Você está na página 1de 11

Pós-Graduação

EAD Uninter

Conteúdo da Aula 6
Técnicas Avançadas de (Ferramentas de Suporte ao Lean)
Produção, Six Sigma e Lean
Production Ao final desta aula o aluno deverá
ser capaz de:
Aula 6 −identificar a necessidade da
estabilidade básica no lean
−conhecer as ferramentas de
Prof. Osny Augusto Jr. suporte à estabilidade básica
−conhecer outras técnicas
Engenharia da Produção
aplicadas à produção lean

• Muitas vezes para se obter


Estabilidade Básica estabilidade é necessário adotar
ações ‘não-lean’, tais como
• Melhorias são impossíveis sem aumentar bancos, acrescentar
estabilidade. pessoas e máquinas.
• De uma maneira simplista
• Para obter estabilidade no podemos dizer que estabilidade é
processo é necessário estabilizar a capacidade de possuir
os 4M’s (máquina, mão-de-obra, previsibilidade, disponibilidade
material e método). e redução da variabilidade em
relação aos 4M’s.

Ferramentas para Obter


Estabilidade

• 5S

• Trabalho padronizado

• Gestão visual

• Manutenção autônoma

Núcleo de Materiais Didáticos 1


Pós-Graduação
EAD Uninter

Programa 5S
• É um programa de melhoria
comportamental cuja principal
característica é a simplicidade
• Além de melhorar as condições
de trabalho ele cria um ambiente
da qualidade
• O programa 5S é a base para
qualquer programa de qualidade
e produtividade

2. sequência de trabalho – qual


Trabalho Padronizado a melhor maneira de se fazer um
trabalho obdecendo ao tempo
Estabelece procedimentos de TAKT?
trabalho para cada operação,
3. estoque em processo (WIP) –
baseado em três elementos: quanto estoque deve haver para
o processo fluir suavemente?
1. tempo TAKT – com qual
frequência produzir para atender Se alguém não sabe porque uma
ao cliente? tarefa é realizada, então não
sabe qual é sua importância.

Trabalho Padronizado Trabalho padronizado Padrão de trabalho


Principais Principais
≠ Padrão de Trabalho documentos: documentos:
Trabalho padronizado Padrão de trabalho −quadros de −procedimentos
- Define a ordem em - Centrado em
capacidade do −instruções de
que o trabalho deve padrões para
processo trabalho e
ser feito e a melhor realização do
forma de fazê-lo. trabalho
−tabelas de segurança
Deve ter foco na padronizado e combinação de −planos de controle
segurança e especificações trabalho
ergonomia para técnicas do padronizado
eliminar posturas processo. −diagramas de
perigosas e outros trabalho
fatores de risco. padronizado

Núcleo de Materiais Didáticos 2


Pós-Graduação
EAD Uninter

Quadro de Capacidade do
Processo

É utilizado para calcular a


capacidade real de cada máquina
em processos conectados
(geralmente uma célula).

Tabela de Combinação do
Trabalho Padronizado
Mostra a combinação do tempo
de trabalho manual, tempo de
caminhada e tempo de
processamento da máquina para
cada operador em uma sequência
de produção.

Diagrama de Trabalho
Padronizado

Mostra a movimentação do
operador e a localização do
material com relação a máquina
e ao layout do processo.

Núcleo de Materiais Didáticos 3


Pós-Graduação
EAD Uninter

Plano de Controle

É utilizado para documentar,


comunicar e guiar os operadores
em como controlar o processo
e assegurar a qualidade do
produto.

Gestão Visual • O ser humano coleta


informações via:

• A implementação da gestão −Visão ↔ 83%


visual deve seguir a regra dos −Audição ↔11%
‘poucos vitais’ e do ‘simples é o −Olfato ↔ 3,5%
melhor’.
−Tato ↔ 1,5%
−Paladar ↔ 1%

O que Devemos
Disponibilizar Visualmente?

Deve-se disponibilizar
informações para ajudar os
gestores a:

Núcleo de Materiais Didáticos 4


Pós-Graduação
EAD Uninter

Exemplos de Gerenciamento Manutenção Autônoma


Visual
• Manutenção autônoma é um dos
pilares da Manutenção Produtiva
Total – TPM
• Tem por objetivo a melhoria da
eficiência dos equipamentos
• Visa obter zero defeitos, zero
quebras e zero acidentes
para contribuir com a
estabilidade do processo

Etapas da Manutenção • Etapa 3: elaborar padrão de


Autônoma limpeza / inspeção / lubrificação

• Etapa 0: preparação • Etapa 4: inspeção geral

• Etapa 1: limpeza e inspeção • Etapa 5: inspeção autônoma

• Etapa 2: medidas contra fontes • Etapa 6: padronização


de sujeira e locais de difícil
• Etapa 7: efetivação do controle
acesso autônomo

OEE - Eficiência Global do


Capacidades do Operador
Equipamento
(Overall Equipment Effectiveness)

• OEE = desempenho X
disponibilidade X qualidade

• Desempenho = produção real ÷


produção ideal, ou ...

Núcleo de Materiais Didáticos 5


Pós-Graduação
EAD Uninter

(no produtos processados X


tempo de ciclo real)
• Qualidade = (produtos bons –
(tempo de carga – tempo de
parada) produtos defeituosos) ÷
(produtos bons).

• Disponibilidade = (tempo de
carga – tempo de parada) ÷
(tempo carga)

Os 7 Desperdícios na
O que é o OEE?
Manutenção Autônoma

Classificação dos
Equipamentos
Grau de importância da Valores mínimos de
máquina OEE recomendados
ou equipamento
Críticos (gargalos) Maior que 85%
Essenciais 75% a 85%
Gerais Entre 60% a 75%

Inicie a implantação da
manutenção autônoma nos
equipamentos gargalo.

Núcleo de Materiais Didáticos 6


Pós-Graduação
EAD Uninter

Exemplo de Cálculo do OEE • Tempo disponível = 24h X 22


Uma fábrica de fio opera 24 horas dias = 528h
por dia, 5 dias por semana. A • Tempo trabalhado = 24h X 20
engenharia determinou que a
dias = 480h
produção média diária, com
qualidade perfeita, de cada máquina • Tempo de parada = 528h – 480h
é de 225 metros por hora. No mês = 48h
anterior, com 22 dias úteis, as
máquinas trabalharam 20 dias e • Produção real = 200 m/h
produziram 200 metros por hora, em • Produção planejada = 225 m/h
média, com 2% de índice de rejeição.

Ganhos Potenciais com a


• Taxa de produtos bons = 100% Melhoria do OEE
- 2% = 98,0%
Os dados recolhidos em um
período de 4 semanas para uma
certa máquina ou linha são
demonstrados na tabela a
seguir:

•Supondo semana de 40 horas


de trabalho e que 10 unidades
são produzidas a cada hora:
•Com base no OEE médio: 40 X
10 X 0,394 = 157 unidades por
semana
Melhor OEE  65,0 x 80,0 x 98,5  51,2% •Com base no melhor OEE: 40 X
Diferença entre o melhor e a média  51,2% - 39,4%  11,8% 10 X 0,512 = 204 unidades por
Ganho potencial 
Melhor OEE  OEE médio 51,2 - 39,4 11,8
   29,9%
semana
•Ganho de 47 unidades semanais
OEE médio 39,4 39,4

Núcleo de Materiais Didáticos 7


Pós-Graduação
EAD Uninter

Troca Rápida de
Poka-yoke
Ferramentas – TRF
(SMED – Single Minute Exange Die) É um dispositivo destinado a
evitar a ocorrência de defeitos em
processos de fabricação e / ou na
utilização de produtos.

prevenção detecção

atividade erro defeito

Exemplos de Poka-yoke
Andon
Andon = quadros indicadores

Fonte: Por que usar o Poka-Yoke no Lean Seis Sigma?


Cristina Werkema

Jidoka Heijunka
• Jidoka = Autonomação = Nivelamento do tipo e da
Autônomo + Automação quantidade de produção durante
• Autonomação é a automação com um período fixo de tempo.
um toque humano.
Jidoka
Antigamente Pré-Jidoka
An-
don

Núcleo de Materiais Didáticos 8


Pós-Graduação
EAD Uninter

Kanban

 O kanban é uma autorização para


produzir ou parar de produzir.
Quadro porta kanban
p eça 1 p eça 2 p eça 3 p eça 4 p eça n

U r g ê n c ia
A te n ç ã o

C o n d iç õ e s
n o r m a is d e
o pe ração

Cálculo do Número de
Regras do Kanban
Kanbans
• O processo subsequente (cliente)
deve retirar no processo
precedente (fornecedor) os itens
de sua necessidade nas
quantidades e no tempo
necessário.

• O processo precedente (fornecedor) Funcionamento do kanban


deve produzir seus itens apenas interprocesso (retangular)
nas quantidades requisitadas pelo
processo subsequente (cliente).
• Produtos com defeito não devem
ser liberados para os clientes.
• O número de kanbans no sistema
deve ser minimizado.
• O sistema kanban deve adaptar-se
a pequenas flutuações na demanda.

Núcleo de Materiais Didáticos 9


Pós-Graduação
EAD Uninter

Funcionamento do kanban de
Mizusumashi
sinalização (triangular)

Ferramenta aplicada para evitar


que o operador tenha que se
locomover e abandonar o posto
de trabalho e trabalhos que não
agregam valor.

Layout

Tem a função básica de garantir


um fluxo racional, progressivo e
limpo, minimizar o deslocamento,
o espaço, o investimento e
também maximizar o conforto, a
higiene e a segurança.

O que posso fazer?


(Como damos início?)
• Atender os princípios de 5S na
sua área de trabalho.
• Estudar e aprender a desenhar
mapas de fluxo de valor para
alguns processos.
• Perguntar o porquê de fazermos
as coisas – perguntar 5 vezes.

Núcleo de Materiais Didáticos 10


Pós-Graduação
EAD Uninter

• Perguntar como posso atender as Palavras Finais


necessidades do cliente com
“Nada podes ensinar a um
mais eficiência. homem, podes somente ajudá-lo
• Estimular seu gestor a começar a a descobrir as coisas dentro de si
aplicar atividade lean e seis mesmo.”
sigma no seu departamento. Galileu Galilei

• Manter-se informado sobre o seis Muito obrigado


sigma e o lean, lendo livros, e pela atenção!
debatendo com os colegas.
GRUPO EDUCACIONAL UNINTER
Ensino superior de qualidade ao alcance de todos

Núcleo de Materiais Didáticos 11