Você está na página 1de 5

Pós-Graduação

EAD Uninter

Técnicas Avançadas de Conceitos de Manufatura Lean


Produção, Six Sigma e Lean
Production Ao final desta aula, o aluno deverá
ser capaz de:

entender o que é manufatura


Aula 4

lean
 conhecer cinco princípios
Prof. Osny Augusto Jr. do lean
oaugusto@grupouninter.com.br  conhecer e entender as

Engenharia da Produção principais métricas lean

O que é o Lean Production


(Produção Enxuta) Lean não é:

Lean é:  trabalhar mais


 remover do processo todas as
– eliminando o desperdício, o
atividades que não agregam valor,
trabalho geralmente fica mais
ou seja, eliminar desperdícios fácil
 utilizar o tempo como métrica

primária – as pessoas nos dizem que os


dias mais fáceis são aqueles
 não pensar em altos
nos quais elas produzem mais
investimentos

Sinônimos para o Lean


 trabalhar com menos pessoas
 Toyota Production System (TPS)
TPS)
– o lean procura fazer o  Sistema Toyota de Produção (STP)
STP)
melhor uso de todos os
 Lean Manufacturing
recursos
 Produção Lean ?
– para se alcançar isso, às  Produção Enxuta

vezes é necessário aumentar  Lean Thinking


o número de pessoas  Pensamento Lean

Núcleo de Materiais Didáticos 1


Pós-Graduação
EAD Uninter

Outras Denominações  Produção com Inventário Zero – HP


para o Lean  Bosch Production System (BPS)
 Sistema de Produção com Estoque  Volvo Production System (VPS)
Zero (SPEZ) – Omark Industries,
 Just-in-time/Controle de Qualidade
atual Blount International
Total (JIT/TQC) – várias empresas
 Material de Acordo com o Necessário  Sistema Ohno – muitas empresas
(MAN) – Harley Davidson no Japão
Sistema de Produção com Inventário
Kanban – muitas empresas no


Minimizado (SPIM) – Westinghouse Japão e EUA

A Evolução dos Sistemas


de Produção e da Qualidade

Lean Seis Sigma & TLS

O Lean é uma Metodologia


1996 - 2000
Lean Seis Sigma

Aplicada Somente à
Grau de Integração

1990 1990
Womack Harry
Sistema Toyota - TPS
1950
Qualidade Total – TQC
1950 Indústria?
Ohno - Shingo Deming, Juran, Crosby
Produção em Massa Controle Estatístico
1920 1920
Ford Shewhart
Administração Científica – 1910
Taylor

 Não! O lean pode ser aplicado nas


Não! – manutenção (Lean Maintenance)
mais variadas áreas fora da
produção: – serviços (Lean Services)

– integração de sistemas – escritórios e administração


(Computer–Aided Lean (Lean Office)
Management)
– desenvolvimento de softwares
– processos de construção (Lean
(Lean Software Development)
Construction)

Núcleo de Materiais Didáticos 2


Pós-Graduação
EAD Uninter

A Quebra de Paradigma
 Para...
 Mudar de...

Conceituando Muda, Mura Exemplo de Muda, Mura


e Muri e Muri
 Muda = desperdício – qualquer tipo  Para melhor entendermos esses conceitos,
de atividade que consome recursos observem o exemplo de movimentação de
(incluindo tempo) sem agregar uma carga de 6.000 kg com uma
valor para o cliente empilhadeira com capacidade de 2.000 kg

 Mura = inconstância, variação ou

flutuação no trabalho não causado


pelo consumidor final
 Muri = excesso, sobrecarga de

máquinas ou operadores

Os sete Desperdícios Os cinco Princípios do Lean


de Ohno + 1  Princípio 1: definir o que é valor
– É o cliente que define o que
é valor
– Ao analisar se uma atividade
1- Produção em 3 - Transporte
excesso 2 - Espera 4 - Excesso de
processamento

agrega valor pergunte:


 supondo que houvesse escolha, o

5 - Estoque
6 - Movimentação 8 - Conhecimento cliente pagaria por essa atividade?
sem ligação

 caso não a fizéssemos, o cliente


7 - Correção

 Produção em excesso é o pior dos desperdícios,


pois ele acaba gerando os demais desperdícios sentiria falta?

Núcleo de Materiais Didáticos 3


Pós-Graduação
EAD Uninter

 Princípio 2: identificar o fluxo de  Princípio 3: constituir um fluxo


valor contínuo
 Significa dissecar a cadeia

produtiva e separar os processos – Determinar a melhor fluidez para


em três tipos: os processos que agregam valor

atividades que agregam valor – Deixar de fazer processo em lote

atividades necessárias que não – Não fazer mais programação


para cada operação
agregam valor
– Executar somente uma vez
atividades que não agregam e corretamente
valor

Princípio 3:  Princípio 4: produção puxada


– Inverter o fluxo produtivo e
somente produzir de acordo
com a demanda real do cliente
– Evitar promoções e descontos
para desovar estoque parado
ou à beira da obsolescência
De:

Para:
Fonte: Lean Institute Brasil - www.lean.org.br

 Princípio 5: perfeição Etapas Sugeridas para a


Implantação da Metodologia
– A empresa deve buscar sempre
fazer melhor hoje do que ontem,
Lean
e amanhã, melhor do que hoje Estabilidade Fluxo de Tempo
Puxar Nivelar
Básica Valor Takt

MFV (atual
Trabalhar com
e futuro) Imagem do
4 M’s Puxar somente o marketing
Takt para
quando todas para nivelar
Fluxo de cada operação
Mão de obra as operações a demanda
uma peça
Máquinas tenham a e, assim,
Usar somente
Material imagem do maximizar
Fluxo de o tempo
Método Tempo Takt o uso dos
pequenos permitido
recursos
lotes

Núcleo de Materiais Didáticos 4


Pós-Graduação
EAD Uninter

Ganho Médio das Empresas


com a Aplicação do Lean

Fonte: www.leanway.com.br

Núcleo de Materiais Didáticos 5