Você está na página 1de 3

Aula prática: Anatomia Geral (ESEF) - Generalidades sobre os músculos

O movimento voluntário nas várias partes do corpo é produzido pela contração dos músculos. A sua energia de
contração torna-se mecanicamente eficiente por meio de tendões, aponeuroses e fáscias que prendem as
extremidades dos músculos e controlam a direção de sua tração. Eles formam as massas avermelhadas, escuras,
popularmente conhecidas como carne, e correspondem aproximadamente a 40% do peso do corpo. Variam
amplamente de tamanho.

• Componentes:
 Ventre
 Tendão de origem (ponto fixo ou proximal)
 Tendão de inserção (ponto móvel ou distal)
 Fáscia (membrana de tecido conjuntivo fibroso que ENVOLVE, reveste CADA músculo)
 Aponeurose: envolve GRUPOS musculares (membrana fibrosa que apresentam muitos tendões planos
ou achatados. Consistem de feixes colágenos intimamente apertados e paralelos)

• Revestimentos:
 Epimísio (concentração de tecido conjuntivo que envolve o músculo inteiro)
 Perimísio (envolve o conjunto de feixes ou fascículos)
 Endomísio (envolve o conjunto de fibras ou células musculares)

• Classificação / Geral:
 Lisos, estriados e cardíacos

• Classificação / funcional:
 Voluntários e involuntários
 Agonista, antagonista, sinérgicos e fixadores (mais informações no final da folha)

• Classificação / morfológica
 Longo: sartório
 Curto: quadrado do fêmur
 Plano: grande dorsal, rombóide maior e menor;

• Classificação / ventres:
 Monogástrico - maioria
 Digástrico – Omo-hióideo
 Poligástrico – Reto anterior do abdômen

Classificação / tendões de origem:


 Uníceps - maioria
 Bíceps - bíceps braquial
 Tríceps - tríceps braquial
 Quadríceps - quadríceps femoral

Classificação / tendões de inserção:


 Monocaudado – maioria
 Bicaudado – esternocleidoocipto- mastóideo
 Policaudado – flexor superficial dos dedos
Obs: não existe com três.

Classificação / direção das fibras:


 Unipenado - maioria, semimembranáceo
 Bipenado - reto anterior da coxa
 Multipenado - serrátil anterior do tórax, deltóide, grande dorsal, peitoral maior

Nomenclatura (funcional):
 Flexor - bíceps braquial
 Extensor - tricéps braquial
 Abdutor - deltóide
 Adutor - adutor magno
 Elevador / abaixador
 Pronador - pronador quadrado
 Supinador – braquiorradial

Nomenclatura (forma):
 Orbicular – orbiculador dos olhos
 Deltóide – deltóide
 Quadrado – pronador quadrado
 Redondo – pronador redondo
 Rombóide – rombóide (tórax/ posterior)
 Pectíneo – pectíneo (coxa)
 Reto – reto anterior (abdome)
 Obliquo – oblíquo externo do abdome
 Serrátil – serrátil póstero-superior do tórax

Nomenclatura (focalização geral):


 Superficial – flexor superficial dos dedos
 Profundo – flexor profundo dos dedos
 Superior – gêmeo superior
 Inferior – gêmeo inferior
 Externo – oblíquo externo do abdome
 Interno – oblíquo interno do abdome
 Anterior – tibial anterior
 Posterior – tibial posterior

Nomenclatura (focalização especial):


Mentoniano – mentoniano
Temporal – temporal
Frontal – frontal
Radial – flexor radial dos dedos
Ulnar – flexor ulnar dos dedos
Peitoral – peitoral menor
Braquial – braquial anterior
Poplíteo – poplíteo
Tibial – tibial posterior
Fibular – fibular longo
*Obs: ETC

• Nomenclatura (origem/inserção):
 Omo-hióideo
 Esternocleidoociptomastóideo
 braquiorradial

Detalhes: A maioria dos músculos está ligada aos ossos, às cartilagens ou aos ligamentos em geral por meio de
tendões ou oponeuroses. Estas podem ser longas, ou o músculo pode parecer ligar-se diretamente à cartilagem ou ao
osso.Os músculos podem também se ligar à pele (músculos faciais), a uma membrana mucosa (língua), a uma lamina
fibrosa (músculos oculares), ou formar feixes circulares (músculos esfinctéricos).
Praticamente cada músculo agindo sobre uma junta é acompanhada por outro músculo, que tem uma ação
oposta. Um músculo deste par é o antagonista do outro; por exemplo, o bíceps braquial, um flexor, e o tríceps, um
extensor, são antagonistas no cotovelo. A execução da maioria dos movimentos requer a ação combinada de
numerosos músculos; aqueles que agem diretamente para efetuar o movimento desejado são denominados
protagonistas; os que agem para manter a região do corpo em uma posição adequada são denominados músculos
fixadores. Acontece freqüentemente que os protagonistas têm outras ações que aquela desejada, e neste caso os
antagonistas da ação não desejada entram em jogo, estes são os sinérgicos.

Bons estudos, “A confiança em si mesmo é o primeiro segredo do êxito”