Você está na página 1de 2

Marisa Monte: fugere urbem puro!!!!

Pessoal,

Vejam, abaixo, a letra da cano Vilarejo, da Marisa Monte. Assim como o


poema do Drummond que trabalhamos em sala, a msica um dilogo
moderno com a temtica do Arcadismo.

H um vilarejo ali

Onde areja um vento bom

Na varanda, quem descansa

V o horizonte deitar no cho

Pra acalmar o corao

L o mundo tem razo

Terra de heris, lares de me

Paraiso se mudou para l

Por cima das casas, cal

Frutas em qualquer quintal

Peitos fartos, filhos fortes

Sonho semeando o mundo real

Toda gente cabe l

Palestina, Shangri-l

Vem andar e voa

Vem andar e voa

Vem andar e voa


L o tempo espera

L primavera

Portas e janelas ficam sempre abertas

Pra sorte entrar

Em todas as mesas, po

Flores enfeitando

Os caminhos, os vestidos, os destinos

E essa cano

Tem um verdadeiro amor

Para quando voc for.

Observem que a descrio do vilarejo como um lugar capaz de "acalmar o


corao", lugar de perfeio e equilbrio muito semelhante s
caractersticas rcades que estudamos. Aqui, merece destaque o fugere
urbem, a fuga da cidade, afinal, como diz a letra, at o "Paraiso se mudou
para l", por isso o convite para viver em um lugar to harmonioso, de tanta
paz, clara oposio correria das cidades que ameaa corromper, stressar e
deixar o homem, de ontem e de hoje, doidooooooooooooooo. H tambm o
culto ao locus amoenus, a aurea mediocitas e o bucolismo, presenas fortes
do Arcadismo.

Você também pode gostar