Você está na página 1de 2
 

Linha de Pesquisa

POÉTICAS DA CENA E DO TEXTO TEATRAL

-

A linha de pesquisa Poéticas da cena e do texto teatral integra pesquisadores que se interessam pelos

estudos comparados analítico-crítico-conceituais desenvolvidos a partir dos diversos sentidos contidos no conceito de dramaturgia, desde seu entendimento como arte de construção formal e ideológica da obra até a arte de constituição da especificidade do texto cênico, tanto dramático quanto não dramático, abordando questões relativas a processos de transposição de discursos de linguagens não teatrais, como da linguagem literária, ensaística, cinematográfica, e outras, para o discurso teatral.

 

Projeto

Dramaturgia, história: gêneros e linguagens. Etapa 5: autoficção e alterbiografia no teatro

- A pesquisa desdobra conceitos relativos aos gêneros biográficos na pós-modernidade, como a autoficção e a alterbiografia, em suas relações com a cena e a dramaturgia contemporânea. Absorve as variações do tratamento do tema, como a contribuição subjetiva para a criação do personagem, na presença cênica e nas criações com deficientes

- Coordenadora: Ana Maria de Bulhões-Carvalho

 

Projeto

Canibais, Vampiros e Leões: origens e desdobramentos da Antropofagia, do Tropicalismo e da Criação Coletiva na cena brasileira contemporânea

- As figuras alegóricas do Canibal, do Vampiro e do Leão, entendidas como verdadeiros paradigmas de

modos de criação, se prestam aqui para uma representação da produção artístico-criativa brasileira dos anos 60 e 70 do século XX: de cunho antropofágico e tropicalista, contracultural e anarcomístico,

experimental e de massa, na produção independente e na criação coletiva. Nossa proposta é mapear como essas imagens-conceito se constituíram e desenvolveram, os artistas e intelectuais de diversas procedências que as empregaram e ampliaram, além de localizar os desdobramentos contemporâneos na cena brasileira de tais idéias e expressividades, tendo como pólo de debate a obra de Hamilton Vaz Pereira, em seus antecedentes, à época do Asdrúbal Trouxe o Trombone, na sua produção posterior até a atualidade.

-

Coordenador: André Luís Gardel Barbosa

 

Projeto

Ensaio Cênico e cena ensaística: reflexões e experimentações artísticas e conceituais a partir das relações entre o ensaio como forma e a cena como ensaio

A pesquisa tem como objetivo principal analisar, no teatro contemporâneo, os pontos de interseção e de tensão entre a cena e o ensaio, entendido aqui não apenas em sua acepção teatral mas também como uma forma específica de pensamento e de escrita pertinente ao campo da crítica e da filosofia.

-

- Coordenadora: Angela Materno de Carvalho

 

Projeto

O Peixe Dourado: Criação e manutenção de biblioteca virtual e portal de Artes Cênicas

- OBJETIVOS DO PROJETO: 1.desenvolver pesquisa na área de Artes Cênicas, especialmente no que diz

respeito à dramaturgia e a encenações brasileiras, dando conta do estado da arte das realizações, pesquisas e debates referentes a este campo da arte e cultura.2.Reunir informações sobre Artes Cênicas existentes na web: sites, publicações eletrônicas, bancos de dados, páginas pessoais, bibliografias.3.-Continuar disponibilizando, através de acordo firmado entre o Departamento de Teoria do Teatro e o Sistema de Informações da UFRJ (SIBI) estas informações na Biblioteca Virtual de Literatura anteriormente abrigada pelo PROSSIGA/CNPq no endereço www.prossiga.br/pacc/bvl , e que neste momento está sendo absorvida pelo SIBI - Sistema de Informações - da UFRJ, onde já existe área referente a Artes Cênicas. O desenvolvimento do banco de referências em Artes Cênicas, incluído na Biblioteca Virtual de Literatura, está sendo realizado com o apoio do Programa de Pós-Graduação em Teatro da UNIRIO, até que se disponha de um conjunto de informações online suficientes para criar uma nova Biblioteca Virtual temática. No momento, a biblioteca virtual de literatura com a parte experimental referente a Artes Cênicas se encontra na página do Programa Avançado de Cultura Contemporânea PACC/UFRJ www.ufrj.br/pacc.4.-Criar e implantar, na WEB, a Biblioteca Virtual de Artes Cênicas, desenvolvida pelo Departamento de Teoria do Teatro da Escola de Teatro da UNIRIO, a ser inaugurada com lançamento público em espaço da UNIRIO. Esta nova Biblioteca Virtual será divulgada pelo endereços eletrônicos da UNIRIO e da UFRJ 5.Implantar, na Escola de Teatro, espaço de pesquisa on line, através da constituição de laboratório de informática destinado a este fim.

6.Desenvolver um portal para o Departamento de Teoria do Teatro que incluiria a Biblioteca Virtual de Artes Cênicas, textos de professores e alunos, monografias dos alunos.

-

Coordenadora: Beatriz Vieira de Resende (Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível

1B)

 

Projeto

Subjetividade e políticas da cena: Os Sertões do Teatro Oficina e o palco do presente

-

Estudo do teor político e dos processos de subjetivação da cena contemporânea, por meio de seus

procedimentos construtivos, das relações propostas ao espectador, das concepções teatrais que conduzem as práticas adotadas (performances e espetáculos solos; encenações fortemente corais e colevizadas; modos pós-dramáticos de escrita teatral, como a dramaturgia do corpo, do espaço e da imagem; instalação cênica em edíficios não-teatrais e ocupação de espaços urbanos) pelos grupos e companhias investigados (Teatro Oficina, Teatro da Vertigem, Tá Na Rua e outros). Um dos focos principais da pesquisa em seu estágio atual (2009-2012) é a análise do ciclo Os Sertões, do Teatro Oficina, mas esse foco se amplia com a discussão paralela sobre outras vertentes da produção cênica e dramatúrgica do presente, consideradas sempre na perspectiva de sua dimensão política e dos modos

de subjetivação do teatro de nossos dias, especialmente no contexto brasileiro. A investigação teórica e teatral em seus objetivos específicos (análise de Os Sertões do Teatro Oficina e sua inserção no contexto do presente), bem como em sua visada mais geral (compreensão ampla do teor político singular do teatro contemporâneo feito no Brasil) é realizada simultanemante pelo pesquisador- responsável e por pós-graduandos (mestrandos e doutorandos), bolsistas de iniciação científica e estudantes de graduação em atividades de trabalho de final de curso, no interior do projeto integrado intitulado "Subjetividade e Políticas da cena".

- Coordenador: José da Costa Filho (Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2)

 

Projeto

Sousândrade & Martí - Exílio nova-iorquino, experiência poética e culturas literárias norte e ibero americanas oitocentistas

- Este projeto tem como foco de investigação a permanência nos Estados Unidos, nas últimas décadas

do século XIX, dos poetas Joaquim de Sousa Andrade (Sousândrade) e José Martí.O ponto de partida será certo paralelismo, ligado não apenas à escolha de direção migratória semelhante, mas, sobretudo, ao impacto, sobre os dois escritores, vivendo em Nova York nas últimas décadas do século XIX, da intensificação do desenvolvimento industrial, do uso de novas tecnologias, do expansionismo que caracteriza os Estados Unidos na fase pós-Guerra da Secessão, das crises e escândalos ligados à especulação financeira, de uma modernização em ritmo acelerado e de uma cultura de massas em expansão, como ocorre no panorama oitocentista norte-americano. Procurando-se sublinhar, neste

trabalho, o diálogo diferenciado que os dois escritores manterão com o emergente capitalismo norte- americano, com as contradições do modelo político republicano, com as tensões entre a absorção de

uma tradição letrada voltada para a alta cultura e a expansão da prática jornalística, da divulgação cultural, de formas híbridas, e então menos canônicas, de escrita

- Coordenadora: Maria Flora Sussekind (Professora Colaboradora)

 

Projeto

Bibliocena: novas textualidades no teatro brasileiro contemporâneo (UNIRIO/CNPq)

- O Projeto de pesquisa interessa-se pelo processamento dramatúrgico de narrativas literárias. Dois

campos de reflexão teórica são privilegiados: a vocalização e a espacialização cênica do texto concebido

para a leitura. Estabelecendo Macunaíma (1978), com o grupo Pau Brasil, dirigido por Antunes Filho, como marco de uma vertente forte no teatro contemporâneo, a pesquisa realiza trabalho de levantamento da série histórica de espetáculos cuja dramaturgia incorpora o texto literário narrativo na cena carioca de 1979 a 2008. O corpus concentra-se na análise de espetáculos dirigidos por Antunes Filho, Aderbal Freire Filho, Bia Lessa e João Brites (Portugal) e por outros encenadores. Desenvolve metodologia de estudo de caso e de organização de dossiês digitais de pesquisa, reunindo a documentação referente aos espetáculos selecionados para estudo.

Coordenadora: Maria Helena Vicente Werneck (Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1D)

-