Você está na página 1de 99
1. O valor de a Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

1. O valor de a

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Para um certo valor de

Exponenciais e Logarítmicas Para um certo valor de . considere a função definida em Na figura
.
.

considere a função

Logarítmicas Para um certo valor de . considere a função definida em Na figura junta está

definida em

Na figura junta está representada parte do gráfico da função

.
.
junta está representada parte do gráfico da função . por Tal como a figura sugere, o
junta está representada parte do gráfico da função . por Tal como a figura sugere, o

por

Tal como a figura sugere, o gráfico de

Qual é o valor de

Tal como a figura sugere, o gráfico de Qual é o valor de ? 1.1 1.2

?

1.1

1.1
1.1

1.2

1.2
1.2

1.3

1.3
1.3

1.4

1.4
1.4
a figura sugere, o gráfico de Qual é o valor de ? 1.1 1.2 1.3 1.4

intersecta o eixo

no ponto de abcissa. por Tal como a figura sugere, o gráfico de Qual é o valor de ?

.
.
2. Pára-quedas Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

2. Pára-quedas

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Um pára-quedista salta de um avião. Ao fim de cinco segundos, o pára-quedas abre.

Um minuto depois de ter saltado, o pára-quedista atinge o solo.

Admita que a velocidade do pára-quedista, medida em metros por segundo,

saltado do avião é dada, para um certo valor de

segundo, saltado do avião é dada, para um certo valor de , por segundos após ele

, por

saltado do avião é dada, para um certo valor de , por segundos após ele ter

segundos após ele ter

é dada, para um certo valor de , por segundos após ele ter 2.1 Sabendo que

2.1

Sabendo que a função milésimas).

após ele ter 2.1 Sabendo que a função milésimas). é contínua, determine o valor de (apresente

é contínua, determine o valor de

a função milésimas). é contínua, determine o valor de (apresente o resultado arredondado às 2.2 Estude

(apresente o resultado arredondado às

2.2

Estude a função quanto à monotonia, para

às 2.2 Estude a função quanto à monotonia, para . Interprete a conclusão a que chegou.

. Interprete a conclusão a que chegou.

2.3

Comente a seguinte afirmação: Após a abertura do pára-quedas, a velocidade tem uma variação acentuada nos primeiros quatro segundos, após os quais estabiliza, permanecendo praticamente constante até à chegada ao solo.

3. Pastilha elástica Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

3. Pastilha elástica

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Uma pastilha elástica é tanto mais saborosa quanto maior for a quantidade de aromatizante nela presente.

Admita que a quantidade de aromatizante presente numa pastilha elástica da marca MastiBom, minutos após ter sido colocada na boca, é dada, em certa unidade de medida, por

colocada na boca, é dada, em certa unidade de medida, por 3.1 Utilizando métodos analíticos e
colocada na boca, é dada, em certa unidade de medida, por 3.1 Utilizando métodos analíticos e

3.1

Utilizando métodos analíticos e recorrendo à calculadora para efectuar cálculos numéricos, determine ao fim de quanto tempo, após ter sido colocada na boca, a quantidade de aromatizante presente numa pastilha MastiBom se reduz a metade.

Apresente o resultado em minutos, arredondado às unidades

3.2

Suponha que é o responsável pelo laboratório da empresa produtora das pastilhas MastiBom.

Admita que a concorrência acabou de lançar no mercado três tipos de pastilhas e que a gerência da sua empresa o encarregou de analisar essas pastilhas, para ver se algumas delas poderiam colocar em risco a posição de líder de mercado das pastilhas MastiBom.

Da análise que efectuou, concluiu que a quantidade de aromatizante presente em cada uma delas, minutos após ter sido colocada na boca, é dada por:

Pastilha X:

Pastilha Y:

Pastilha Z:

na boca, é dada por: Pastilha X: Pastilha Y: Pastilha Z: Recorrendo à sua calculadora, compare,
na boca, é dada por: Pastilha X: Pastilha Y: Pastilha Z: Recorrendo à sua calculadora, compare,
na boca, é dada por: Pastilha X: Pastilha Y: Pastilha Z: Recorrendo à sua calculadora, compare,
na boca, é dada por: Pastilha X: Pastilha Y: Pastilha Z: Recorrendo à sua calculadora, compare,
na boca, é dada por: Pastilha X: Pastilha Y: Pastilha Z: Recorrendo à sua calculadora, compare,

Recorrendo à sua calculadora, compare, no intervalo

a função

presente em cada uma das pastilhas já não lhes dá sabor).

, cada uma destas três funções com

não lhes dá sabor). , cada uma destas três funções com , definida acima (admita que,

, definida acima (admita que, ao fim de quinze minutos, a quantidade de aromatizante

Elabore um relatório, com cerca de dez linhas, que possa ser apresentado à gerência da

Elabore um relatório, com cerca de dez linhas, que possa ser apresentado à gerência da sua empresa, em que mencione, para cada uma das pastilhas concorrentes, durante quanto tempo é que, nos primeiros quinze minutos, ela é mais saborosa do que a MastiBom (Sempre? Nunca? A partir de um certo instante? Qual? Até um determinado instante? Qual?).

Apresente, na sua resposta, os elementos recolhidos na utilização da calculadora: gráficos e coordenadas de alguns pontos (coordenadas arredondadas às décimas).

4. Peso e altura Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

4. Peso e altura

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas Considere que a altura aproximadamente, em função do seu

Considere que a altura

aproximadamente, em função do seu peso : (em quilogramas), por

(em metros) de uma criança do sexo masculino pode ser expressa,

metros) de uma criança do sexo masculino pode ser expressa, designa logaritmo de base Recorrendo a

designa logaritmo de base

sexo masculino pode ser expressa, designa logaritmo de base Recorrendo a métodos analíticos e utilizando a

Recorrendo a métodos analíticos e utilizando a calculadora para efectuar cálculos numéricos, resolva as duas alíneas seguintes.

4.1

O Ricardo tem

O Ricardo tem m de altura. Admitindo que a altura e o peso do Ricardo estão

m de altura. Admitindo que a altura e o peso do Ricardo estão de acordo com a

igualdade referida, qual será o seu peso?

Apresente o resultado em quilogramas, arredondado às unidades.

Nota: sempre que, nos cálculos intermédios, proceder a arredondamentos, conserve, no mínimo, duas casas decimais.

4.2

Verifique que, para qualquer valor de

casas decimais. 4.2 Verifique que, para qualquer valor de , a diferença é constante. Determine um

, a diferença

4.2 Verifique que, para qualquer valor de , a diferença é constante. Determine um valor aproximado

é constante.

Determine um valor aproximado dessa constante (com duas casas decimais) e interprete esse valor, no contexto da situação descrita.

5. Pontos do gráfico Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

5. Pontos do gráfico

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Considere a função

Funções Exponenciais e Logarítmicas Considere a função definida por ( designa logaritmo de base ). Indique

definida por

(

e Logarítmicas Considere a função definida por ( designa logaritmo de base ). Indique qual dos

designa logaritmo de base

a função definida por ( designa logaritmo de base ). Indique qual dos seguintes pontos pertence
a função definida por ( designa logaritmo de base ). Indique qual dos seguintes pontos pertence

).

Indique qual dos seguintes pontos pertence ao gráfico da função

5.1

5.2

5.3

5.4

por ( designa logaritmo de base ). Indique qual dos seguintes pontos pertence ao gráfico da
por ( designa logaritmo de base ). Indique qual dos seguintes pontos pertence ao gráfico da

:

6. Pontos pertencentes ao gráfico Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

6. Pontos pertencentes ao gráfico

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Considere a função

Funções Exponenciais e Logarítmicas Considere a função definida por Indique qual dos seguintes pontos pertence ao

definida por

e Logarítmicas Considere a função definida por Indique qual dos seguintes pontos pertence ao gráfico da

Indique qual dos seguintes pontos pertence ao gráfico da função

6.1

6.2

6.3

6.4

Considere a função definida por Indique qual dos seguintes pontos pertence ao gráfico da função 6.1
.
.
7. População de aves Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

7. População de aves

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Admita que o número de elementos de uma população de aves, aproximadamente por

de elementos de uma população de aves, aproximadamente por anos após o início de 1970, é

anos após o início de 1970, é dado

aproximadamente por anos após o início de 1970, é dado são duas constantes, denominadas, respectivamente, taxa
aproximadamente por anos após o início de 1970, é dado são duas constantes, denominadas, respectivamente, taxa

são duas constantes, denominadas, respectivamente, taxa de natalidade e taxa de taxa de natalidade e taxa de

e

mortalidade da população.

em que

Sem recorrer à calculadora, a não ser para efectuar eventuais cálculos numéricos, resolva as duas alíneas seguintes:

7.1

Sabendo que

problema.

, calculeas duas alíneas seguintes: 7.1 Sabendo que problema. e interprete o resultado obtido, no contexto do

duas alíneas seguintes: 7.1 Sabendo que problema. , calcule e interprete o resultado obtido, no contexto

e interprete o resultado obtido, no contexto do

7.2

No início de 2000, a população era metade da que existia no início de 1970.

Sabendo que a taxa de natalidade é

no início de 1970. Sabendo que a taxa de natalidade é , determine a taxa de

, determine a taxa de mortalidade.

Apresente o resultado arredondado às centésimas.

Nota: sempre que, nos cálculos intermédios, proceder a arredondamentos, conserve, no mínimo, três casas decimais.

8. População de Portugal Continental Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE)

8. População de Portugal Continental

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Admita que, ao longo dos séculos XIX e XX e dos primeiros anos do século XXI, a população de Portugal Continental, em milhões de habitantes, é dada, aproximadamente,

por

em milhões de habitantes, é dada, aproximadamente, por (considere que é medido em anos e que

(considere que

(considere que é medido em anos e que o instante corresponde ao início do ano 1864).

é medido em anos e que o instante

(considere que é medido em anos e que o instante corresponde ao início do ano 1864).

corresponde ao início do ano 1864).

8.1

De acordo com este modelo, qual será a população de Portugal Continental no final do ano 2003?

Apresente o resultado em milhões de habitantes, arredondado às décimas.

Nota: sempre que, nos cálculos intermédios, proceder a arredondamentos, conserve, no mínimo, três casas decimais.

8.2

Sem recorrer à calculadora (a não ser para efectuar eventuais cálculos numéricos), resolva o seguinte problema:

De acordo com este modelo, em que ano a população de Portugal Continental foi de habitantes?

ano a população de Portugal Continental foi de habitantes? milhões de Nota : sempre que, nos

milhões de

Nota: sempre que, nos cálculos intermédios, proceder a arredondamentos, conserve, no mínimo, três casas decimais.

9. Pressão atmosférica Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

9. Pressão atmosférica

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

A pressão atmosférica de cada local da Terra depende da altitude a que este se encontra.

Admita que a pressão atmosférica quilómetros), por

Admita que a pressão atmosférica quilómetros ), por (medida em quilopascal) é dada, em função da
Admita que a pressão atmosférica quilómetros ), por (medida em quilopascal) é dada, em função da

(medida em quilopascal) é dada, em função da altitude

por (medida em quilopascal) é dada, em função da altitude (em 9.1 A montanha mais alta

(em

9.1

A montanha mais alta de Portugal é o Pico, na ilha do Pico - Açores.

mais alta de Portugal é o Pico, na ilha do Pico - Açores. A altitude do

A altitude do cume do Pico é

na ilha do Pico - Açores. A altitude do cume do Pico é metros. Qual é

metros.

Qual é o valor da pressão atmosférica, nesse local? Apresente o resultado em quilopascal, arredondado às unidades.

9.2

Determine

Determine tal que, para qualquer

tal que, para qualquer

arredondado às décimas.

,
,

. Apresente o resultado

Interprete o valor obtido, no contexto desta igualdade.

10. Processos analíticos Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

10. Processos analíticos

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Considere a função

Funções Exponenciais e Logarítmicas Considere a função , de domínio , definida por Recorrendo exclusivamente a

, de domínio

e Logarítmicas Considere a função , de domínio , definida por Recorrendo exclusivamente a processos

, definida por

Considere a função , de domínio , definida por Recorrendo exclusivamente a processos analíticos (ou seja,

Recorrendo exclusivamente a processos analíticos (ou seja, sem utilização da calculadora), resolva as alíneas seguintes:

10.1

Verifique que

resolva as alíneas seguintes: 10.1 Verifique que e determine uma equação da recta tangente ao gráfico

e determine uma equação da recta tangente ao

gráfico de

gráfico de , no ponto de abcissa .

, no ponto de abcissa

.
.

10.2

Estude

Estude quanto ao sentido das concavidades do seu gráfico e quanto à existência de pontos de

quanto ao sentido das concavidades do seu gráfico e quanto à existência de pontos de

inflexão.

11. Purificador de ar Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

11. Purificador de ar

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Num laboratório, foi colocado um purificador de ar.

Num determinado dia, o purificador foi ligado às zero horas e desligado algum tempo depois.

Ao longo desse dia, o nível de poluição do ar diminuiu, enquanto o purificador esteve ligado.

Uma vez o purificador desligado, o nível de poluição do ar começou de imediato a aumentar.

Admita que o nível de poluição do ar no laboratório, medido em pode ser dado por

do ar no laboratório, medido em pode ser dado por de ar, às horas desse dia,

de ar, às

ar no laboratório, medido em pode ser dado por de ar, às horas desse dia, designa

horas desse dia,

medido em pode ser dado por de ar, às horas desse dia, designa logaritmo de base

designa logaritmo de base

por de ar, às horas desse dia, designa logaritmo de base Nas duas alíneas seguintes, sempre

Nas duas alíneas seguintes, sempre que, nos cálculos intermédios, proceder a arredondamentos, conserve, no mínimo, três casas decimais.

11.1

Qual é o nível de poluição à uma hora e trinta minutos da tarde?

Apresente o resultado na unidade considerada, arredondado às décimas.

11.2

Sem recorrer à calculadora, a não ser para efectuar eventuais cálculos numéricos, resolva o seguinte problema:

Quanto tempo esteve o purificador de ar ligado?

Apresente o resultado em horas e minutos (minutos arredondados às unidades).

12. Rampa de desportos radicais Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

12. Rampa de desportos radicais

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Uma rampa de desportos radicais foi construída entre duas paredes,

metros, como se mostra na figura.

eentre duas paredes, metros, como se mostra na figura. , distanciadas de 10 Considere a função

entre duas paredes, metros, como se mostra na figura. e , distanciadas de 10 Considere a

, distanciadas de 10

metros, como se mostra na figura. e , distanciadas de 10 Considere a função definida por

Considere a função

na figura. e , distanciadas de 10 Considere a função definida por designa logaritmo de base

definida por

e , distanciadas de 10 Considere a função definida por designa logaritmo de base Admita que

designa logaritmo de base

Considere a função definida por designa logaritmo de base Admita que é a altura, em metros,

Admita que

Admita que é a altura, em metros, do ponto da rampa situado metros à direita da

é a altura, em metros, do ponto da rampa situado

Admita que é a altura, em metros, do ponto da rampa situado metros à direita da

metros à direita da parede

12.1

Determine a altura da parede

à direita da parede 12.1 Determine a altura da parede . Apresente o resultado em metros,

. Apresente o resultado em metros, arredondado às décimas.

.
.

Nota: se, nos cálculos intermédios, proceder a arredondamentos, conserve, no mínimo, três casas decimais.

12.2

Sem recorrer à calculadora, estude a função

figura sugere, é num ponto equidistante das duas paredes que a altura da rampa é mínima.

equidistante das duas paredes que a altura da rampa é mínima. quanto à monotonia e conclua

quanto à monotonia e conclua daí que, tal como a

Mostre, analiticamente, que . Interprete esta igualdade no contexto da situação descrita.

Mostre, analiticamente, que

.
.

Interprete esta igualdade no contexto da situação descrita.

13. Sem calculadora Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

13. Sem calculadora

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Considere a função

13.1

, de domínioExponenciais e Logarítmicas Considere a função 13.1 , definida por Sem recorrer à calculadora , mostre

e Logarítmicas Considere a função 13.1 , de domínio , definida por Sem recorrer à calculadora

, definida por

Sem recorrer à calculadora, mostre que a função

por Sem recorrer à calculadora , mostre que a função tem um único mínimo relativo e
por Sem recorrer à calculadora , mostre que a função tem um único mínimo relativo e

tem um único mínimo relativo e determine-o.

13.2

Sem recorrer à calculadora (a não ser para efectuar eventuais cálculos numéricos), mostre que, no

intervalo

, existe pelo menos um objecto cuja imagem, por meio deSem recorrer à calculadora (a não ser para efectuar eventuais cálculos numéricos), mostre que, no intervalo

, é .
, é
.
14. Sem calculadora_I Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

14. Sem calculadora_I

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Considere a função

Funções Exponenciais e Logarítmicas Considere a função , de domínio designa logaritmo de base . ,

, de domínio

e Logarítmicas Considere a função , de domínio designa logaritmo de base . , definida por
e Logarítmicas Considere a função , de domínio designa logaritmo de base . , definida por

designa logaritmo de base

.
.

, definida por

, de domínio designa logaritmo de base . , definida por Sem recorrer à calculadora ,

Sem recorrer à calculadora, resolva as duas alíneas seguintes.

14.1

Mostre que

, resolva as duas alíneas seguintes. 14.1 Mostre que 14.2 Estude a função coordenados. quanto à

14.2

Estude a função coordenados.

14.1 Mostre que 14.2 Estude a função coordenados. quanto à existência de assimptotas do seu gráfico,

quanto à existência de assimptotas do seu gráfico, paralelas aos eixos

15. Soluções da inequação Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

15. Soluções da inequação

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Indique o conjunto dos números reais que são soluções da inequação

Exponenciais e Logarítmicas Indique o conjunto dos números reais que são soluções da inequação 15.1 15.2

15.1

15.2

15.3

15.4

Exponenciais e Logarítmicas Indique o conjunto dos números reais que são soluções da inequação 15.1 15.2
16. Substância radioactiva Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

16. Substância radioactiva

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

A actividade

A actividade , de qualquer substância radioactiva, é dada, numa certa unidade de medida, pela

, de qualquer substância radioactiva, é dada, numa certa unidade de medida, pela

expressão

,
,

em que

em que e são constantes reais positivas e é o tempo em horas, com .

e

e são constantes reais positivas e

são constantes reais positivas e

em que e são constantes reais positivas e é o tempo em horas, com .

é o tempo em horas, com

.
.

16.1

Estude a função

quanto à monotonia e quanto à existência de assimptotas.Estude a função

 

16.2

Designando por

a derivada deDesignando por

, mostre que

, mostre que

Designando por a derivada de , mostre que e são directamente proporcionais.

e

são directamente proporcionais.

são directamente proporcionais.

16.3

Mostre que o tempo necessário para que a actividade

16.3 Mostre que o tempo necessário para que a actividade . passe do seu valor inicial

.

16.3 Mostre que o tempo necessário para que a actividade . passe do seu valor inicial

passe do seu valor inicial para metade é

16.4

Sabendo que o valor inicial da actividade de uma certa substância radioactiva é

da actividade de uma certa substância radioactiva é , determine os valores de e para essa

, determine os valores de

da actividade de uma certa substância radioactiva é , determine os valores de e para essa

e

da actividade de uma certa substância radioactiva é , determine os valores de e para essa

para essa substância.

da actividade de uma certa substância radioactiva é , determine os valores de e para essa

unidades e que

17. Temperatura ambiente Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

17. Temperatura ambiente

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Numa certa pastelaria, a temperatura ambiente é constante.

Admita que a temperatura, em graus centígrados, de um café servido nessa pastelaria, após ter sido colocado na chávena, é dada por

pastelaria, após ter sido colocado na chávena, é dada por minutos 17.1 Determine a temperatura do
pastelaria, após ter sido colocado na chávena, é dada por minutos 17.1 Determine a temperatura do

minutos

17.1

Determine a temperatura do café no instante em que é colocado na chávena.

17.2

.
.

Estude a função

Esboce o gráfico de

quanto à existência de assimptotas, à monotonia e ao sentido das concavidades.

17.3

Com o decorrer do tempo, a temperatura do café tende a igualar a temperatura ambiente. Indique, justificando, a temperatura ambiente.

17.4

Justifique a seguinte afirmação: a taxa de variação média da função seu domínio, é negativa.

de variação média da função seu domínio, é negativa . , em qualquer intervalo do 17.5

, em qualquer intervalo do

17.5

Quanto tempo decorre entre o instante em que o café é colocado na chávena e o instante em que a sua temperatura atinge 65 graus centígrados? Apresente o resultado em minutos e segundos.

(Nota: sempre que, nos cálculos intermédios, proceder a arredondamentos, conserve no mínimo três casas decimais.)

18. Trajectória de uma bola Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

18. Trajectória de uma bola

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Na figura está representada a trajectória de uma bola de futebol, depois de ter sido pontapeada por um jogador da selecção portuguesa, durante um treino de preparação para o

EURO-2004.

durante um treino de preparação para o EURO-2004. Designou-se por a distância, em metros, entre o

Designou-se por

Designou-se por a distância, em metros, entre o ponto onde a bola foi pontapeada e o

a distância, em metros, entre o ponto onde a bola foi pontapeada e o ponto onde

ela caíu.

Considere a função

e o ponto onde ela caíu. Considere a função definida em por designa logaritmo de base

definida em

o ponto onde ela caíu. Considere a função definida em por designa logaritmo de base Admita

por

onde ela caíu. Considere a função definida em por designa logaritmo de base Admita que solo

designa logaritmo de base

a função definida em por designa logaritmo de base Admita que solo se encontra a é
a função definida em por designa logaritmo de base Admita que solo se encontra a é

Admita que solo se encontra a

é a distância, em metros, da bola ao solo, no momento em que a sua projecção no metros do local onde foi pontapeada.

a sua projecção no metros do local onde foi pontapeada. 18.1 Recorrerendo à calculadora , determine

18.1

Recorrerendo à calculadora, determine o valor de

18.1 Recorrerendo à calculadora , determine o valor de , arredondado às centésimas. Explique como procedeu,

, arredondado às centésimas.

Explique como procedeu, apresentando todos os elementos recolhidos na utilização da calculadora.

18.2

Sem utilizar a calculadora, a não ser para efectuar eventuais cálculos numéricos, estude a

função solo, depois de pontapeada. Apresente o resultado em metros, arredondado às centésimas. quanto à
função solo, depois de pontapeada. Apresente o resultado em metros, arredondado às centésimas. quanto à

função

solo, depois de pontapeada. Apresente o resultado em metros, arredondado às centésimas.

quanto à monotonia, e conclua qual foi a maior altura que a bola atingiu, relativamente ao

18.3

Sem utilizar a calculadora, mostre que a taxa de variação média da função

relativamente ao 18.3 Sem utilizar a calculadora , mostre que a taxa de variação média da

, no intervalo

relativamente ao 18.3 Sem utilizar a calculadora , mostre que a taxa de variação média da
relativamente ao 18.3 Sem utilizar a calculadora , mostre que a taxa de variação média da

, é

19. Translação completa Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

19. Translação completa

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

O tempo

Sol, está relacionado com a distância média, quilómetros, por meio da fórmula

com a distância média, quilómetros, por meio da fórmula , medido em anos, que um planeta

, medido em anos, que um planeta demora a realizar uma translação completa, em torno do

demora a realizar uma translação completa, em torno do , desse planeta ao Sol, medida em

, desse planeta ao Sol, medida em milhões de

em torno do , desse planeta ao Sol, medida em milhões de é uma constante real
em torno do , desse planeta ao Sol, medida em milhões de é uma constante real

é uma constante real e

ao Sol, medida em milhões de é uma constante real e designa logaritmo de base Sem

designa logaritmo de base

de é uma constante real e designa logaritmo de base Sem utilizar a calculadora, a não

Sem utilizar a calculadora, a não ser para efectuar eventuais cálculos numéricos, resolva as duas alíneas seguintes:

19.1

Sabe-se que:

a distância média de Urano ao Sol é (aproximadamente) o dobro da distância média de

a

distância média de Urano ao Sol é (aproximadamente) o dobro da distância média de Saturno ao

Sol;

planeta Urano demora (aproximadamente) 84 anos a realizar uma translação completa em torno do Sol.

planeta Urano demora (aproximadamente) 84 anos a realizar uma translação completa em torno do Sol.

o

Determine quanto tempo demora o planeta Saturno a realizar uma translação completa em torno do Sol. Apresente o resultado em anos, arredondado às décimas.

Nota: sempre que, nos cálculos intermédios, proceder a arredondamentos, conserve, no mínimo, três casas decimais.

19.2

conserve, no mínimo, três casas decimais. 19.2 Sabendo que a distância média da Terra ao Sol

Sabendo que a distância média da Terra ao Sol é, aproximadamente, de

quilómetros, determine o valor de

milhões de

é, aproximadamente, de quilómetros, determine o valor de milhões de (apresente o resultado arredondado às unidades).

(apresente o resultado arredondado às unidades).

20. Trapézio Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

20. Trapézio

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Seja

a função, de domínioProgramáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas Seja , definida por . Sem recorrer à calculadora , resolva

, definida porExponenciais e Logarítmicas Seja a função, de domínio . Sem recorrer à calculadora , resolva as

.
.

Sem recorrer à calculadora, resolva as duas alíneas seguintes:

20.1

Estude a função quanto à existência de assimptotas do seu gráfico.

20.2

Na figura estão representados, em referencial o.n.

20.2 Na figura estão representados, em referencial o.n. , uma recta e um trapézio . tem

, uma recta

figura estão representados, em referencial o.n. , uma recta e um trapézio . tem abcissa ;

e um trapézio

.
.
em referencial o.n. , uma recta e um trapézio . tem abcissa ; e pertence ao
em referencial o.n. , uma recta e um trapézio . tem abcissa ; e pertence ao

tem abcissaem referencial o.n. , uma recta e um trapézio . ; e pertence ao gráfico de

em referencial o.n. , uma recta e um trapézio . tem abcissa ; e pertence ao
;
;
referencial o.n. , uma recta e um trapézio . tem abcissa ; e pertence ao gráfico

e pertence ao gráfico de

e um trapézio . tem abcissa ; e pertence ao gráfico de (o qual não está

(o qual não está representado na figura);

; .
;
.

é tangente ao gráfico degráfico de (o qual não está representado na figura); ; . pertence ao eixo no ponto

pertence ao eixorepresentado na figura); ; . é tangente ao gráfico de no ponto é o ponto de

no ponto

é o ponto de intersecção da recta; . é tangente ao gráfico de pertence ao eixo no ponto com o eixo e

ao eixo no ponto é o ponto de intersecção da recta com o eixo e tem

com o eixo

e tem ordenada igual à do ponto

Determine a área do trapézio

. Apresente o resultado na forma de fracção irredutível.no ponto é o ponto de intersecção da recta com o eixo e tem ordenada igual

21. Tratamento médico Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

21. Tratamento médico

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Certo tratamento médico consiste na aplicação, a um paciente, de uma determinada substância.

Admita que a quantidade

de uma determinada substância. Admita que a quantidade de substância que permanece no paciente, horas após

de substância que permanece no paciente,

que a quantidade de substância que permanece no paciente, horas após a aplicação, é dada, em

horas após a aplicação, é

dada, em miligramas, por

.
.

A quantidade de substância aplicada ao doente foi

21.1

21.2

21.3

21.4

após a aplicação, é dada, em miligramas, por . A quantidade de substância aplicada ao doente
22. Um foguetão Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

22. Um foguetão

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Ao ser lançado, um foguetão é impulsionado pela expulsão dos gases resultantes da queima de combustível numa câmara.

Desde o arranque até se esgotar o combustível, a velocidade do foguetão, em quilómetros por segundo, é dada por:

do foguetão, em quilómetros por segundo, é dada por: A variável designa o tempo, em segundos,

A variável

em quilómetros por segundo, é dada por: A variável designa o tempo, em segundos, após o

designa o tempo, em segundos, após o arranque.

significa logaritmo de base

.
.

22.1

A massa inicial do foguetão é de 150 toneladas, das quais 80% correspondem à massa do

combustível.

Sabendo que o combustível é consumido à taxa de 0,75 toneladas por segundo, justifique que

.
.

22.2

à taxa de 0,75 toneladas por segundo, justifique que . 22.2 Verifique que a derivada da

Verifique que a derivada da função

velocidade máxima que o foguetão atinge neste intervalo. Apresente o resultado em quilómetros por segundo, arredondado às décimas.

o resultado em quilómetros por segundo, arredondado às décimas. , no intervalo , é positiva e

, no intervalo

, é positiva e conclua qual é a

23. Um pára-quedista Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

23. Um pára-quedista

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Um pára-quedista salta de um helicóptero. Ao fim de algum tempo, o pára-quedas abre.

Admita que a distância (em metros) a que o pára-quedista se encontra do solo, abertura do pára-quedas, é dada por

se encontra do solo, abertura do pára-quedas , é dada por segundos após a 23.1 Sabendo
se encontra do solo, abertura do pára-quedas , é dada por segundos após a 23.1 Sabendo

segundos após a

23.1

Sabendo que, no momento em que o pára-quedista salta do helicóptero, este se encontra a 1500 metros do solo, determine a distância percorrida em queda livre pelo pára-quedista (desde que salta do helicóptero até ao momento da abertura do pára-quedas).

23.2

Utilize a calculadora para determinar, com aproximação ao segundo, quanto tempo, após a abertura do pára-quedas, demora o pára-quedista a atingir o solo. Explique como procedeu.

24. Um sismo Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

24. Um sismo

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

A magnitude

equação

Funções Exponenciais e Logarítmicas A magnitude equação de um sismo e a energia total libertada por

de um sismo e a energia total

A magnitude equação de um sismo e a energia total libertada por esse sismo estão relacionadas

libertada por esse sismo estão relacionadas pela

total libertada por esse sismo estão relacionadas pela (a energia é medida em Joule). 24.1 Um

(a energia

libertada por esse sismo estão relacionadas pela (a energia é medida em Joule). 24.1 Um físico

é medida em Joule).

24.1

Um físico português estimou que o terramoto de Lisboa de 1755 teve magnitude 8,6.

Mostre que a energia total libertada nesse sismo foi aproximadamente

a energia total libertada nesse sismo foi aproximadamente Joule. 24.2 A ponte Vasco da Gama foi

Joule.

24.2

A ponte Vasco da Gama foi concebida para resistir a um sismo cuja energia total libertada seja cinco

vezes a do terramoto de Lisboa de 1755. Qual será a magnitude de um tal sismo? Apresente o resultado na forma de dízima, arredondado às décimas.

25. Um valor possível Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

25. Um valor possível

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Sabendo que

Funções Exponenciais e Logarítmicas Sabendo que um valor possível para é: 25.1 25.2 25.3 25.4

um valor possível para

e Logarítmicas Sabendo que um valor possível para é: 25.1 25.2 25.3 25.4 designa logaritmo na

é:

25.1

25.1
25.1

25.2

25.2
25.2

25.3

25.3
25.3

25.4

25.4
25.4

designa logaritmo na base

,
,
26. Valor de a Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

26. Valor de a

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Considere uma função

Exponenciais e Logarítmicas Considere uma função , de domínio , definida por número real. O gráfico

, de domínio

e Logarítmicas Considere uma função , de domínio , definida por número real. O gráfico de

, definida por

Considere uma função , de domínio , definida por número real. O gráfico de intersecta o

número real.

O gráfico de

O gráfico de intersecta o eixo no ponto de ordenada

intersecta o eixo

O gráfico de intersecta o eixo no ponto de ordenada

no ponto de ordenada

.
.

Indique o valor de

.
.

26.1

26.2

26.3

26.4

de intersecta o eixo no ponto de ordenada . Indique o valor de . 26.1 26.2

, onde

de intersecta o eixo no ponto de ordenada . Indique o valor de . 26.1 26.2

designa um certo

27. Valor de log Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

27. Valor de log

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Sabe-se que

Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas Sabe-se que Qual é o valor de 27.1 27.2 27.3 27.4

Qual é o valor de

27.1

27.1
27.1

27.2

27.2
27.2

27.3

27.3
27.3

27.4

27.4
27.4
Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas Sabe-se que Qual é o valor de 27.1 27.2 27.3 27.4

?

28. Valores de a e b Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

28. Valores de a e b

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Sejam

e
e

dois números reais positivos.

Na figura está parte do gráfico de uma função

positivos. Na figura está parte do gráfico de uma função Tal como a figura sugere, os

Tal como a figura sugere, os pontos

Quais são os valores de

Tal como a figura sugere, os pontos Quais são os valores de e de ? 28.1

e de

a figura sugere, os pontos Quais são os valores de e de ? 28.1 28.2 28.3

?

a figura sugere, os pontos Quais são os valores de e de ? 28.1 28.2 28.3
28.1 28.2 28.3 28.4
28.1
28.2
28.3
28.4
pontos Quais são os valores de e de ? 28.1 28.2 28.3 28.4 , de domínio

, de domínio

pontos Quais são os valores de e de ? 28.1 28.2 28.3 28.4 , de domínio

, definida por

.
.

e

pontos Quais são os valores de e de ? 28.1 28.2 28.3 28.4 , de domínio

pertencem ao gráfico de

.
.
29. Venda de Azeite Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

29. Venda de Azeite

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Um estudo de mercado, encomendado por uma empresa de venda de produtos alimentares, concluiu que a quantidade de azeite Azeitona do Campo, vendida num mês por essa empresa, depende do preço de venda ao público, de acordo com a função

do preço de venda ao público, de acordo com a função sendo vendida num mês (medida

sendo

vendida num mês (medida em litros).

com a função sendo vendida num mês (medida em litros). o preço de venda ao público,

o preço de venda ao público, em euros, de 1 litro desse azeite e

de venda ao público, em euros, de 1 litro desse azeite e a quantidade 29.1 A

a quantidade

29.1

A empresa tem um conjunto de despesas (compra ao produtor, empacotamento, publicidade, transportes, etc.) com a compra e a venda do azeite.

Sabendo que cada litro de azeite vendido acarreta à empresa uma despesa total de 3 euros, justifique que o lucro mensal da empresa (em euros), resultante da venda do azeite, é dado por

(em euros), resultante da venda do azeite, é dado por 29.2 Utilize a calculadora para resolver

29.2

Utilize a calculadora para resolver graficamente o seguinte problema:

Entre que valores deve variar o preço de venda ao público de um litro de azeite para que o lucro mensal seja superior a dezasseis mil e quinhentos euros?

Apresente os valores em euros, arredondados aos cêntimos (de euro).

Apresente na sua resposta os elementos recolhidos na utilização da calculadora: gráficos e coordenadas relevantes de alguns pontos.

30. O valor Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

30. O valor

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Seja

um número real maior do que

um número real maior do que

um número real maior do que

. Indique o valor de

30.1

30.1
30.1

30.2

30.2
30.2

30.3

30.3
30.3

30.4

30.4
30.4
e Logarítmicas Seja um número real maior do que . Indique o valor de 30.1 30.2
31. O reservatório Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

31. O reservatório

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

A figura representa um reservatório com três metros de altura.

representa um reservatório com três metros de altura. Considere que, inicialmente, o reservatório está cheio de

Considere que, inicialmente, o reservatório está cheio de água e que, num certo instante, se abre uma válvula e o reservatório começa a ser esvaziado.

O reservatório fica vazio ao fim de catorze horas.

Admita que a altura, em metros, da água no reservatório,

Admita que a altura, em metros, da água no reservatório, horas após este ter começado a

horas após este ter começado a ser

água no reservatório, horas após este ter começado a ser esvaziado, é dada por constantes reais

esvaziado, é dada por constantes reais positivas.

, onde

e
e

são

31.1

Mostre que

constantes reais positivas. , onde e são 31.1 Mostre que e que 31.2 Prove que a

e que

reais positivas. , onde e são 31.1 Mostre que e que 31.2 Prove que a taxa

31.2

Prove que a taxa de variação média de

que e que 31.2 Prove que a taxa de variação média de no intervalo é .

no intervalo

31.2 Prove que a taxa de variação média de no intervalo é . Interprete este valor

é

.
.

Interprete este valor no contexto da situação descrita.

32. O pH Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções

32. O pH

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

A acidez de uma solução é medida pelo valor do seu

A acidez de uma solução é medida pelo valor do seu , que é dado por:

, que é dado por:

uma solução é medida pelo valor do seu , que é dado por: onde designa a

onde

é medida pelo valor do seu , que é dado por: onde designa a concentração de

designa a concentração de iões

, medida em, que é dado por: onde designa a concentração de iões . Sem recorrer à calculadora

.dado por: onde designa a concentração de iões , medida em Sem recorrer à calculadora ,

Sem recorrer à calculadora, a não ser para efectuar eventuais cálculos numéricos, resolva as duas alíneas seguintes:

32.1

Admita que o

resolva as duas alíneas seguintes: 32.1 Admita que o do sangue arterial humano é . Qual

do sangue arterial humano é

.
.

Qual é a concentração (em

do sangue arterial humano é . Qual é a concentração (em ) de iões , no

) de iões

arterial humano é . Qual é a concentração (em ) de iões , no sangue arterial

, no sangue arterial humano?

Escreva o resultado em notação científica, isto é, na forma

o resultado em notação científica, isto é, na forma . Apresente o valor de arredondado às

. Apresente o valor de

arredondado às unidades.científica, isto é, na forma . Apresente o valor de , com inteiro e entre e

na forma . Apresente o valor de arredondado às unidades. , com inteiro e entre e

, com

forma . Apresente o valor de arredondado às unidades. , com inteiro e entre e 32.2

inteiro e

o valor de arredondado às unidades. , com inteiro e entre e 32.2 A concentração de

entre

o valor de arredondado às unidades. , com inteiro e entre e 32.2 A concentração de

e

32.2

A concentração de iões

, com inteiro e entre e 32.2 A concentração de iões no café é tripla da

no café é tripla da concentração de iões

de iões no café é tripla da concentração de iões no leite. Qual é a diferença

no leite.

Qual é a diferença entre o décimas.

do leite e ode iões no leite. Qual é a diferença entre o décimas. do café? Apresente o resultado

do café? Apresente o resultado arredondado àsleite. Qual é a diferença entre o décimas. do leite e o Sugestão: comece por designar

Sugestão: comece por designar por

função de

às Sugestão: comece por designar por função de , a concentração de iões a concentração de

, a concentração de iões

por designar por função de , a concentração de iões a concentração de iões no café.

a concentração de iões

por designar por função de , a concentração de iões a concentração de iões no café.

no café.

por designar por função de , a concentração de iões a concentração de iões no café.

no leite e por exprimir, em

33. O número real Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

33. O número real

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Indique o número real que é solução da equação

33.1

33.1
33.1

33.2

33.2
33.2

33.3

33.3
33.3

33.4

33.4
33.4
Exponenciais e Logarítmicas Indique o número real que é solução da equação 33.1 33.2 33.3 33.4
34. O contradomínio Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

34. O contradomínio

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Seja

Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas Seja a função de domínio Qual é o contradomínio de ?

a função de domínio

Exponenciais e Logarítmicas Seja a função de domínio Qual é o contradomínio de ? 34.1 34.2

Qual é o contradomínio de

e Logarítmicas Seja a função de domínio Qual é o contradomínio de ? 34.1 34.2 34.3

?

34.1

34.1
34.1

34.2

34.2
34.2

34.3

34.3
34.3

34.4

34.4
34.4

definida por

.
.
35. Novo analgésico Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

35. Novo analgésico

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Um laboratório farmacêutico lançou no mercado um novo analgésico: o AntiDor.

A concentração deste medicamento, em decigramas por litro de sangue,

administrado a uma pessoa, é dada por

por litro de sangue, administrado a uma pessoa, é dada por 35.1 Recorrendo exclusivamente a processos

35.1

Recorrendo exclusivamente a processos analíticos, determine o valor de concentração de AntiDor no sangue de uma pessoa que o tenha tomado.

horas após serde AntiDor no sangue de uma pessoa que o tenha tomado. para o qual é máxima

para o qual é máxima ano sangue de uma pessoa que o tenha tomado. horas após ser Calcule o valor dessa

Calcule o valor dessa concentração máxima, apresentando o resultado na unidade considerada, com aproximação às décimas.

35.2

O mesmo laboratório realizou uma campanha de promoção deste medicamento, baseada no slogan: «

AntiDor - Acção rápida e prolongada!»

Numa breve composição, de sessenta a cento e vinte palavras, comente o slogan, tendo em conta

que:

- para a maioria das dores, o AntiDor só produz efeito se a sua concentração for superior a

decigrama por litro de sangue;

concentração for superior a decigrama por litro de sangue; - de acordo com uma associação de

- de acordo com uma associação de defesa do consumidor, um bom analgésico deve começar a

produzir efeito, no máximo, meia hora após ter sido tomado, e a sua acção deve permanecer durante,

pelo menos, cinco horas (após ter começado a produzir efeito).

Nota: na resolução desta questão, deve utilizar as capacidades gráficas da sua calculadora e enriquecer a sua composição com o traçado de um ou mais gráficos.

36. Métodos exclusivamente analíticos Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE)

36. Métodos exclusivamente analíticos

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Considere a função

Funções Exponenciais e Logarítmicas Considere a função , de domínio , definida por Recorrendo a métodos

, de domínio

e Logarítmicas Considere a função , de domínio , definida por Recorrendo a métodos exclusivamente

, definida por

Considere a função , de domínio , definida por Recorrendo a métodos exclusivamente analíticos: 36.1

Recorrendo a métodos exclusivamente analíticos:

36.1

Determine os pontos de intersecção do gráfico de

36.1 Determine os pontos de intersecção do gráfico de com o eixo . 36.2 Estude a

com o eixo

.
.

36.2

Estude a função quanto à monotonia e à existência de extremos relativos.

37. Métodos analíticos Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

37. Métodos analíticos

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Na figura estão representadas, em referencial o. n.

:Na figura estão representadas, em referencial o. n. , gráfico da função uma curva , de

, gráfico da função uma curva , de domínio , definida por , gráfico da
, gráfico da função
uma curva
, de domínio
, definida por
, gráfico da função
uma recta
, de domínio
, definida por
da função uma recta , de domínio , definida por 37.1 Utilize métodos exclusivamente analíticos para

37.1

Utilize métodos exclusivamente analíticos para resolver as duas alíneas seguintes:

A. Determine uma equação da recta paralela à recta

A. Determine uma equação da recta paralela à recta e tangente à curva . B. Estude

e tangente à curva

.
.

B. Estude a função

à recta e tangente à curva . B. Estude a função quanto à existência de assimptotas

quanto à existência de assimptotas do seu gráfico.

37.2

Considere agora que se acrescentou à figura anterior uma recta

de assimptotas do seu gráfico. 37.2 Considere agora que se acrescentou à figura anterior uma recta

, paralela ao eixo

.
.
e Sejam respectivamente. os pontos de intersecção da recta com a curva e com a
e Sejam respectivamente. os pontos de intersecção da recta com a curva e com a
e Sejam respectivamente. os pontos de intersecção da recta com a curva e com a

e

e Sejam respectivamente. os pontos de intersecção da recta com a curva e com a recta

Sejam

respectivamente.

os pontos de intersecção da recta

e Sejam respectivamente. os pontos de intersecção da recta com a curva e com a recta

com a curva

os pontos de intersecção da recta com a curva e com a recta , Imagine que

e com a recta

,
,

Imagine que a recta

da recta com a curva e com a recta , Imagine que a recta se desloca,

se desloca, mantendo-se sempre paralela ao eixo

acompanham, naturalmente, o deslocamento da recta

.
.
ao eixo acompanham, naturalmente, o deslocamento da recta . . Os pontos e Seja a abcissa

. Os pontos

naturalmente, o deslocamento da recta . . Os pontos e Seja a abcissa do ponto .

e

naturalmente, o deslocamento da recta . . Os pontos e Seja a abcissa do ponto .

Seja

naturalmente, o deslocamento da recta . . Os pontos e Seja a abcissa do ponto .

a abcissa do ponto

.
.
da recta . . Os pontos e Seja a abcissa do ponto . Recorrendo à calculadora,
da recta . . Os pontos e Seja a abcissa do ponto . Recorrendo à calculadora,

Recorrendo à calculadora, determine

aproximado às décimas. Explique como procedeu (na sua explicação, deve incluir o gráfico, ou gráficos, que considerou para resolver esta questão).

tal que

. Apresente o resultado

38. Malmequeres de baixo Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

38. Malmequeres de baixo

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Malmequeres de Baixo é uma povoação com cinco mil habitantes.

38.1

Num certo dia, ocorreu um acidente em Malmequeres de Baixo, que foi testemunhado por algumas

pessoas. Admita que,

Malmequeres de Baixo que sabiam do ocorrido era, aproximadamente,

de Baixo que sabiam do ocorrido era, aproximadamente, horas depois do acidente, o número (expresso em

horas depois do acidente, o número (expresso em milhares) de habitantes de

o número (expresso em milhares ) de habitantes de Recorrendo exclusivamente a processos analíticos, estude a
o número (expresso em milhares ) de habitantes de Recorrendo exclusivamente a processos analíticos, estude a

Recorrendo exclusivamente a processos analíticos, estude a função

existência de assimptotas do seu gráfico. Interprete as conclusões a que chegou, no contexto do problema.

quanto à monotonia e quanto à

38.2

Alguns dias depois, ocorreu outro acidente no mesmo local, testemunhado pelas mesmas pessoas. No entanto, neste segundo acidente, a notícia propagou-se mais depressa, no sentido em que, decorrido o

mesmo tempo após o acidente, mais pessoas sabiam do ocorrido. Admita que,

segundo acidente, o número (expresso em milhares) de habitantes de Malmequeres de Baixo que

sabiam do ocorrido era, aproximadamente,

de Baixo que sabiam do ocorrido era, aproximadamente, horas depois deste (para certos valores de e

horas depois deste

sabiam do ocorrido era, aproximadamente, horas depois deste (para certos valores de e ). Numa pequena

(para certos valores de

e
e

).

Numa pequena composição, com cerca de dez linhas, refira o que pode garantir sobre os valores de

dez linhas, refira o que pode garantir sobre os valores de . e de de ,
.
.

e de

de

, comparando cada um deles com o valor da constante correspondente da expressão analítica

39. Lobos no Parque Natural Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

39. Lobos no Parque Natural

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

No início de 1972, havia quatrocentos lobos num determinado parque natural.

As medidas de protecção a lobos fizeram com que o referido número aumentasse continuamente. Os recursos do parque permitem que o número de lobos cresça até bastante perto de um milhar, mas não permitem que este valor seja ultrapassado.

milhar, mas não permitem que este valor seja ultrapassado. Nestas condições, apenas uma das expressões seguintes

Nestas condições, apenas uma das expressões seguintes pode definir a função

aproximado de lobos existentes no parque natural,

a função aproximado de lobos existentes no parque natural, anos após o início de 1972. que

anos após o início de 1972.

existentes no parque natural, anos após o início de 1972. que dá o número 39.1 Qual
existentes no parque natural, anos após o início de 1972. que dá o número 39.1 Qual
existentes no parque natural, anos após o início de 1972. que dá o número 39.1 Qual
existentes no parque natural, anos após o início de 1972. que dá o número 39.1 Qual

que dá o número

39.1

Qual é a expressão correcta? Numa pequena composição, com cerca de dez linhas, explique as razões que o levam a rejeitar as outras três expressões (apresente três razões diferentes, uma por cada expressão rejeitada).

Nota: poder-lhe-á ser útil recorrer às capacidades gráficas da sua calculadora. Se o fizer, deve reproduzir o(s) gráfico(s) obtido(s).

40. Intensidade do som Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

40. Intensidade do som

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas O nível metro quadrado, de acordo com a igualdade de um

O nível

metro quadrado, de acordo com a igualdade

de um som, medido em decibéis, é função da sua intensidade

,
,

para

medido em decibéis, é função da sua intensidade , para , medida em watt por Utilizando
medido em decibéis, é função da sua intensidade , para , medida em watt por Utilizando

, medida em watt por

Utilizando métodos exclusivamente analíticos, resolva as duas alíneas seguintes.

40.1

Verifique que

resolva as duas alíneas seguintes. 40.1 Verifique que 40.2 Admita que o nível de ruído de

40.2

Admita que o nível de ruído de um avião a jacto, ouvido por uma pessoa que se encontra na varanda

de um aeroporto, é de

uma pessoa que se encontra na varanda de um aeroporto, é de decibéis. Determine a intensidade

decibéis.

Determine a intensidade desse som, em watt por metro quadrado.

41. Intensidade da luz solar Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

41. Intensidade da luz solar

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Admita que a intensidade da luz solar, unidade de medida, por

que a intensidade da luz solar, unidade de medida, por metros abaixo da superfície da água,

metros abaixo da superfície da água, é dada, numa certa

metros abaixo da superfície da água, é dada, numa certa e são constantes positivas que dependem
e
e

são constantes positivas que dependem do instante e do local onde é efectuada a medição.

Sempre que se atribui um valor a

é efectuada a medição. Sempre que se atribui um valor a e um valor a ,

e um valor a

a medição. Sempre que se atribui um valor a e um valor a , obtemos uma

, obtemos uma função de domínio

.
.

41.1

Medições efectuadas, num certo instante e em determinado local do oceano Atlântico, mostraram que,

metros de profundidade, a intensidade da luz solar era metade da sua intensidade à superfície da água.

a

era metade da sua intensidade à superfície da água. a Determine o valor de para esse

Determine o valor de

intensidade à superfície da água. a Determine o valor de para esse instante e local. Apresente

para esse instante e local. Apresente o resultado arredondado às centésimas.

41.2

Considere agora

resultado arredondado às centésimas. 41.2 Considere agora e . Estude essa função quanto à monotonia e

e

.
.

Estude essa função quanto à monotonia e existência de assimptotas do seu gráfico.

Interprete os resultados obtidos no contexto da situação descrita.

42. Igualdade equivalente Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

42. Igualdade equivalente

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Sejam

e
e

dois números reais positivos.

Qual das seguintes igualdades é equivalente a

42.1

42.2

42.3

42.4

Logarítmicas Sejam e dois números reais positivos. Qual das seguintes igualdades é equivalente a 42.1 42.2
Logarítmicas Sejam e dois números reais positivos. Qual das seguintes igualdades é equivalente a 42.1 42.2

?

43. Funções f e g Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

43. Funções f e g

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Considere as funções

Exponenciais e Logarítmicas Considere as funções e , definidas por: 43.1 designa logaritmo de base Recorrendo

e

Exponenciais e Logarítmicas Considere as funções e , definidas por: 43.1 designa logaritmo de base Recorrendo

, definidas por:

e Logarítmicas Considere as funções e , definidas por: 43.1 designa logaritmo de base Recorrendo a

43.1

designa logaritmo de base

funções e , definidas por: 43.1 designa logaritmo de base Recorrendo a métodos exclusivamente analíticos, estude,

Recorrendo a métodos exclusivamente analíticos, estude, quanto à monotonia, a função

analíticos, estude, quanto à monotonia, a função 43.2 Utilizando as capacidades gráficas da calculadora,

43.2

Utilizando as capacidades gráficas da calculadora, investigue se todo o número

gráficas da calculadora, investigue se todo o número do intervalo é solução da inequação . Indique

do intervalo

da calculadora, investigue se todo o número do intervalo é solução da inequação . Indique a

é solução da inequação

se todo o número do intervalo é solução da inequação . Indique a conclusão a que

. Indique a conclusão a que chegou e

explique como procedeu. Deverá incluir na sua explicação os gráficos obtidos na calculadora.

44. Função g_I Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

44. Função g_I

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Considere a função

Funções Exponenciais e Logarítmicas Considere a função 44.1 Recorrendo à função derivada de , mostre que

44.1

Recorrendo à função derivada de

Considere a função 44.1 Recorrendo à função derivada de , mostre que , definida por é

, mostre que

, definida por

à função derivada de , mostre que , definida por é decrescente. 44.2 Tendo em conta
à função derivada de , mostre que , definida por é decrescente. 44.2 Tendo em conta

é decrescente.

44.2

Tendo em conta a alínea anterior e o valor de

afirmação:

44.2 Tendo em conta a alínea anterior e o valor de afirmação: , indique, justificando, se
44.2 Tendo em conta a alínea anterior e o valor de afirmação: , indique, justificando, se

, indique, justificando, se é verdadeira ou falsa a

45. Função f_III Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

45. Função f_III

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Considere a função

Funções Exponenciais e Logarítmicas Considere a função , de domínio designa logaritmo de base . ,

, de domínio

e Logarítmicas Considere a função , de domínio designa logaritmo de base . , definida por
e Logarítmicas Considere a função , de domínio designa logaritmo de base . , definida por

designa logaritmo de base

.
.

, definida por

, de domínio designa logaritmo de base . , definida por 45.1 Utilize métodos exclusivamente analíticos

45.1

Utilize métodos exclusivamente analíticos para resolver as duas alíneas seguintes.

A. Estude

para resolver as duas alíneas seguintes. A. Estude quanto à existência de assimptotas do seu gráfico.

quanto à existência de assimptotas do seu gráfico.

B. Mostre que a função

de assimptotas do seu gráfico. B. Mostre que a função tem um único mínimo. 45.2 O

tem um único mínimo.

45.2

O gráfico de

que a função tem um único mínimo. 45.2 O gráfico de contém um único ponto cuja

contém um único ponto cuja ordenada é o quadrado da abcissa.

Recorrendo à calculadora, determine um valor aproximado para a abcissa desse ponto (apresente o resultado arredondado às décimas).

Explique como procedeu (na sua explicação, deve incluir o gráfico, ou gráficos, que considerou para resolver esta questão).

46. Função f_II Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

46. Função f_II

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

De uma certa função

Funções Exponenciais e Logarítmicas De uma certa função sabe-se que: a sua derivada , , é

sabe-se que:

a sua derivada , , é definida por
a sua derivada , , é definida por
a sua derivada , , é definida por

a sua derivada,

a sua derivada , , é definida por

, é definida por

função sabe-se que: a sua derivada , , é definida por 46.1 Escreva uma equação da

46.1

Escreva uma equação da recta tangente ao gráfico de

46.1 Escreva uma equação da recta tangente ao gráfico de no ponto de abcissa . 46.2

no ponto de abcissa

.
.

46.2

Poderá concluir-se que

de no ponto de abcissa . 46.2 Poderá concluir-se que é contínua para ? Justifique a

é contínua para

de abcissa . 46.2 Poderá concluir-se que é contínua para ? Justifique a sua resposta. 46.3

? Justifique a sua resposta.

46.3

que é contínua para ? Justifique a sua resposta. 46.3 Mostre que à existência de pontos

Mostre que à existência de pontos de inflexão.

e estude

46.3 Mostre que à existência de pontos de inflexão. e estude quanto ao sentido das concavidades

quanto ao sentido das concavidades do seu gráfico e

47. Função f_I Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

47. Função f_I

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Seja

Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas Seja a função definida em por 47.1 Mostre que , para

a função definida em

Exponenciais e Logarítmicas Seja a função definida em por 47.1 Mostre que , para qualquer 47.2

por

Exponenciais e Logarítmicas Seja a função definida em por 47.1 Mostre que , para qualquer 47.2

47.1

Mostre que

Seja a função definida em por 47.1 Mostre que , para qualquer 47.2 Determine a abcissa

, para qualquer

a função definida em por 47.1 Mostre que , para qualquer 47.2 Determine a abcissa do

47.2

Determine a abcissa do ponto de intersecção do gráfico de

47.1 Mostre que , para qualquer 47.2 Determine a abcissa do ponto de intersecção do gráfico

com a recta de equação

47.1 Mostre que , para qualquer 47.2 Determine a abcissa do ponto de intersecção do gráfico
48. Função A(x) Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

48. Função A(x)

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Na figura estão representados:

Exponenciais e Logarítmicas Na figura estão representados: , definida por parte do gráfico da função um
Exponenciais e Logarítmicas Na figura estão representados: , definida por parte do gráfico da função um
Exponenciais e Logarítmicas Na figura estão representados: , definida por parte do gráfico da função um
Exponenciais e Logarítmicas Na figura estão representados: , definida por parte do gráfico da função um

, definida por

parte do gráfico da funçãoLogarítmicas Na figura estão representados: , definida por um triângulo isósceles , de domínio , em

um triângulo isósceles isósceles

, de domínio

gráfico da função um triângulo isósceles , de domínio , em que: - a origem do

, em que:

-

a origem do referencial;-

-

um ponto do gráfico de- ;

;
;

-

ertence ao eixo das abcissas.-

Considere que o ponto

de

.
.

se desloca no primeiro quadrante (eixos não incluídos), ao longo do gráficoertence ao eixo das abcissas. Considere que o ponto de . O ponto acompanha o movimento

O ponto

(eixos não incluídos), ao longo do gráfico O ponto acompanha o movimento do ponto tal modo

acompanha o movimento do ponto

tal modo que

permanece sempre igual agráfico O ponto acompanha o movimento do ponto tal modo que , deslocando-se ao longo do

, deslocando-se ao longo do eixo das abcissas, deo movimento do ponto tal modo que permanece sempre igual a . Seja triângulo a função,

.
.

Seja

a , deslocando-se ao longo do eixo das abcissas, de . Seja triângulo a função, de

triângulo

a função, de domínio

das abcissas, de . Seja triângulo a função, de domínio . , que faz corresponder, à

.

, que faz corresponder, à abcissadas abcissas, de . Seja triângulo a função, de domínio . do ponto , a área

a função, de domínio . , que faz corresponder, à abcissa do ponto , a área

do ponto

a função, de domínio . , que faz corresponder, à abcissa do ponto , a área

, a área do

48.1

Mostre que, para cada

, se temtriângulo a função, de domínio . , que faz corresponder, à abcissa do ponto , a

a função, de domínio . , que faz corresponder, à abcissa do ponto , a área
48.2 Sem recorrer à calculadora , estude a função quanto à monotonia e conclua qual

48.2

Sem recorrer à calculadora, estude a função

48.2 Sem recorrer à calculadora , estude a função quanto à monotonia e conclua qual é

quanto à monotonia e conclua qual é o valor

máximo que a área do triângulo

, estude a função quanto à monotonia e conclua qual é o valor máximo que a

pode assumir.

49. Expressão h Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

49. Expressão h

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Seja

Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas Seja a função, de domínio , definida por designa logaritmo de

a função, de domínio

Exponenciais e Logarítmicas Seja a função, de domínio , definida por designa logaritmo de base Qual

, definida por

e Logarítmicas Seja a função, de domínio , definida por designa logaritmo de base Qual das
e Logarítmicas Seja a função, de domínio , definida por designa logaritmo de base Qual das

designa logaritmo de base

de domínio , definida por designa logaritmo de base Qual das seguintes expressões pode também definir

Qual das seguintes expressões pode também definir

49.1

49.1
49.1

49.2

49.2
49.2

49.3

49.3
49.3

49.4

49.4
49.4
por designa logaritmo de base Qual das seguintes expressões pode também definir 49.1 49.2 49.3 49.4

?

50. Experiência de Física Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

50. Experiência de Física

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Com o objectivo de estudar as leis do aquecimento e do arrefecimento, realizou-se, num laboratório de Física, a seguinte experiência: aqueceu-se ao lume uma certa quantidade de água, durante cinco minutos; passado este tempo, apagou-se o lume e deixou-se a água a arrefecer. A temperatura da água foi sendo medida, ao longo do decorrer da experiência.

Admita que:

neste laboratório, a temperatura ambiente é constante;

neste laboratório, a temperatura ambiente é constante;

a temperatura da água, no instante em que começou a ser aquecida, era igual à

a

temperatura da água, no instante em que começou a ser aquecida, era igual à temperatura

 

ambiente;

depois de se ter apagado o lume, a temperatura da água tende, com o passar

depois de se ter apagado o lume, a temperatura da água tende, com o passar do tempo, a igualar

a temperatura ambiente.

, contado em minutos, a partir do instante em que se colocou a água ao lume, é modelada por uma, e

Em resultado da experiência, concluiu-se que a relação entre a temperatura da água e o tempo

que a relação entre a temperatura da água e o tempo uma só, das quatro funções,

uma só, das quatro funções,

, , e
,
,
e

, definidas a seguir:

que a relação entre a temperatura da água e o tempo uma só, das quatro funções,
que a relação entre a temperatura da água e o tempo uma só, das quatro funções,
que a relação entre a temperatura da água e o tempo uma só, das quatro funções,
50.1 Qual das quatro funções é a correcta? Numa pequena composição, explique porque não pode
50.1 Qual das quatro funções é a correcta? Numa pequena composição, explique porque não pode

50.1

Qual das quatro funções é a correcta?

Numa pequena composição, explique porque não pode ser nenhuma das outras três, indicando, para cada uma delas, uma razão pela qual a rejeita, explicando a sua inadequação, relativamente à situação descrita.

51. Estudo da função f_V Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

51. Estudo da função f_V

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Seja

a função, de domínioProgramáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas Seja , definida por 51.1 Sem recorrer à calculadora , resolva

, definida porExponenciais e Logarítmicas Seja a função, de domínio 51.1 Sem recorrer à calculadora , resolva as

e Logarítmicas Seja a função, de domínio , definida por 51.1 Sem recorrer à calculadora ,

51.1

Sem recorrer à calculadora, resolva as três alíneas seguintes:

A. Estude a função

quanto à existência de assimptotas do seu gráfico., resolva as três alíneas seguintes: A. Estude a função B. Mostre que C. Estude a

B. Mostre que

existência de assimptotas do seu gráfico. B. Mostre que C. Estude a função quanto à monotonia,

C. Estude a função

quanto à monotonia, no intervalodo seu gráfico. B. Mostre que C. Estude a função . 51.2 Seja a recta tangente

.
.

51.2

Seja

a recta tangente ao gráfico dea função quanto à monotonia, no intervalo . 51.2 Seja no ponto de abcissa . Seja

no intervalo . 51.2 Seja a recta tangente ao gráfico de no ponto de abcissa .

no ponto de abcissa

.
.

Seja

a recta que passa na origem do referencial e é paralela à rectaa recta tangente ao gráfico de no ponto de abcissa . Seja A recta intersecta o

A recta

na origem do referencial e é paralela à recta A recta intersecta o gráfico de num

intersecta o gráfico de

num ponto.e é paralela à recta A recta intersecta o gráfico de . Utilizando a sua calculadora,

.
.

Utilizando a sua calculadora, determine as coordenadas desse ponto. Apresente os valores arredondados às centésimas. Explique como procedeu, apresentando o gráfico, ou gráficos, obtido(s) na calculadora.

52. Estudo da função f_IV Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

52. Estudo da função f_IV

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Seja

Seja a função definida, em , por .

a função definida, em

Seja a função definida, em , por .

, por

, por

.

Sem recorrer à calculadora, resolva as alíneas seguintes:

 

52.1

Justifique a seguinte afirmação: «A função

Justifique a seguinte afirmação: «A função é contínua em

é contínua em

Justifique a seguinte afirmação: «A função é contínua em

52.2

Estude a função

Estude a função quanto à monotonia em .

quanto à monotonia em

.
.
 

52.3

Na figura está representada parte do gráfico da função

.
.
 
 

Considere que um ponto

se desloca ao longo do gráfico de

se desloca ao longo do gráfico de

.
.

Seja

Seja a função que, à abcissa do ponto , faz corresponder a distância de à origem

a função que, à abcissa do ponto

a função que, à abcissa do ponto , faz corresponder a distância de

, faz corresponder a distância de

Seja a função que, à abcissa do ponto , faz corresponder a distância de à origem

à origem do

referencial.

corresponder a distância de à origem do referencial. Em qual das figuras seguintes pode estar parte

Em qual das figuras seguintes pode estar parte do gráfico da função

explique porque não pode ser nenhum dos outros três, apresentando, para cada um deles, uma razão pela qual o rejeita.

? Numa pequena composição,

Notas: na opção A, a recta representada a tracejado é assimptota horizontal do gráfico; na
Notas: na opção A, a recta representada a tracejado é assimptota horizontal do gráfico; na

Notas: na opção A, a recta representada a tracejado é assimptota horizontal do gráfico; na opção C, a

função é estritamente monótona, em

.
.
53. Estudo da função f_III Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

53. Estudo da função f_III

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Considere a função

Funções Exponenciais e Logarítmicas Considere a função , de domínio , definida por 53.1 Sem recorrer

, de domínio

e Logarítmicas Considere a função , de domínio , definida por 53.1 Sem recorrer à calculadora

, definida por

Considere a função , de domínio , definida por 53.1 Sem recorrer à calculadora , resolva

53.1

Sem recorrer à calculadora, resolva as duas alíneas seguintes:

A. Determine a equação reduzida da recta tangente ao gráfico de

a equação reduzida da recta tangente ao gráfico de no ponto de abcissa . B. Estude

no ponto de abcissa

.
.

B. Estude a função

coordenados.

quanto à existência de assimptotas do seu gráfico, paralelas aos eixosde no ponto de abcissa . B. Estude a função coordenados. 53.2 O conjunto solução da

53.2

O conjunto solução da inequação

designa logaritmo de base

.
.
solução da inequação designa logaritmo de base . é um intervalo fechado Recorrendo à sua calculadora,

é um intervalo fechado

designa logaritmo de base . é um intervalo fechado Recorrendo à sua calculadora, determine, graficamente ,

Recorrendo à sua calculadora, determine, graficamente, valores para centésimas.

e
e

, arredondados às

Nota: apresente, na sua resposta, os elementos recolhidos na utilização da calculadora, nomeadamente, o gráfico ou gráficos obtido(s), bem como coordenadas relevantes de alguns pontos.

54. Estudo da função f_II Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

54. Estudo da função f_II

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Considere a função

Funções Exponenciais e Logarítmicas Considere a função , de domínio , definida por Sem recorrer à

, de domínio

e Logarítmicas Considere a função , de domínio , definida por Sem recorrer à calculadora ,

, definida por

Considere a função , de domínio , definida por Sem recorrer à calculadora , resolva as

Sem recorrer à calculadora, resolva as duas alíneas seguintes:

54.1

Estude a função quanto à monotonia e à existência de extremos relativos.

54.2

Calcule

duas alíneas seguintes: 54.1 Estude a função quanto à monotonia e à existência de extremos relativos.
55. Estudo da função f_I Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

55. Estudo da função f_I

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Considere a função

Funções Exponenciais e Logarítmicas Considere a função , de domínio , definida por designa logaritmo de

, de domínio

e Logarítmicas Considere a função , de domínio , definida por designa logaritmo de base Utilize
e Logarítmicas Considere a função , de domínio , definida por designa logaritmo de base Utilize

, definida por

designa logaritmo de baseConsidere a função , de domínio , definida por Utilize métodos exclusivamente analíticos para resolver as

, de domínio , definida por designa logaritmo de base Utilize métodos exclusivamente analíticos para resolver

Utilize métodos exclusivamente analíticos para resolver as três alíneas seguintes:

55.1

Determine a abcissa do ponto de intersecção do gráfico de

Determine a abcissa do ponto de intersecção do gráfico de com o eixo . 55.2 Estude

com o eixo

.
.

55.2

Estude

Estude quanto à existência de assimptotas não verticais do seu gráfico.

quanto à existência de assimptotas não verticais do seu gráfico.

55.3

Na figura está, em referencial o. n.

seu gráfico. 55.3 Na figura está, em referencial o. n. , parte do gráfico da função

, parte do gráfico da função

.
.
em referencial o. n. , parte do gráfico da função . A recta eixo , tangente

A recta

eixo

o. n. , parte do gráfico da função . A recta eixo , tangente ao gráfico

, tangente ao gráfico de

no ponto

.
.
função . A recta eixo , tangente ao gráfico de no ponto . no ponto de

no ponto de abcissa

Determine a área do triângulo

.
.
tangente ao gráfico de no ponto . no ponto de abcissa Determine a área do triângulo

, intersecta o eixo

tangente ao gráfico de no ponto . no ponto de abcissa Determine a área do triângulo

no ponto

tangente ao gráfico de no ponto . no ponto de abcissa Determine a área do triângulo

e o

56. Estudo da função f Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

56. Estudo da função f

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Considere a função

Funções Exponenciais e Logarítmicas Considere a função , de domínio , definida por Recorrendo exclusivamente a

, de domínio

e Logarítmicas Considere a função , de domínio , definida por Recorrendo exclusivamente a processos

, definida por

Considere a função , de domínio , definida por Recorrendo exclusivamente a processos analíticos (ou seja,

Recorrendo exclusivamente a processos analíticos (ou seja, sem utilização da calculadora), resolva as alíneas seguintes:

56.1

Estude a função

quanto à monotonia e quanto à existência de extremos relativos.resolva as alíneas seguintes: 56.1 Estude a função 56.2 Resolva a equação designa logaritmo de base

56.2

Resolva a equação

existência de extremos relativos. 56.2 Resolva a equação designa logaritmo de base 56.3 Estude a função

designa logaritmo de base

56.2 Resolva a equação designa logaritmo de base 56.3 Estude a função quanto à existência de

56.3

Estude a função

quanto à existência de assimptotas verticais e horizontais do seu gráfico.e quanto à existência de extremos relativos. 56.2 Resolva a equação designa logaritmo de base 56.3

57. Estudo da função Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

57. Estudo da função

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Considere a função, de domínio

e Logarítmicas Considere a função, de domínio designa logaritmo de base , definida por 57.1 Utilize

designa logaritmo de base

, definida porConsidere a função, de domínio designa logaritmo de base 57.1 Utilize métodos exclusivamente analíticos para

de domínio designa logaritmo de base , definida por 57.1 Utilize métodos exclusivamente analíticos para
de domínio designa logaritmo de base , definida por 57.1 Utilize métodos exclusivamente analíticos para

57.1

Utilize métodos exclusivamente analíticos para resolver as duas alíneas seguintes:

A. Estude a função

resolver as duas alíneas seguintes: A. Estude a função quanto à existência de assimptotas verticais. B.

quanto à existência de assimptotas verticais.

B. Investigue se a função

de assimptotas verticais. B. Investigue se a função tem máximo e, em caso afirmativo, determine-o. 57.2

tem máximo e, em caso afirmativo, determine-o.

57.2

tem máximo e, em caso afirmativo, determine-o. 57.2 A equação resolva graficamente esta equação. Apresente

A equação

resolva graficamente esta equação. Apresente as soluções com aproximação às décimas.

tem exactamente duas soluções. Recorrendo à sua calculadora,

Explique como procedeu, apresentando o gráfico, ou gráficos, em que se baseou para dar a sua resposta.

58. Equação equivalente Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

58. Equação equivalente

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Considere a equação

Funções Exponenciais e Logarítmicas Considere a equação Qual das seguintes condições é equivalente a esta
Funções Exponenciais e Logarítmicas Considere a equação Qual das seguintes condições é equivalente a esta

Qual das seguintes condições é equivalente a esta equação?

58.1

58.2

58.3

58.4

e Logarítmicas Considere a equação Qual das seguintes condições é equivalente a esta equação? 58.1 58.2
59. Dois postes Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

59. Dois postes

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Um fio encontra-se suspenso entre dois postes. A distância entre ambos é de 30 metros.

entre dois postes. A distância entre ambos é de 30 metros. Considere a função Admita que

Considere a função

distância entre ambos é de 30 metros. Considere a função Admita que primeiro poste. definida por

Admita que

primeiro poste.

30 metros. Considere a função Admita que primeiro poste. definida por é a distância ao solo,

definida por

Considere a função Admita que primeiro poste. definida por é a distância ao solo, em metros,

é a distância ao solo, em metros, do ponto do fio situado

é a distância ao solo, em metros, do ponto do fio situado metros à direita do

metros à direita do

59.1

Determine a diferença de altura dos dois postes. Apresente o resultado na forma de dízima, com aproximação às décimas.

Nota: sempre que, nos cálculos intermédios, proceder a arredondamentos, conserve, no mínimo, três casas decimais.

59.2

Recorrendo ao estudo da derivada da função

casas decimais. 59.2 Recorrendo ao estudo da derivada da função , determine a distância ao primeiro

, determine a distância ao primeiro poste do ponto do

fio mais próximo do solo. 59.3 Determine, com aproximação à décima de metro, a distância

fio mais próximo do solo.

59.3

Determine, com aproximação à décima de metro, a distância ao primeiro poste dos pontos do fio que se encontram a 15 metros do solo.

Nota: sempre que, nos cálculos intermédios, proceder a arredondamentos, conserve, no mínimo, três casas decimais.

60. Diferença entre ordenadas Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

60. Diferença entre ordenadas

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Seja

um número real superior aSeja .

.
.

Seja

a função definida emSeja por

Seja a função definida em por

por

superior a . Seja a função definida em por De dois pontos, a . e a

De dois pontos,

a

.
.
Seja a função definida em por De dois pontos, a . e a e , do

e a

e
e

, do gráfico de

em por De dois pontos, a . e a e , do gráfico de , sabe-se

, sabe-se que as suas abcissas são respectivamente iguais

Qual é a diferença entre a ordenada de

são respectivamente iguais Qual é a diferença entre a ordenada de e a ordenada de ?

e a ordenada de

são respectivamente iguais Qual é a diferença entre a ordenada de e a ordenada de ?

?

60.1

60.1
60.1

60.2

60.2
60.2

60.3

60.3
60.3

60.4

60.4
60.4
61. Derrame de crude Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

61. Derrame de crude

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Um petroleiro, que navegava no oceano Atlântico, encalhou numa rocha e sofreu um rombo no casco.

Em consequência disso, começou a derramar crude. Admita que, às

acidente, a área, em

a derramar crude. Admita que, às acidente, a área, em horas do dia a seguir ao

horas do dia a seguir ao do

que, às acidente, a área, em horas do dia a seguir ao do , de crude

, de crude espalhado sobre o oceano é dada por

seguir ao do , de crude espalhado sobre o oceano é dada por 61.1 Verifique que,

61.1

Verifique que, para qualquer valor de

,
,

é constante.

Determine um valor aproximado dessa constante (arredondado às décimas) e interprete esse valor, no contexto da situação descrita.

61.2

Admita que a mancha de crude é circular, com centro no local onde o petroleiro encalhou. Sabendo que esse local se encontra a sete quilómetros da costa, determine a que horas, do dia a seguir ao do acidente, a mancha de crude atingirá a costa.

Apresente o resultado em horas e minutos (minutos arredondados às unidades).

Nota: sempre que, nos cálculos intermédios, proceder a arredondamentos, conserve, no mínimo, três casas decimais.

62. Derivada de f Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

62. Derivada de f

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Seja

uma função, de domínioProgramáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas Seja , tal que a sua derivada é dada por Sem

Exponenciais e Logarítmicas Seja uma função, de domínio , tal que a sua derivada é dada

, tal que a sua derivada é dada por

função, de domínio , tal que a sua derivada é dada por Sem recorrer à calculadora

Sem recorrer à calculadora, resolva as alíneas seguintes:

62.1

Seja

a recta tangente ao gráfico de

a recta tangente ao gráfico de

Seja a recta tangente ao gráfico de no ponto de abcissa .

no ponto de abcissa

Seja a recta tangente ao gráfico de no ponto de abcissa .

.

Seja

o ponto de intersecção da recta

o ponto de intersecção da recta

Seja o ponto de intersecção da recta com o eixo .

com o eixo

.
.

Sabendo que

de intersecção da recta com o eixo . Sabendo que , determine a abcissa do ponto

, determine a abcissa do ponto

.
.

62.2

eixo . Sabendo que , determine a abcissa do ponto . 62.2 Estude a função pontos

Estude a função pontos de inflexão.

quanto ao sentido das concavidades do seu gráfico e quanto à existência de

63. Declive da recta Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos

63. Declive da recta

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Seja

um número real maior do queProgramáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas Seja . Na figura está representada uma parte do gráfico da

.
.

Na figura está representada uma parte do gráfico da função

.
.
está representada uma parte do gráfico da função . Tal como a figura sugere , de

Tal como a figura sugere

, de domíniouma parte do gráfico da função . Tal como a figura sugere , definida por o

da função . Tal como a figura sugere , de domínio , definida por o ponto

, definida por

o ponto de intersecção do gráfico deé com o eixo

éo ponto de intersecção do gráfico de com o eixo

com o eixoo ponto de intersecção do gráfico de é

o ponto de intersecção do gráfico de é com o eixo

o ponto de intersecção do gráfico deé com o eixo

éo ponto de intersecção do gráfico de com o eixo

com o eixoo ponto de intersecção do gráfico de é

o ponto de intersecção do gráfico de é com o eixo

63.1

Mostre que:

Se o declive da recta

é
é

, então

o eixo o ponto de intersecção do gráfico de é com o eixo 63.1 Mostre que:
64. Custo de produção Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos

64. Custo de produção

Disciplina Matemática (Secundário) Autor Matemática 12º ano (GAVE) Conteúdos Programáticos Funções Exponenciais e Logarítmicas

Admita que o custo de produção, em euros, de dado por

Admita que o custo de produção, em euros, de dado por quilogramas de um certo produto

quilogramas

que o custo de produção, em euros, de dado por quilogramas de um certo produto é

de um certo produto é

em euros, de dado por quilogramas de um certo produto é designa logaritmo de base 64.1
em euros, de dado por quilogramas de um certo produto é designa logaritmo de base 64.1

designa logaritmo de base

quilogramas de um certo produto é designa logaritmo de base 64.1 Sabendo que a função graficamente

64.1

Sabendo que a função

graficamente a solução da equação que lhe per