Você está na página 1de 18
MINISTERIO DAS RELAGOES EXTERIORES DEPARTAMENTO DE COMUNICAGOES E DOCUMENTAGAO, PROCESSO ADMINISTRATIVO N° 09020.000006/2015-16 TERMO DE CONTRATO N° DCD/3/2015 DE PRESTAGAO DE SERVICO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE, & OUTROS, QUE FAZEM ENTRE SI A UNIAO, POR INTERMEDIO DO MINISTERIO. DAS —_RELACOES EXTERIORES E A EMPRESA DATAINFO SOLUGOES EM. TECNOLOGIA DA INFORMACAO LTDA A Unio, por meio do Departamento de Comunicagées e Documentagio do Ministério das Relacées Exteriores, CNPJ 00.394.536/0012-91, sediado na Esplanada dos Ministérios, Bloco H, Brasilia/DF, Neste ato representado pelo seu Diretor, Jodo Pedro Corréa Costa, nomeado por portaria de 5 de setembro de 2011, da Ministra de Estado Chefe da Casa Civil da Presidéncia da Republica, inscrito no CPF n° 279.552.731-68, portador da Carteira de Identidade n° 8.106/CONTRATANTE, doravante denominado CONTRATANTE, e a Datainfo Solugdes em Tecnologia da Informacéo Ltda, CNPI/MF sob 0 n° 05.085,461/0001-28, sediada na Rua Republica Argentina n° 470, Salas 1 2, Ponta Aguda, Blumenau/SC CEP 89.050-100 doravante designada CONTRATADA, neste ato representada pelo Sr. Marcelo José Ferrari, portador da Carteira de Identidade n° 12R/2163784-9 SSP/SC, e CPF n° 864,616,999-53, tendo em vista o que consta no Processo n° 09020.000006/2015- 16 e em observancia a Lei n° 10.520, de 2002, ao Decreto n° 5.450, de 2005, Lei n° 8.078, de 1990 ~ Cédigo de Defesa do Consumidor, 8 Lei n® 8248, de 1991, ao Decreto n* 7.174, de 2010, a0 Decreto n° 3.722, de 2001, a0 Decreto n° 2.271, de 1997, a Instrucéo Normativa SLTI/MPOG n* 2, de 30 de abril de 2008, @ Instrucdo Normativa SLT/MPOG n* 4, de 12 de novembro de 2010, a Lei Complementar n° 123, de 2006, e subsidiariamente a Lei n° 8.666, de 1993, bem como a legislacdo correlata, e demais exigéncias previstas no Edital DCD 2/2015 e seus anexos, resolvem celebrar 0 Presente Termo de Contrato mediante as cldusulas € condigées a seguir enunciadas. crita no 1. CLAUSULA PRIMEIRA ~ OBJETO 11, Contratagao de servicos especializados de consultoria, transferéncia de conhecimento, desenvolvimento, construgo, implantagao, documentagéo, suporte e manutengio de software, seguindo a metodologia do Ministério das Relagdes Exteriores - MRE, baseada nas ideias e priticas yn dos movimentos “Agil” e “software craftsmanship" mediante ordens de servico dimensionadas em Unidade de Servico Técnico - UST, conforme condigdes, quantidades e exigéncias estabelecides neste contrato, no edital OCD 2/2015 e seus anexos. 64.2. Métrica utilizada: UST - Unidade de Servico Técnico, conforme descrito no edital DCD 2/2015 € seus anexos. 643. Quantidade a contratada: 40,000 USTs 12, Este termo de contrato vincula-se ao edital do prego DCD 2/2015 e a respectiva proposta vencedora, independente de transcricéo. 2. CLAUSULA SEGUNDA - VIGENCIA 21, 0 contrato vigoraré por 12 (doze) meses a partir da data de sua assinatura, podendo ser Prorrogado, por interesse da Administragéo e demonstrada a vantajosidade, por periodos subsequentes de doze meses, até 60 (sessenta) meses, desde que demonstrado interesse publico, e @ critério do CONTRATANTE, nas condicées e limites estabelecidos no inciso Il do Art. 57 da Lei 8.666/93, 22 A Contratada nao tem direito subjetivo prorrogacéo contratual 23. Eventual prorrogacéo contratual seré celebrada mediante termo aditivo, observados os seguintes requisitos: 23.1, Os servicos tenham sido prestados regularmente; 23.2. A CONTRATANTE mantenha interesse na realizaco do servico; 233, A CONTRATADA manifeste expressamente interesse na prorrogacdo. 3. CLAUSULA TERCEIRA - PRECO 31, © valor do presente Termo de Contrato & de R$ 5.398.700,00 (cinco milhdes, trezentos & noventa € oito mille setecentos reais). 32.0 valor unitério da UST & de R$ 134,97 (cento e trinta e quatro reais, e noventa e sete centavos) 33. No valor acima esto incluidas todas as despesas ordinarias diretas ¢ indiretas decorrentes da execugdo contratual, inclusive tributos e/ou impostos, encargos sociais, trabalhistas, previdenciérios,fiscais e comerciais incidentes, taxa de administracéo, seguro e outros necessérios 20 cumprimento integral do objeto da contratagéo. 34, 0 valor do item 3.1 acima é meramente estimativo, de forma que os pagamentos devidos 4 Contratada dependerio dos servigos efetivamente prestados. 4. CLAUSULA QUARTA — DOTACAO ORGAMENTARIA mM 4.1, As despesas decorrentes desta contratacéo esto programadas em dotacéo orcamentaria Prépria, prevista no orgamento da Unido, para 0 exercicio de 2015, tendo sido emitido empenho 2015NEB00032 na classificacdo abaixo: Unidade/Gestao: 240010 / 00001 Fonte: 0100 Programa de Trabalho: 07.122.2118.2000.0001 Elemento de Despesa: 339039,57 5. CLAUSULA QUINTA - FORMA DE EXECUCAO CONTRATUAL 5.4. A CONTRATANTE serd responsavel pela gestdo do contrato, pelo ateste das USTs e dos niveis de ualidade exigidos frente aos servicos entregues. A CONTRATADA é responsavel pela execucdo dos servigos, gestdo dos recursos técnicos, e outros necessarios a execugio das tarefas. 5.2. A prestagdo dos servicos seré feita por meio da execucdo das tarefas segundo os processos, padrdes e procedimentos da CONTRATANTE. 53. A equipe alocada pela CONTRATADA deveré possuir todos os conhecimentos técnicos necessarios 4 execucdo das tarefas, e seré gerenciada exclusivamente pelo representante da CONTRATADA. 5.3.1. Além dos conhecimentos técnicos, a equipe deverd conhecer a estrutura da CONTRATANTE, 0 funcionamento, as atividades, as tecnologias adotadas e as respectivas 4reas que ido demandar as tarefas, 5A. A CONTRATADA deverd alocar os recursos técnicos com qualificacdo técnica compativel com a necessidade e qualidade dos servicos, de acordo com os perfis profissionais do Termo de Referéncia, 5.5. Em casos excepcionais, desde que expressamente autorizados pela CONTRATANTE, poderé ser admitida a prestacéo de alguns servicos de forma nao presencial 5.6. Serdo consideradas Ordens de Servico as solicitagées devidamente registradas em meios alternativos, como e-mail, mensagens utilizando celular para o aparelho do plantéo da CONTRATADA ou qualquer outro meio que evidencie a intencéo de uma solicitac3o de servicos por parte dos integrantes da CONTRATANTE envolvidos na execucdo contratual. 5.6.1, As solicitacdes deveréo ser posteriormente convertidas em Ordens de Servico e adicionadas a documentagao do processo. 5.6.2. A data e horério que serdo consideradas para fins de OS serdo as registradas no meio alternativo. mM 5.7. A frequéncia de aferico e avaliac3o da qualidade dos servicos seré mensal, devendo a licitante vencedora contratada elaborar relatorios gerenciais dos servicos prestados, recomendacées técnicas, administrativas e gerenciais para 0 préximo periodo e demais informacées relevantes para a gestéo contratual 5.7.1. O conteido detalhado e a forma dos relatérios gerenciais sero definidos pelas partes, entretanto, deverdo conter no minimo as informacGes necessarias para aferir os elementos de gestio contratual (quantidade de USTs totais, USTS por projetos, USTs por atividades, tarefas executadas € subsidios para glosa); 5.8. Nao hé demanda mensal minima, nem demanda global minima, de USTS. 5.8.1. No que se refere atomicidade no uso das USTS, a menor divisio de escala possivel sera 0,5 ust. 6. CLAUSULA SEXTA - HORARIO DE EXECUCAO DOS SERVICOS 6.1. Os servigos deverdo ser prestados em tumos didrios de 8 horas, nos hordrios de 9 as 13 horas € de 15 as 19 horas ou de 8 as 12 horas e de 14 as 18 horas, & critério da CONTRATANTE. 62. Poderd haver necessidade de execucdo de servigos fora do horétio estabelecido, em finais de semana e em feriados, em razio de aumento de demanda, atendimento emergencial ou fato que 0 justifique 6.3, Atividades que podem gerar impacto no funcionamento do érgéo e/ou de seus sistemas de negécio deverdo ser executadas prioritariamente fora do horario normal de expediente. 6.4. A realizacao de atividades em periodos nao iteis deverdo possuir Ordem de Servico especifica aberta, com 0 tipo da OS, a previsio do periodo de trabalho e a justificativa para a realizacéo de servigos fora do horério normal 64.1. A quantidade de USTs executadas fora do hordtio normal nao deve exceder a 5% (cinco por Cento) do quantitative global de USTs, porém este numero nao representa um delimitador, apenas um norteador e a CONTRATADA no pode se negar a executar estas atividades quando solicitadas. 64.2. A execug3o de demandas fora do hordrio padréo nao implicaré em nenhuma forma de acréscimo ou majoracéo dos valores dos servicos, razo pela qual seré improcedente a reivindicacéo de énus adicionais a0 CONTRATANTE, 65. A CONTRATADA disponibilizard, sem énus para CONTRATANTE, plantao de vinte e quatro horas, via telefone, para atendimento de demandas emergenciais. 65.1, Deverdo ser fornecidos dois numeros de telefone, um principal e outro reserva de duas operadoras telefénicas distintas. (im 66. Os locais de prestacdo dos servicos s80 as instalacées fisicas do complexo do Ministério das Relacdes Exteriores em Brasilia, atualmente compreendendo: a) Paldcio Itamaraty; b) Anexo I, ©) Anexo I; d) Instituto Rio Branco - Lote 02/03 - SAF/Sul Quadra 5 - Asa S ©) Agencia Brasileira de Cooperagéo ~ ABC - SAF/Sul Quadra 2, Lote 2, Bloco 8 - SAF. 67. Os empregados da Contratada ndo tero qualquer vinculo empregaticio com o MRE. 7. CLAUSULA SETIMA ~ REPACTUAGAO 74. Seré admitida, por solcitagdo da CONTRATADA, a repactuacéo dos precos dos servicos continuados contratados com prazo de vigéncia igual ou superior a doze meses, desde que seja observado 0 interregno minimo de 1 (um) ano, e demonstrada de forma analitica a variacdo dos Componentes dos custos do contrato, devidamente justificada, de acordo com o artigo S* do Decreto n° 2.271, de 1997, e com os dispositivos aplicaveis da Instrugo Normativa SLTI/MPOG n° 2, de 30 de abril de 2008. 72. A repactuago poderé ser dividida em tantas parcelas quantas forem necessérias, em Tespeito ao principio da anualidade do reajustamento dos pregos da contratagdo, podendo ser realizada em momentos distintos para discutir @ variagdo de custos que tenham sua anualidade Tesultante em datas diferenciadas, tais como os custos decorrentes da mao-de-obra e 0s custos decorrentes dos insumos necessérios a execuco do servico, 73. Quando a contratacdo envolver mais de uma categoria profissional, com datas-base diferenciadas, a repactuacao deverd ser dividida em tantas parcelas quantos forem os acordos, dissidios ou convengées coletivas das categorias envolvidas na contratacao. 74, Arepactuacao nao poders alterar 0 equilibrio econémico-financeiro original do contrato. 75. € vedada a inclusdo, por ocasido da repactuagso, de beneficios nao previstos na proposta inicial, exceto quando se tomarem obrigatorios por forca de instrumento legal, sentenca normativa, acordo coletivo ou convengio coletiva. 76. aumento dos custos da mo-de-obra decorrente de novo acordo, dissidio ou convencdo Coletiva deverd ser integralmente repassado ao prego repactuado, exceto na hipétese descrita no subitem abaio. M 7.7. A Administragao nao se vincula as disposigdes contidas em Acordos e Convengées Coletivas que nao tratem de matéria trabalhista, tais como as que estabelecam valores ou indices obrigatérios de encargos sociais ou previdenciérios, bem como de pregos para os insumos relacionados a0 exercicio da atividade. 7.8. O interregno minimo de 1 (um) ano sera contado: 7.81. Para a primeira repactuacao: a) Para os custos relativos @ mao-de-obra, vinculados data-base da categoria Profissional, a partir da data da vigéncia do acordo, dissidio ou convencio coletiva de trabalho, vigente época da apresentagio da proposta, relative & categoria profissional abrangida pelo contrato. b) Para os demais custos, sujeitos & variacdo de precos do mercado: a partir da data limite para apresentacdo das propostas constante do Edita 7.8.2. Pata as repactuacdes subsequentes a primeira: a partir da data do fato gerador que deu ensejo a Ultima repactuagao ocorrida ou preclusa. 79. © prazo pare a CONTRATADA solicitar a repactuacdo encerra-se na data da prorrogagio contratual subsequente ao novo acordo, dissidio ou convencdo coletiva que fixar os novos custos de mao-de-obra da categoria profissional abrangida pelo contrato, ou na data do encerramento da vigéncia do contrato, caso ndo haja prorrogacéo. 7.9.1. Caso a CONTRATADA nao solicite a repactuagdo tempestivamente, dentro do prazo acima fixado, ocorrerd a preclusdo do direito & repactuacéo. 7.10. Se a vigéncia do contrato tiver sido prorrogada, nova repactuacéo sé poderé ser pleiteada apés 0 decurso de novo interregno minimo de 1 (um) ano, contado na forma prevista neste Edita. 71. Caso, na data da prorrogacéo contratual, ainda nao tenha sido registrado 0 novo acordo, dissidio ou convengéo coletiva da categoria, a CONTRATADA deverd solicitar a insercio de cldusula no termo aditivo de prorrogacao que resguarde o direito futuro a repactuacdo, a ser exercido to logo disponha daquele instrumento devidamente registrado, sob pena de precluséo. 7.42. Ao solictar a repactuacio, a CONTRATADA efetuard 2 comprovacio da variacéo dos custos dos servigos contratados da seguinte forma 7.12.1. Quando a repactuagao se referir aos custos da mao-de-obra: apresentacdo do novo acordo, dissidio ou convengéo coletiva da categoria profissional abrangida pelo contrato, acompanhado da demonstracao analitica da variago dos custos; Ap 7.122 Quando a repactuagio se referir aos demais custos: Planilha de Custos Formagao de Pregos que comprove o aumento dos precos de mercado dos itens ‘abrangidos, considerando-se: @) 05 precos praticados no mercado ou em outros contratos da Administra¢ao; b) as particularidades do contrato em vigéncia; ©) a nova planilha com a variagao dos custos apresentada; 4) indicadores setoriais, tabelas de fabricantes, valores oficiais de referéncia, tarifas publicas ou outros equivalentes; ©) indice especifico ou setorial, que retrate a variacdo dos precos relatives a ‘alguma parcela dos custos dos servigos, desde que devidamente individualizada 1na Planitha de Custos ¢ Formaco de Precos da CONTRATADA. 7.13. 0 érg%0 contratante poderé realizar diligéncias para confer a variagéo de custos alegada pela CONTRATADA. 7.14. Os novos valores contratuais decorrentes das repactuacSes terdo suas vigéncias iniciadas observando-se o seguinte: 2) A partir da ocorréncia do fato gerador que deu causa & repactuacéo; ») Em data futura, desde que acordada entre as partes, sem prejuizo da contagem de Periodicidade para concesséo das préximas repactuacées futuras; ou J) Em data anterior 8 ocorréncia do fato gerador, exclusivamente quando a repactuacéo 0 do custo de mao-de-obra em que o proprio fato gerador, na forma de acordo, dissidio ou convencéo coletiva, ou sentenca normativa, contemplar data de vigéncia retroativa, podendo esta ser considerada para efeito de compensagio do envolver revi Pagamento devido, assim como para a contagem da anualidade em repactuacdes futuras. 7.15. Os efeitos financeiros da repactuacéo ficaréo restritos exclusivamente aos itens que a motivaram, e apenas em relacéo a diferenca porventura existente. 7.16. A decisao sobre o pedido de repactuagéo deve ser feita no prazo maximo de sessenta dias, contados a partir da solicitagao e da entrega dos comprovantes de variacio dos custos, 7.161. Q prazo referido no subitem anterior ficaré suspenso enquanto a CONTRATADA néo cumprir 0s atos ou apresentar a documentacéo solicitada pela CONTRATANTE para a comprovacéo da variagao dos custos. 7.17. As repactuacoes sero formalizadas por meio de apostilamento, exceto quando coincidirem com @ prorrogago contratual, caso em que deverdo ser formalizadas por aditamento a0 contrato, 8. CLAUSULA OITAVA ~ FORMA DE FATURAMENTO E PAGAMENTO 8.1. 0 faturamento das Ordens de Servico executadas seré mensal, mediante apresentacéo da prévia~ da-fatura, j8 descontadas as glosas, multas e sang6es aplicadas em func3o do nao atendimento aos resultados esperados ¢ Nivel Minimo de Servico exigido para a execucio das Tarefas 81.1. Deverd ser apresentada meméria de célculo do desconto das glosas/multas, para fim de arquivo histérico de desempenho, 82. Serdo faturadas somente as Ordens de Servico efetivamente concluidas com os respectivos uantitativos e Nivel Minimo de Servico exigido, atestadas e aceitas pelo demandante. 83. 0 fiscal técnico do contrato deverd avaliar as informacées da prévia da fatura. Caso a prévia da fatura esteja em conformidade com os servigos prestados no més de referéncia, o Fiscal iré autorizar @ emisséo da Nota Fiscal/Fatura, do contrério, caberd ao Fiscal devolve-la @ CONTRATADA para o devido ajuste 84. A CONTRATADA deverd encaminhar a Nota Fiscal/Fatura até trés dias titeis apés a autorizacao do Fiscal. 85. A CONTRATADA deveré apresenter na Nota Fiscal/Fatura o faturamento detalhado correspondente aos servicos prestados. 8.6. Havendo erro na Nota Fiscal/Fatura ou citcunstancia que impeca a liquidagSo da despesa, aquela seré devolvida 8 CONTRATADA e 0 pagamento ficaré pendente até que seja sanado 0 problema ocorrido. 8.6.1. Nesta hipstese, o prazo para o pagamento se iniciara apés a regularizacdo da situacéo ou Feapresentacéo do documento fiscal, ndo acarretando qualquer tipo de énus para a CONTRATANTE, 87. Sera considerada data do pagamento o dia em que constar como emitida a ordem bancéria para pagamento. 8.8. Quando do pagamento, seré efetuada a retensdo tributéria prevista na legislacdo aplicavel 89, Nos casos de eventuais atrasos de pagamento, desde que a Contratada no tenha concorrido, de alguma forma, para tanto, fica convencionado que a taxa de compensacao financeira devida pela Contratante, entre a data do vencimento e 0 efetivo adimplemento da parcela, é calculada mediante 2 aplicacéo da seguinte formula: EM = Ix Nx VP, sendo: EM = Encargos moratérios; M N = Numero de dias entre a data prevista para o pagamento e a do efetivo pagamento; VP = Valor da parcela a ser paga Indice de compensacao financeira = 0,00016438, assim apurado: (6/100) 1 = 0,00016438 365 TX = Percentual da taxa anual = 6%, 9. CLAUSULA NONA - OBRIGAGOES DA CONTRATADA 91. Executar 05 servicos conforme especificagées do Termo de Referéncia e de sua proposta, com os recursos necessarios ao perfeito cumprimento das clausulas contratuais; 9.1.1, Os salérios constantes da proposta da CONTRATADA so vinculantes e passiveis de verificacdo por parte da CONTRATANTE, 9.2, Responder, em relagéo aos seus funcionarios, por todas as despesas decorrentes da execucao do servico e por outras correlatas, tais como salérios, seguros de acidentes, tributos, indenizacdes, vales-refeigao, vales-transporte e outras que porventura venham a ser criadas exigidas pelo Poder Publico; 9.3. Respeitar as normas e procedimentos do Itamaraty, inclusive aquelas de acesso as dependéncias do CONTRATANTE; 9A. Responder pelos danos causados diretamente Administragdo ou aos bens do CONTRATANTE, ou ainda a terceiros, durante a execuco deste contrato, no excluindo ou reduzindo dessa responsabilidade a fiscalizago ou © acompanhamento pelo CONTRATANTE; 95. Manter, durante o periodo de contratagdo, 0 atendimento das condicées de habilitagdo exigidas na licitagao; 96, Apresentar, sempre que solicitada pelo Fiscal ou Gestor do Contrato, os comprovantes de: Pagamento de salérios e beneficios dos empregados; recolhimento dos encargos sociais; regularidade junto a0 Ministério do Trabalho - Delegacia Regional do Trabalho; 97. Fiscalizar regularmente os seus empregados designados para a prestagdo do servico para vin verificar as condigées em que o servico esta sendo prestado; 98. Arcar com as despesas decorrentes de qualquer infracdo cometida por seus empregados; 99. Participar, dentro do period compreendido entre a assinatura do contrato e 0 inicio da Prestago dos servicos, de reuniso de alinhamento de expectativas contratusis com equipe da CONTRATANTE, que fard a convocagdo dos representantes da empresa e fornecerd previamente a paute da reuni 9.10. Formalizar a indicagao de preposto da empresa e substituto eventual para a coordenacéo dos servicos e gestio administrativa do contrato; 9.11. Cuidar para que © preposto mantenha permanente contato com a unidade responsdvel pela fiscalizagdo do contrato, adotando as providéncias requeridas @ execucio dos servigos pelos profissionais; € comande, coordene e controle a execucdo dos servicos contratados; 9112. Providenciar a imediata substituiggo de qualquer profissional que nao atenda as necessidades inerentes & execucio dos servicos contratados; 9.13. Administrar todo e qualquer assunto relativo aos seus profissionais; 9.14. Planejar, desenvolver, implantar, executar e manter os servicos objetos do contrato dentro dos niveis de servigos estabelecidos; 9.15. Reparar, corrigir, remover, reconstruir ou substituir, 8s suas expensas, no todo ou em parte, servicos efetuados em que se verificarem vicios, defeitos e incorrecées; 9.16. Elaborar e apresentar, mensalmente, relatério gerencial dos servicos executados, contendo detalhamento dos niveis de servicos executados versus acordados e demais informagSes necessérias 20 acompanhamento e avaliacdo da execucéo dos servicos; 9.17. Guardar sigilo sobre dados e informacées obtidos em razio da execucdo dos servigos contratados ou da relac3o contratual mantida com @ CONTRATANTE; 9.18. Obedecer rigorosamente todas as normas e procedimentos de seguranca da CONTRATANTE; 9.19. Alocar, imediatamente, profissional treinado e qualificado para substituir profissional ausente, quando for 0 caso; 9120. Quaisquer problemas que venham 2 comprometer 0 bom andamento dos servigos ou 0 alcance dos niveis de servigo estabelecidos deveréo ser imediatamente comunicados; 9.21. Encargos fiscais e comerciais resultantes desta contratacao; 9.22. A inadimpléncia da CONTRATADA, com referéncia aos encargos estabelecidos no item anterior, do transfere a responsabilidade por seu pagamento CONTRATANTE, nem pode onerar 0 objeto deste contrato, razéo pela qual a CONTRATADA renuncia expressamente 2 qualquer vinculo de solidariedade, ativa ou passiva, com a CONTRATANTE, 9.23. Manter preposto no local de execucéo, durante horério comercial, durante toda a vigéncia do Contrato, 9.24. Demais obrigacdes contidas no edital e seus anexos. 10. CLAUSULA DECIMA ~ OBRIGAGOES DA CONTRATANTE 10.1. Prover as informaces necessarias para que a CONTRATADA possa dar andamento a suas atividades, devendo observar o sigilo das informacdes; 102. Fiscalizar 0 cumprimento contratual; 103. Nomear Gestor e Fiscais Técnico, Administrative e Requisitante do contrato para acompanhar e fiscalizar a execugdo do contrato, conforme o disposto no art. 30 da IN 04/2014 104. Prestar & CONTRATADA, em tempo hdbil, as informagées eventualmente necessérias execucao do objeto deste Termo de Referéncia 105. Emitit, por intermédio do Departamento de Comunicagées e Documentacéo, pareceres sobre 08 atos ‘relatives 8 execugéo do CONTRATO, em especial quanto & exigéncia de condicées estabelecidas no processo licitatério e & proposta de aplicacao de sancées. 106. Permitir 0 acesso do pessoal técnico e dos equipamentos da CONTRATADA, necessérios & execucdo dos servicos, respeitadas as disposigdes legals, regulamentares e as normas do Departamento de Comunicagées e Documentagao que disciplinam a seguranca e o sigilo; 10.7. Promover o acompanhamento e a fiscalizacéo dos servicos prestados; 108. Encaminhar para o ateste dos gestores as faturas emitidas e produtos dos servicos prestados; 10.9. Pagar as faturas de servigos mensalmente de acordo com as condigdes de pagamento constantes do contrato 10.10. Demais obrigacdes contidas no edital e seus anexos. 11. CLAUSULA DECIMA PRIMEIRA ~ PROPRIEDADE E SIGILO 11.1. Todas as informacées obtidas pela CONTRATADA quando da execuco dos servicos deverdo ser tratadas como confidenciais, sendo vedada qualquer reproducéo, utilizago ou divulgacdo a terceiros, devendo zelar por seus representantes, empregados e subcontratados pela manutencéo do sigilo absoluto de dados, informacées, documentos e especificagSes técnicas, que tenham Ab Conhecimento em razéo dos servicos executados, conforme previsto no Decreto no 4.553, de 27 de dezembro de 2002. 11.2. Todas as informagées, imagens e documentos manuseados e utilizados so de propriedade do 6rg80, néo podendo ser repassadas, copiadas, alteradas ou absorvidas pela CONTRATADA sem expressa autorizagéo da CONTRATANTE. 113. Os profissionais da CONTRATADA que atuario nos servicos previstos receberdo acesso Privativo e individualizado para as tarefas que Ihe so confiadas, néo podendo repassé-los a terceiros, sob pena de responder criminalmente pelos atos © pelos fatos que decorrentes deste ilicit. 1A. E ilicita a divulgacéo, © repasse ou a utilizacio indevida de informacées, bem como de documentos, imagens e gravacées utilizados durante a prestacdo dos servicos. 115. A CONTRATADA obriga-se a dar ciéncia imediata, por escrito, a CONTRATANTE, sobre qualquer anormalidade que verificar na prestago dos servicos, 116. Cada profissional a servico da CONTRATADA devera estar ciente de que a estrutura computacional dos érgéos néo poderé ser utilizada para fins particulares. Quaisquer acées que tramitem em sus rede poderdo ser auditadas. 117. A CONTRATADA devera entregar aos 6rgéos toda documentacéo produzida decorrente da Prestacdo de servicos objeto desta licitacéo, bem como, cederé aos érg3os, em carter definitivo irrevogavel, 0 direito patrimonial e a propriedade intelectual dos resultados produzidos durante a vigéncia do contrato e eventuais aditivos. Entende-se por resultados quaisquer estudos, relatorios, especificagdes, descrigSes técnicas, prototipos, dados, esquemas, plantas, desenhos, diegramas, paginas na Intranet e documentago, em papel ou em qualquer forma ou midia, 12, CLAUSULA DECIMA SEGUNDA - TRANSIGAO CONTRATUAL INICIAL 12.1. A transicdo contratual inicial & 0 momento que a CONTRATADA assume a responsabilidade, de forma gradual, pelos servicos prestados pela fornecedora anterior, preparando-se para o inicio efetivo da operacéo. 12.2. A CONTRATADA deveré apresentar, na assinatura do CONTRATO, o plano de transicéo de Servigos, para aprovacéo do MRE, contendo cronograma detalhado de atividades a serem executadas pela CONTRATADA e pela CONTRATANTE, conforme descrito no Termo de Referéncia, M 123. A CONTRATANTE analisaré, no prazo de 5 (cinco) dias uteis, o plano apresentado, aprovando-o ou recusando-o de forma fundamentada. No caso de ndo aprovacdo, a CONTRATADA deverd apresentar novo plano, no prazo maximo de 3 (trés) dias titeis, apés o recebimento da recusa do plano anterior. 124. No plano de transigéo contratual inicial, mesmo durante 0 periodo em que 0 novo contratado nao execute os servicos de integrago e absor¢do, ele seré responsavel pelos prejuizos causados de forma intencional ou no, por empregado de sua equipe. 125. O plano de transigéo contratual deverd ser finalizado em no maximo 60 (sessenta) dias corridos, apés a assinatura do contrato. FINAL 126. Todo conhecimento adquirido ou desenvolvido, bem como toda informagao produzida e/ou utiizada para a execuc3o dos servicos contratados, deverdo ser disponibilizados CONTRATANTE ou empresa por ela designada, em até 60 (sessenta) dias apés a finalizaco do CONTRATO. 127. Para isto, um Plano de Transigéo, enderecando todas as atividades necessérias para a completa transicdo, devera ser entregue 8 CONTRATANTE pela CONTRATADA, 06 (seis) meses antes da expiracéo ou da finalizag3o do CONTRATO. 128. No Plano de Transicéo deveréo estar identificados todos os compromissos, papéis responsabilidades, artefatos e tarefas, a data de inicio da transicdo, 0 tempo necessério ¢ a identificago de todos os envolvidos com a transicao, 123. Seré de inteira responsabilidade da CONTRATADA a execucdo do Plano de Transicao, bem ‘como a garantia do repasse bem sucedido de todas as informacées necessérias para a continuidade dos servicos pelo CONTRATANTE ou empresa por ele designada. 12.10. E de responsabilidade da CONTRATANTE, ou da empresa por ela designada, a disponibilidade dos recursos qualificados identificados no Plano de Transicao como receptores do servico, 12.11. 0 fato de a CONTRATADA ou seus representantes néo cooperarem ou reterem qualquer informagéo ou dado solicitado pela CONTRATANTE, que venha a prejudicar, de alguma forma, o andamento da transicéo das tarefas e servicos para um novo prestador, constituiré quebra de CONTRATO, sujeitando-a as obrigacées em relacdo a todos os danos causados & CONTRATANTE, conforme estipulado nas Sangdes Administrativas aplicdveis. 12.12. Durante o tempo requerido para desenvolver © executar o Plano de Transicio, a CONTRATADA deve responsabilizar-se pelo esforco adicional que necessite dedicar a tarefa de completar a transicéo, sem Onus para a CONTRATANTE. Mm 12.3. Por esforgo adicional entende-se o treinamento nas tarefas, pesquisas, transferéncia de conhecimento, entre a CONTRATADA e a CONTRATANTE e/ou empresa por ele designada, documentacao ou qualquer outro esforco vinculado a tarefa de transicéio 13. CLAUSULA DECIMA TERCEIRA - GARANTIA ECONOMICA 13.1. A CONTRATADA prestaré garantia no valor de R$ 269,935,00 (duzentos e sessenta e nove mil reais, novecentos e trinta e cinco reais), correspondente a 5% de seu valor total, no prazo de 15 (quinze) dias, observadas as condigées estabelecidas no edital e seus anexos. 14, CLAUSULA DECIMA QUARTA ~ GARANTIA DOS SERVICOS 14.1. Os produtos entreques pela empresa CONTRATADA terdo garantia de 12 (doze) meses aps 0 aceito fina 142. Correré exclusivamente 3 custa da CONTRATADA as manutengées corretivas necessétias durante 0 periodo de garantia do software, 143. O direito @ garantia cessaré caso 0 software ou artefato seja alterado por técnicos do Ministério das Relacdes Exteriores ou por representantes deste, incluindo outros fornecedores da CONTRATANTE, CLAUSULA DECIMA QUINTA - SISTEMA DE CONTROLE DE DEMANDAS. 15.4. A CONTRATADA deverd fornecer sistema para o controle da execugSo dos servicos com no minimo as seguintes caracteristicas: 15.11. Abertura de Ordem de Servigos, por meio de formulério web e deve possibilitar o acompanhamento por meio de histérico das acées. 15.1.2. As Ordens de Servico deverdo conter todas as informacées necessérias a0 gerenciamento do Projeto, como o tempo de inicio, estimativa em USTs, nome das pessoas envolvidas e cronograma do projeto associando as responsabilidades, 15.13, Permitir monitorar remotamente os projetos por meio de acesso seguro via WEB. 15.14. Permitir 0 armazenamento de artefatos produzidos, com registros e rastreamento on-line, com a interface integrada ao sistema de trabalho. 15.1.5. Gestdo de demandas, planejamento de projeto e acompanhamento de atividades; 15.16, Acompanhamento de defeitos ("bugs") 15.17. Painéis de Indicadores (“dashboards”) executivos 15.18. Capacidade de extrair relatérios dindmicos com recurso de tabelas dinamicas da ferramenta de planilha eletrénica conectadas diretamente a estrutura de banco de dados nativa da solucdo M 15.1.9. Armazenar as documentacao dos projetos, cédigo fonte e histérico de builds em um mesmo Banco de Dados 15.1.10. Geragio de relaterios de testes 15.11 Armazenamento de registros de testes e possibilidade de envio de imagens dos testes realizados para comprovar testes realizados 15.1.12. Indicadores de progresso do ciclo de desenvolvimento dos produtos através de Portal Web 15.113. Possibilidade de criar novos relatérios / dashboards, utilizando recursos de Business Intelligence da propria ferramenta, sem a necessidade de adicionar componentes para esta finalidade. 15.114. Possibilidade de usar 0 Microsoft Excel como ferramenta de extracao de relatérios gerenciais 2 partir das métricas coletadas pela ferramenta 15.2. 0 Itamaraty pode demandas. Nesse caso, a CONTRATADA deverd utilizar o sistema determinado pelo CONTRATANTE 15.21. A responsabilidade da migragdo sera da CONTRATADA 15.2.2. O prazo para a migragéo total é 60 dias. @ qualquer momento, instalar ferramenta propria para gerencia de 15. CLAUSULA DECIMA SEXTA - GLOSAS 16.1. Havera glosa no pagamento quando @ CONTRATADA nio produzir os resultados, deixar de executar, ou ndo executar com a qualidade minima exigida as atividades contratadas, conforme item 14 do Termo de Referéncia (GLOSAS). 16.2. O valor das glosas esta limitado a 30% do valor total da fatura do més de ocorréncia. Caso 0 célculo das glosas aponte para um valor superior, além das glosas no limite de 30%, serdo aplicadas sangGes administrativas de forma escalonada, de acordo com a reincidénci 16. CLAUSULA DECIMA SETIMA - SANCOES ADMINISTRATIVAS 17.1. Comete infragao administrativa nos termos da Lei n® 8.666, de 1993 e da Lei n® 10.520, de 2002, a Contratada que: 2) _inexecutar total ou parcialmente qualquer das obrigacdes assumidas em decorréncia da contratagao; b) ensejar o retardamento da execucao do objeto; @)_ fraudar na execucéo do contrato; @) _comportar-se de modo inidéneo; ©) cometer fraude fiscal; no mantiver a proposta ou as condicdes de habilitacso; nl 17.2, A contratada que cometer qualquer das infragbes discriminadas no subitem acima ficaré sujeita, sem prejuizo da responsabilidade civil e criminal, as seguintes sancGes: 17.2.1. adverténcia por faltas leves, assim entendidas aquelas que nao acarretem prejuizos significativos para a Contratante; 17.22. multa moratéria de 0,5% (meio por cento) por dia de atraso injustificado sobre o valor da parcela inadimplida, até o limite de 20%; 17.23, multa compensatéria 17.2311. segundo as diretrizes do item 16 do Termo de Referéncia, ANEXO I do edital Deb 2/2015; 17.2.3.2. de até 10% (dez por cento) sobre o valor total do contrato, nos casos em a ‘Administracdo se julgar lesada economicamente por infrago cometida pela CONTRATADA; 17233, a multa compensatoria sera aplicada de forma proporcional 8 obrigaggo inadimplida, a critério da autoridade competente, 0 Diretor do Departamento de Comunicagdes e Documentacao; 17.24. suspensio de licitar e impedimento de contratar com 0 6rgéo ou entidade Contratante, pelo prazo de até dois anos; 17.25. impedimento de licitar e contratar com a Unido com 0 consequente descredenciamento no SICAF pelo prazo de até cinco anos; 17.26. declaracéo de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administracéo Publica, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punicéo ou até que seja promovida @ ‘reabilitacao perante a propria autoridade que aplicou a penalidade, que seré concedida sempre que a Contratada ressarcir a Contratante pelos prejuizos causados; 17.3. Também ficam sujeitas as penalidades do art. 87, I e IV da Lei n? 8.666, de 1993, a Contratada que: 173.1, tenha sofrido condenacéo definitiva por praticar, por meio dolosos, fraude fiscal no recolhimento de quaisquer tributos; 1732, tenha praticado atos ilicitos visando a frustrar os objetivos da licitacéo; 17.33. demonstre nao possuir idoneidade para contratar com a Administragio em virtude de atos ilictos praticados. 174. A aplicacéo de qualquer das penalidades previstas realizar-se-4 em processo administrative ‘que asseguraré 0 contraditério e a ampla defesa 8 Contratada, observando-se 0 procedimento Previsto na Lei n° 8.666, de 1993, e subsidiariamente a Lei n® 9.784, de 1999. 1755. A autoridade competente, na aplicacéo das sangdes, levaré em consideracdo a gravidade da conduta do infrator, o carater educativo da pena, a reincidéncia, bem como 0 dano causado a ‘Administracéo, observado 0 principio da proporcionalidade. 17.6. As penalidades serao obrigatoriamente registradas no SICAF. M wf 17. CLAUSULA DECIMA OITAVA - VEDAGOES 18.1, € vedado a CONTRATADA: 8) Ceucionar ou utilizar este termo de contrato para qualquer operagio financeira; 5) Interromper a execugdo dos servigos sob alegagao inadimplemento por parte da CONTRATANTE, exceto nos casos previstos em Lei 18. CLAUSULA DECIMA NONA - RESCISAO 191. 0 presente Termo de Contrato podera ser rescindido nas hipoteses previstes no art. 78 da bel n? 8.666, de 1993, com as consequéncias indicadas no art. 80 da mesma Lei, sem prejuizo da aplicagao das sancées previstas no Termo de Referéncia e Anexos. 192. Os casos de resciso contratual sero formalmente motivados, assegurado a CONTRATADA o direito & prévia e ampla defesa. 193. A CONTRATADA reconhece os direitos da CONTRATANTE em caso de rescisdo administrativa prevista no art. 77 da Lei n° 8,666, de 1993, 194. © Termo de Resciséo, sempre que possivel, devera indicar: (a) balanco dos eventos contratuais ja cumpridos ou parcialmente cumpridos; (b) relacdo dos pagamentos jé efetuados ainda devidos; (¢) indenizagdes e multas. 195. © contrato sera rescindido amigavelmente em caso de supressio do objeto do suporte manutencdo, mediante aviso prévio de 30 dias 8 CONTRATADA, 19. CLAUSULA VIGESIMA - PUBLICACAO 20.1. Incumbiré CONTRATANTE providenciar a publicagio deste instrumento, por extrato, no Didrio Oficial da Unigo, no prazo previsto na Lei n® 8.666, de 1993, 20. CLAUSULA VIGESIMA PRIMEIRA - ALTERACOES: 211. Eventuais alteragdes contratuais reger-se-do pela disciplina do art. 65 da Lei n° 8.666, de 1993. 21.2. A CONTRATADA é obrigada a aceitar, nas mesmas condicdes contratuais, os acréscimos ou supressbes que se fizerem necessérios, até 0 limite de 25% (vinte e cinco por cento) do valor inicial atualizado do contrato. 213. As supressdes resultantes de acordo celebrado entre as contratantes poderdo exceder 0 limite de 25% (vinte e cinco por cento) do valor inical atualizado do contrato, 21. CLAUSULA VIGESIMA SEGUNDA - CASOS OMISSOS 22.1, _Os casos omissos serdo decididos pela CONTRATANTE, segundo as disposicées contidas na Lei 8.66/93, na Lei 10.520/02 e demais normas federais aplicdveis e subsidiariamente, segundo as isposig6es contidas na Lei n* 8078/90 e normas e principios gerias dos contratos. 22. CLAUSULA VIGESIMA TERCEIRA ~ PUBLICACAO 23.1. Incumbiré 8 CONTRATANTE providenciar a publicacéo deste instrumento, por extrato, no Diario Oficial da Unigo, no prazo previsto na Lei n* 8.66/93 23. CLAUSULA VIGESIMA QUARTA - FORO 241. Foro para solucionar 05 litigios que decorrerem da execugdo deste Termo de Contrato serd 0 da Secdo Judiciéria de Brasilia - Justica Federal. Para firmeza e validade do pactuado, o presente Termo de Contrato foi lavrado em 3 (trés) vias de igual teor, que, depois de lido e achado em ordem, vai assinado pelos contraentes, Brasilia, 15 de abril de 2015. Iso Pedrokcorrap LOsta Diretor do Departamento de Comunicacdes e Documentagio MINISTERIO DAS RELACOES EXTERIORES ld. celo José Fejrari Diretor Comer I: DATAINFO SOLUGOES EM TECN( JLOGIA DA INFORMACAO LTDA Marcelo José Ferrari CPF: 864.616.999-53 Disord Staab neschainitine Tocndloga So eae Se Lida oo 4. Nome: THIAGO WOREC IT Nome GP cso Kut racks CPF: 69S. 262.1 I-53 CPF OFF. 998. 829- 98