Você está na página 1de 36
EMPREENDEDORISMO, GESTÃO E CUSTOS PROF. LEONARDO SANTOS

EMPREENDEDORISMO,

GESTÃO E CUSTOS

PROF. LEONARDO SANTOS

POR QUE ESTUDAR CUSTOS

INFORMAÇÕES SOBRE RENTABILIDADE E DESEMPRENHO DE DIVERSAS ATIVIDADES DA EMPRESA;

AUXILIO NO PLANEJAMENTO E CONTROLE DAS OPERAÇÕES;

TOMADA DE DECISÕES;

CONHECIMENTO DO MERCADO;

REDUZIR DESPERDÍCIO;

OTIMIZAR RESULTADOS;

CUSTO X BENEFÍCIO;

VIABILIDADE ECONÔMICA.

O QUE SÃO CUSTOS?

CUSTOS SÃO TODOS OS GASTOS RELACIONADOS A UM PRODUTO ATÉ DEIXÁ-LO EM CONDIÇÕES DE VENDER. OU SEJA: TUDO AQUILO QUE É UTILIZADO PARA PRODUZIR UM BEM OU SERVIÇO OU ADQUIRIR UM BEM PARA SER VENDIDO.

GASTOS

REPRESENTA AS TRANSAÇÕES ASSUMIDAS PELA ENTIDADE VISANDO À OBTENÇÃO DE UM PRODUTO OU SERVIÇO. NESTAS OPERAÇÕES A ENTIDADE SE COMPROMETE A

ENTREGAR ATIVOS (DINHEIRO) OU ASSUME COMPROMISSOS.

EXEMPLOS:

A AQUISIÇÃO DE UMA MÁQUINA INDUSTRIAL É UM GASTO CLASSIFICADO COMO INVESTIMENTO;

O PAGAMENTO DOS SALÁRIOS É UM GASTO CLASSIFICADO COMO DESPESA.

O QUE SÃO DESPESAS?

DESPESAS SÃO TODOS OS GASTOS QUE NÃO ESTÃO RELACIONADOS DIRETAMENTE COM O PRODUTO/SERVIÇO, MAS SÃO NECESSÁRIOS PARA ATENDER A ESTRUTURA DA SUA EMPRESA, OU SEJA, SÃO GASTOS PARA MANTER A EMPRESA EM FUNCIONAMENTO.

OBS: CUSTO ESTÁ DIRETAMENTE LIGADO AO PRODUTO/SERVIÇO, A DESPESA NÃO ESTÁ DIRETAMENTE LIGADA AO PROCESSO DE PRODUÇÃO OU A VENDA DO PRODUTO OU O SERVIÇO.

CLASSIFICAÇÃO DOS CUSTOS E DESPESAS

DIRETOS:

EX: MATÉRIA-PRIMA

INDIRETOS:

EX: PRO-LABORE

FIXOS:

EX: SALÁRIO (ADMINISTRATIVO)

VARIÁVEIS:

COMISSÕES(VENDAS)/MATÉRIA-PRIMA

PERDAS

ACONTECE COM SURGIMENTO DE EVENTO ANORMAL, NÃO SE CARACTERIZANDO COMO CUSTO OU MESMO DESPESA. SÃO ITENS QUE VÃO DIRETAMENTE À CONTA DE RESULTADOS, ASSIM COMO AS DESPESAS, MAS NÃO REPRESENTAM SACRIFÍCIOS NORMAIS OU DERIVADOS DE FORMA VOLUNTÁRIA DAS ATIVIDADES DESTINADAS À OBTENÇÃO DE RECEITA.

DEPRECIAÇÃO

É OBSOLESCÊNCIA DOS ATIVOS IMOBILIZADOS, COMO POR

EXEMPLO MÁQUINAS, VEÍCULOS, MÓVEIS, IMÓVEIS OU INSTALAÇÕES.

CONCEITO DE INVESTIMENTO

APLICAÇÃO DE CAPITAL EM MEIOS DE PRODUÇÃO, COM INTUITO DE AUMENTO DA CAPACIDADE PRODUTIVA. EX: MÁQUINAS, INSTALAÇÕES, TRANSPORTE, INFRAESTRUTURA (INVESTIMENTO PERMANENTE), MATÉRIA-PRIMA (INVESTIMENTO CIRCULANTE ESTOQUE)

ATIVIDADE

CLASSIFIQUE OS EVENTOS ABAIXO RELATIVOS A UMA INDÚSTRIA, COMO INVESTIMENTO (I), CUSTOS (C), DESPESAS (D) OU PERDA (P).

(

) COMPRA DE MATÉRIA-PRIMA

(

) CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA

(

) GASTOS COM MÃO-DE-OBRA (PRODUÇÃO)

(

) CONSUMO DE COMBUSTÍVEL (VENDEDORES)

(

) GASTO COM PESSOAL ADMINISTRATIVO (ESCRITÓRIO)

(

) AQUISIÇÃO DE MAQUINAS

(

) DESGASTE DE MAQUINAS

(

) COMISSÕES PROPORCIONAIS AS VENDAS

(

) SALÁRIO DO CONTADOR

(

) CONSUMO DE MATERIAL PARA ESCRITÓRIO

(

) DETERIORAÇÃO DE ESTOQUE DE MATÉRIA-PRIMA POR ENCHENTE

(

) SOBRAS DE MATÉRIA-PRIMA DO PROCESSO PRODUTIVO

(

) GASTOS COM DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PRODUTOS

(

) GASTO COM SEGURO

DEPRECIAÇÃO

DEPRECIAÇÃO= (R$) OBJETO, BEM DEPRECIADO/(T) DEPRECIAÇÃO

EX: MAQ. COSTURA: 10 ANOS

VALOR: R$ 8.000,00

D=8.000,00/10

D=R$ 800,00

OBS: A DEPRECIAÇÃO DEVE SER APURADA ATÉ A UMA UNIDADE DE APROPRIAÇÃO PARA INCORPORAR NO PREÇO DE VENDA.

SUA CLASSIFICAÇÃO DEVE SER CALCULADA AOS DESPESAS FIXAS.

DEPRECIAÇÃO

Descrição

Qt.

(t) depreciação

R$

Computador

04

5 anos

3.800,00

DEPRECIAÇÃO

Descrição

Qt.

(t) depreciação

R$

Veículo (carro)

01

4 anos

35.000,00

Qual o valor mensal e diária da depreciação?

DEPRECIAÇÃO

Descrição

Qt.

(t) depreciação

R$

Equipamentos,

 

10 anos

26.000,00

ferramentas,

móveis, utensílios

e instalações:

Calcule depreciação anual e percentual?

DEPRECIAÇÃO

Descrição

Qt.

R$ (unit.)

(t) depreciação

Dep.(ano)

Dep.(Mês)

% Dep.

Total

Maq. Costura

05

4.000,00

10 anos

       

Equipamentos em geral

 

6.000,00

10 anos

       

Computador

02

3.500,00

5

anos

       

Veículo

01

35.000,00

5

anos

       

Total

             

DEPRECIAÇÃO

Descrição

Qt.

R$ (unit)

(t) Depreciação

Total

Maq. Costura

05

4.000,00

10

anos

 

20.000,00

Equipamentos em geral

 

6.000,00

10

anos

 

6.000,00

Computador

02

3.500,00

5

anos

7.000,00

Veículo

01

35.000,00

5

anos

35.000,00

Total

     

68.000,00

Dep.(ano)

Dep.(mês)

% dep.(total)

   

2.000,00

166,67

29,41

 

600,00

50,00

8,82

 

1.400,00

116,67

10,29

 

7.000,00

583,33

51,47

 

11.000,00

916,67

99,99=100%

 

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO

MC=PV-(C+D VARIÁVEIS) PREÇO DE VENDA: R$ 26,00 CUSTOS DE PRODUÇÃO: R$ 9,50 DESPESAS DE VENDA: 23,5%

(ICMS, PIS, COFINS, IRPJ, COMISSÕES)

DESPESAS FIXAS: R$ 6.900,00

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO

MC=26-(9,5+6,11)

MC=10,39

MC=100 %-(36,54 %+23,50 %) MC=39,96 %

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO

PREÇO DE VENDA: R$ 20,00 CUSTOS DE PRODUÇÃO: R$ 11,00 DESPESAS VARIÁVEIS: 26,43% DESPESAS FIXAS: 7.100,00 CALCULE MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO DO PRODUTO? CALCULE PERCENTUAL DE MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO?

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO

MC=20,00-(11,00+5,29)

MC=3,71

20,00

100%

3,71

X

20,00.X=371

X=371/20,00

X=18,55%

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO

PROCESSO: FABRICAÇÃO DE CAMISA. (UNIT.)

TECIDO: R$ 4,50

COMISSÕES: 3%

DEPRECIAÇÃO: 400,00

BOTÕES: R$ 1,5

SALARIOS+ENCARGOS: 4.500,00

MÃO-DE-OBRA DIRETA: R$ 2,77

TELEFONE: R$ 200,00

ALUGUEM: R$ 800,00

ENERGIA (FABRICAÇÃO): R$ 0,07 (UNIT)

ENERGIA (ADMINISTRAÇÃO): R$ 400,00

ETIQUETA: R$ 0,70

EMBALAGEM: R$ 1,00

IMPOSTOS:19,20%

LUCRO: 20%

CONCORRENTE A : 29

CONCORRENTE B : 28,00

CONCORRENTE C : 28,50

O PREÇO DE VENDA SERÁ APLICADO

5% MENOR QUE A MÉDIA DA CONCORRÊNCIA

CALCULE A MARGEM DE

CONTRIBUIÇÃO?

CALCULE PONTO DE EQUILÍBRIO?

QUAL A DIFERENÇA DA MEDIA DE

PREÇOS DA CONCORRÊNCIA EM

RELAÇÃO AO CUSTO DE PRODUÇÃO?

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO

R$

R$

Custo de produção

10,54

PV

27,07

29,00+28,00+28,50/3=28,50

-5%

=27,07

Despesas de venda(%)

42,20%

11,42

Despesas fixas

6.300,00

Média de preço concorrência

28,50

MC=27,07-(10,54+11,42)

MC=R$ 5,11

IMC=MC/PV

IMC=5,11/27,07

IMC=0,1888

PE=DF/IMC

PE=6.300,00/0,1888

PE=R$ 33.368,64 PE=33.368,64/5,11 = 1.232,88 UNIDADES PRODUZIDAS

OU

% MC/100

A camisa fabricada com custo de produção R$ 10,54 e aplicada

de

de equilíbrio de

um preço de

venda de R$ 27,07; resulta em margem

(18,88

%)

e

ponto

produção,

respectivamente:

R$

contribuição R$ 5,11

faturamento

e

33.368,64

;

1.232,88 unidades produzidas

ERROS COMUNS A FORMAÇÃO

DE PREÇO DE VENDAS

O meu custo de produção foi R$ 10,54, logo como apliquei um preço de venda competitivo sendo 5% mais barato que a concorrência R$ 27,07, então, sobrou R$ 16,53 de lucro liquido, ou seja, 156,83% a mais que o investimento que realizei de R$ 10,54 para produzir uma peça.

Vendemos nosso produto por r$ 27,05 sendo um preço competitivo,

deduzimos os custos/despesas e nos sobrou r$ 5,11 que é nosso lucro liquido, então, utilizamos esse dinheiro com gastos pessoais e

investimento em maquinas e infraestrutura da empresa.

liquido, então, utilizamos esse dinheiro com gastos pessoais e investimento em maquinas e infraestrutura da empresa.
liquido, então, utilizamos esse dinheiro com gastos pessoais e investimento em maquinas e infraestrutura da empresa.

PONTO DE EQUILÍBRIO

INFORMA O VALOR MÍNIMO NECESSÁRIO PARA PAGAR OS GASTOS (FIXOS E VARIÁVEIS, ESTÁ INFORMAÇÃO É VITAL PARA ANALISE DE VIABILIDADE DA EMPRESA OU DE SUA ADEQUAÇÃO À REALIDADE DE

MERCADO.

Descrição

PE=CUSTO FIXO/IMC (ÍNDICE

Valor

%

DE MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO)

 

1. Vendas

30.000,00

100,00 %

IMC=35/100

 

PE=CUSTO FIXO/MC

   

=0,35

2.

Custos de produção

15.000,00

50,00 %

 

3.

Despesas Variáveis

     

Impostos

3.000,00

10,00 %

 

Comissões

1.500,00

5,00 %

 

4.

Margem de contribuição(1-2-3)

10.500,00

35,00 %

 

Despesas fixas

7.500,00

25,00 %

 

Lucro liquido (4-5)

3.000,00

10,00%

 

PONTO DE EQUILÍBRIO

PE= 7.500,00/0,35

PE= R$ 21.428,57

PONTO DE EQUILÍBRIO

UMA INDÚSTRIA QUER PRODUZIR E VENDER UMA DETERMINADA PEÇA NO VALOR DE R$ 20,00 A UNIDADE. O EMPRESÁRIO CALCULOU QUE VAI TER UM CUSTO DE R$ 3.000,00 MENSAIS EM GASTOS FIXOS, COMO ALUGUEL, LUZ, SALÁRIOS DA ADMINISTRAÇÃO, ETC. O EMPREENDEDOR TAMBÉM CALCULOU QUE A EMPRESA VAI GASTAR R$ 8,50 PELA PRODUÇÃO DE CADA PEÇA, CONTANDO A MÃO DE OBRA DOS FUNCIONÁRIOS E MATÉRIA PRIMA PARA A PEÇA. DESSA FORMA, A MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO E PONTO DE EQUILÍBRIO SERÁ?

PONTO DE EQUILÍBRIO

PE=CUSTO FIXO/MC

MC=PV-(CUSTOS E DESPESAS VARIÁVEIS)

MC=20,00-8,50

MC=11,50

PE=3.000,00/11,50

PE=260,87

PE=3.000,00/0,575 (IMC)

PE= 5.217,39

260 UNIDADES. ISSO QUER DIZER QUE A EMPRESA PRECISA VENDER 260 PEÇAS POR MÊS PARA OPERAR SEM LUCRO OU SEM PREJUÍZO NO MÊS.

ÍNDICE MARK UP

Markup ou mark up é um índice aplicado sobre o custo de um produto ou serviço para a formação do preço de venda, que consiste basicamente em somar-se ao custo unitário do

produto ou serviço uma margem de lucro para obter-se o

preço de venda.

Markup =

1

margem de lucro para obter-se o preço de venda. Markup = 1 100%- (%DESP.+%COMISSÕES+%D. FIXAS+ %LUCRO)

100%- (%DESP.+%COMISSÕES+%D. FIXAS+ %LUCRO)

100

PV=Markup X Custo de produção

APLICAÇÃO DE PREÇO DE VENDA NA INDÚSTRIA

Custo Variável de Produção (CVP)

 

Despesas fixas (DF)

12%

Matéria-prima

Quant.

Unid.

R$ Unit.

R$ Total

Salários

3.620,00

     

Tecido

2,00

M

16,00

32,00

Enc. Sociais

2.172,00

       

Linha

46

M

0,08

 

3,68

Pró-labore

2.000,00

       

Botão

8

Unid.

1,20

 

9,60

         

Caixa

1

Unid.

2,00

2,00

Contador

600,00

Saco plástico

1

Unid.

0,80

0,80

Telefone

250,00

     

Etiqueta

1

Unid.

0,60

0,60

Depreciação

60,00

     

Total

 

48,68

Aluguel

500,00

     

Despesas Variáveis de venda (DVV)

%

Lanches

120,00

   

ICMS

 

17

 

Mat. Limpeza

300,00

       

PIS

0,65

 
         

COFINS

3,00

Combustível

500,00

CONTRIBUIÇÃO SOCIAL

 

1,08

Total

10.122,00

     

IRPJ

1,20

   

COMISSÕES

3,50

Faturamento

180.000,00

 

Total

26,43 %

 

Margem de lucro

15%

 
   

O percentual das despesas fixas e dada pela formula: DF/faturamentoX100

CALCULE?

Índice markup?

Preço de venda?

Margem de contribuição?

Ponto de equilíbrio?

Com faturamento de R$ 180.000,00; quantos dias será necessário

para atingir o ponto de equilíbrio?

IMK=1/100-(% despesas; %despesas fixas; %lucro)/100

IMK=1/100-(26,43+15+5,62)/100

IMK=1/52,95/100

IMK=1/0,5295

IMK=1,888574

PV=IMK.CVP

PV=1,888574 . 48,68

PV=R$ 91,94

MC=PV-(D+C VAR.)

MC=91,94-(48,68+24,30)

MC= R$ 18,96 {20,62%}

PE= DF/IMC

PE=10.122,00/0,2062

PE=R$ 48.088,26

PE=10.122,00/18,96

PE=533,86 unidades produzidas

CALCULE O PREÇO DE VENDA PELO ÍNDICE MARK-UP?

CUSTO DE PRODUÇÃO: R$ 5,00

DESPESAS VARIÁVEIS DE VENDA: 18,95 %

MARGEM DE LUCRO DESEJADO: 12%

DESPESAS FIXAS: R$ 8.000,00

FATURAMENTO: R$ 75.000,00

CALCULE PREÇO DE VENDA

Custo de produção: 2,00

Despesas variáveis: 28%

Margem de Lucro desejada: 10% Despesa fixa: 2.000,00 Faturamento: 8.000,00

REFERÊNCIA

BRUNI, ADRIANO LEAL. ADMINISTRAÇÃO DE CUSTOS,

PREÇOS E LUCROS. SÃO PAULO: EDITORA ATLAS, 2008.