Você está na página 1de 14

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010

SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDUSTRIAS QUIMICAS,


FARMACEUTICAS E SIMILARES DO SUL FLUMINENSE, CNPJ n.
02.561.805/0001-30, neste ato representado(a) por seu Membro de Diretoria
Colegiada, Sr(a). HELIO VIEIRA DA SILVA;
E
CESBRA QUIMICA S/A, CNPJ n. 08.436.584/0001-54, neste ato representado(a) por
seu Presidente, Sr(a). CARLOS OMAR DOS REIS POLASTRI;
celebram o presente ACORDO COLETIVO DE TRABALHO, estipulando as
condições de trabalho previstas nas cláusulas seguintes:

CLÁUSULA PRIMEIRA - VIGÊNCIA E DATA-BASE


As partes fixam a vigência do presente Acordo Coletivo de Trabalho no período de 1º
de maio de 2009 a 30 de abril de 2010 e a data-base da categoria em 1º de maio.
CLÁUSULA SEGUNDA - ABRANGÊNCIA
O presente Acordo Coletivo de Trabalho, aplicável no âmbito da(s) empresa(s)
acordante(s), abrangerá a(s) categoria(s) Todos trabalhadores da empresa, com
abrangência territorial em Volta Redonda/RJ.

Salários, Reajustes e Pagamento

Piso Salarial

CLÁUSULA TERCEIRA - PISO SALARIAL

A empresa pagará, a partir de 01 de maio de 2009, o piso salarial de R$


520,35 (quinhentos e vinte reais e trinta e cinco centavos).

Parágrafo 1º Para as novas contratações que, em caso de experiência


terão o prazo máximo de 90 (noventa) dias, o salário de admissão não poderá
ser inferior ao menor salário já praticado na empresa.

Parágrafo 2º Não acarretará direito à equiparação salarial o fato de


haver diferença entre o valor do salário base de funcionários que exerçam a
mesma função na empresa, desde que o paradigma tenha, no mínimo, 02
(dois) anos a mais de efetivo exercício da função dentro da empresa.

Reajustes/Correções Salariais

CLÁUSULA QUARTA - REAJSUTE SALARIAL E DATA BASE


Para recompor o valor real dos salários, a empresa
concederá em 1º de maio de 2009, a todos os empregados, um reajuste
salarial, equivalente a 5,83%.

Parágrafo Único – Fica assegurado o direito do empregador compensar


qualquer antecipação, concedida aos funcionários, a título de reajuste salarial

Pagamento de Salário – Formas e Prazos

CLÁUSULA QUINTA - PAGAMENTO DE SALÁRIOS

Caso a empresa não efetue o pagamento e/ou


adiantamento de salários em moeda corrente ou meio magnético, deverá
proporcionar aos empregados, nos dias de pagamento, tempo hábil para
recebimento no Banco, dentro da jornada de trabalho, sem prejuízo do
horário destinado à refeição.

Outras normas referentes a salários, reajustes, pagamentos e critérios para


cálculo

CLÁUSULA SEXTA - SALÁRIO SUBSTITUIÇÃO

Conforme estabelecido em Lei o funcionário que substituir


outro de categoria superior, autorizado pela gerência da área, fará jus,
durante o período de substituição, ao salário do substituído.

Gratificações, Adicionais, Auxílios e Outros

13º Salário

CLÁUSULA SÉTIMA - ADIANTAMENTO DO 13º SALÁRIO

A qualquer tempo, desde que solicitado com uma


antecedência mínima de trinta dias antes o início do gozo de férias, a
empresa pagará metade do salário que o empregado houver percebido no
mês anterior, sendo esta importância paga a título de adiantamento de parte
do décimo terceiro salário, instituído pela Lei 4.090, de 13/07/62.

Adicional Noturno

CLÁUSULA OITAVA - ADICIONAL NOTURNO

O adicional previsto em lei será remunerado a base de 37% (trinta e sete por
cento).
Outros Adicionais

CLÁUSULA NONA - ADICIONAL

A empresa pagará o adicional de insalubridade e/ou


periculosidade conforme percentual determinado em Laudo Técnico.

Parágrafo Único A empresa se compromete a enviar uma cópia do referido


Laudo técnico para o sindicato, para fins de arquivo

Participação nos Lucros e/ou Resultados

CLÁUSULA DÉCIMA - PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS OUNRESULTADOS

Face ao disposto na Lei 10.101 de 19 de dezembro de 2000 sobre PLR


(Participação nos Lucros e Resultados, aplicam-se as normas abaixo
ratificadas e reiterado o disposto no Artigo 3º - caput, não pagamento de
encargo trabalhista e previdenciário, artigo 3º - parágrafo 1º - dedução como
despesa operacional e ainda, artigo 3º, parágrafo 3º - compensações das
obrigações decorrentes de acordos ou convenções coletivas de trabalho;

Implementação, até dezembro de 2009, com conclusão em 6 (seis) meses,


Programa de Participação nos Resultados, nos termos ajustados com o
Sindicato e os trabalhadores, conforme legislação em vigor, assegurando as
partes envolvidas, participação e transparência da metodologia, objetivos,
metas físicas e econômicas a serem atingidas. de Plano de Participação nos
Lucros ou Resultados, devidamente formalizados, nos termos da lei em
referência, para empresa que ainda não o possuem

Auxílio Alimentação

CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA - TICKET ALIMENTAÇÃO

A Empresa, a partir de 01/05/09, fornecerá um ticket alimentação


mensalmente aos seus empregados, no valor de R$ 120,00 (cento e vinte
reais), cujo valor não integrará a remuneração dos empregados para qualquer
finalidade.

Empréstimos
CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA - MENSALIDADE DA COOPERATIVA DE
CRÉDITO

A empresa manterá, sempre que autorizado pelo


empregado, o desconto em folha de pagamento do capital de subscrição e
integralização das quotas partes, parcelas referentes a contrato de
empréstimo pessoal, e outros contratos firmados pelo funcionário e a
Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Trabalhadores nas Indústrias
Químicas, Farmacêuticas e Similares do Sul Fluminense Ltda.
COOPERQUIM.

Contrato de Trabalho – Admissão, Demissão, Modalidades

Normas para Admissão/Contratação

CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA - TESTE ADMISSIONAL

Será observado o seguinte:

a) A realização de testes práticos operacionais não


poderá ultrapassar a 03 (três) dias;
b) A empresa que mantém restaurante fornecerá
gratuitamente alimentação aos candidatos em testes,
desde que estes coincidam com horário de refeição.

Aviso Prévio

CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA - AVISO PRÉVIO

Nos casos de rescisão do contrato de trabalho sem justa


causa, por parte do empregador, o aviso prévio obedecerá aos seguintes
critérios;

a) Será comunicado pela empresa por escrito e contra


recibo, esclarecendo se será trabalhado ou não;
b) A redução de 02 (duas) horas diárias, prevista no
Art.488 da CLT, será utilizada no fim da jornada de
trabalho ou sete dias corridos durante o período.

Relações de Trabalho – Condições de Trabalho, Normas de Pessoal e


Estabilidades

Normas Disciplinares

CLÁUSULA DÉCIMA QUINTA - REGISTRO DE FUNÇÃO

A empresa obriga-se a registrar na CTPS a função que o


empregado estiver exercendo efetivamente, anotando as devidas alterações,
inclusive de salário, na forma da Lei.

Estabilidade Mãe

CLÁUSULA DÉCIMA SEXTA - GARANTIA EMPREGO E SALÁRIO ÀS


GESTANTES E NO CASO DE ACIDENTE DE TRABALHO

Parágrafo 1º Garantia de emprego e salário às empregadas na forma


da estabilidade prevista na Constituição Federal exceto nos casos de
dispensa por justa causa ou pedido de demissão. Em caso da dispensa da
empregada após o prazo previsto na Constituição será garantida ao novo
dependente, assistência médica na categoria do plano básico por 120 dias,
após o término da garantia prevista acima, salvo nos casos de dispensa por
justa causa ou pedido de demissão.

Parágrafo 2º Garantia de emprego e salário por um período de 12


meses a partir da data do retorno à atividade, após o término do auxílio
previdenciário, ao empregado afastado por acidente de trabalho, sem prejuízo
do aviso prévio, e após o prazo estável previsto no Art. 346 do Decreto 3.048
de 06.05.99, e da Lei nº 8.213 excluídos os casos de justa causa ou pedido
de demissão.

Outras normas referentes a condições para o exercício do trabalho

CLÁUSULA DÉCIMA SÉTIMA - ALIMENTAÇÃO

A empresa fornecerá alimentação para seus empregados durante o


expediente de trabalho, para tanto, descontará de cada empregado,
mensalmente, a título de reembolso de gastos com alimentação fornecida, o
percentual referente ao valor consumido conforme os seguintes critérios:

DESCONTOS REFEIÇÃO PERCENTUAL(*)

01 Até 03 Salários Mínimos 6,0%

02 de 03 á 10 Salários Mínimos 9,0%


03 Acima de 10 Salários Mínimos 12,0%
Parágrafo 1º A empresa manterá um local apropriado para
alimentação, inclusive com água potável;

Parágrafo 2º A concessão prevista nessa cláusula não integrará a


remuneração dos empregados para o pagamento de quaisquer verbas.

Jornada de Trabalho – Duração, Distribuição, Controle, Faltas

Faltas

CLÁUSULA DÉCIMA OITAVA - ABONO DE FALTAS, INCLUINDO AS


LEGAIS

O trabalhador poderá deixar de comparecer ao serviço


sem prejuízo de seu salário, nos casos previstos em lei.

Outras disposições sobre jornada

CLÁUSULA DÉCIMA NONA - HORAS EXTRAS

Fica estabelecido o limite diário de trabalho de 08 horas e


semanal de 44 horas para os empregados que laborem na empresa
acordante, assim como o adicional de 60% (sessenta por cento) para as que
ultrapassarem os referidos limites.

Parágrafo 1º Fica autorizado o aumento da carga horária, durante a


semana, sem que haja incidência de pagamento de horas extras, a fim de
excluir o labor em dias de sábado, sendo que neste caso, somente serão
devidas como extras as horas que ultrapassarem o limite de 44 horas
semanais.

Parágrafo 2º As horas extraordinárias realizadas no mês anterior, após


o fechamento da folha de pagamento, que não forem quitadas ou
compensadas no próprio mês de realização dessas horas extraordinárias,
deverão ser compensadas até, no máximo, o dia 10 do mês subseqüente ao
da realização, sob pena de serem liquidadas com base no salário do mês
subseqüente e pagas juntamente com este.

Parágrafo 3º As horas extraordinárias prestadas serão consignadas no


mesmo controle de freqüência da jornada ordinária, conforme legislação em
vigor.

Parágrafo 4º Na prorrogação da jornada de trabalho não será


considerado hora extra o intervalo destinado a lanche ou refeição que ocorrer
durante a mesma, salvo se referido intervalo ultrapassar o limite máximo de
intervalo diário constante da legislação vigente.

Parágrafo 5º O número de horas extras trabalhadas deverá ser


consignado nos comprovantes de pagamento.

Parágrafo 6º No que concerne à habitualidade das horas


extraordinárias, a questão será tratada conforme a legislação em vigor.

CLÁUSULA VIGÉSIMA - MÉDIA DA HORA EXTRA

As horas extras e noturnas, trabalhadas com habitualidade no período de


janeiro a dezembro do ano de competência, serão computadas com as
correspondentes bonificações no pagamento do 13º do mês de salário, das
férias e do repouso semanal remunerado.

Parágrafo Único Para efeito de pagamento das férias e do 13º mês de


salário, será considerada a média duodecimal obtida e convertida em
espécie, para as férias no mês de fruição e para o 13º mês de salário no mês
de dezembro; para o pagamento do repouso semanal remunerado a média
será mensal.

CLÁUSULA VIGÉSIMA PRIMEIRA - INTERRUPÇÃO DO TRABALHO

As interrupções do trabalho de responsabilidade da


empresa, desde que não justificáveis por razão econômica ou desde que ao
pré-avisadas com 72 (setenta e duas) horas de antecedência, considerados
os casos fortuitos ou força maior, não poderão ser descontadas ou
compensadas posteriormente.

Férias e Licenças

Licença Adoção

CLÁUSULA VIGÉSIMA SEGUNDA - LICENÇA PARA ADOTANTE

Para empregada que adotar ou obtiver guarda judicial para fins de adoção de criança
será concedida licença maternidade, nos termos do Art. 392-A da Consolidação das
Leis do Trabalho, observado o seguinte:

a) No caso de adoção ou guarda judicial de criança até 1 (um) ano de idade, o período
de licença será de 120 (cento e vinte) dias.
b) No caso de adoção ou guarda judicial de criança a partir de 1 (um) ano até
4(quatro) anos de idade, o período de licença será de 60 (sessenta dias) dias.
c) No caso de adoção ou guarda judicial de criança a partir de 4 (quatro) anos até 8
(oito) anos de idade, o período de licença será de 30 (trinta) dias.
d) A licença-maternidade só será concedida mediante apresentação do termo judicial
de guarda à adotante ou guardiã.

Saúde e Segurança do Trabalhador

Uniforme

CLÁUSULA VIGÉSIMA TERCEIRA - UNIFORMES E EQUIPAMENTOS


ESPECIAIS

Quando a empresa exigir que o empregado utilize


uniforme e equipamento especial para prestação de serviços, deverá fornecê-
los sem ônus para os mesmos.

Parágrafo 1º Deverá a empresa fazer a substituição dos uniformes a


cada 12 (doze) meses, devendo afixar nos quadros de aviso da empresa um
calendário anual de reposição dos uniformes.

Parágrafo 2º Os uniformes poderão ser trocados fora da época do


calendário de reposição, em caráter de urgência, quando houver a
autorização do encarregado direto do funcionário, especificando a
necessidade da troca.

Outras Normas de Prevenção de Acidentes e Doenças Profissionais

CLÁUSULA VIGÉSIMA QUARTA - MEDICINA, HIGIENE E SEGURANÇA


DO RABALHO

A empresa se compromete a ter a saúde de seus


empregados como prioridade absoluta em sua atividades. Para tanto, serão
implementadas as seguintes medidas:
1º) Fica garantido aos empregados o direito à informação plena sobre os
riscos a que estão expostos nos locais de trabalho de forma clara e com
linguagem acessível.

2º) Treinamentos específicos, incluindo palestras de esclarecimentos, de


forma sistemática e periódica para todos os empregados.

3º) Direito de recusa ao trabalho em condições de suspeição de risco à


saúde, ou a vida.

4º) Garantia aos empregados dos direitos previstos na CLT, quanto aos
exames médicos admissionais, periódicos e demissionais, de acordo com a
SESMT.

5º) Definição dos critérios médicos de avaliação, diagnóstico e


acompanhamento de todos os empregados da Empresa de acordo com os
riscos a que estiverem expostos.

6º) A empresa manterá dentro de seu quadro de empregados um


profissional de segurança do trabalho e habilitará pessoas para a eventual
aplicação de primeiros socorros de forma a cobrir a jornada de trabalho em
todos os turnos.

7º) Definição de critérios para manipulação, estocagem, destinação e


transporte, processamento dos componentes, dos produtos e seus derivados,
ou qualquer material ou substâncias que apresentem riscos à saúde dos
empregados e ao meio-ambiente.

8º) Instalações de exaustores na área de produção com a finalidade de


retirar do ambiente todo e qualquer material particulado em suspensão, que
seja nocivo à saúde dos empregados.

9º) Fornecimento gratuito a todos os empregados da operação e


manutenção de uniforme e equipamento de proteção individual (E.P.I.),
inclusive macacão, quando necessário, além de ferramentas seguras e
adequadas, garantindo a Empresa a observação rigorosa da validade,
qualidade e adequação do E.P.I., de acordo com as atividades a que está
submetido e as especificações do fabricante.

10º) Manutenção de caixa de medicamentos e de caixa com material


para primeiros socorros para o atendimento de eventuais emergências ou
acidentes, através de chaves que ficarão sob responsabilidade do chefe da
portaria e de pessoas habilitadas.

11º) A empresa se compromete a cumprir os dispositivos da portaria nº 3


de 07/02/1988 da secretária de segurança e medicina do trabalho.

Relações Sindicais

Sindicalização (campanhas e contratação de sindicalizados)

CLÁUSULA VIGÉSIMA QUINTA - SINDICALIZAÇÃO

O Sindicato profissional poderá promover, uma vez por


ano, campanha de sindicalização dos empregados, em horário e local
previamente ajustado.

Contribuições Sindicais

CLÁUSULA VIGÉSIMA SEXTA - CONTRIBUIÇÃO ASSISTENCIAL

A Empresa assegurará creditar ao Sindicato a


Contribuição Assistencial, a ser descontada de todos os empregados no valor
de 4% (quatro por cento) do salário nominal, descontada em folha de
pagamento, parcelada em 4 (quatro) parcelas de 1% (um por cento) a serem
pagas nos meses imediatamente subseqüentes a assinatura deste Acordo,
conforme deliberação soberana da Assembléia Geral que assim decidiu sobre
o assunto, observado o disposto em Lei.
Parágrafo 1º No prazo mínimo de 10 (dez) dias a partir de cada desconto,
a empresa depositará o montante arrecadado na conta corrente do sindicato.

Conta Corrente nº 9702903/1


Banco Real S/A
Agência 0265

Endereço : Rua Sebastião José Rodrigues, 67

Bairro : Campos Elíseos - Resende - RJ

Parágrafo 2º Assegura-se ao trabalhador o direito de recusa, no prazo de


10 (dez) dias a contar da data do registro deste acordo, para que os
empregados manifestem, se desejarem, sua discordância com o desconto ora
ajustado junto ao sindicato. A carta de recusa deverá ser de próprio punho,
em duas vias e entregue à sede do Sindicato dos Químicos em Barra Mansa,
pelo próprio empregado de forma individual. Cabendo ao Sindicato
comunicar a Empresa sobre tal discordância.

Parágrafo 3º A empresa dentro do prazo igual ao estipulado no parágrafo


1º, encaminhará a subsede do sindicato a relação nominal e o respectivo
valor da contribuição assistencial, descontada dos empregados.

Outras disposições sobre relação entre sindicato e empresa

CLÁUSULA VIGÉSIMA SÉTIMA - TAXA NEGOCIAL

A título de taxa negocial a empresa recolherá ao SINDICATO


DOS EMPREGADOS NAS INDÚSTRIAS QUÍMICAS, FARMACÊUTICAS E
SIMILARES DO SUL FLUMINENSE, a importância equivalente a 03 (três) pisos
salariais.

Parágrafo 1º A referida taxa será paga pela empresa, sem nenhum


ônus para os seus empregados.

Parágrafo 2º A empresa depositará o montante arrecadado na conta


corrente do sindicato.
Conta Corrente nº 9702903/1
Banco Real S/A
Agência 0265
Endereço : Rua Sebastião José Rodrigues, 67
Bairro : Campos Elíseos - Resende - RJ

Parágrafo 3º Se não recolhida a taxa negocial prevista nesta cláusula,


nas datas estabelecidas, a multa será de 2% (dois por cento) do salário
normativo por empregado, por mês de atraso, revertendo em benefício da
parte prejudicada.
CLÁUSULA VIGÉSIMA OITAVA - ASISTÊNCIA SINDICAL

As homologações de rescisão de contrato de Trabalho


dos empregados que tenham mais de 01 (um) ano de registro na empresa,
serão feitas nas dependências da entidade sindical, em dia e hora pré-
fixados.

Outras disposições sobre representação e organização

CLÁUSULA VIGÉSIMA NONA - MENSALIDADE ASSOCIATIVA DE


EMPREGADOS

A empresa assegurará manter o procedimento de


desconto em folha de pagamento, das mensalidades associativas do
sindicato signatário deste acordo, desde que autorizadas por seus
empregados, cuja comprovação deverá ser realizada pelo sindicato
profissional e de forma individualizada a cada empregado. O depósito deverá
ser efetuado até o 10º (décimo) dia útil.

CLÁUSULA TRIGÉSIMA - COMUNICAÇÃO DO SINDICATO

Fica assegurada a afixação, exclusivamente no quadro de


avisos da empresa de toda a comunicação formal do Sindicato e de interesse
da categoria profissional a ele correspondente.

Disposições Gerais

Regras para a Negociação

CLÁUSULA TRIGÉSIMA PRIMEIRA - REUNIÕES/NEGOCIAÇÕES

Conforme determinação do Tribunal Superior do


Trabalho, todas as reuniões de negociação entre sindicato/empresa terão
obrigatoriamente de serem registradas em atas, para posterior comprovação,
se necessário, de que as negociações entre as partes foram realizadas.

Aplicação do Instrumento Coletivo

CLÁUSULA TRIGÉSIMA SEGUNDA - LIMITES DO ACORDO


Quaisquer benefícios previstos neste Acordo Coletivo de
Trabalho serão aplicados a todos os empregados da empresa, desde que
devidamente abrangidos pelo direito ao benefício em questão.

Outras Disposições

CLÁUSULA TRIGÉSIMA TERCEIRA - FUNDAMENTAÇÃO GERAL

O presente acordo, em cada uma de suas cláusulas,


retrata fidedignamente a livre vontade das partes, consagrada na assembléia
geral do sindicato e se fundamenta nos seguintes dispositivos legais:

A - Constituição Federal – Art. 7°, inciso XXVI;


B - Art. 840 do Código Civil;
C - Arts. 611 e seguintes da CLT.

Parágrafo Único Com base nos fundamentos jurídicos supra


especificados, na livre vontade das partes e no conjunto econômico
representado pelo acordo, as partes se dão mutuamente, plena, rasa e geral
quitação por si e por seus representados para nada mais reclamarem em
juízo ou fora dele.

CLÁUSULA TRIGÉSIMA QUARTA - SISTEMATIZAÇÃO DA CONVENÇÃO


COLETIVA

As vantagens já concedidas espontaneamente pela


empresa serão mantidas, não podendo ser reduzidas por força deste ACT ou
alteradas em prejuízo dos empregados.

Parágrafo Único Vencida a vigência deste ACT, não havendo na data-


base novo instrumento coletivo que venha a substituí-lo, fica ajustado que,
enquanto não houver novo ACT, ou sentença Normativa, ficam prorrogados
automaticamente os efeitos das cláusulas dispostas no presente instrumento,
de acordo com a Lei.

CLÁUSULA TRIGÉSIMA QUINTA - PREVISÃO DE TERMO ADITIVO

As partes acordam, em casos especiais, incluir Termos


Aditivos a este Acordo, na medida em que se fizerem necessários e
previamente acordados.
HELIO VIEIRA DA SILVA
Membro de Diretoria Colegiada
SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDUSTRIAS QUIMICAS,
FARMACEUTICAS E SIMILARES DO SUL FLUMINENSE

CARLOS OMAR DOS REIS POLASTRI


Presidente
CESBRA QUIMICA S/A

A autenticidade deste documento poderá ser confirmada na página do Ministério do


Trabalho e Emprego na Internet, no endereço http://www.mte.gov.br .