DIA INTERNACIONAL DA LÌNGUA MATERNA 2017

Rumo a Futuros Sustentáveis através da Educação Multilingue

Mensagem da Diretora Geral da UNESCO,
Irina Bokova,
Por ocasião do Dia Internacional da Língua Materna
21 de fevereiro de 2017

Por ocasião do Dia Internacional da Língua Materna, a UNESCO reafirma o seu total
compromisso com a diversidade linguística e o multilinguismo. As línguas exprimem o que
somos, estruturam o nosso pensamento e as nossas identidades. Não pode haver diálogo
genuíno nem uma cooperação internacional eficaz sem respeito pela diversidade linguística que
permite a verdadeira compreensão de cada cultura. O acesso à diversidade linguística pode
despertar a curiosidade e a compreensão mútua dos povos. É por isso que a aprendizagem de
línguas é, ao mesmo tempo, uma promessa de paz, inovação e criatividade.

O Dia Internacional da Língua Materna, dedicado este ano à educação multilingue, é também uma
oportunidade para mobilizar para os objetivos do desenvolvimento sustentável, incluindo o objetivo
4, do acesso universal à educação de qualidade, em pé de igualdade de oportunidades de
aprendizagem ao longo da vida. Educação e informação na língua materna é essencial para
melhorar a aprendizagem, construir a confiança e auto-estima, que estão entre os mais poderosos
motores do desenvolvimento.

Somos seres de linguagem. Culturas, ideias, sentimentos e mesmas aspirações para um mundo
melhor apresentam-se à partida numa língua específica, com palavras particulares. Essas línguas
são os valores e visões do mundo que enriquecem a humanidade. Valorizar as línguas amplia o
leque de futuros possíveis e reforça a energia para os atingir. Para marcar o Dia, lanço o apelo
para o potencial da educação multilingue ser reconhecido de forma generalizada nos sistemas
educativos e administrativos, nas expressões culturais e meios de comunicação social, no
ciberespaço e nas relações comerciais. Quanto mais soubermos sobre a valorização das
línguas, mais ferramentas teremos para construir um futuro de dignidade para todos.

Original: francês (in: http://unesdoc.unesco.org/images/0024/002473/247320f.pdf )

(Tradução – Biblioteca Escolar da EB D. António da Costa – AE Emídio Navarro)