Você está na página 1de 2

D I F E R E N Ç A D E P OT E N C I A L E L É T R I C O

E L E T R I C I S TA

A tensão elétrica é a diferença de potencial


entre dois pontos. A unidade da tensão elétrica,
no SI, é o volt (V) em homenagem ao Físico
Italiano Alessandro Volta.

Diferença de Potencial ou Tensão Elétrica:


Considere um aparelho que mantenha uma falta de elétrons e uma de suas
extremidades e na outra um excesso. Este aparelho é chamado gerador e
pode ser uma pilha comum. A falta de elétrons em um pólo e o excesso em
outro origina uma diferença de potencial (d.d.p.). Um aparelho elétrico só
funciona quando se cria uma diferença de potencial entre os pontos em que
estiver ligado para que as cargas possam se deslocar.

É importante, em todos os campos de aplicação da


eletricidade, sabermos o valor da tensão da d.d.p. Para isso,
existe unidade de medida que é o volt, e um instrumento
para medi-la, que é o voltímetro.
Os submúltiplos do Volt são o milivolt e o microvolt.
O milivolt corresponde a miléssima parte do volt, isto é, a
um volt dividido por mil, e sua unidade é representada por
um mV.
O outro submúitlplo, o microvolt, cor responde a
milionéssima parte do Volt, isto é, a um Volt dividido por um
milhão, e sua unidade é representada por µV.
RESUMO
VO LT Í M E T RO
Em resumo nós temos a Diferença de
Potencial ou Tensão Elétrica medida em
Volts. Um instrumento usado para medir a tensão elétrica é o
Seus submultiplos são: voltímetro. Os terminais do instrumento são aplicados aos
milivolt = volt ÷ 1000 pontos entre os quais se deseja medir a d.d.p., isto é, o
microvolt = volt ÷ 1000.000 voltímetro é ligado em paralelo com o elemento ou parte do
nanovolt = volt ÷ 1000.000.000 circuito entre cujos extremos se deseja conhecer a
diferença de potencial. É necessário que este instrumento
tenha uma resistência interna muito grande, para não
Seus multiplos são: afetar sensivelmente as características do circuito
kilovolt = volt x 1000
megavolt = volt x 1000.000
gigavolt = volt x 1000.000.000

NOTA IMPORTANTE

Toda vez que formos realizar um cálculo


usando a unidade de medida, se esta
estiver apresentada em múltiplos ou
submultiplos, deverá ser convertida para
sua unidade principal no S.I (Sistema
Internacional) que neste caso é o VOLT.

Exemplos:
Os voltímetros são fabricados para realizar medições de
A = U÷P acordo com as especificações do seu mostrador.
U = tensão medida em volts 5000 mV
P = potência medida em watts 0,2 KW No voltímetro, devemos estar atentos às informações
A = corrente medida em ampéres: técnicas sobre o instrumento como, por exemplo, posição de
funcionamento, tolerância e, ainda, se o aparelho pode ser
5 V ÷ 200 W = 0,025 A
conectado a corrente contínua ( CC ) ou corrente alternada
ou 25 mA ( CA ). Devemos observar também a tensão nominal.
A escala dos múltiplos e sub- A figura mostra um voltimetro que mede a tensão elétrica
múltiplos:
em volts.
Para o Volt temos os submúltiplos:
mV = milivolt Além dos instrumentos vistos anteriormente, temos
µV = microvolt também para a medição da tensão elétrica, instrumentos de
nV = nanovolt múltipla escala, são eles: O Multímetro e o Volt-
Temos então os múltiplos do Volt amperímetro alicate.
KV = Quilovolt
MV = Megavolt
GV = Gigavolt