Você está na página 1de 54
FuncionamentoFuncionamento gênico:gênico: TranscriTranscriççãoão
FuncionamentoFuncionamento gênico:gênico:
TranscriTranscriççãoão
Fibrose cística: doença humana causada por um alelo defeituoso de um único gene Afeta vários
Fibrose cística: doença
humana causada por um alelo
defeituoso de um único gene
Afeta vários órgãos:
ductos ou tubos ficam
obstruídos
Muco espesso e
pegajoso e secreções
Orgãos afetados
Causa frequente de morte:
pela fibrose
cística
bloqueio da via áerea por muco
Como é possível um defeito em apenas um dos milhares de genes no genoma humano
Como é possível um defeito em apenas um dos milhares
de genes no genoma humano resultar em morte?
Gene confere uma função crucial à manutenção da vida humana
FUNÇÃO GÊNICA
chave para o entendimento das doenças hereditárias em
seres humanos
produtos iniciais de todos os genes RNARNA síntese de RNA: TRANSCRIÇÃOTRANSCRIÇÃO processo que copia a
produtos iniciais de todos os genes
RNARNA
síntese de RNA: TRANSCRIÇÃOTRANSCRIÇÃO
processo que copia a seqüência de nucleotídeos no DNA
primeira etapa na transferência de informação do
gene para a proteína
seqüência RNA ⇒ seqüência de aa de cadeia polipeptídica
TRADUÇÃOTRADUÇÃO
Processo pelo qual o RNA é sintetizado a partir de um molde de DNA DNA
Processo pelo qual o RNA é sintetizado a partir
de um molde de DNA
DNA é transcrito em RNA e o RNA é chamado transcrito
Fluxo da informação
Fluxo da informação
Propriedades do RNA O RNA se diferencia do DNA em três aspectos: • o RNA
Propriedades do RNA
O RNA se diferencia do DNA em três aspectos:
• o RNA é uma molécula de fita simples ao invés de uma
hélice dupla fita.
• os nucleotídeos do RNA contém o açúcar ribose ao
invés do desoxirribose;
• o RNA contém a base uracila ao invés da timina;
• pode adquirir conformações variadas
Propriedades do RNA RNA é uma cadeia unifilamentar de nucleotídeos G G OH C A
Propriedades do RNA
RNA é uma cadeia unifilamentar de nucleotídeos
G
G
OH
C
A
A
OH
T
U
T
A
OH
C
C
G
OH
DNA
RNA
Propriedades do RNA RNA possui açúcar ribose em seus nucleotídeos: - fosfato-ribose com uma base
Propriedades do RNA
RNA possui açúcar ribose em seus nucleotídeos:
- fosfato-ribose com uma base ligada em cada ribose
Estrutura química dos açucares
ribose e desoxirribose
Esqueleto de pentose-fosfato de RNA
Propriedades do RNA nucleotídeos com bases: A, G, C e U - U: encontrada no
Propriedades do RNA
nucleotídeos com bases: A, G, C e U
- U: encontrada no lugar da T
Estrutura química da
base pirimidina uracila
Propriedades do RNA RNA pode adquirir conformações variadas
Propriedades do RNA
RNA pode adquirir conformações variadas
Propriedades do RNA Uracil em lugar da T OH no C 2’ Ligações fosfotiéster
Propriedades do RNA
Uracil em
lugar da T
OH no C 2’
Ligações
fosfotiéster
Classes de RNA ⇒ RNAs de informação: intermediário na síntese do produto funcional final:proteína passa
Classes de RNA
⇒ RNAs de informação:
intermediário na síntese do produto funcional final:proteína
passa a informação do DNA para a proteína
mRNA
⇒ RNAs funcionais:
Ativos como RNA, nunca são traduzidos em proteínas
contribuem em várias etapas na transferência da informação
do DNA para a proteína
tRNA
rRNA
Para que servem os RNAs? Passar as informações contidas nos genes para a célula desempenhar
Para que servem os RNAs?
Passar as informações contidas nos genes para a célula
desempenhar suas funções.
Definição de gene:
Um gene é uma unidade de transcrição, que consiste de um
segmento de DNA que se estende do sítio de início de
transcrição ao sítio de término de transcrição.
TranscriçãoTranscrição Como o gene (DNA) é transcrito em uma molécula de RNA? TRANSCRIÇÃO baseia-se pareamento
TranscriçãoTranscrição
Como o gene (DNA) é transcrito em uma
molécula de RNA?
TRANSCRIÇÃO
baseia-se pareamento complementar de bases
dois filamentos do DNA se separam
um dos filamentos atua como molde para a síntese de RNA
RNA é sintetizado de modo complementar e com
polaridade inversa
TranscriçãoTranscrição Replicação (duplicação do DNA) DNA Transcrição ( Sí n ese t d e RNA
TranscriçãoTranscrição
Replicação
(duplicação do DNA)
DNA
Transcrição
(
n ese
t
d
e
RNA
)
RNA
Tradução
(Síntese de Proteínas)
Proteína
PROTEÍNA
TranscriçãoTranscrição Filamentos de DNA utilizados como moldes para a transcriçõa No cromossomo total ambos os
TranscriçãoTranscrição
Filamentos de DNA utilizados como moldes para a transcriçõa
No cromossomo total ambos os
filamentos são usados como molde
Genes diferentes podem ser
transcritos de moldes diferentes
RNA
gene
gene
gene
5’
3’
a
b
c
3’
5’
Em qualquer gene apenas um
filamento é utilizado e nesse gene é
sempre o mesmo filamento
RNA
RNA
TranscriçãoTranscrição Sentido da transcrição 5´ 3´ Nucleotídeos são sempre adicionados na ponta crescente
TranscriçãoTranscrição
Sentido da transcrição 5´
Nucleotídeos são sempre adicionados na ponta crescente 3’
TranscriçãoTranscrição Transcrição de dois genes Enzima RNA polimerase: adiciona o nucleotídeo complementar ao
TranscriçãoTranscrição
Transcrição de dois genes
Enzima RNA polimerase: adiciona o nucleotídeo complementar ao
molde de DNA
TranscriçãoTranscrição Transcrição dos genes do rRNA À medida que moléculas de RNA polimerase movem-se ao
TranscriçãoTranscrição
Transcrição dos genes do rRNA
À medida que moléculas de RNA polimerase movem-se ao longo do gene, as
moléculas do RNA crescente podem ser observadas sob ME
TranscriçãoTranscrição Filamento codificante (não molde): fita do DNA que possui sequência idêntica a fita recém
TranscriçãoTranscrição
Filamento codificante (não molde): fita do DNA que possui
sequência idêntica a fita recém formada de mRNA (exceto por
possuir uracilas em vez de timina)
Fita molde: fita do DNA que serve de molde para a adição
dos ribonucleotídeose
TranscriçãoTranscrição Requisitos para a transcrição 1. Um molde de DNA 2. Ribonucleotídeos 3. Proteínas
TranscriçãoTranscrição
Requisitos para a transcrição
1. Um molde de DNA
2. Ribonucleotídeos
3. Proteínas envolvidas na síntese do RNA
TranscriçãoTranscrição POLIMERIZAÇÃO: 5’---> 3’ Para a atividade de síntese de RNA: precisam de uma
TranscriçãoTranscrição
POLIMERIZAÇÃO: 5’---> 3’
Para a atividade de síntese de RNA:
precisam de uma região promotora no DNA
requerem uma fita de DNA molde
precisam de rNTPs
não requerem “primer”
não têm atividade de exonuclease
pareamento DNA / RNA
Transcrição é catalizada pela enzima
RNA-POLIMERASE
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico Três estágios da transcrição:
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico
Três estágios da transcrição:
iniciação, alongamento e término
Iniciação
Reconhecimento do promotor pela RNAP holoenzima (fator )
RNA polimerase se liga a se liga a sequência específica de DNA:
Promotor
está no início de um gene – extremidade 5´
começa a transcrição
parte importante da região reguladora do gene
está na ponta 5’ do gene
chamada de região reguladora
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico Iniciação Convenção para a designação
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico
Iniciação
Convenção para a designação das extremidades 5´e 3´de um gene
Sequências altamente conservadas (consenso) na fita
codificadora :
-35 – TTGACA
-10 – TATAAT
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico Alongamento Deslocamento da RNA polimerase
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico
Alongamento
Deslocamento da RNA polimerase ao longo do DNA
Formação da bolha de transcrição
Enzima RNA polimerase:
∑catalisa o alongamento 3’ do filamento de RNA
∑compara trifosfatos de ribonucleotídeos livres (rNTPs) com
a base exposta seguinte no molde de DNA
∑se ocorrer combinação complementar adiciona rNTPs à
cadeia (ponta 3´-OH)
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico Alongamento
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico
Alongamento
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico Alongamento saída do fator sigma
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico
Alongamento
saída do fator sigma
alteração conformacional da RNA Pol e polimerização do RNA
híbrido de RNA e DNA - 12 pb
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico Término RNA pol. reconhece seqüências
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico
Término
RNA pol.
reconhece seqüências específicas de nucleotídeos no DNA
sinais para a finalização da cadeia
filamento de RNA e RNA polimerase
são liberados do molde de DNA
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico Término presença de sequências
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico
Término
presença de sequências repetidas e invertidas na região 3´
formação de um grampo de terminação
seqüência rica em GC
desestabilização do híbrido e desligamento do RNA
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico Término Estrutura de um sítio de
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico
Término
Estrutura de um sítio de finalização para a
RNA polimerase nas bactérias
Seqüência GC: ligações complementares formando uma alça em grampo seguida
pela seqüência final de Us.
Alça em grampo e secção de Us: sinal para a liberação de RNA pol. e finalização
da transcrição.
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico Término
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico
Término
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico UnidadeUnidade dede
ProcessoProcesso dede transcriçãotranscrição procarióticoprocariótico
UnidadeUnidade dede TranscriçãoTranscrição
promotor
região codificante de RNA
finalizador
upstream
downstream
Promotor
Região codificante de RNA
5’
3’
3’
5’
Ponto de início
da transcrição
Sítio finalizador da
transcrição
5’
3’
RNA transcrito
TranscriçãoTranscrição emem EucariontesEucariontes Transcrição em eucariontes mais complexa 1 o genoma muitos
TranscriçãoTranscrição emem EucariontesEucariontes
Transcrição em eucariontes mais complexa
1
o
genoma muitos genes a serem reconhecidos e transcritos
mais DNA não codificante
genes mais afastados - baixa densidade de genes
E. coli = 1 gene por 1.400 pb
Drosophila = 1 gene por 9.000 pb
Humanos = 1 gene por 100.000 pb
encontrar começo do gene: encontrar agulha no palheiro
lidam com essa situação de vários modos
TranscriçãoTranscrição emem EucariontesEucariontes Transcrição em eucariontes mais complexa 1 o genoma muitos
TranscriçãoTranscrição emem EucariontesEucariontes
Transcrição em eucariontes mais complexa
1
o
genoma muitos genes a serem reconhecidos e transcritos
mais DNA não codificante
genes mais afastados - baixa densidade de genes
E. coli = 1 gene por 1.400 pb
Drosophila = 1 gene por 9.000 pb
Humanos = 1 gene por 100.000 pb
encontrar começo do gene: encontrar agulha no palheiro
lidam com essa situação de vários modos
TranscriçãoTranscrição emem EucariontesEucariontes Divisão trabalho transcrição entre três polimerases: • RNA
TranscriçãoTranscrição emem EucariontesEucariontes
Divisão trabalho transcrição entre três polimerases:
• RNA pol. I ⇒ transcreve genes de rRNA (50-70%)
5.8S, 18S e 28S excluindo 5S rRNA
• RNA pol. II ⇒ transcreve genes que codificam proteínas
mRNA
(20-40%)
• RNA pol. III ⇒ transcreve pequenos RNA funcionais (10%)
tRNA, snRNA, 5S rRNA
Sempre necessitam de proteínas auxiliares – fatores de transcrição
(equivalentes aos fatores sigma de procariotos)
TranscriçãoTranscrição emem EucariontesEucariontes 2 o Presença de um núcleo em eucariontes Transferência de
TranscriçãoTranscrição emem EucariontesEucariontes
2 o Presença de um núcleo em eucariontes
Transferência de informações do DNA para a proteína:
PROCARIOTOS
EUCARIOTOS
TranscriçãoTranscrição emem EucariontesEucariontes Procariontes: única RNA polimerase transcrito primário é o
TranscriçãoTranscrição emem EucariontesEucariontes
Procariontes: única RNA polimerase
transcrito primário é o mRNA
tradução ocorre direto no transcrito cresci/o
Eucariontes: três RNAS polimerases
transcrito primário é processado
transcrição núcleo
mRNA
tradução citoplasma
TranscriçãoTranscrição emem EucariontesEucariontes 3 o Molde para transcrição (DNA) organizado em cromatina
TranscriçãoTranscrição emem EucariontesEucariontes
3 o Molde para transcrição (DNA) organizado em cromatina
Algumas estruturas de cromatina podem bloquear o acesso da RNA
polimerase ao molde de DNA: regular a expressão gênica
TranscriçãoTranscrição emem EucariontesEucariontes INÍCIO: formação do complexo de iniciação Fatores de
TranscriçãoTranscrição emem EucariontesEucariontes
INÍCIO: formação do complexo de iniciação
Fatores de transcrição:
reconhecem e se ligam ao promotor antes da RNA pol II
atraem a RNA polimerase II
posiciona RNA pol no sítio correto para início da transcrição
FTs podem permanecer no promotor p atrair mais RNA pol II
vários transcritos de um único gene
Processo de transcrição Eucariótica ALONGAMENTO: Após início transcrição RNA pol II dissocia-se dos GTFs
Processo de transcrição Eucariótica
ALONGAMENTO:
Após início transcrição
RNA pol II dissocia-se dos GTFs
alongamento transcrito primário de RNA
ocorre dentro da bolha de transcrição
igual a síntese RNA procariótico
RNA sofre processamento antes de ser traduzido
Processo de transcrição Eucariótica TÉRMINO: pouco conhecido reconhecimento de AAUAAA ou AUUAAA 3’ pela
Processo de transcrição Eucariótica
TÉRMINO:
pouco conhecido
reconhecimento de AAUAAA ou AUUAAA 3’ pela endonuclease
endonuclease: corta a ponta do RNA 20 bases depois
Processamento de RNA eucariótico Processo pelo qual o RNA primário é modificado Processo de transformação
Processamento de RNA eucariótico
Processo pelo qual o RNA primário é modificado
Processo de transformação de um transcrito primário, pré-mRNA
ou RNA precurssor (hnRNA – RNA heterogêneo nuclear) em RNA
maduro ou mRNA processado
produto inicial da transcrição
(transcrito primário de RNA)
processado
proteínas se ligam ao RNA
transportado p/ citoplasma
Processamento de RNA eucariótico Antes do processamento DNA Transcrito primário Região 5’ não traduzida
Processamento de RNA eucariótico
Antes do processamento
DNA
Transcrito
primário
Região 5’ não
traduzida
Região 3’ não
traduzida
Quais modificações ocorrerão no RNA precursor ??
Processamento de RNA eucariótico pré-mRNA (núcleo) adição revestimento (cap) – 7-metilguanosina na ponta 5´
Processamento de RNA eucariótico
pré-mRNA (núcleo)
adição revestimento (cap) – 7-metilguanosina na ponta 5´
adição cauda poli-A (150-200 nucleotídeos adenina) na ponta 3´
recomposição - splicing (remoção íntrons e união dos
éxons do RNA primário)
m-RNA final (citoplasma)
Processamento de RNA eucariótico Processamento de transcrito primário (pré-mRNA) 7-metilguanosina Sinal de
Processamento de RNA eucariótico
Processamento de transcrito primário (pré-mRNA)
7-metilguanosina
Sinal de poliadenilação:
AAUAAA ou AUUAAA
Clivagem por
endonuclease
Cauda poli-A
Processamento de RNA eucariótico Processamento de transcrito primário (pré-mRNA)
Processamento de RNA eucariótico
Processamento de transcrito primário (pré-mRNA)
Processamento de RNA eucariótico Processamento do transcrito para gerar um mRNA Éxons: pedaços que codificam
Processamento de RNA eucariótico
Processamento do transcrito para gerar um mRNA
Éxons: pedaços que codificam proteínas
Introns: pedaços de função desconhecida que separa os éxons e não
codifica proteína
Processamento de RNA eucariótico Transferência de informações do DNA para o RNA e proteína
Processamento de RNA eucariótico
Transferência de informações do DNA para o RNA e proteína
Processamento de RNA eucariótico Adição do cap no terminal 5´ Ocorre antes do término da
Processamento de RNA eucariótico
Adição do cap no terminal 5´
Ocorre antes do término da transcrição
Ligação covalente de uma guanina metilada (metil guanosina) no
primeiro nucleotídeo transcrito pela guanilil transferase
Proteção do mRNA da ação de exonucleases - estabilidade
Reconhecimento do mRNA pelo ribossomo
Processamento de RNA eucariótico Adição da cauda Poli A no terminal 3’ SOMENTE EM mRNA
Processamento de RNA eucariótico
Adição da cauda Poli A no terminal 3’
SOMENTE EM mRNA
Mais de 200 resíduos de adenina na extremidade 3´
Sequências conservadas de reconhecimento presentes na região
não codificante – sequência sinal para poliadenilação
Pequenas variações entre organismos distantes evolutivamente
Quanto maior a cauda, maior a estabilidade e meia vida do mRNA
Processamento de RNA eucariótico Processamento do Gene da Ovalbumina Recomposição-splicing: Remoção de íntrons e
Processamento de RNA eucariótico
Processamento do Gene da Ovalbumina
Recomposição-splicing:
Remoção de íntrons e
união dos éxons
A recomposição une as regiões
codificantes, os éxons, de modo que
o mRNA seja totalmente co-linear
com a proteína que ele codifica
Processamento de RNA eucariótico Número e tamanho dos íntrons variam: gene para gene espécie para
Processamento de RNA eucariótico
Número e tamanho dos íntrons variam:
gene para gene
espécie para espécie
Leveduras: 200 dos 6.300 genes tem íntrons
Mamíferos (humanos): muitos íntrons
tamanho íntron 2.000 nucleotídeos
tamanho éxon 200 nucleotídeos
maior parte DNA codifica íntrons e
não éxons
Processamento de RNA eucariótico Ex: Gene humano da Distrofia muscular de Duchene 2,5 milhões de
Processamento de RNA eucariótico
Ex: Gene humano da Distrofia muscular de Duchene
2,5 milhões de nucleotídeos
79 éxons
78 íntrons
processamento RNA
79 éxons: mRNA de 14.000 nucleotídeos
Íntrons: correspondem a grande maioria dos 2,5
milhões de pares de bases