Você está na página 1de 2
712. Nosso Amor éa Vida LeH: Plarcos RK. da Mata Solr Resolona e Crisiona As -sim co- moo céw, as-simco- moa ter - ra,as~ sim co- moo mar, as- sim co-moo sol a bri - thar. 0. sol bri-tha tan- 107 que em ca -da re- can to ar-dee quel-ma; 0 mar & i-men-soe pos-sui seus mis -t8-rios pro- vem da ter - ra, de u-a be- dina ou na noi-teen-co- ber- ta por nu-vens, ja - mais per - dem o bri-tho. Nos- soa -mor 6 ar-den- te, é i-men- soe pro- fun - do. 19 Nos-so.a-mor é in- ten-so, que na-da no mun-do con-se -gueo- fus- car. gg A B E ¥ = Nos-soa-mor é 0 céu co mar, nos-soa- mor é a ter-raeo sol Om Fim BT E Nos-soa-mor é a vi- da, é luz a-gue - cida, é.cons-tan-te cri - ar Assim como 0 céu, assina como a terra, ‘Assim como o mar, assim como o sol.a brilhar. O sol brilha taro, que em cada recanto Arde e queima; 0 mar é imenso E possui seus mistérios profundos. Nossa vida vem da terra, De sua beleza que ainda teima. No céu hé-estrela que, durante o dia Ou na noite encoberta Por nuvens, jamais perdem o britho. ‘Nosso amor é ardente, E imenso ¢ profundo, Nosso amor é intenso, Que nada no mando Consegue ofuscar. Nosso amor é 0 céu e 0 mar, ‘Nosso amor é a terra e 0 sol. /: Nosso amor é a vida, E luz aquecida, é constante criar. (Bis)