguir.

Gestor de Recursos de Servidor


Recursos de cota Cotas de disco NTFS
de Arquivos

Por usuário de um
Controle de cotas Por pasta ou por volume
volume

Cálculo de uso de Tamanho de arquivo


Espaço em disco real
disco lógico

Email, logs de eventos,


Mecanismos de Somente logs de
execução de
notificação eventos
comandos, relatórios internos

As cotas criadas no Gestor de Recursos de Servidor de Arquivos são


totalmente separadas de quaisquer cotas do NTFS que você possa ter criado
— os dois sistemas não foram projectados para trabalhar juntos. No entanto,
para migrar de cotas do NTFS, o Gestor de Recursos de Servidor de Arquivos
oferece modelos de cota que ajudam você a recriar suas propriedades de cotas
do NTFS.

Se você pretende usar o Gestor de Recursos de Servidor de Arquivos para


gerir recursos de armazenamento em um servidor remoto, esse servidor deverá
estar executando o Windows Server 2008 com uma instância do Gestor de
Recursos de Servidor de Arquivos.

QUE FUNCIONALIDADE É OFERECIDA POR ESSE RECURSO?

Você pode usar o Gestor de Recursos de Servidor de Arquivos do Windows


Server 2008 para executar as seguintes tarefas:

Gerir cotas
Crie, actualize e obtenha informações sobre cotas, que definem
um limite de espaço em um volume ou em uma pasta;
Quando o armazenamento atingir níveis predefinidos, envie um
email para uma lista de distribuição, registe um evento no log,
execute um comando ou um script ou gere relatórios;
Defina uma cota rígida para impedir os usuários de ultrapassar
um limite de armazenamento ou simplesmente monitorize o
armazenamento num volume ou numa pasta.
Gerar cotas automaticamente - Pode-se configurar o Gestor de
Recursos de Servidor de Arquivos para aplicar uma determinada cota a
todas as subpastas existentes e a todas as novas subpastas que forem
criadas em um volume ou em uma pasta. Por exemplo, pode-se gerar
cotas padrão automaticamente para utilizadores móveis ou para novos
usuários da sua organização.

Gerir triagens de arquivos


Crie, actualize e obtenha informações sobre triagens de arquivos,
que controlam os tipos de arquivos que os usuários podem salvar;
Defina grupos de arquivos que especifiquem extensões de
arquivo a serem incluídas ou excluídas da filtragem
personalizada;
Impeça os usuários de salvar arquivos não autorizados ou
simplesmente registe quando os usuários salvam esses tipos de
arquivos;
Crie regras de excepção de triagem para pastas específicas;
Quando os usuários tentarem salvar arquivos não autorizados,
dispare um e-mail ou outras notificações.

Usar modelos de cota e de triagem de arquivos


Reutilize regras de gestão de recursos em uma organização
aplicando limites de armazenamento padrão ou filtragens de
arquivos a novos volumes ou pastas;
Use ou modifique modelos internos ou crie modelos novos para
capturar suas directivas de sistema;
Gira actualizações feitas em cotas ou em triagens de arquivos de
um local central actualizando as propriedades dos modelos.

Executar relatórios de armazenamento


Escolha entre as opções de uma grande colecção de relatórios
internos e defina parâmetros de relatório específicos para o seu
ambiente;
Agende relatórios periódicos para identificar tendências de uso de
disco ou a actividade de triagem de arquivos;
Gerar relatórios instantaneamente por demanda.

Gerir recursos remotos - Você pode gerir recursos de armazenamento


em um servidor local ou em um servidor remoto que execute o Gestor de
Recursos de Servidor de Arquivos.
Fazer backup e restaurar configurações facilmente - As configurações
do Gestor de Recursos de Servidor de Arquivos são salvas na pasta
Informações de Volume do Sistema no directório raiz do servidor e em
qualquer volume onde estejam aplicadas cotas ou triagens de arquivos.
Para fazer backup e restaurar as configurações do Gestor de Recursos
de Servidor de Arquivos, você pode usar uma ferramenta de backup,
como o Backup do Windows Server.

Compilação: Ismael Guimarães, nº 6


3º Instalação e Gestão de Redes Informáticas

Agradecimentos:

Você também pode gostar