Você está na página 1de 4

SATURNO

Saturno é a energia que usamos para estruturação, para superar nossas limitações através do
esforço sério e dedicado. Ele diz como superamos nossos medos e como vencemos as nossas
dificuldades.

Diz ainda como se expressa nossa austeridade e nossa severidade com a vida.

O setor que Saturno se localiza em nosso mapa recebe esta energia meio bloqueadora, meio
limitante e castradora.

Alí, ao contrário de Júpiter que traz a benevolência, ele traz um desafio, uma necessidade de
superação, mas também pode trazer pessimismo, medo e inibição em demasia.

Saturno indica as responsabilidades, onde existe uma cobrança, onde o indivíduo se sente
limitado, onde queremos chegar e temos medo de alcançar.

A localização de Saturno no mapa é a indicação de onde o indivíduo tem que se especializar.

Rege o trabalho no geral, os negócio relativos a casas, terras e minas.

O medo, a humildade, o correto, o sistema, os moralismos, a longevidade, as coisas já


estabelecidas, o carma, as estruturas formadas, as regras arcaicas da sociedade, a disciplina, o
limite, a realidade, o tempo, aquilo que devemos superar, o medo de vencer as próprias
estruturas, é a consciência dos próprios limites.

Saturno de 7 em 7 anos determina o tempo: com 7 anos existe a troca de dentes; com 14 anos
nascem os pelos; com 21 anos escolhe-se o amor; com 28 anos aprendemos a dizer não; com 35
anos acontece uma expansão, é o apogeu da personalidade e com 42 anos a estruturação.

Ano Saturnino: 10.795 dias e 17 horas.


Período de Rotação: 10,2 horas.
Diâmetro: 116.541 km.
Distância do Sol: 1.427 milhões de km.
Deslocamento diário no zodíaco: 0º5’ por dia.
Revolução zodiacal: 29 anos (ciclo de 7 em 7 anos - ocorre uma crise).
Permanência média em cada signo: 2 anos e 6 meses.
Característica: Frio - seco, elétrico, masculino, obstrutivo, coesivo e estéril.
Metal: O chumbo.
Runas: Mann, Nied, Wynn, Hagall e Othel.
Tarôt: O Ermitão.
Mitologia: Cronos, o deus que engolia os filhos.
Personificação: O poder executivo. As normas, as regras, as forças concentradoras. Os
carpinteiros, os caminhoneiros, os corretores, cobradores, os castradores e os velhos.
Simbologia: A pedra, o velho, o gelo, o chumbo e a foice.
Saúde: Vesícula biliar, o baço, a pele, dentes e ossos, cabelos, unhas, nestes últimos é reforçada
pela sua influência sobre o lóbo anterior da pituitária, que regula as glândulas sexuais e a
estrutura óssea e muscular (cristalização). Necessidade de vencer nossos próprios limites, a pele
é o nosso limite, furúnculos.
Dia da Semana: Sábado.
Signo: Capricórnio.
Christian Huggens (mostrado em uma folhinha de Granada) foi o astrônomo quem descobriu os
anéis de Saturno...

Quíron é um asteróide (ou cometa?) situado entre Saturno e Urano.

Saturno em Peixes: Você é uma pessoa idealista e intuitiva na sua maneira de estruturar as
coisas. Tem um jeito abnegado, espiritual e compassivo de assumir responsabilidades, trabalhar
duro e superar suas limitações. Você tem necessidade de desenvolver sua espiritualidade quando
busca superar as dificuldades de construir algo em sua vida.

Saturno na casa I: Medo de nascer, de sair do útero, medo de iniciar as coisas, pessoa bem
estruturada.
Saturno na casa III: Gosta da informação sólida e só fala quando tem certeza.
Saturno na casa IV: Depressões.
Saturno na casa V: Criador de estruturas, medo de se expressar.
Saturno na casa VI: Medo de doenças, receio de ficar desempregado.
Saturno na casa VII: Frieza nas relações, solidão, casamento com velho, ou a pessoa casa-se com
mais idade, estruturação através do outro., casamento com segurança e consciência do limite do
outro.
Saturno na casa VIII: Atua diretamente sobre o valor social, isto é, medo de perder o valor social,
te der orgasmo, de sexo, medo físico da morte.
Saturno na casa IX: Religiosidade, temor a Deus, bloquei de peregrinação.
Saturno na casa X: Necessidade de estatus, postura sóbria, medo de fracassar perdendo por isso
oportunidades, o mundo espera que a pessoa seja séria e estruturada.
Saturno na casa XI: Medo de ficar só, de não ter amigos, valorização do estatus, necessidade de
ter amigos saturninos, isto é, estabilizados, sérios e mais velhos.
Saturno na casa XII: Representa o que nós queremos esconder de nós mesmos, a tradução, a
comunicação social, a comunicação através do estatus, a estrutura da espiritualidade, a negação
ou medo da espiritualidade, "ver para crer", medo de expressar-se socialmente e necessidade de
recolhimento.

Saturno em sêxtil e trígono com o ascendente: Indica prudência, paciência, individualismo,


economia, atos moderados, objetividade, planificação realizadora, perseverança, o que concorre
para refrear ou amenizar os impulsos e as ações naturais da pessoa, tendo em vista o ascendente
em si.

Saturno em quadratura e oposição com o ascendente: Indica hostilidade e dificuldades,


assim como tristeza, pessimismo e ambição. Predispõe a problemas ósseos.

Saturno em sêxtil e trígono com o MC: Indica ações profissionais prudentes e reflexivas,
lentas mas seguras.

Saturno em quadratura e oposição com o MC: Indica atitudes profissionais dificultadas e


lentas, progresso profissional difícil, perda de posição, bem como empregos difíceis de se
conseguir e de se manter.

Saturno em conjunção com Urano: Pode conferir uma capacidade para concretizar idéias
originais; tendências a destruir uma situação estável; confronto entre conservadorismo e o
inusitado, a democracia ou capitalismo; tendência ao pessimismo com relação a atividades ou
planos mentais, quando cansado.
Saturno em sêxtil e trígono com Urano: É favorável a esforços que exijam habilidade na
aplicação prática das idéias originais. As pessoas são leais, confiáveis e com quem podemos
contar quando precisamos de bons conselhos para descobrir soluções construtivas para os
problemas. Aptidão para criar, sistematizar e organizar trabalhos científicos. Capacidade
administrativa e industrial. Vida de realizações e construção de elementos necessários para uma
independência. Poder ou capacidade de conciliar a tradição com a inconvencionalidade. Indica
também amizade com pessoas mais velhas ou idosas. Favorece aos estudos profundos de
astrologia.

Saturno em quadratura e oposição com Urano: Revolta contra a ordem e os princípios e em


adaptação a novas situações; astúcia; terror; inconvencionalidade e indisciplina. Inadaptação,
destruindo o que está estabelecido e nada construindo no lugar. Inimigo do tradicionalismo.
Temperamento desagradável. Perda de oportunidade por falta de habilidade. Rebeldia com o
estabelecido. Atitudes autoritárias e contraditórias, filosofias idealistas, poucos amigos,
nervosismo e irritação, necessidade de desenvolver a paciência.

Saturno em conjunção com Netuno: Pode indicar ideal materialista, inserção de ideal místico,
esotérico ou superior em atos e realizações materiais, práticas ou sociais; não ilusões ou
decepções em atividades profissionais; e possibilidade de problemas causados por remédios.

Saturno em sêxtil e trígono com Netuno: Indica presença de espírito, auto controle, calma e
lucidez em situações aflitivas. Realização de pesquisas profundas e secretas, tendência ao
misticismo e aos estudos de ciências ocultas e psíquicas. As pessoas são idealistas e seus
elevados padrões de honestidade se revelam no cumprimento de responsabilidade e deveres.
Pressentimentos com relação a vida prática; equilíbrio entre aspirações idealistas e tendências
práticas; domínio da sensitividade e mediunidade; prudência e moderação no uso de bebidas,
tabaco e drogas em geral.

Saturno em quadratura e oposição com Netuno: Pode criar temores e temores infundados,
ansiedades, neuroses e fobias que se originam no inconsciente. Ambições frustradas; alucinações;
pensamentos obscuros; tendências negativas; ambições e desejos de assumir responsabilidades;
perdas por enganos, traições ou fraudes. Deve-se ter cuidado com sessões espíritas ou
experiências com drogas. Luta entre o concreto e o abstrato, entre o material e o espiritual. Falta
de sentido prático. Complexo de mártir. Buscam simpatia através do sofrimento. Confere ainda
sadomasoquismo.

Saturno em conjunção com Plutão: Indica realização de missão renovadora, pesquisas ou


trabalhos científicos; ambição para realização de projetos; para tanto, é necessária a utilização de
recursos e experiências do passado.

Saturno em sêxtil e trígono com Plutão: Confere capacidade de organizar e controlar o poder
da vontade. As pessoas mais desenvolvidas podem se interessar pelo uso sistemático e
organizado de forças ocultas, como a magia. Há grande ambição e poder de maneira súbita e
decisiva.

Favorece e predispõe a pesquisas, inclusive em astrologia, engenharia nuclear, poluição e


computação. Capacidade para compreender as leis que organizam as forças sutis, permitindo a
pessoa usar consciente ou inconscientemente. Favorece as pessoas que trabalham com a
astrologia, magia e física.

Concede grande força de vontade e incansável capacidade para resolver um objetivo até o fim.
Ampla compreensão da vida, da natureza e do Universo. Indica ainda abnegação de si próprio a
favor da coletividade; disciplina; capacidade de superar e suplantar problemas desligando-se de
fatos desagradáveis do passado; forte poder de regeneração ou renovação em todos os assuntos
regidos por Saturno.

Saturno em quadratura e oposição com Plutão: As pessoas com este aspecto, sentem que
carregam o peso do mundo nas costas. Ausência de proteção familiar. Desejo de controlar e
modificar a vida dos outros e uma ambição pelo poder. Acontecimentos nefastos, misérias,
problemas, inclusive problemas de fome. Origem de problemas de saúde.

Capacidade para visualizar a face menos favorecida da humanidade, suas misérias, carências,
loucuras e desvairos. Tendência para explorar tais assuntos sob forma de escritos, comunicações,
livros e formas artísticas. Falta ou dificuldade de controle de instintos. Renovação ou mudanças de
situação por motivos independentes da vontade da pessoa.

Última
atualização
:
03/10/200
6.