Você está na página 1de 23

CEBTE

C entro Brasileiro de Treinamento em Engenharia

I NTRODUÇÃO A

INSPEÇÃO DE

CALDEIRAS

CEBTE C entro Brasileiro de Treinamento em Engenharia I NTRODUÇÃO A INSPEÇÃO DE CALDEIRAS

O Centro Brasileiro de Treinamento em Engenharia - CEBTE é uma empresa de ensino e consultoria, que traz cursos na área profissional com objetivo de ajudar nossos clientes a se qualificarem em relação ao mercado de trabalho. Os cursos são online para diminuir os gastos do aluno com diárias em hotéis e passagens para cidades distantes, assim o aluno pode realizar o curso a qualquer momento.

M issão

N ossa missão é trazer novas oportunidades de emprego, trocando conhecimento com os alunos de forma que ajudem na sua carreira profissional.

Visão

Ser a maior empresa de treinamento na área de Engenharia Mecânica do Brasil.

Valores

Proximidade ao cliente, qualidade, ética, comprometimento e respeito.

www.cebte.com.br

Mecânica do Brasil. Valores Proximidade ao cliente, qualidade, ética, comprometimento e respeito. www.cebte.com.br

O que é uma Caldeira?

A caldeira é um recipiente que tem como principal função gerar vapor através água, realizando troca térmica com os gases da combustão, e trabalhando sempre com pressão maior que da atmosférica. As caldeiras podem ser do tipo Flamotubular, Aquatubular e Mista.

As caldeiras são utilizadas em processos industriais que necessitam de energia térmica para realizar o trabalho e é muito encontrado em industrias alimentícia, frigoríficos, papel e celulose, químicas, hotéis , hospitais, entre outros.

C aldeira Flamotubular

Nas caldeiras flamotubulares os gases quentes da combustão passam pelo interior dos tubos que estão imersos em água. São caldeiras mais simples de fabricação, podendo ser com tubos verticais ou horizontais.

São utilizadas em processo industriais que não necessitam de uma grande quantidade de vapor e de pressões altas. Não são recomendadas quando tem a necessidade de vapor superaquecido, entretanto, possui um custo baixo e são fáceis de instalar.

C aldeira Aquatubular Nas caldeiras aquatubulares os gases quentes da combustão passam pelo lado externo

C aldeira Aquatubular

Nas caldeiras aquatubulares os gases quentes da combustão passam pelo lado externo dos tubos, sendo que seu interior ocorre a passagem de água. São caldeiras mais complexas de fabricação, podendo gerar valores acima de 150 toneladas de vapor por hora e a pressões superiores a 100 bar em alguns casos.

São utilizadas em processo industriais que necessitam de uma grande quantidade de vapor e de pressões altas. Aplicado principalmente em quando se desejar gerar energia através de turbinas a vapor, utilizada em termoelétricas.

C aldeira Mista

A caldeira mista é uma mistura de uma caldeira flamotubular com aquatubular, e geralmente utilizam combustíveis sólidos para queima, bastante encontrado na região sul do Brasil.

São caldeiras compactas e ideias para processo industrial que não necessitam de temperaturas muito altas, pode ser utilizado uma grande variedade de combustíveis, possui uma manutenção mais cara e uma inspeção mais rigorosa.

C omponentes de uma Caldeira Os principais componentes de uma caldeira são: Aquecedor de ar
C omponentes de uma Caldeira Os principais componentes de uma caldeira são: Aquecedor de ar
C omponentes de uma Caldeira Os principais componentes de uma caldeira são: Aquecedor de ar

C omponentes de uma Caldeira

Os principais componentes de uma caldeira são:

Aquecedor de aruma Caldeira Os principais componentes de uma caldeira são: Bomba de água Fornalha Tambor de vapor

Bomba de águaprincipais componentes de uma caldeira são: Aquecedor de ar Fornalha Tambor de vapor Chaminé Cinzeiro Condutos

Fornalhade uma caldeira são: Aquecedor de ar Bomba de água Tambor de vapor Chaminé Cinzeiro Condutos

Tambor de vaporuma caldeira são: Aquecedor de ar Bomba de água Fornalha Chaminé Cinzeiro Condutos de fumo Damper

ChaminéAquecedor de ar Bomba de água Fornalha Tambor de vapor Cinzeiro Condutos de fumo Damper de

Cinzeirode ar Bomba de água Fornalha Tambor de vapor Chaminé Condutos de fumo Damper de saída

Condutos de fumoar Bomba de água Fornalha Tambor de vapor Chaminé Cinzeiro Damper de saída Damper de entrada

Damper de saídaFornalha Tambor de vapor Chaminé Cinzeiro Condutos de fumo Damper de entrada Economizador Eletrodos Espelho Grelhas

Damper de entradade vapor Chaminé Cinzeiro Condutos de fumo Damper de saída Economizador Eletrodos Espelho Grelhas Válvula de

EconomizadorCinzeiro Condutos de fumo Damper de saída Damper de entrada Eletrodos Espelho Grelhas Válvula de segurança

Eletrodosde fumo Damper de saída Damper de entrada Economizador Espelho Grelhas Válvula de segurança Queimador Reaquecedor

EspelhoDamper de saída Damper de entrada Economizador Eletrodos Grelhas Válvula de segurança Queimador Reaquecedor

Grelhasde saída Damper de entrada Economizador Eletrodos Espelho Válvula de segurança Queimador Reaquecedor Retentor de

Válvula de segurançaDamper de entrada Economizador Eletrodos Espelho Grelhas Queimador Reaquecedor Retentor de fuligem Superaquecedor

QueimadorEletrodos Espelho Grelhas Válvula de segurança Reaquecedor Retentor de fuligem Superaquecedor Alarme de

ReaquecedorEletrodos Espelho Grelhas Válvula de segurança Queimador Retentor de fuligem Superaquecedor Alarme de falta de água

Retentor de fuligemEspelho Grelhas Válvula de segurança Queimador Reaquecedor Superaquecedor Alarme de falta de água Controlador de

Superaquecedorde segurança Queimador Reaquecedor Retentor de fuligem Alarme de falta de água Controlador de nível Desaeradores

Alarme de falta de águaQueimador Reaquecedor Retentor de fuligem Superaquecedor Controlador de nível Desaeradores Manômetro Termômetro

Controlador de nívelRetentor de fuligem Superaquecedor Alarme de falta de água Desaeradores Manômetro Termômetro Injetor de água

DesaeradoresAlarme de falta de água Controlador de nível Manômetro Termômetro Injetor de água Pressostato Tambor

ManômetroAlarme de falta de água Controlador de nível Desaeradores Termômetro Injetor de água Pressostato Tambor de

Termômetrofalta de água Controlador de nível Desaeradores Manômetro Injetor de água Pressostato Tambor de vapor Tambor

Injetor de águade água Controlador de nível Desaeradores Manômetro Termômetro Pressostato Tambor de vapor Tambor de lama Entre

PressostatoControlador de nível Desaeradores Manômetro Termômetro Injetor de água Tambor de vapor Tambor de lama Entre

Tambor de vaporágua Controlador de nível Desaeradores Manômetro Termômetro Injetor de água Pressostato Tambor de lama Entre outros

Tambor de lamaágua Controlador de nível Desaeradores Manômetro Termômetro Injetor de água Pressostato Tambor de vapor Entre outros

Entre outrosControlador de nível Desaeradores Manômetro Termômetro Injetor de água Pressostato Tambor de vapor Tambor de lama

N orma Regulamentadora NR-13

A NR-13 é uma Norma Regulamentadora do Ministério do Trabalho e Emprego, que estabelece requisitos mínimos para gestão da integridade estrutural de caldeiras a vapor, vasos de pressão e suas tubulações de interligação nos aspectos relacionados à instalação, inspeção, operação e manutenção, visando à segurança e à saúde dos trabalhadores.

Foi criada em 8 de julho de 1978, sofrendo sempre revisões pelas portarias tanto do SSMT, SIT e MTE, onde a última revisão foi realizada em 2014, incluindo a obrigatoriedade da inspeção em tubulações

C ódigos de Projetos O código de projeto é utilizado durante a fabricação da caldeira,

C ódigos de Projetos

O código de projeto é utilizado durante a fabricação da

caldeira, onde contem as informações necessárias (fórmulas, métodos, materiais, qualidade) para realizar o projeto de uma caldeira .

O código mais utilizado no Brasil pelos fabricante é a

ASME - Boiler and Pressure Vessel Code - Seção 1 - Power Boilers. É importante que o inspetor tenha uma noção sobre projeto de caldeira, para que ele possa constatar que a caldeira segue o código e em caso de extravio da documentação, ele pode realizar a reconstituição.

I nspeção de Caldeiras

A inspeção é a parte onde um profissional habilitado realiza uma vistoria da caldeira, analisando possíveis falhas que geram risco de acidente, procurando por sinais de corrosão, abaulamento, trincas, incrustações entre outros. A inspeção deve englobar a verificação da documentação da caldeira, se esta tudo certo conforme a NR-13, realizar uma inspeção externa, inspeção interna e por fim apresentar um relatório com as observações encontradas e recomendações. As inspeções são obrigatória de forma periódica conforme NR-13, sendo a empresa obrigada contratar profissionais para realizar este

T ipos de Inspeções

Possui 3 tipos de inspeção conforme a NR-13.:

I nspeção inicial: é realizada quando uma caldeira nova é instalada numa empresa e é realizado a verificação de possíveis danos ocorrido no transporte e instalação.

Inspeção periódica: as caldeiras devem passar por inspeção periódica, onde deve ser realizada inspeção interna e externa, sendo que a inspeção é realizada geralmente todos os anos.

Inspeção extraordinária: realizada sempre que ocorre vazamentos, acidentes, alterações e reparos importantes.

E nsaios Não Destrutivos

O ensaio não destrutivo é utilizado em inspeções de equipamentos, e são considerados ferramentas de controle de qualidade, ajudando na prevenção de acidentes e monitorando a degradação em serviço (perda de espessura e aumento de trinca). Os principais ensaios são:

Ensaio visual Líquido penetrante Ultrassom Partículas magnéticas Radiografia Entre outros

T este Hidrostático

O teste hidrostático é realizado com objetivo de detectar vazamentos e baixa resistências dos componentes sujeitos a pressão. O valor da pressão a ser realizado no teste é maior que PMTA (Pressão Máxima de Trabalho Admissível) e vai depender do código de fabricação da caldeira. O teste deve seguir procedimentos (taxa de pressurização, inspeção, modo de pressurização) para ser realizado, para garantir a integridade da caldeira e evitar acidentes, pois é um ensaio destrutivo podendo trazer dados a estrutura da caldeira e inutilizá-la.

V álvula de Segurança

As válvulas de segurança são componentes obrigatórios nas caldeiras, e tem a função de controlar elevações anormais de pressão, evitando que ocorra a explosão da caldeira (só esse componente não garante a segurança da caldeira).

O dispositivo é acionado automaticamente pela própria pressão interna do equipamento, sendo capaz de liberar a saída do fluido de forma controlada.

Tem uma diferença entre válvula de segurança e válvula de alivio, a de segurança é utilizados para fluidos gasosos como o vapor da caldeira.

A RT

A ART - Anotação de Responsabilidade Técnica

caracteriza legalmente os direitos e obrigações entre profissionais do Sistema Confea/Crea e contratantes de seus serviços técnicos, além de determinar a responsabilidade profissional.

A ART garante os direitos autorais ao profissional e o

direito à remuneração como comprovante da execução do serviço. Deve ser realizado uma ART em todo contrato escrito ou verbal de execução de obras ou prestação de serviços. No caso das inspeções de caldeiras os responsáveis por emitir a ART são o Engenheiro Mecânico e Naval.

P rincipais Problemas

Os principais problemas encontrados nas caldeiras são:

Corrosão externa Corrosão interna Perda de espessura da parede Trincas em soldas Incrustações Abaulamentos Furos Rompimento Refratário quebrado Isolamento danificado Vazamentos Entre outros.

Q uanto Custa uma Caldeira?

O valor da caldeira vai depender da quantidade de

vapor que ela vai gerar, com os preços é possível ver a importância de realizar a inspeção de segurança:

- 1.000 kg/h -> R$ 56.000,00

- 5.000 kg/h -> R$ 275.000,00

- 8.000 kg/h -> R$ 440.000,00

- 12.000 kg/h -> R$ 660.000,00

- 25.0000 kg/h -> R$ 1.375.000,00

Se uma caldeira que produz essa pouca quantidade de vapor já tem um preço elevado, imagine empresa que possuem sistemas com turbina para gerar energia, essa sempre estão realizando inspeções para garantir o funcionamento, onde o preço da inspeção pode ultrapassar valores de R$ 30.000,00.

Q ual a Importância de Realizar a Inspeção?

A inspeção da caldeira é importante para garantir a segurança dos colaboradores e monitorar a integridade da caldeira, por possuir um preço elevado, deve passar por inspeções rigorosas para garantir um vida útil longa para caldeira, é através da inspeção que são elaborados procedimento de manutenção e reformas, de forma que sempre realize um bom trabalho e de qualidade. Empresas que possuem caldeira e que não fazem inspeção ou não seguem a NR-13, estão sujeitas a levar multa pelo Ministério do Trabalho e Emprego por colocar seus funcionários em risco, assim uma inspeção é muito barata quando relacionada com a morte por acidente.

E xemplo de Falha 1 Acidente ocorrido em Singapura 2000, na empresa Exxon, onde a

E xemplo de Falha 1

Acidente ocorrido em Singapura 2000, na empresa Exxon, onde a caldeira do acidente era uma aquatubular com produção de 160 (ton. de vapor/hora), onde possuía sistema de

bico de queima para 8 diferentes tipos de combustível. Durante a noite a caldeira estava trabalhando com GLP e foi dado uma ordem para acender os queimadores com diesel, a partida não foi obtida com sucesso, assim resolveram retornar para o GLP onde que causo uma explosão na câmara de combustão. Duas pessoas morreram e uma ficou ferida. O motivo do acidente foi que algumas válvulas estavam abertas anteriormente a explosão, permitindo a entrada de GLP, pois dois profissionais não eram certificados para operar caldeira, o método de by- pass não estava nos procedimentos e não possuía análise de

riscos.

E xemplo de Falha 2

Em 17/08/2014 ocorreu a explosão de uma caldeira flamotubular na Tailândia, ferindo 21 pessoas, a caldeira se encontrava em uma fábrica de tingimento. A explosão destruiu cerca de 10 casas localizadas atrás da fábrica. A principal suspeita de ter ocorrido esse acidente é devido a caldeira não possuir água suficiente, superaquecendo a estrutura. Os danos geraram um custo estimado maiores que 1 milhão de baht.

.

Seéproprietáriodeumacaldeira,ouconheceempresaquepossuamcaldeirae

nãorealizaminspeção,apresenteparaelasosriscosnoqualestãocolocandoseu

funcionários,eapósexplosãocommorte,facilmenteaempresavaiserfechada.

C urso de Inspeção de Caldeiras

C urso de Inspeção de Caldeiras O curso de Inspeção de Caldeira ofertado pela CEBTE é

O curso de Inspeção de Caldeira ofertado pela CEBTE é totalmente online, elaborado por um profissional que atua na área de inspeção. Para garantir que o aluno tenha o máximo de aprendizado, junto com o curso o aluno recebe uma consultoria durante 6 meses (Whatsapp e Plataforma), podendo tirar qual quer dúvida, e durante os dias uteis da semana, o aluno ira receber dicas diárias sobre inspeção através do Whatsapp. No curso o aluno vai aprender realizar exame dos documentos, inspeção externa, inspeção interna, problemas encontrado nas caldeiras, ensaios destrutivos utilizados, preparação da caldeira, o valor a ser cobrado pela inspeção, entro outros assuntos importantes. O curso possui duração de 40 horas e o aluno recebe um certificado impresso na sua casa. Acesse os Links e descubra mais:

www.cebte.com.br

www.cebte.com.br/inspecao-de-caldeiras

Alguma Dúvida? Mande uma mensagem:
Alguma Dúvida?
Mande uma mensagem:

N o Whatsapp

Alguma Dúvida? Mande uma mensagem: N o Whatsapp ( 42 ) 999 - 882 - 976

(42) 999-882-976

No E-mail

contato.cebte@gmail.com

www.cebte.com.br

www.cebte.com.br / C EBTE
www.cebte.com.br / C EBTE

/C EBTE