Você está na página 1de 12
Nome: Nº: Ano: 8º Ensino Fundamental Disciplina: História Data: / / Prof: Teonila L. S.

Nome:

Nº:

Ano: 8º

Ensino Fundamental

Disciplina: História

Data:

/

/

Prof: Teonila L. S. Maia

 

Nota:

 

Roteiro de Recuperação 2ª etapa

 

Caro aluno,

Estes são os conteúdos e sugestões de atividades para os estudos de recuperação semestral.

INSTRUÇÕES:

Atenciosamente,

Equipe Pedagógica.

O roteiro é uma preparação para a prova de recuperação semestral. Divida o trabalho em partes e só resolva as atividades após a leitura e estudo dos textos do livro. Refaça os exercícios do livro relacionados aos itens de estudo. Material de consulta: Livro Básico de História

Assuntos e páginas:

As missões jesuíticas. Pág. 12 a 16. A conquista do sertão. Pág. 16 a 21. A descoberta do ouro. Pág. 36 a 37. A exploração de ouro e diamante. Pág. 38 a 43. O mercado interno e a vida cotidiana nas cidades mineiras. Pág. 44 a 57 As Revoluções Inglesas do século XVII – Pág.62 a 65 Inglaterra e a Revolução Industrial – Pág. 66 a 87 A era da Ilustração – Pág. 92 a 95 A Independência dos estados Unidos – Pág. 96 a 101 A Revolução Francesa – Pág. 102 a 113

1) RESUMIR, DEFINIE e ou EXPLICAR os tópicos seguintes:

1.1 As missões jesuítas.

1.2 As bandeiras de apresamento.

1.3 Bandeirantes: Herois ou Vilões?

1.4 As expedições portuguesas para a descoberta de ouro na Colônia.

1.5 A guerra dos Emboabas.

1.6 Datas e faiscações.

1.7 O quinto e a criação de novos impostos.

1.8 A revolta contra os impostos.

1.9 O controle sobre os diamantes.

1.10 A sociedade mineira.

1.11 As irmandades religiosas.

AS REVOLUÇÕES INGLESAS

2) RESUMIR, DEFINIE e ou EXPLICAR os tópicos seguintes:

2.1 A Revolução Puritana.

2.2 A Revolução Gloriosa.

2.3 Motivos do pioneirismo da Inglaterra no processo de industrialização.

2.4 A Revolução Industrial ( O que foi? )

2.5 A instalação das fábricas e o crescimento das cidades.

2.6 A substituição do homem pela máquina.

2.7 Quem são os novos grupos sociais?

2.8 A vida operária nas cidades operárias.

2.9 Ludismo.

2.10 A formação dos sindicatos.

2.11 Cartismo.

A ERA DA ILUSTRAÇÃO

3) RESUMIR, DEFINIE e ou EXPLICAR os tópicos seguintes:

3.1 - Iluminismo.

3.2 - Antigo Regime.

3.3 – Pensadores Iluministas.

3.4 – O liberalismo econômico.

3.5 – O despotismo esclarecido.

A INDEPENDÊNCIA DOS EUA

4) RESUMIR, DEFINIE e ou EXPLICAR os tópicos seguintes:

4.1 – O que provocou a crise entre as colônias americanas e a Inglaterra?

4.2 – Mudanças na política inglesa que provocaram descontentamento nos colonos.

4.3 – O significado da independência.

A REVOLUÇÃO FRANCESA

5) RESUMIR, DEFINIE e ou EXPLICAR os tópicos seguintes:

5.1 - Causas da revolução.

5.2 - A França antes da revolução / A crise econômica.

5.3 - O início da revolução.

5.4 - O que significou a queda da Bastilha.

5.5 - A monarquia constitucional.

5.6 – Os jacobinos no poder e e era do terror.

5.7 – O governo do Diretório.

5.8 - O 18 Brumário – fim da revolução?

Após o estudo refaça as avaliações:

Questão 1)

1ª etapa

Ouro Preto: cidade histórica de Minas Gerais, palco da sociedade mineradora colonial brasileira. Nas igrejas, como a que você vê abaixo, resta pouco do ouro que fora extraído da região.

abaixo, resta pouco do ouro que fora extraído da região. Igreja São Francisco de Assis –

Igreja São Francisco de Assis – Ouro

http://www.mundoeducacao.com.br/historiadobrasil/economia-mineradora.htm

EXPLIQUE como Portugal organizou o sistema de tributação na região das Minas Gerais para garantir a sua renda.

Questão 2)

Veja a imagem. Ela ironiza uma das situações decorrentes da colonização portuguesa no Brasil.

decorrentes da colonização portuguesa no Brasil.

http://veja.abril.com.br/saladeaula/280905/imagens/brasil.gif

Sobre a colonização portuguesa no Brasil podemos AFIRMAR:

A) Garantiu em plenitude a liberdade religiosa na colônia.

B) Baseou-se no respeito à diversidade cultural da região.

C) Estabeleceu uma submissão política e um monopólio colonial.

D) Favoreceu o escoamento do excedente demográfico americano.

Questão 3

Veja as imagens. Elas apresentam alguns aspectos da economia do Brasil colonial.

apresentam alguns aspectos da economia do Brasil colonial. Mineração Pecuária Cana de açúcar Leia as afirmativas

Mineração

alguns aspectos da economia do Brasil colonial. Mineração Pecuária Cana de açúcar Leia as afirmativas a

Pecuária

da economia do Brasil colonial. Mineração Pecuária Cana de açúcar Leia as afirmativas a seguir sobre

Cana de açúcar

Leia as afirmativas a seguir sobre a economia do Brasil colonial.

1 – Salvador deixou de ser a capital do Brasil, sendo substituída pelo Rio de Janeiro, que possuía melhor localização, segundo os interesses da Coroa.

2 – A área colonial recebeu intenso fluxo de migração interna e externa e nela predominou,

inicialmente, uma atividade econômica sem o suporte adequado de outras, o que gerou escassez de alimentos e inflação.

3 – A metrópole passou a exercer um maior controle fiscal e político sobre a área colonial em questão, aumentando o corpo de funcionários administrativos.

As afirmativas anteriores REFEREM-SE à(ao):

A) Mineração.

B) Pecuária.

C) Cultivo de cana-de- açúcar.

D) Exploração do pau- brasil.

Questão 4)

Questão 4) Essa charge permite estabelecer um diálogo com o passado porque faz referência A) ao

Essa charge permite estabelecer um diálogo com o passado porque faz referência

A) ao estabelecimento de feitorias no

litoral, onde ocorria o escambo: a troca

de espelhos, machados, panos, por toras de pau-brasil.

B) ao desejo dos europeus em

encontrar, nas terras recém descobertas, metais preciosos como o ouro e a prata.

C) ao sistema de governo adotado na

América a partir de 1534, quando os

portugueses resolveram dividir o território em 15 lotes de terra.

D) aos desentendimentos entre nativos e portugueses a partir do momento em que ficaram claras as ambições portuguesas de obter lucro com as terras.

As questões 5 e 6 se referem ao relato do padre jesuíta André João Antonil sobre a atividade mineradora no século XVIII.

A sede insaciável do ouro estimulou a tantos a deixarem suas terras, e a meterem-se por caminhos tão ásperos, como são os das minas, que dificultosamente se poderá dar conta do número das pessoas que atualmente lá estão. Contudo, os que assistiram nelas nestes últimos anos por largo tempo, e as correram todas, dizem que mais de trinta mil almas se ocupam, umas em catar, outras em mandar catar nos ribeiros do ouro; e outras em negociar, vendendo e comprando o que se há mister não só para a vida, mas para o regalo, mais que nos portos do mar. Cada ano vem das frotas quantidade de portugueses e de estrangeiros para passarem às minas. Das cidades, vilas, recôncavos e sertões do Brasil, vão brancos, pardos e pretos e muitos índios de que os paulistas se servem. A mistura é de toda a condição de pessoas: homens e mulheres, moços e velhos, pobres e ricos, nobres e plebeus e seculares, clérigos, e religiosos de diversos institutos, muitos dos quais não têm no Brasil convento, nem casa. Sobre esta gente, quanto ao temporal, não houve até ao presente coação ou governo algum bem ordenado; e apenas se guardam algumas leis que pertencem às datas, e repartições dos ribeiros. No mais, não há ministros, nem justiças, que tratem, ou possam tratar do castigo dos crimes, que não são poucos, principalmente dos homicídios e furtos.

ANTONIL, André João. Cultura e Opulência do Brasil. Belo Horizonte: Edusp. 1982 p.91.

Questão 5)

A sede insaciável do ouro provocou

A) a disputa por

riquezas e a urbanização na região dos minas.

B) a violência e o

enriquecimento rápido

Questão 6:

com grande fartura para todos.

C) a devastação ambiental e o desemprego.

D) a ocupação da região centro-oeste e a abolição do trabalho escravos.

A Intendência das Minas, órgão diretamente ligado à Coroa Portuguesa tinha como objetivo

A) julgar os crimes ocorridos na região

mineradora.

B) cobrar tributos e dividir a área

aurífera em datas.

Questão 7)

C) realizar o casamento dos mestiços.

D) criar leis para impedir a exploração

do trabalho nas minas

O continente americano, a partir do século XVI, passou a receber povos africanos que eram trazidos para serem empregados como mão-de-obra escrava nas grandes plantações e nas minas.

Como era a condição de trabalho do escravo africano nas minas?

Questão 8)

No século XVIII, o governo português adotou medidas que aumentaram o descontentamento dos

colonos. A charge a seguir refere-se a uma dessas medidas. Observe-a:

FONTE: NOVAES, Carlos

Eduardo e LOBO, César: História do Brasil para Principiantes: 500 anos de idas e vindas. São Paulo: Ática. 2007.

500 anos de idas e vindas. São Paulo: Ática. 2007. FONTE: NOVAES, Carlos Eduardvindas. São Paulo:

FONTE: NOVAES, Carlos Eduardvindas. São Paulo: Ática. 2007.

O autor da charge faz uma crítica a:

A) adoção do quinto como imposto exclusivo na região das minas destinado à coroa, excetuando-se os dízimos que continuariam a ser pagos à Igreja.

B) cobrança dos quintos atrasados quando não fossem atingidas as 100 arrobas anuais de ouro exigidas pela coroa.

Questão 9)

Veja:

dinâmica na economia colonial

A pecuária ofereceu uma nova

dinâmica na economia colonial A pecuária ofereceu uma nova www.brasilescola.com/historiab/pecuaria-no-periodo-

www.brasilescola.com/historiab/pecuaria-no-periodo-

colonial.htm

Por que a pecuária foi uma atividade importante para a expansão da América Portuguesa?

C) criação das casas de fundição que seriam encarregadas de fundir o ouro em pó e cobrar a quinta parte destinada à coroa.

D)

proibição da existência de

manufaturas na colônia para garantir

maiores

metropolitana.

para a burguesia

a

lucros

Questão 10)

Comente os fatores que provocaram a crise na economia de Portugal no século XVII.

Questão 11)

Responda às questões sobre a revolta de Beckman e a Guerra dos Mascates.

a) Quais foram os grupos sociais envolvidos em cada movimento?

b) Que interesses entraram em conflito?

QUESTÃO 1)

2ª etapa

Veja a imagem:

Quebra de máquinas

em conflito? QUESTÃO 1) 2ª etapa Veja a imagem: Quebra de máquinas http://muertequerida.com/blog_images/CyE1.28.jpg

http://muertequerida.com/blog_images/CyE1.28.jpg

IDENTIFIQUE e EXPLIQUE o contexto histórico no qual se insere a ilustração anterior.

QUESTÃO 2)

Veja a imagem:

Trabalho infantil na Inglaterra durante a Revolução Industrial

infantil na Inglaterra durante a Revolução Industrial Durante a Revolução Industrial, era comum, cenas como esta

Durante a Revolução Industrial, era comum, cenas como esta na Inglaterra. A mão de obra feminina e infantil foi muito utilizada. Milhares de crianças trabalhavam até 18 horas por dia, sem pausa para o descanso.

Hoje em dia, por que ainda existem crianças trabalhando? Você concorda com o trabalho infantil? EXPLIQUE sua resposta apontando argumentos justificáveis.

QUESTÃO 3)

A Inglaterra é considerada a grande “oficina do mundo”, pois lá ocorreu a Revolução Industrial.

EXPLIQUE quais foram as condições internas que favoreceram o início da industrialização inglesa no século XVIII.

QUESTÃO 4)

Veja:

inglesa no século XVIII. QUESTÃO 4) Veja: http://1.bp.blogspot.com De acordo com o que estudamos na

http://1.bp.blogspot.com

De acordo com o que estudamos na Revolução Industrial e relembrando a cena do filme “Tempos Modernos” EXPLIQUE a crítica sugerida pelo autor da charge acima:

Questão 5)

A Revolução Industrial teve início no século XVIII, na Inglaterra, com a mecanização dos sistemas de

produção. Enquanto na Idade Média o artesanato era a forma de produzir mais utilizada, na Idade Moderna tudo mudou.

ASSINALE a opção que comprova o parágrafo anterior:

A) Toda a maquinofatura foi substituída pela manufatura.

B) O artesanato é extinto, tudo passou a ser feito pelas máquinas.

C) As máquinas ganharam os motores e o homem se tornou operário.

D) O artesão desaparece de vez em toda a Inglaterra pós industrial.

Questão 6)

A) B) C) D)
A)
B)
C)
D)

Oliver Cromwell assumiu o governo na Inglaterra após a Guerra Civil que opôs o Rei e o Parlamento na denominada Revolução Puritana (1642-1649).

Sobre o seu governo é CORRETO afirmar que:

Houve uma mudança significativa e uma grande vitória da liberdade em

função das atitudes tolerantes de Cromwell .

Garantiu que os beneficiários da revolução não deveriam ser apenas os

burgueses, mas todas as camadas sociais.

Governou de forma autoritária e instituiu os Atos de Navegação que

estimularam o desenvolvimento comercial e marítimo.

Estimulou o Parlamento a aprovar leis que concediam poder político e

liberdade econômica aos burgueses.

QUESTÃO 7)

A imagem a seguir pode ser entendida no contexto da Revolução Inglesa. Observe-a:

ser entendida no contexto da Revolução Inglesa. Observe-a: A alternativa que explica CORRETAMENTE a sátira feita

A alternativa que explica CORRETAMENTE a sátira feita pelo autor da charge é:

A) Demonstra a afirmação do poder real perante o Parlamento, que foi consolidado após a

Revolução Puritana.

B) Ironiza a pressão do Parlamento para afirmar seu poder frente ao rei, o que se concretiza na

Revolução Gloriosa.

C) Critica a relação entre Oliver Cromwell e o Parlamento, sendo que o primeiro se submeteu às

decisões democráticas da Câmara dos Comuns.

D) Representa a relação conflituosa entre os niveladores e o rei durante a Revolução Puritana o que

garantiu a eleição democrática de Cromwell.

QUESTÃO 8)

A Inglaterra foi o país que saiu na frente no processo de Revolução Industrial do século XVIII. Este fato pode ser explicado por diversos fatores entre eles:

A) Inglaterra possuía grandes reservas de petróleo, ou seja, a principal fonte de energia para

movimentar as máquinas e as locomotivas neste período.

B) A importação de tecnologia foi fundamental para o desenvolvimento dos processos industriais na

Inglaterra.

C) A mão-de-obra disponível em abundância, desde a Lei dos Cercamentos de Terras, favoreceu a

Inglaterra.

D) Na Inglaterra, o crescimento industrial contou com o apoio do Estado que desde o início

incentivou o surgimento e o desenvolvimento das fábricas.