Você está na página 1de 1

1.

O problema subjacente a priso civil da advogada, se ela pode ser presa ou no;
2. Qualificaes propostas: a priso civil legal apenas no caso de contrato de depsito, logo
resta a questo quanto se o contrato de depsito ou de mandato:
3. Elementos fticos/normativos: A advogada recebeu poderes ad judicia com a finalidade de
proceder a liberao de dois veculos. O interesse, no caso em concreto, era a liberao dos
carros e posterior transferencia a terceiros. Art.653 do CC, algum receber poderes de outrem
para administrar interesses e praticar atos. No depsito, em oposio, a funo principal a
guarda do bem (art.1265 CC/16). Neste caso, no busca-se somente a guarda do bem nem
essa a funo principal do contrato, busca-se, contudo, a liberao dos veculos. Ento,
ainda que haja guarda do bem aps a liberao do bem o contrato no se d com esse
objetivo.
4. Regime legal: Cdigo Civil, Captulo X

Premissa maior: Art.653 do CC(art.1288 CC/16), algum receber poderes de outrem para
administrar interesses e praticar atos.
Premissa menor: A advogada recebeu poderes ad judicia com a finalidade de proceder a liberao
de dois veculos. O interesse, no caso em concreto, era a liberao dos carros e posterior
transferencia a terceiros.
Concluso: O contrato de mandato.

Premissa maior: Priso civil apenas permitida no caso de depositrio infiel;


Premissa menor: Contrato de mandato;
Concluso: A advogada no poderia ter sido presa, logo deve conceder-se o HC;