Você está na página 1de 5

28/01/2017

AcordoOrtográficode1945–Wikipédia,aenciclopédialivre

AcordoOrtográficode1945

Origem:Wikipédia,aenciclopédialivre.

OAcordoOrtográficode1945éumaconvençãoortográficaassinadaemLisboaem6deoutubrode1945

entreaAcademiadasCiênciasdeLisboaeaAcademiaBrasileiradeLetras.Esteacordo,ligeiramentealterado

pelodecreto­lein.º32/73,de6defevereiro,estabeleceuasbasesdaortografiaportuguesaparatodosos

territóriosportugueses(queàdatadoacordoeaté1975compreendiamoterritórioeuropeudePortugaleas

provínciasultramarinasportuguesas­naÁsiaeÁfrica).NoBrasil,oAcordoOrtográficode1945foiaprovado

foiposteriormenterevogadopelalei2.623,de21deoutubrode1955.

NatentativadepôrcobroàsprofundasdiferençasortográficasentrePortugaleoBrasil,comoresultadoda

adoçãoemPortugaldaReformaOrtográficade1911,foramfeitosdiversosencontrosentreasAcademiasdos

doispaíses,dosquaisresultouumacordopreliminarassinadoem1931.Noentanto,comoosvocabuláriosque

sepublicaram,em1940(pelaAcademiadasCiênciasdeLisboa)eem1943(pelaAcademiaBrasileirade

Letras),continhamaindaalgumasdivergências,houvenecessidadedenovasreuniões,emLisboa,quederam

origemaoAcordoOrtográficode1945.

ComacelebraçãodoAcordoOrtográficode1990entreospaíseslusófonos,eaentradaemvigordesteem

Portugala13demaiode2009,definiu­seumperíododetransiçãodeseisanosentreasduasnormas.Assim

sendo,oAcordoOrtográficode1945perdeuavalidadelegalemPortugalapartirde12demaiode2015,

depoisemCaboVerde,devendoentretantocontinuarválidoemAngola,Moçambiqueenosdemaispaísesque

oseguem,atéqueocorraadefinitivaimplantaçãodoposteriorAcordoOrtográficode1990emtodosestes

países.

Índice

1 Mudançasintroduzidas

1 Mudançasintroduzidas

1.1 MudançasemPortugal

1.1 MudançasemPortugal

1.2 Mudançasqueafetariamosdoispaíses

1.2 Mudançasqueafetariamosdoispaíses

1.3 MudançasnoBrasil

1.3 MudançasnoBrasil

2 ÍndicedoAcordoOrtográficode1945

2 ÍndicedoAcordoOrtográficode1945

3 Aplicaçãolegal

3 Aplicaçãolegal

3.1 EmPortugal

3.1 EmPortugal

3.2 NoBrasil

3.2 NoBrasil

4 Referências

4 Referências

5 Vertambém

5 Vertambém

6 Ligaçõesexternas

6 Ligaçõesexternas

Mudançasintroduzidas

OAcordoOrtográficode1945pretendiaalcançarumaunificaçãoortográficaabsolutapormeiodeconcessões

mútuasdasduasortografiasentãovigentes,sendoqueasalteraçõesnoBrasilseriammuitomaisprofundasque

asdePortugalpoisrevertiaasupressãodeconsoantesmudasintroduzidapelareformabrasileiraem1943que

tornavamagrafiademuitaspalavrasincompatívelcomaprosódiadePortugal.Alémdisso,foifeitauma

simplificaçãodaacentuaçãocommudançasqueatingiamambosospaíses.Porém,comooBrasilacabounão

aplicandoasalterações,essasimplificaçãosóocorreuemPortugal,demodoqueoAcordoteveoefeitooposto

aopretendido,comoaumentodasdiferençasortográficas.

28/01/2017

MudançasemPortugal

AcordoOrtográficode1945–Wikipédia,aenciclopédialivre

Asformasdeterceirapessoadopluraldopresentedoindicativodosverbosterevirpassaramdeteeme

veematêmevêm,eissoseestendeaosderivados:conteemcontêm,interveemintervêm.Comisso,

apronúnciadetêmevêmemduassílabas([tãjaj]e[vãjãj]ou[tẽjẽj]e[vẽjẽj])ficaramsendoconsideradas

comodialetais.

Palavrascomotambêm,Jerusalêm,(êle)contêm,(êle)intervêmpassaramasergrafadastambém,

Jerusalém,(ele)contém,(ele)intervém.

Palavrasiniciadascom"sc"perderamoSinicial:sciênciaciência,scisãocisão.OScontinuouem

derivadosantigos,comoconsciênciaerescisão.

Passou­seaexigirainclusãodeconsoantesmudasemumpequenonúmerodepalavrasemquenãoeram

pronunciadasemPortugal,masoeramnoBrasil,quergeral,querrestritamente(caracteres,cacto,tecto).

Deixou­sedeusarsinaldiacríticoparaindicarqueoUépronunciadoempalavrascomofreqùenteou

agùentar,passandoafrequenteeaguentar.AgrafiaGùianafoidesautorizada.

Aboliçãodassequênciasmmennempalavrascomoemmalareennegrecer(passandoaemalare

enegrecer).Nessaspalavras,aprimeiraletradaduplaserviaparamarcaranasalizaçãodavogal

precedente.Noentanto,continuouagrafar­seconnoscoecomummente.

Regularizaçãodoempregodohífen

Desautorizou­semarcarohiatoátonodepalavrascomosaìmento

AboliçãodeZemfimdesílabaátonaeXemfimdesílabacomvalordeSdepoisdequalquervogalque

nãoE:aztecaasteca,juxtaporjustapor

AboliçãodoacentoemItónicodehiatoquandoseguidoporNH:raínharainha

Aboliçãodoacentoagudoemditongosquenãofosseminvariavelmenteabertosemambosospaíses

(combóio→comboio).

Mudançasqueafetariamosdoispaíses

Aboliçãodoacentocircunflexodiferencialempalavrascomoêle,gêlo,côco,sôbre.

AboliçãodoacentoagudoemIeUtónicosprecedidosdeditongoemparoxítonas,comoemfeiúra,

tauísmo,sendomantidaagrafiadeoxítonascomoPiauíepauis.

DispensadeacentonavogaltónicaU,quando,numapalavraparoxítona,precedidadeieseguidadese

outraconsoante:semiústosemiusto

MudançasnoBrasil

OAcordopropunhaasseguintesalteraçõesnaortografiabrasileira:

Restauraçãodeconsoantesmudasquando,emPortugal,fossempronunciadas,abrissemavogal

precedente,oufossemmantidasporrazãoetimológica.Açãovoltariaaacção,excetoaexcepto,entre

outros.QuandoapronúnciadaconsoantefossevariáveldentrodoBrasiloudentrodePortugal,a

consoanteseriasempreescrita,demodoqueasvariantesvereditoeóticaseriamabolidasemfavorde

veredictoeóptica,aindaqueofalantenãoaspronunciasse.

EmpalavrascomEouOpré­nasaltônico,sóseriausadoacentocircunflexoquandoavogalfosse

invariavelmentefechadaemambosospaíses.(quilômetro→quilómetro,gêniogénio,Antônio

António)mas(estômago,fêmea)

Aboliçãodoacentoagudoemditongosquenãofosseminvariavelmenteabertosemambosospaíses

(idéia→ideia).

Aboliçãodotremaempalavrascomofreqüênciaesagüi.

Desautorizaçãodotremaparamarcaçãodehiatoátonoempalavrascomosaüdade,gaüchismo.

Aboliçãodoacentocircunflexoempalavrascomovôoeenjôo.

ÍndicedoAcordoOrtográficode1945

EmPortugal,otextodoAcordoOrtográficode1945écompostoportrêspartes:

28/01/2017

AcordoOrtográficode1945–Wikipédia,aenciclopédialivre

Decreto35.228,de8deDezembrode1945:compostaporumaintroduçãomaiscincoartigos,

explicitouosprincípiosdefixaçãoparaagrafiadalínguaportuguesa,fixadaadatade1deJaneirode

1946parasuaentradaemvigor.

Documenton.º1:reúneasconclusõescomplementares,tomadaspelaConferênciaInteracadémicade

LisboaparaaunificaçãoortográficadaLínguaPortuguesa,divididasemtrêspartes:

PartePrimeira:compostaporseisitens,estabeleceuosprincípiosparaaimplantaçãoeacriação

dotextodoAcordoOrtográficode1945:dentreeles,aproibiçãodegrafiasduplasoualternativas,

consentimentonotocanteaosregionalismos,denominados«lusismos»e«brasileirismos»edo procedimentosparaaelaboraçãodoAcordo.

ParteSegunda:compostapor51itens,fazumresumopréviodoconteúdopresenteemcadauma

dasbasesdoAcordo.

ParteTerceira:explicitaanecessidadedesoluçãodecertasquestõesmorfológicas.

Documenton.º2:contémasBasesAnalíticasdoAcordoOrtográficode1945.

BaseI:fixaoalfabetoportuguêsem23letras,autorizandook,oweoysomenteemvocábulos

estrangeiroseseusderivados,taiscomokantismo,darwinismo,byronianoetc.,desautorizandoo

usodasletrasvernáculasequivalentesnessesderivados;

BaseII:tambémserefereaosvocábulosderivadosdenomesestrangeiros,masnestecasosãoas

sequênciasconsonânticasouletrasdobradasinexistentesnalínguaportuguesa:comtista,

jeffersónia,etc.;

BaseIII:dousodohinicial(emfunçãodaetimologia),daadopçãoconvencional:hã?,etc.,deseu

nãoempregoquandoiniciaumapalavraunidaaumprefixo(inábil,desumano)oudeconjugações

mesoclíticasnaposiçãoinicial,assimcomodasuamanutençãonoiníciodepalavrasaumprefixo

pelohífen;

BaseIV:manutençãodosdigramasdeorigemhebraicach,theph,quandonãoinvariavelmente

mudos;

BaseV:distinçõesgráficasentrech/x,g/j,s/ss/c/ç/x,dofactodenuncasegrafarcomccedilhado

inicial,dasdistinçõesentres/x/zfinaiseinteriores;

BaseVI:daeliminaçãodassequênciasinteriorescc/cç/ct/pc/pç/ptquandoinvariavelmentemudos

edesuamanutençãoquandopronunciadosnumpaísenãonooutroouquandotêmvalorfonético

e/ouvalordetradiçãoortográficaesimilaridadecomoutraslínguasromânicas;

BaseVII:aplicaçãodomesmoprincípiodaBaseVIàssequênciasconsonantaisbd,bt,cd,etc.,

assimcomocomodasimplificaçãoortográficadeváriasoutrassequênciasconsonânticasde

origemgrega;

BaseVIII:manutençãodasconsoantesfinaisb,c,d,get,quersejammudasounão;

BaseIX:empregodoeoudoiedoooudouemfunçãodaetimologia;

BaseX:inadmissibilidadedagrafiapreguntaredeseusderivadoseflexões,sempresubstituída

porperguntar;

BaseXI:padronizaçãodasgrafiasdasflexõesdoverboquerereseusderivados;

BaseXII:regulaaformadeseescreverasvogaisnasaisãeõ,assimcomodasrepresentações

nasaiscomvogaisseguidaspelasletrasmoun;

BaseXIII:regulaaortografiadosditongosoraiseesuaacentuação;

BaseXIV:dispensadoacentoagudonasvogaistónicasiouuseguidasdel,m,n,r,z,nh

paroxítonosoufinais;

BaseXV:dispensadoacentonasvogaistónicasiouuparoxítonasprecedidasporditongo;

BaseXVI:dispensadoacentoagudonosditongoseiparoxítonoseemcertoscasosdeditongosoi

paroxítonos;

BaseXVII:imposiçãodousodeacentoagudoparaflexõesdaprimeirapessoadopluraldo

indicativodeverbosdaprimeiraconjugação:"nósamamos"(presente),"nósamámos"(pretérito);

BaseXVIII:usodoacentoagudodiferencialem"pára","péla","pélo"e"pólo";

BaseXIX:oa,oeeooparoxítonosseguidospormounlevamacentocircunflexoseesta

pronúnciaforinvariávelnoBrasileemPortugal.Emsendovariávelapronúncia,aspalavrasnessa

condiçãolevamsempreoacentoagudo;

BaseXX:regulaousodetemevem(singular),opostoatêmevêm(plural);

BaseXXI:regulaousodoacentocircunflexonasflexõesverbaisterminadasem"­êem"edispensa

ousodesseacentoemflexõesepalavrasterminadaspor"­oo";

BaseXXII:regulaousodoacentocircunflexodiferencialem"dêmos","pôde"edispensaousodo

acentodiferencial,exceptoasexpressamentetrazidasnotextodoAcordo,emsubstantivose

28/01/2017

AcordoOrtográficode1945–Wikipédia,aenciclopédialivre

verboshomógrafosmasnãohomófonos; BaseXXIII:UsoabolidopeloDecreto­Lei32,de6deFevereirode1973. [1] BaseXXIV:usodoacentogravenaocorrênciadacrase,istoé,ascontracçõesdapreposiçãoacom osartigosaouaseospronomesaquele(s),aquela(s),aquiloeaqueloutro(s),aqueloutra(s); BaseXXV:dispensadousodeacentogravenapalavraGuiana; BaseXXVI:dispensadousodeacentogravenocasodepalavrashomógrafaseheterófonas; BaseXXVII:supressãocompletadotrema,tantonocasodehiatosátonos,tantonocasode marcaçãodapronúnciadounosgrupos"gue","gui","que"e"qui",mantidaapenasaexcepção paraosderivadosdenomesprópriosestrangeiros,taiscomomülleriano; BaseXXVIII:usodohífennaspalavrascompostas; BaseXXIX:usodohífennaspalavrascompostascomprefixosdeorigemgregaoulatina; BaseXXX:usodohífennaspalavrascomsufixosdeorigemtupi­guarani; BaseXXXI:usodohífennasflexõesdoverbohaverligadasàpreposiçãode; BaseXXXII:usodohífenemencadeamentosvocabulares,taiscomo:opercursoLisboa­Coimbra­ Porto,etc.; BaseXXXIII:inadmissibilidadedousodoapóstrofoemuniõesvocabularesperfeitasoudeuso corrente; BaseXXXIV:regulaousodapreposiçãodequandoestanãosefundecompronomesou advérbios; BaseXXXV:usodoapóstrofoparaacisãográficadeumacontracçãoouaglutinaçãovocabular, comoemd'«OsLusíadas»,pel'«OsSertões»,nadaimpedindoousoseparado:de«OsLusíadas», por«OsSertões». BaseXXXVI:possibilidadedousodoapóstrofoparaareferênciaaentidadessagradas:d'Ele,lh'A, etc.; BaseXXXVII:usodoapóstrofonocasodaelisãodoeemtermoscomo:pau­d'arco,copo­d'água, etc. BaseXXXVIII:usodoapóstrofonaelisãodepalavrascomSanto(Sant'Iago)ouSanta(Sant'Ana), podendoserfundidoscasohajaunidademórfica; BaseXXXIX:usodemaiúsculasparadesignarraças,povosoupopulaçõesemesesdoano; BaseXL:usodemaiúsculasempalavrascomoFulano,SicranoouBeltrano; BaseXLI:osnomesdepontoscardeais(escritoscomminúsculas)passamasergrafadoscom maiúsculasquandodesignamregiões; BaseXLII:usodemaiúsculasparapalavrasquedesignemaltosconceitospolíticos,nacionaisou religiosos; BaseXLIII:usodeminúsculasemnomesdedisciplinaseciências,salvocertasexcepções; BaseXLIV:usodamaiúsculasparaobrasliterárias,periódicoseproduçõesartísticas; BaseXLV:usodemaiúsculasparaflexõespronominaisreferentesàsentidadessagradas; BaseXLVI:usodemaiúsculasparanomesdecargosetítulos; BaseXLVII:regrasparaousodemaiúsculasparacompostosonomásticos; BaseXLVIII:adivisãosilábicasefazpelasoletraçãoenãopelaetimologia,como estabelecimentoderegrasespecíficasparacertoscasos; BaseXLIX:opontodeinterrogaçãoeopontodeexclamaçãosãoutilizadosapenasemsuas formasnormais; BaseL:garantiadapossibilidadedesemanteragrafiaoriginaldenomespróprios,demarcasede firmassociais; BaseLI:recomendaasubstituiçãodousodetopónimosestrangeirospelasequivalentes vernáculas,semprequeexistame/oupossamentrarnousocorrente.

Aplicaçãolegal

EmPortugal

Esteacordotornou­seleiemPortugalpeloDecreton.º35228,de8dedezembrode1945.Consequentemente,

passouaregeraortografiadetodasaspossessõescoloniaisentãosobseucontrolo:Angola,CaboVerde,Guiné,

Moçambique,SãoToméePríncipe,EstadodaÍndiaeTimor.Estespaíses,apósassuasindependências,

continuaramareger­seporestasregras.

28/01/2017

NoBrasil

AcordoOrtográficode1945–Wikipédia,aenciclopédialivre

NoBrasil,oAcordoOrtográficode1945foiaprovadopelodecreto­lei8.286, [2][3] de5dedezembrode1945. Entretanto,otextonuncafoiratificadopeloCongressoNacional,continuandoosbrasileirosaregular­sepela

ortografiadoFormulárioOrtográficode1943.OtextofoiposteriormenterevogadopelaLei2.623,de21de

outubrode1955 [4] .

Referências

1.Otextodessabasedeterminavaousodeacentogravenassílabassubtônicasnosadvérbiosoupalavrasacrescidas

comosufixo­menteouiniciadospor­z­ouseusderivados,taiscomoacadémica>acadèmicamente, económica>econòmicamente,pé>pèzada,etc.

Consultadoem15desetembrode2015

3.SILVA,Maurício.ReformaortográficaenacionalismolinguísticonoBrasil.Disponívelem:

setembrode2015

Vertambém

Ligaçõesexternas

OficialemtodosospaísesexceptonoBrasil

Sucedidopor

Precedidopor

Estapáginafoimodificadapelaúltimavezà(s)09h20minde25demaiode2016.

consulteascondiçõesdeuso.