Você está na página 1de 10

Agrupamento de escolas do Bairro Padre Cruz

Memória Descritiva
Memória Descritiva e Justificativa

ROBOT “BPC – HOME ENERGY”

MEMÓRIA DESCRITIVA

PROJECTO “CONCURSO GERAÇÃO DEPOSITRÃO:


ACTIVIDADE CRIATIVA”

1. INTRODUÇÃO
A presente Memória Descritiva refere-se ao projecto Tridimensional, inserido no
concurso Geração Depositrão: Actividade Criativa. Neste sentido, foi construído na
sala de aula um ROBOT, a partir de materiais eléctricos e electrónicos de pequeno
porte, previamente entregues (colocados no depositrão) na escola sede do
Agrupamento.

2.O PROJECTO TRIDIMENSIONAL

O presente projecto, denominado “BPC – HOME ENERGY”, pretende representar a


três dimensões, o protótipo de um ROBOT caseiro, construído a partir de materiais
eléctricos e electrónicos, devidamente seleccionados.

Depois de analisados, no seu conjunto, os materiais foram reaproveitados no sentido


da construção do referido ROBOT. A forma foi escolhida pelos alunos participantes no
projecto, pertencentes às turmas A, C e D do 8º ao de escolaridade.

Foram utilizados materiais/peças pertencentes inicialmente, aos seguintes utensílios:

- Telemóveis

- Aspirador

- Batedeira

1
Agrupamento de escolas do Bairro Padre Cruz

Memória Descritiva

- Computador

- Monitor

- Lanterna

- CDs

- Lâmpadas

- Fios eléctricos

- Outros materiais eléctricos e electrónicos

3. ENVOLVIMENTO DOS ALUNOS

Os alunos envolvidos foram acompanhados e orientados pelos professores Maria Manuel


Passas, coordenadora do projecto Eco-Escolas e Directora de Turma do 8ºA, pela professora
Paula Dionísio, pertencente à equipa Eco-Escolas e Directora de Turma do 8ºC, pela
professora Cristina Araújo, professora de Expressão Plástica e Directora de Turma da Turma
de Percursos Curriculares Alternativos 8ºD e pelo professor David Parrinha, docente de E.V.T.
e membro da Equipa Eco-Escolas. O projecto, de cariz multidisciplinar, passou por várias
disciplinas, sendo que a componente prática foi realizada nas aulas de Área de Projecto e
Expressão Plástica.

4. A CONSTRUÇÃO DO PROJECTO

Os discentes procederam à análise e selecção dos materiais que se encontravam no


depositrão e, após várias tentativas de construção de uma obra criativa, utilizando diferentes
materiais, desde ferros de engomar a computadores, os alunos, sob orientação dos docentes,
optaram pela forma tridimensional que se apresenta neste projecto: um robot multifuncional.
Realizados alguns esboços e organizadas as peças que o iam caracterizar, procedeu-se à
colagem ou afixação das mesmas, dando forma a um corpo principal: um aspirador móvel.

O objectivo da construção deste “robot” seria o de obter um “ajudante para as tarefas da casa
- domésticas” realizando, através de comando humano, os serviços principais. Assim,
procedeu-se à sua construção, partindo dos seguintes pressupostos:

- A base deste robot é constituída por um aspirador por este se puder deslocar, possuindo
rodas na parte dianteira;

2
Agrupamento de escolas do Bairro Padre Cruz

Memória Descritiva

- Acrescentou-se um auto-rádio, pois é sempre melhor trabalhar com música, alegrando o


ambiente;

- Para a sua decoração/caracterização - foram colocados uns olhos robóticos, construídos a


partir de dois CDs danificados, o vidro de uma lanterna e algumas teclas de um teclado de
computador;

- Lateralmente foram afixados diversos botões, que controlam as funcionalidades do nosso


robot (manuais, para além de telecomandado);

- Para que consiga executar as tarefas pretendidas, foram afixadas duas memórias (placa
gráfica) de um computador devidamente inutilizado – a da frente controla e direcciona os olhos
(visão), a luz da frente e as funcionalidades do braço direito; A memória colocada na parte de
trás, controla a luz de trás, o rádio, as funcionalidades do braço esquerdo e o movimento das
rodas;

- O braço esquerdo é constituído por uma trituradora/batedeira e o braço direito possui uma
ficha de entrada USB;

- No cimo da parte da frente, cortámos e afixamos o invólucro de uma lanterna que irá servir de
local de introdução do detergente que for necessário para a tarefa a executar;

- Ainda, na parte da frente do nosso robot, encontra-se o fio que o ligará à electricidade,
devidamente protegido e ainda, escrita a palavra “SMILE” com as teclas um teclado (no
sentido de apelar, apenas, ao sorriso de quem o observa);

- O robot será controlado e programado por um monitor, também ele modificado – possui
teclado de controlo no próprio monitor (teclas reaproveitadas de um teclado de computador) e
um rato que foi construído a partir de um antigo telemóvel. O tapete de rato é também um CD
reaproveitado.

Todos os materiais foram afixados com cola quente ou silicone no sentido da respectiva
afixação ao corpo principal. Os olhos foram colocados ainda, com a ajuda de pedaços de
arame fino.

A componente estética foi também uma preocupação dos alunos e, por esse motivo, depois de
analisado o produto obtido, foram afixados três CDs (decorando a parte da cabeça do mesmo)
no topo e colados outros adereços, imaginando-se que poderiam vir a ser botões de acesso a
diferentes funções deste Robot.

Relativamente ao nome atribuído, foi escolhido “BPC Home Energy”. O mesmo está
relacionado com o bairro onde residem e estudam os alunos, Bairro Padre Cruz, mais
conhecido por BPC e “Home Energy” por se pretender que seja um robot que venha a efectuar

3
Agrupamento de escolas do Bairro Padre Cruz

Memória Descritiva

as tarefas caseiras, tal como referido inicialmente e, sendo construído a partir de materiais
reciclados e reaproveitados, pretende ainda apelar a necessidade de poupança de energia.

Desta forma e, tendo em consideração esta descrição, obtivemos o robot que a seguir se
mostra, nas seguintes fotografias, actualmente exposto no átrio da escola sede do
Agrupamento de Escolas do Bairro Padre Cruz.

Fig. 1 – A exposição do projecto no átrio da escola sede do agrupamento, sob o tema: “O velho
vira...giro!”

Fig. 2 – O robot em exposição, no já referido átrio, ao lado do contentor da Geração


Depositrão.

4
Agrupamento de escolas do Bairro Padre Cruz

Memória Descritiva

Fig.3 – Vista de frente, do robot e monitor de controlo e programação.

Fig. 4 – Vista de frente do robot.

5
Agrupamento de escolas do Bairro Padre Cruz

Memória Descritiva

Fig. 5 – Vista do robot, lado direito.

Fig. 6 – Vista do robot, parte de trás.

6
Agrupamento de escolas do Bairro Padre Cruz

Memória Descritiva

Fig. 7 – Vista do robot, de cima, parte de trás.

Fig. 8 – Vista do robot, lado esquerdo.

7
Agrupamento de escolas do Bairro Padre Cruz

Memória Descritiva

Fig. 9 – Vista do monitor de controlo/programação.

Fig. 10 – Vista do robot, decima, parte da frente.

8
Agrupamento de escolas do Bairro Padre Cruz

Memória Descritiva

Fig. 11 – Pormenor do robot, olhos robóticos e memória controlada por telemóvel


reaproveitado.

Fig. 12 – Pormenor do “smile” e ficha de ligação à electricidade, devidamente protegida.

Os professores envolvidos no projecto: Os alunos envolvidos no projecto:

David Parrinha - Alunos da turmas A, C e D do 8º ano de

Maria Cristina Araújo escolaridade.

Maria Manuel Passas

Paula Dionísio
9
Agrupamento de escolas do Bairro Padre Cruz

Memória Descritiva

10