Você está na página 1de 10

ES/3 TESTE DE AVALIAÇÃO ESCRITA

JOÃO DE BARROS
CORROIOS
Despacho Normativo Nº5/2007 de 10 de Janeiro | Decreto-Lei Nº209/2002 de 17 de Outubro

CIÊNCIAS NATURAIS | Prova escrita


9º ano de escolaridade | 3º Ciclo do Ensino Básico
Teste de avaliação escrita (3) | 10 páginas
Duração da prova: 80 min.

Prof. Renato Costa | Março 2010 | Ano Lectivo de 2009/2010


Cada grupo de itens inicia-se por uma amostra de dados de diversa natureza que pode contemplar disposição textual dos fenómenos/factos científicos, figuras e
tabelas. Esta exposição da informação é uma referência documental fundamental que o aluno deve considerar para responder aos itens seguintes.
AS RESPOSTAS SÃO OBRIGATORIAMENTE DADAS NUMA FOLHA A DESIGNAR QUE NÃO A PRESENTE QUE CONSTITUIRÁ O ÚNICO
SUPORTE SUJEITO À CLASSIFICAÇÃO.

GRUPO I

1
Também se morre de Amor?

Era Verão e as férias tinham começado há uma semana. Como sempre, estava na Nazaré, na casa da minha avó.
Este ano, ia ser diferente. Tinha feito 17 anos há poucos dias e finalmente ia poder sair à noite com as minhas primas
e os amigos.
Na praia, fazíamos as parvoíces do costume: jogar raquetes, piscar
os olhos aos rapazes, contar anedotas, comer gelados. O Paulo era
mesmo muito giro. Tinha 19 anos e olhos verdes. Sei lá porquê, foi a
mim que escolheu e eu ia morrendo derretida quando ele me
perguntou ao ouvido “Queres namorar comigo?”, como nos filmes
antigos e nas novelas …
Não era só uma paixão de Verão. O Paulo dizia isso todos os dias
e, quando as férias acabaram e cada um voltou para sua casa,
escrevíamos, telefonávamos e, fim-de-semana sim, fim-de-semana
não, viajávamos 60 quilómetros para nos encontrarmos.
Eu era virgem. Ao fim de quatro meses de namoro, já tínhamos
“avançado” tanto que resolvi tomar a pílula. Claro que sabíamos que
não podíamos ter um bebé!
Fizemos amor três vezes. Começaram os exames, o Paulo tinha
muito que estudar, cada vez tínhamos menos contacto. Comecei a sentir-me estranha: tinha náuseas, um pouco de
febre, estava sempre indisposta. Fui ao médico, fiz um teste para saber se estava grávida. Não, não estava. O Paulo
telefonou. Tínhamos que falar, ele tinha feito as pazes com a ex-namorada; era uma história complicada, tinham
namorado dois anos, terminaram, andaram com outras pessoas, voltaram, “blá, blá, blá” … O Verão acabou,
definitivamente. E não houve Outono. A transição foi de 40 graus à sombra aí para uns 10 negativos.
Pensava que todo este desconforto físico que sentia tinha a ver com a devastação emocional provocada pela
perda. As minhas amigas diziam-me que já não se morre de amor.
Não é verdade. Tenho 32 anos e estou a morrer. De SIDA ou de amor, agora já tanto faz…

Marta

1
Silva et al. (2008) in Dossier do Professor – Planeta Vivo – Viver Melhor na Terra

Teste de Avaliação Escrita (3). Página 1 de 10


1A 1B
Figuras 1: anatomia dos sistemas reprodutores.

1.

Nº AFIRMAÇÕES
PAR

I. A pílula tomada por Marta deveria tê-la protegido da SIDA uma vez que é uma barreira
espermática.
1
II. A sexualidade é uma questão que vai para além da perspectiva biológica.

I. As relações sexuais referidas no texto saem do âmbito da sexualidade.


2
II. Existe uma forte possibilidade de Paulo ser portador do HIV.

I. Independentemente de Marta e Paulo se terem submetido a relações sexuais desprotegidas,


seria sensato colocar de parte a probabilidade de infecção pelo HIV dada a frequência reduzida
3 dos actos sexuais.

II. Marta adoptou uma estratégia de manipulação da fertilidade.

I. Quando Marta aborda, com 32 anos, a sua doença, continua a falar de sexualidade.
4
II. Quer Marta, quer Paulo vão sofrendo transformações ao nível da maturação dos órgãos
sexuais primários.

Chave:
a. I é verdadeira e II é falsa.
b. I e II são verdadeiras.
c. I e II são falsas.
d. I é falsa e II é verdadeira.

Seleccione a alternativa que atribui, a cada número do par de afirmações, a letra da chave que o avalia
correctamente.
(A) 1 – a; 2 – a; 3 – d; 4 – b.
(B) 1 – d; 2 – d; 3 – a; 4 – c.
(C) 1 – d; 2 – a; 3 – c; 4 – b.
(D) 1 – d; 2 – d; 3 – d; 4 – b.

Teste de Avaliação Escrita (3). Página 2 de 10


2. As afirmações que se seguem dizem respeito aos indicadores do estado de saúde das populações.
1. Uma geração sobre a qual foi, na idade adolescente, realizada uma formação adequada da sexualidade, é
uma mais-valia futura no que respeita à qualidade da saúde da população.
2. Países com uma elevada taxa anual de incidência de SIDA revelam um estado de saúde deficitário da
população ao nível da educação sexual.
3. O reforço nas escolas da utilização das metodologias contraceptivas pode fazer descer a taxa anual de
gravidezes na adolescência, mas em nada contribui para a melhoria do estado de saúde de uma população.

Seleccione a alternativa que as avalia correctamente.


(A) 1 e 2 são verdadeiras; 3 é falsa.
(B) 1 é verdadeira; 2 e 3 são falsas.
(C) 2 é verdadeira; 1 e 3 são falsas.
(D) 3 é verdadeira; 1 e 2 são falsas.

3. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte de modo a obter uma afirmação correcta.
A puberdade é …
(A) … um período da vida correspondente ao início da adolescência e é o mesmo que sexualidade.
(B) … definida por um conjunto complexo de transformações morfofisiológicas e comportamentais.
(C) … definida pelo aparecimento dos caracteres sexuais secundários.
(D) … definida pela capacidade de produzir ovócitos II e espermatozóides.

4. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte de modo a obter uma afirmação correcta.
É uma transformação pubertária …
(A) … a ocorrência de menstruações resultado da descamação do endométrio, estrutura 5 da fig. 1A, na
ausência de nidação.
(B) … a ocorrência de menstruações resultado da descamação do endométrio, estrutura 1 da fig. 1A, na
ausência de nidação.
(C) … a ocorrência de menstruações resultado da descamação do endométrio, estrutura 5 da fig. 1A, em caso de
fecundação.
(D) … a ocorrência de menstruações resultado da descamação do endométrio, estrutura 1 da fig. 1A, em caso de
fecundação.

5. Seleccione a alternativa que completa o texto seguinte de modo a obter um raciocínio correcto.
Durante a puberdade, assiste-se ao crescimento dos ovários, órgãos representados pelo número da
fig. 1A e local de produção femininos.
(A) 6 (…) dos gâmetas
(B) 6 (…) das gónadas
(C) 4 (…) dos gâmetas
(D) 4 (…) das gónadas

Teste de Avaliação Escrita (3). Página 3 de 10


6. Seleccione a alternativa que completa o texto seguinte de modo a obter um raciocínio correcto.
Ao conjunto dos órgãos sexuais primários femininos que se situam no exterior dá-se o nome de e
desses órgãos estão representados na fig. 1A.
(A) vulva (…) alguns
(B) vagina (…) nenhuns
(C) vulva (…) nenhuns
(D) vagina (…) alguns

7. Seleccione a alternativa que completa o texto seguinte de modo a obter um raciocínio correcto.
Faz parte da constituição do esperma a fracção sólida constituída pelos espermatozóides e a fracção líquida
constituída pelas secreções das glândulas anexas, das quais é exemplo o líquido produzido ,
legendada com o número 5 (fig. 1B), imediatamente acima da glândula número (fig. 1B), designada
bulbo-uretral.
(A) na próstata (…) 4.
(B) na próstata (…) 6.
(C) nas vesículas seminais (…) 4.
(D) nas vesículas seminais (…) 6.

8.
Chave:
(A) Uretra.
(B) Trompas de Falópio.
(C) Testículos.
(D) Endométrio.

Afirmações:
I. Camada celular interna que sofre digestão do embrião no âmbito da nidação.
II. Canal do sistema excretor que faz parte do reprodutor, no caso dos indivíduos do sexo masculino, e é
independente, no caso dos indivíduos do sexo feminino.
III. Local de produção da hormona sexual masculina, a testosterona.
IV. Local onde se desenvolve o estado embrionário conhecido por mórula.
V. Órgão que tem acesso a um macrocanal enovelado, representado pelo número 3 (fig. 1B) e que está
guardado na bolsa escrotal.
VI. Tecido celular que sofre a acção dos estrogénios e progesterona respondendo com divisões celulares que
fazem aumentar a sua espessura ou com a descamação das suas camadas.
VII. Via genital que se inicia na bexiga.
VIII. Via genital que suporta a fecundação.

Seleccione a alternativa que faz corresponder correctamente a cada um dos números (de I a VIII),
relativos às afirmações acima, uma letra da chave (de A a D), que se refere ao órgão reprodutor abordado.
(A) I – B; II – A; III – C; IV – D; V – A; VI – D; VII – A; VIII – B.
(B) I – B; II – A; III – C; IV – D; V – C; VI – B; VII – B; VIII – B.
(C) I – D; II – A; III – C; IV – B; V – C; VI – B; VII – B; VIII – D.
(D) I – D; II – A; III – C; IV – B; V – C; VI – D; VII – A; VIII – B.

Teste de Avaliação Escrita (3). Página 4 de 10


9. As afirmações que se seguem assentam praticamente na primeira metade do ciclo sexual feminino.
Analise-as sob a noção do fenómeno uterino que serve de início do ciclo menstrual. O último evento diz respeito
à estrutura responsável pela produção simultânea das hormonas sexuais femininas.
(A) Formação do corpo amarelo.
(B) Existem vários folículos que, durante alguns dias, sofrem maturação.
(C) Dá-se a ruptura do folículo maduro ou de Graaf e, por inerência, a ovulação.
(D) A mucosa uterina apresenta-se progressivamente mais fina.
(E) A massa de estrogénios por unidade de volume sanguíneo aumenta gradualmente, favorecendo
consequentemente a fase proliferativa.

Seleccione a alternativa que representa correctamente a reconstituição da sequência temporal dos


acontecimentos mencionados segundo uma relação de causa-efeito, com a ordenação das letras que os
identificam.
(A) B – D – E – C – A.
(B) D – B – E – C – A.
(C) D – C– B – E – A.
(D) D – E – B – C – A.

10. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte de modo a obter uma afirmação correcta.
A puberdade masculina encerra o início da geração de espermatozóides, determinado pelo aumento da
concentração média de gonado-estimulinas …
(A) … elaboradas na hipófise, actuando nas células-alvo testiculares com sequente produção de testosterona.
(B) … elaboradas na hipófise, actuando nas células-alvo do epidídimo com sequente produção de testosterona.
(C) [As duas opções anteriores estão correctas].
(D) [Nenhuma das opções anteriores está correcta].

11. Na manutenção do teor médio adequado de testosterona ao longo do tempo, ocorrem os chamados mecanismos
de feedback negativo.
Estas estratégias conservam a concentração de referência desta hormona para que os espermatozóides sejam
produzidos a uma taxa constante. A uma diminuição dos valores hormonais para este caso, causada por uma
2 3
qualquer razão exógena ou endógena , responde uma coordenação eficaz dos mecanismos referidos que
restabelecem a normalidade do quadro de testosterona. O inverso revela um mecanismo coerente: a um
aumento hormonal, segue-se um acerto da testosterona.
Explique a noção de feedback negativo.

Seleccione a alternativa que responde correctamente a este problema.


(A) Feedback negativo é uma resposta materializada numa sequência fisiológica mediada por hormonas na qual
a testosterona interage com a hipófise. Por exemplo, a diminuição do teor médio de testosterona a partir de
certos limites de tolerância é detectada, através do sangue, pela hipófise. Esta glândula aumenta a produção
de gonado-estimulinas, reflectindo-se, do mesmo modo, num aumento de testosterona. Fica assim reposta a
concentração inicial.
(B) Feedback negativo é uma resposta materializada numa sequência fisiológica mediada por hormonas na qual
a testosterona interage com a hipófise. Por exemplo, a diminuição do teor médio de testosterona a partir de
certos limites de tolerância é detectada, através do sangue, pela hipófise. Esta glândula diminui a produção
de gonado-estimulinas, reflectindo-se num aumento de testosterona. Fica assim reposta a concentração
inicial.
(C) Feedback negativo é uma resposta materializada numa sequência fisiológica mediada por hormonas na qual
a testosterona interage com a hipófise. Por exemplo, a diminuição do teor médio de testosterona a partir de

2
Externa.
3
Interna.
Teste de Avaliação Escrita (3). Página 5 de 10
certos limites de tolerância é detectada, através do sangue, pela hipófise. Esta glândula diminui a produção
de gonado-estimulinas, reflectindo-se numa diminuição de testosterona. Fica assim reposta a concentração
inicial.
(D) Feedback negativo é uma resposta materializada numa sequência fisiológica mediada por hormonas na qual
a testosterona interage com a hipófise. Por exemplo, o aumento do teor médio de testosterona a partir de
certos limites de tolerância é detectado, através do sangue, pela hipófise. Esta glândula aumenta a produção
de gonado-estimulinas, reflectindo-se numa diminuição de testosterona. Fica assim reposta a concentração
inicial.

GRUPO II

1
Desenvolvimento Intra-Uterino
Nove meses separam, em regra, a fecundação do nascimento de uma criança. É o tempo necessário para que o ovo
origine um embrião que depois passa a feto e se torna um recém-nascido. O corpo da mãe vai-se adaptando a toda
esta evolução.

Figuras 2: desenvolvimento embrio-fetal.

À medida que se desenvolve o embrião, formam-se diferentes estruturas: todos os órgãos que constituem o
organismo estão presentes a partir do segundo mês de gravidez (fig. 2-1). A silhueta do feto (fig. 2-2) torna-se, em
seguida, cada vez mais próxima da do ser humano (fig.2-3).

Figuras 3

Uma mulher grávida aumenta de peso, em média, 9kg a 12kg no decurso da gravidez. Esse aumento reparte-se
entre o feto, a placenta, o líquido amniótico e as reservas maternas.
Teste de Avaliação Escrita (3). Página 6 de 10
O desenvolvimento intra-uterino pode suceder a uma longa série de ciclos menstruais (fig. 4), se a mulher não tiver
optado pelo uso de metodologia contraceptiva químico-hormonal que a interrompa, por exemplo. Existe uma relação
muito interessante entre a ciclicidade de fenómenos que ocorrem no ovário e no útero em cada 28 dias, em média, e
a bioquímica da gestação.

Figura 4: ciclo sexual feminino.

1.

Nº AFIRMAÇÕES
PAR

I. Tendo em conta a fig. 3, à 10ª semana de gestação, o embrião revela um peso entre os 500g e
1000g.
1
II. O gráfico da fig. 3 demonstra exclusivamente a evolução do peso do embrião e feto em função
das semanas de gestação.

I. Na metade do tempo de gestação, o feto tem um comprimento entre os 250mm e os 310mm.


2
II. Enquanto ocorre o desenvolvimento intra-uterino, os ciclos sexuais da mãe estão parados.

I. É o cordão umbilical que faz a ligação imediata entre o feto e o organismo materno.
3
II. Cada progenitor participa com metade do cariótipo fetal.

I. Ao longo do desenvolvimento intra-uterino, as concentrações de estrogénios e progesterona


da mãe não podem descer, pois favoreceriam a descamação da mucosa uterina.
4
II. A placenta é um órgão totalmente constituído a partir do embrião e que participa no peso da
grávida.

Chave:
a. I é verdadeira e II é falsa.
b. I e II são verdadeiras.
c. I e II são falsas.
d. I é falsa e II é verdadeira.
Teste de Avaliação Escrita (3). Página 7 de 10
Seleccione a alternativa que atribui, a cada número do par de afirmações, a letra da chave que o avalia
correctamente.
(A) 1 – b; 2 – b; 3 – b; 4 – d.
(B) 1 – c; 2 – a; 3 – d; 4 – d.
(C) 1 – c; 2 – b; 3 – d; 4 – a.
(D) 1 – d; 2 – b; 3 – c; 4 – a.

2. As afirmações que se seguem dizem respeito às etapas do trabalho de parto.


1. Para que ocorra parto normal, sem qualquer manipulação instrumental sobre o feto, é obrigatório haver
dilatação do cérvix.
2. O trabalho termina com a expulsão do feto.
3. O trabalho de parto inicia-se com conjuntos periódicos de contracções uterinas, fracas e curtas, que depois
se amplificam.

Seleccione a alternativa que as avalia correctamente.


(A) 1 e 2 são verdadeiras; 3 é falsa.
(B) 1 e 3 são verdadeiras; 2 é falsa.
(C) 1 é verdadeira; 2 e 3 são falsas.
(D) 2 é verdadeira; 1 e 3 são falsas.

3. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte de modo a obter uma afirmação correcta.
As pílulas contraceptivas são uma metodologia químico-hormonal. As mais conhecidas são as pílulas
combinadas com estrogénios e progesterona produzidos em laboratório cujas concentrações interferem no
funcionamento normalizado do ciclo menstrual. A acção eficaz deste método explica-se …
(A) … pela inibição da ovulação.
(B) … pela inibição da ovulação, embora possa ocorrer nidação.
(C) … pela manutenção da formação do corpo amarelo, ocorrendo ovulação e nidação.
(D) … pela hiperestimulação ovárica na qual são produzidos inúmero folículos maduros.

4. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte de modo a obter uma afirmação correcta.
A ovulação é o momento do ciclo ovárico em que é lançado …
(A) … um ovócito I nas Trompas de Falópio, iniciando-se a fase proliferativa no útero.
(B) … um ovócito I nas Trompas de Falópio, iniciando-se a fase secretora no útero.
(C) … um ovócito II nas Trompas de Falópio, iniciando-se a fase proliferativa no útero.
(D) … um ovócito II nas Trompas de Falópio, iniciando-se a fase secretora no útero.

5. Seleccione a alternativa que completa o texto seguinte de modo a obter um raciocínio correcto.
A fase do ciclo ovárico determina a produção de estrogénios que age da mucosa uterina,
acontecimento que caracteriza a fase proliferativa.
(A) folicular (…) no crescimento.
(B) do corpo amarelo (…) crescimento.
(C) folicular (…) na diminuição.
(D) do corpo amarelo (…) na diminuição.

Teste de Avaliação Escrita (3). Página 8 de 10


6. Seleccione a alternativa que completa o texto seguinte de modo a obter um raciocínio correcto.
A causa da fase menstrual resulta de das hormonas sexuais 1 e 2 (fig. 4) nos dias precedentes,
variação hormonal esta causada do corpo amarelo.
(A) um aumento (…) pela regressão
(B) um aumento (…) pelo desenvolvimento
(C) uma descida (…) pela regressão
(D) uma descida (…) pelo desenvolvimento

7. Chave:
(A) A primeira e segunda partes da afirmação são correctas.
(B) A primeira e segunda partes da afirmação são incorrectas.
(C) A primeira parte da afirmação é correcta e a segunda é incorrecta.
(D) A primeira parte da afirmação é incorrecta e a segunda é correcta.

Afirmações:
I. Uma molécula de DNA tem vários genes; cada gene corresponde a um nucleótido.
II. Um nucleótido do DNA tem uma das quatro bases azotadas típicas; a ligação entre bases azotadas de
cadeias diferentes obedece a uma regra universal.
III. Um cariótipo é típico de uma espécie; a informação genética contida num indivíduo é exclusivamente relativa
a caracteres físicos.
IV. O DNA encontra-se organizado em cromossomas dispersos no citoplasma; ao conjunto das moléculas de
DNA humano chama-se cromatina.
V. O desenvolvimento muscular adquirido durante a vida do indivíduo é considerado herança biológica; é um
carácter que pode ser transmitido à geração seguinte.
VI. Na fecundação, o conjunto genético mais fraco pertencente a um dos progenitores é eliminado; todas as
células somáticas do organismo humano têm o mesmo património genético.
VII. A hereditariedade reflecte-se na concretização dos mecanismos de transmissão dos caracteres hereditários;
estes caracteres gozam de transmissão para as gerações posteriores.
VIII. A cor dos olhos não é um carácter hereditário, mas sim adquirido; o historial hereditário das gerações
ascendentes de um determinado indivíduo explica a tipologia do lóbulo da sua orelha.

Seleccione a alternativa que faz corresponder correctamente a cada um dos números (de I a VIII),
relativos às afirmações acima, uma letra da chave (de A a D), que se refere à qualificação científica das
demais considerações.
(A) I – A; II – A; III – A; IV – B; V – B; VI – D; VII – D; VIII – B.
(B) I – B; II – C; III – C; IV – C; V – C; VI – A; VII – C; VIII – A.
(C) I – C; II – A; III – C; IV – B; V – B; VI – D; VII – A; VIII – D.
(D) I – C; II – A; III – C; IV – C; V – B; VI – D; VII – A; VIII – B.

8. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte de modo a obter uma afirmação correcta.
A legenda das situações fisiológicas consagradas na fig.4 relativa ao ciclo menstrual é:
(A) hormona 1 – progesterona; hormona 2 – estrogénios; fase A – menstrual; fase B – secretora; fase C –
proliferativa.
(B) hormona 1 – estrogénios; hormona 2 – progresterona; fase A – menstrual; fase B – proliferativa; fase C –
secretora.
(C) [As duas opções anteriores estão correctas].
(D) [Nenhuma das opções anteriores está correcta].

Teste de Avaliação Escrita (3). Página 9 de 10


9. Considere as seguintes caracterizações de dois casos clínicos:
Caso A:
Tendo sempre desejado ser pais, João e Maria iniciaram as tentativas para engravidar logo após o
casamento, há 3 anos, se bem que desde aproximadamente 1 ano antes de se casarem tenham mantido
relações sexuais frequentes entre eles desprovidas de qualquer contracepção.
As contínuas tentativas rumo a uma gravidez não tiveram, mesmo após as primeiras consultas ginecológicas
e andrológicas, sucesso.
Existe uma possível resolução deste problema optando pela fertilização in vitro (FIV) ou, por exemplo, pela
injecção intracitoplasmática de um espermatozóide (ICSI).

Caso B:
A radiografia de avaliação da cavidade uterina e trompas do sistema reprodutor de uma mulher de 35 anos
revelou uma anomalia morfológica ao nível dos órgãos sexuais primários. Este tipo de exame radiológico,
medicamente conhecido por histerossalpingografia, veio acompanhado de um relatório indicador de uma
deficiência grave ao nível das vias genitais.
Para esta mulher, uma FIV, ICSI ou qualquer outra metodologia deste âmbito não serve para resolver o seu
problema.

Figura 5: histerossalpingografia.

Elabore um parecer científico sobre os casos no qual conste:


 A indicação do caso – A ou B – relativo a um problema de infertilidade e esterilidade;
 A justificação da associação efectuada no ponto anterior;
 As finalidades dos métodos de reprodução assistida, explicando a forma como estes recursos
constituem uma estratégia de manipulação da fertilidade.

TOTAL
ITENS I1 I2 I3 I4 I5 I6 I7 I8 I9 I10 I11 II1 II2 II3 II4 II5 II6 II7 II8 II9
(%)
COTAÇÕES
(%) 6 4 4 4 4 4 4 6 4 4 6 6 4 4 4 4 4 6 4 14 100

FIM
Teste de Avaliação Escrita (3). Página 10 de 10