Você está na página 1de 19

“É melhor lançar-se à luta em busca do triunfo, mesmo expondo-se ao insucesso, do que ficar na fila dos pobres de espírito, que

nem gozam muito nem
sofrem muito, por viverem nessa penumbra cinzenta de não conhecer vitória e nem derrota.”
Franklin D. Roosevelt

Questões de treinamento - Geometria plana e espacial

NOÇÕES BÁSICAS DE GEOMETRIA EUCLIDIANA PLANA: (a) 23
PONTO, RETA E PLANO, ÂNGULOS (b) 24
Questão 1. (c) 25
Na figura BA k EF. A medida de X é:
(d) 26
Questão 6.
Num círculo de centro C e raio R, tomam-se dois pontos A e B sobre a
^ e sabendo-se que o arco
circunferência do círculo. Sendo o ângulo α = ACB
>
AB tem comprimento R, então pode-se afirmar:

(a) α = 45◦
(b) α = 90◦
(c) 45◦ < α < 50◦
(d) 55◦ < α < 60◦
Questão 7.
Sejam P, Q e R pontos de uma circunferência de centro O, tais que P e Q
estejam do mesmo lado em relação ao diâmetro que passa por R. Sabendo-se
(a) 105◦ ^ = 10◦ e med(ROQ)
que med(ORP) ^ = 80◦ , tem-se que o ângulo PQO
^ mede:
(b) 106◦
(a) 20◦
(c) 107◦
(b) 40◦
(d) 108◦
(c) 50◦
Questão 2.
É falso afirmar: (d) 60◦
# ” #”
^ é um ângulo raso, então OA Questão 8.
(a) Se AOB e OB são semirretas opostas.
Na figura, sendo MN = x cm, NP = 10 cm, PO = 5 cm e OQ = (4x + 1) cm,
^ # ” #” então o valor do segmento de reta PQ, em cm, é
(b) Se AOB é um ângulo nulo, então OA e OB são semirretas opostas.
(c) Dois ângulos adjacentes, cujos lados não comuns são semirretas opostas,
somam 180◦ .
(d) Dois ângulos adjacentes são sempre consecutivos.
Questão 3.
Os ângulos A ^ e B^ são congruentes. Sendo A ^ = 2x + 15◦ e B ^ = 5x − 9◦ .
Assinale a alternativa que representa, corretamente, o valor de x.

(a) 2◦
(b) 8◦ (a) 29.

(c) 12◦ (b) 35.

(d) 24◦ (c) 12.
(d) 34.
ÂNGULOS E COMPRIMENTOS NA CIRCUNFERÊNCIA, Questão 9.
POTÊNCIA DE PONTO, INSCRIÇÃO E CIRCUNSCRIÇÃO Na figura, M e N são pontos de tangência.
DE POLÍGONOS, PARTES DA CIRCUNFERÊNCIA
Questão 4.
De um ponto externo a uma circunferência, traçamos um segmento secante
de 32 cm que determina uma corda de 27, 5 cm. O segmento tangente traçado
do mesmo ponto externo mede, em cm:

(a) 4, 5
Sendo os raios, respectivamente, 14 cm e 7 cm e a distância dos centros
(b) 12
OO1 = 24 cm, então o segmento MN, em cm, mede
(c) 14, 4 √
√ (a) 527
(d) 2 55 √
Questão 5. (b) 380

Duas cordas AB e CD de uma circunferência cortam-se num ponto M. Sa- (c) 3 15
bendo que AB = 21 cm, MB = 12 cm e CM = 3 · DM, então CD, em cm,
mede: (d) 12

1

(a) 5. √ Um hexágono regular ABCDEF. distante 18 cm do centro de uma circunferência de raio 12 cm. então o raio dessa (a) 18◦ . Se um 11π √ desses arcos mede rad. (b) 10. duas coroas circulares e um segmento circular. é A razão entre as medidas dos apótemas do quadrado inscrito e do quadrado circunscrito numa circunferência de raio R é (a) 10. em cm. em cm. 2 . pontos N e M.Questão 10. duas coroas circulares e dois segmentos circulares. 2 (a) (c) 13. Por um ponto P. (b) 20◦ . a soma das medidas de dois arcos é 315◦ . Se o arco agudo AC mede 70◦ . (c) um setor circular. O é o centro da circunferência. (b) 125◦ . 5. 5. OB e OC são raios da menor das três circunferências concêntricas. mede (c) 100◦ . A medida de sua diagonal AC. em cm. Questão 15. Na figura. (a) 4. (b) 5. √ (c) 10 2. Questão 20. √ Sejam uma circunferência de centro O e um ponto A exterior a ela. Sejam AB o diâmetro da circunferência. (b) 55◦ . Questão 12. rência mede 4 cm e AT = 8 2 cm. (b) 60◦ . em cm. AB é diâmetro. então a medida de AO. (d) dois setores circulares. Se as bases desse trapézio medem 10 cm e 15 cm. dere AT um segmento tangente √ à circunferência. (d) 75◦ . Um trapézio retângulo está circunscrito a uma circunferência. (d) 6. a medida do ^ é ângulo CAB (a) dois setores circulares. e o lado oblíquo às bases mede 13 cm. uma coroa circular e um segmento circular. uma coroa circular e dois segmentos circulares. respectivamente. Questão 11. (d) 24◦ . BC = 10 cm e ABC ^ = 60◦ . Questão 18. (c) 2 Numa circunferência. (d) 6. Na figura. (b) 10. a medida do outro é (d) 2 3 12 Questão 14. em cm. (a) 50◦ . é (a) 18. e as retas t e t 0 tangentes a ela nos (c) 5. OA. √ (b) 12. 2 √ 3 (d) 15. (c) 55◦ . (d) 50◦ . (b) 2 Questão 19. então o raio da circunferência. (c) 60◦ . Questão 17. está inscrito em um círculo de raio R. em T . semicircunferência mede. Se o raio da circunfe- Questão 13. A medida da parte exterior desse segmento. O valor de x é Num triângulo ABC. Se esse triângulo está inscrito numa semicircunferência e BC é seu menor lado. de 30 3 cm de perímetro. (d) 65◦ . Consi- (d) 10 3. é √ (a) 5 3 (b) 5 √ (c) 15 3 (d) 15 Questão 16. (c) 8. A região acinzentada desse logotipo é composta de O valor de x é (a) 66◦ . (b) um setor circular. (a) 150◦ . No logotipo. (c) 22◦ . conduz-se um “segmento secante” que determina na circunferência uma corda de 8 cm.

Utilizando a Potência do Ponto P em relação à circunferência dada. rência de raio R. em T . Na figura. em cm. Questão 26. O é o centro da circunferência e PA é tangente a ela. Questão 30. em uma circunferência de raio r. √ ^ = 30◦ e OA = 12 3 cm. (b) a circunferência 5 é tangente exterior às outras quatro circunferências. A razão entre as medidas dos apótemas do quadrado e do triângulo é (c) 58. PA é tangente à circunferência em A. é correto afirmar que (a) a circunferência 5 é secante às outras quatro circunferências. uma pessoa (c) 100◦ percorrerá 2198 m. √ (a) 6 3 Na figura. as circunferências 1. √ (a) 2 (d) 52. Se MNOPQR é um hexágono regular inscrito na circunferência. do diâmetro desse jardim é (d) 80◦ Questão 23. então PT = m. e B é ponto médio de PC. 14. em metros. A medida de PC. Considerando π = 3. (a) 150◦ . em P. 3 e 4 são congruentes entre si e cada uma √ delas tangencia duas das outras. Um quadrado e um triângulo equilátero estão inscritos em uma circunfe- (b) 65. 2 3 Sabendo que P está situado a 10 m de O.Questão 21. então a medida do raio da circunferência. 2. (c) 100◦ . em cm. calcula- se que o valor de x é 3 . √ Questão 28. CP PD Na figura. (b) 120◦ . à circunferência de centro O e raio 6 m. AB e CD são cordas tais que AP = 2PB. √ (b) 14 2. (d) todas as circunferências são tangentes exteriores entre si. é √ (a) 12 2. (a) 5 (b) 6 (c) 7 (d) 8 A medida de AB. é Questão 29. é (d) 20. √ (c) 2 3 √ (d) 3 2 Questão 24. um arco (b) 8 2 2πr √ de comprimento ` = . Na figura. (d) 90◦ . PT é tangente. (b) 120◦ Para dar 10 voltas completas em volta de um jardim circular. Se PAO (c) 16. (c) todas as circunferências são tangentes interiores entre si. e = . então a + b − c é igual a Se a circunferência 5 tem apenas um ponto em comum com cada uma das outras quatro. a medida. A medida desse ângulo é: (c) 6 3 3 √ (a) 150◦ (d) 6 2 Questão 27. (a) 70. em cm. CD = 10 cm. (b) 7 3 √ (c) 8 2 √ (d) 9 2 Questão 25. √ (a) 8 3 Questão 22. √ Um ângulo central α determina. (b) 3 Na figura.

AB = AC e BC = CD = DA. (d) 26 Um carrinho de brinquedo que corre em uma pista circular completa 8 Questão 39. com base na base do triângulo. (c) 25 Questão 34. em m. Se os ângulos internos de um triângulo estão em PA (progressão aritmética) e o menor deles é a metade do maior. 8 (d) 4 (b) 1. O é o seu centro e V. a medida do arco x é (c) 6 2 √ (d) 3 2 (a) 40◦ Questão 32. A base do retângulo mede. voltas. ^ e BVA. o ângulo BAC pontos D e E. Sabendo que o perímetro do trapézio BDEC (a) 20◦ . Questão 33. então a base menor desse trapézio mede. 0 Questão 31. (d) 120◦ TRIÂNGULOS. em (b) 2 metros. em graus. (b) 24 (d) 60◦ . Se na figura. 0 OA. (a) 23 (c) 50◦ . Uma paralela ao lado BC intercepta os lados AB e AC nos Assim. respectivamente. Se o segmento AB forma um ângulo de 30◦ com o raio (d) 2.(a) 1 Desprezando a largura da pista e considerando π = 3 . (c) 100 (c) x + y = 90◦ . em cm: (a) 23 (b) 24 (c) 25 (d) 26 Questão 38. respectivamente. Num triângulo isósceles de 54 cm de altura e 36 cm de base está inscrito Na figura. QUADRILÁTEROS E POLÍGONOS EM GERAL Questão 36. é: 4 . mede 74 cm. igual a (c) 3 (a) 0. A e B são três de seus (c) 110◦ pontos. Duas cordas se cruzam num ponto distinto do centro da circunferência. O ponto O é o centro da circunferência da figura. um retângulo de 18 cm de altura. 2 passa pelo ponto B. percorrendo um total de 48 m. AC = 21 cm e ^ mede BC = 35 cm. então o valor do ângulo α. então a medida de AB. Questão 37. em cm: (b) 30◦ . conforme esboço. (d) 120 (d) x − y = 90◦ . √ (a) 6 3 √ (b) 3 3 √ A partir do conceito de ângulo excêntrico interior. em graus. A e B são pontos da circunferência e CD é seu diâmetro. Se x e y são. as medidas dos ângulos AOB ^ então é: sempre é correto afirmar que (a) 80 (a) x = 2y. é Questão 35. que tem 3 m de raio e (c) 1. (b) 70◦ Na circunferência da figura. As medidas dos lados de um triângulo são: AB = 28 cm. (b) 90 (b) y = 2x. então o valor do maior ângulo. o seu raio é.

Na figura. (c) 5(2 − 2) √ (c) retângulo. (c) 12. medidas de suas diagonais. (d) 5( 2 − 1) 5 . é (b) 10◦ (a) 8. sendo E ∈ AD e F ∈ BC . (d) 20◦ Questão 43. (c) 45 (d) 60 Questão 40. AS e AP são. A ^ . que por sua vez tem o lado medindo 10 cm. de modo que = . e este tem 3 lados a mais que A. 1a : Um triângulo obtusângulo pode ser isósceles. Na figura. (d) 30◦ . (d) 12. Assinale a alternativa correta: (a) Todas são falsas. então o lado (d) 14. (d) 32. Classifique como verdadeira ou falsa cada uma das afirmativas: (b) 20◦ . A soma das medidas dos ângulos internos e externos de um polígono convexo é 3600◦ .a é verdadeira. BCA (c) ímpar múltiplo de 19. (c) 15◦ (b) 10. respectivamente. respectivamente. (c) 25◦ . Questão 42. (b) 44. Questão 50. ^ e CAD ^ medem. em cm. ADB Na figura. em cm. Num trapézio isósceles ABCD as bases AB e CD medem. (a) 2.a é falsa e a 3. (d) 40. 16 cm e 4 cm. é Os números 2x + 10◦ . então a (a) 48. Questão 45. MNPQ é um losango. (b) 36 Questão 46. (b) par maior que 150. (b) 4. Questão 48. (c) 8. O módulo da diferença entre as Questão 44. (a) 30 (d) 55. 30◦ e 110◦ . Questão 47. (b) Todas são verdadeiras. ^ = 50◦ e C ^ Se A Na figura. O número de diagonais desse polígono é (a) 25. 60◦ . Se C tem 3 lados a mais que B. O comprimento de (a) 5◦ DE 5 EF. (c) 38. ^ é medida de DBC (d) ímpar primo. (a) 15◦ . Se MT = 12 cm e MS = 6 cm. (b) 10( 2 − 1) √ (b) equiângulo. (b) 35. AE 1 obtêm-se os segmentos AE e DE. então o número de diagonais de C é (a) 46. bissetrizes interna e externa do (d) A 1. 3x − 20◦ são medidas em graus dos ângulos de um √ triângulo. respectivamente.a é falsa. Traçando-se EF paralelo às bases. (c) 45. do losango. medida x do ângulo HBN ^ é (b) 42. BN é a bissetriz do ângulo B. Se BS = 8 m e SC = 6 m. Dois quadrados são tais que um deles tem como lado a diagonal do outro. 3x. O número de diagonais desse polígono é um número: (a) par divisível por 15. (d) obtusângulo. triângulo ABC. então SP mede.a é verdadeira e a 3. Sejam A. 3a : Um triângulo isósceles não pode ser equilátero. Esse triângulo pode ser classificado em (a) 10(2 − 2) √ (a) acutângulo. B e C três polígonos convexos. 2a : Um triângulo isósceles pode ser retângulo. (c) 42. ^ = 30◦ . (c) A 2. mede Questão 49. em m. A soma dos ângulos internos e dos ângulos externos de um polígono regular vale 1800◦ . em cm. Questão 41. e a soma das medidas dos ângulos internos dos três polígonos é 3240◦ .

o ângulo BEC ^ mede então o ângulo A (c) trapézio isósceles. Seja o paralelogramo ABCD. (b) 45◦ . (a) 44◦ . Se E é o incentro de ABC. √ Questão 55. Os ângulos da base maior de um trapézio são complementares. o valor de x é Assim. (a) 3 (b) 4 (c) 5 Se AB = 30 cm. Um polígono convexo ABCD é tal que apenas dois de seus lados são paralelos (b) 73◦ . Na figura. o ângulo externo de vértice A mede 116◦ . (a) 100◦ . Questão 56. (b) 48◦ . Em um triângulo ABC. O maior ângulo desse trapézio mede (c) 9. AH é altura do triângulo ABC. Sabendo que AP e DP são bissetrizes dos ^ e A. (d) 180◦ . (d) 10. o valor de x é (a) 20◦ . diferença entre as medidas dos ângulos internos B e C é 30◦ . (b) 8. 3 (a) 2 (d) 20. então o maior ângulo interno do triângulo mede (d) 5◦ . Questão 63. tem base média 2x + 2. Um trapézio de bases x + 3 e 4x − 3. Questão 52. (a) losango. (b) 126◦ . (b) 45◦ . Questão 61. ^ eC A soma das medidas dos ângulos A ^ é (d) 90◦ . (a) 90◦ . S é 105◦ . Questão 54. √ (c) 15. em cm. (d) 6 (a) 5. (b) 15◦ . entre si e os outros dois lados são congruentes. Na figura. (b) paralelogramo. Seja ABCD o trapézio isósceles da figura. (b) 120◦ . (c) 60◦ . 2 (b) Se o triângulo CDE é semelhante ao triângulo ABC. (a) 30◦ . Se a (c) 10◦ . então MB mede. Questão 53. (c) 150◦ . (a) 7. e a diferença entre suas medidas é 18◦ . Questão 57. √ O perímetro de um triângulo equilátero de altura h = 3 m é m. (d) 68◦ . Questão 58. Num triângulo ABC. mede (d) 58◦ . (d) 30◦ . A menor base (c) 56◦ . (d) trapézio retângulo. ângulos internos D ^ respectivamente. pode-se dizer que ABCD é um (c) 70◦ . Questão 60. (c) 37◦ . Então o ângulo interno T mede (d) 152◦ . 6 . Num triângulo RST a medida do ângulo interno R é 68◦ e do ângulo externo (c) 144◦ . (a) 75◦ . Dessa forma. Questão 59.Questão 51. ^ mede 114◦ . o valor de |a − b| é 2 2 (c) 3 1 (d) 3 Questão 62. A razão r entre o apótema e o lado de um hexágono regular é igual a (b) 10. (a) 52◦ . MN//BC.

(a) 110◦ . em metros quadrados. A √ razão entre os apótemas do hexágono e do triângulo é 3 (d) 6 Questão 70. (3x − 4) e (x + 8). a área e o perímetro de um setor circular de 60◦ (sessenta graus) são. é (a) 55◦ (b) 45◦ (c) 30◦ (d) 15◦ Questão 64. Questão 68. tal que a medida do ângulo ABC^ (b) 220◦ . é igual a área do círculo menor. Se a área da coroa circular definida por dois círculos concêntricos de raios R r e R. Então. então A − B é igual a √ (a) 85 3 (a) 24 (b) 135 √ 3 (c) 165 (b) 18 (d) 175 √ 3 Questão 65. em cm2 . então a razão é igual a: r (a) 1 √ (b) 2 7 . Se o raio de um círculo for aumentado de 100aumentará de: (b) 3. com AB = (x+4) cm 3  √  e AC = (3x − 10) cm. é: (d) 440◦ . AC. respectivamente. 3  √  (a) 2π + 3 3 Questão 67. de 6 metros. ÁREAS Questão 69. (b) 200% (d) 1. (c) 12 Sejam um hexágono regular e um triângulo equilátero. (a) 4. AB é um arco de circunferência de centro O e de raio 1 cm. altura do retângulo é: respectivamente. (c) 300% Se um dos ângulos internos de um pentágono mede 100◦ . em cm2 e cm: (a) 1. 5π e (π + 6) (b) 1. Um segmento AB. seja 30◦ . (a) 100% (c) 2. A base de ABC mede cm. Sendo C um ponto dessa circunferência. 5π e π (c) π e (π + 6) (d) 6π e π Questão 71. é diâmetro de uma circunferência de centro O. Um círculo de raio r e um retângulo de base b são equivalentes. Questão 66. (b) π+ 3 2 √ (a) 4 9π 3 (c) 2 (b) 6 √ 9 3 (c) 8 (d) 2 (d) 10 Questão 73. A área do trapézio retângulo BCDE. Em um círculo de 3 cm de raio. Sendo este triângulo isósceles. Se A é o número de diagonais de um icoságono e B o número de diagonais de um decágono. > Na figura. r < R. a Um triângulo ABC de base BC = (x + 2) tem seus lados AB e AC medindo. então a soma dos (d) 400% outros ângulos internos desse polígono é Questão 72. a medida da superfície limitada pelas cordas AB e BC e pelo arco (c) 380◦ . 2 Seja ABC um triângulo isósceles de base BC = (x+3) cm. a medida √ da base BC é (a) πr (b) πr2 b (a) 4 πr2 (b) 6 (c) b (c) 8 πr2 (d) 10 (d) b2 Questão 74. ambos de lado `.

(c) 45◦ . respectivamente. a sua largura deverá 13 10 ser igual a Questão 80. Um quadrado e um losango têm o mesmo perímetro. em cm2 . Aumentando-se o compri- 11 1 (d) mento em do seu valor. (b) 15 (d) 10. Questão 79. é. (d) 20. Se as diagonais do Um setor circular. (c) 1 + 2 3 √ (c) 8. forma-se um quadrado com x cm2 √ de área e y cm de perímetro. Questão 83. em cm2 . (d) 52π. é e a do losango é (a) 4. 4 Questão 76. A medida do ângulo agudo formado por esses lados é (a) 75◦ . de um√triângulo eqüilátero inscrito numa circunferência (c) 6. então sua área. √ 2 Questão 81. A área da figura toda. O material √ desperdiçado tem (c) 8 2 √ 1 (d) 8 3 (a) da área do quadrado original. Se sua diagonal maior tem o dobro da (b) 64 3 medida da menor. 11 9 (b) S6 = 3S3 . em cm2 . A medida do losango estão entre si como 3 para 5. (d) 2 + 4 3 (d) 9. (b) 60◦ . √ sabendo-se que AB mede 6 cm. é cm2 . Questão 78. a área do quadrilátero ABCD. √ (a) 36 3 Questão 85. 17 (a) (b) 6. (c) 2 Os lados de um triângulo medem 7 cm. a (a) ` 10 relação verdadeira é 10 (b) ` (a) S6 = S3 . cujo arco mede 15 cm. tem 30 cm2 de área. Questão 86. 8 cm e 9 cm. Se x − y = 0. 65. em cm2 . ambos inscritos na mesma circunferência. A área. (a) 12 3 De um pedaço quadrado de metal corta-se uma peça circular de diâme. Dado um quadrado de diagonal igual 2 cm. (c) da área da peça circular. (b) 1 + 3 √ (b) 7. 9 (d) ` (d) S3 = 2S6 . (d) 30◦ . Sobre cada lado do quadrado se constrói externamente um triângulo equilátero de lado igual ao do qua. A área da coroa circular (b) da área do quadrado original. (c) 13 Seja um retângulo de comprimento c e largura `. em (b) 54 3 √ cm. √ O perímetro de um losango é 20 cm. é √ (c) 72 3 (a) 35. Questão 87. 10 8 . 34. √ A área de um setor circular de 30◦ e raio 6 cm. drado. √ (c) 25. 15 13 (c) 8. (c) 20π. as áreas do hexágono regular e do triângulo 1 equilátero. é 2 1 (a) 2π. S6 e S3 são. cujo comprimento é de 8π 3 cm é (d) 8. A área desse triângulo. (d) 27 3 (b) 4 Questão 77. 2 (b) 10π. (c) ` 11 (c) S6 = 2S3 . o comprimento de cada palito. 42. assim obtida. (a) 54 Com 4 palitos de mesmo comprimento. é (c) 18 3 √ (a) 2. 17 Questão 88. aproximadamente. Nessas condições. por eles determinada. e desta corta-se outro quadrado de lado máximo. (a) 2 3 √ (a) 7. Dado o hexágono regular ABCDEF. 1 Dois círculos concêntricos têm 4 m e 6 m de raio. 4 Questão 82. 48. é Um triângulo de 40 2 cm2 de área tem dois de seus lados medindo 10 cm e 16 cm. para que a área não se altere. então a razão entre a área do quadrado raio desse setor. √ (b) 12 5 tro máximo. √ (d) 144 3 (b) 30. em cm. √ em cm2 . em m2 . é (d) 2 2 √ Questão 75. Questão 84. 1 (d) da área da peça circular.

A área de um losango é 24 cm2 . (c) 4 2 √ Questão 90. da superfície e do perímetro de um quadrado. em cm ou em cm2 . BC e CE são segmentos colineares de 4 cm cada um. Considere a figura composta de três círculos concêntricos de raios medindo. em cm. (b) Questão 96. (d) 2 2 Na figura. dados nessa ordem. o lado dele. a área sombreada dessa figura é π cm2 . (b) 4 √ (d) 24π. Se o papel tem 20 cm de lado e considerando π = 3. (b) 16π. em cm2 . em cm2 . mede √ (a) 4 3 √ (b) 6 3 √ (c) 8 3 √ (d) 10 3 Questão 91. é √ (a) 6π − 12 3 √ (b) 16π − 6 3 √ (c) 12π − 8 3 Assim. 5 (a) (c) 6. a área do triângulo BDE é 6 cm. não ocupada pelo círculo é igual a 9 . em cm. N. Em um pedaço de papel de formato quadrado foi desenhado um círculo de raio 10 cm. Os números que expressam as medidas. 2 5 (d) 7. pode-se concluir que a área hachurada. conforme a figura. da parte hachurada é Unindo esses pontos médios. a área de um setor circular de 30◦ é π cm2 . (a) 3 (b) 4 (c) 5 (d) 6 Questão 95. Se uma das diagonais desse losango mede Se os triângulos ABC e DCE são equiláteros. (a) 8 (c) 18π. Os triângulos têm apenas um ponto de intersecção entre si e dois vértices na circunferência. (d) 58 Questão 98. (b) 72 Considere o retângulo ABCD. do lado. em cm2 . Na figura.Questão 89. 4 cm e 3 cm. mede (b) 5. respectivamente. √ (d) 16π − 12 3 (a) 14 Questão 97. a área do papel. (b) 13 Um triângulo isósceles de base 10 cm e perímetro 36 cm tem cm2 de área. (c) 11 (d) 10 (a) 75 Questão 93. e os pontos médios dos seus lados M. 4 3 (d) 2 Questão 92. 3 A figura é formada por um círculo de raio R = 4 cm e três triângulos equi- 3 (c) láteros de lados congruentes ao raio do círculo. em cm2 . AB = 8 cm é o diâmetro do círculo de centro O e AO é o diâmetro do semicírculo. é (a) 9π. formam uma (a) 4. 5 cm. PA. A área hachurada. 14. Questão 94. Em uma circunferência de raio r = 6 cm. O lado desse quadrado. P e (c) 60 Q. A área.

Considerando π = 3. (a) 2π − 4 Na figura. (c) 92. é (c) 3 4kπ (d) 18 (a) 3 Questão 102. (a) 2 (c) 2. ^= 1 ^ O Em um triângulo retângulo a hipotenusa mede 5 cm e o sen B sen C. 1. Assim.(a) 82. (b) 8 (d) 2. a área do triângulo esboçado na figura abaixo. a medida da altura desse triângulo equilátero é unidades de comprimento. (c) 16 Questão 100. são TRIÂNGULOS termos de uma Progressão Geométrica. (d) 96. √ Consideremos um triângulo retângulo que simultaneamente está circuns- (a) 12 3 crito à circunferência C1 e inscrito na circunferência C2 . 5. (b) 3 tesiano. o perímetro e a área de um triângulo equilátero. corretamente. Questão 104. (c) kπ (d) 2kπ Questão 106. (d) 24 Na figura. 2kπ A figura abaixo ilustra um círculo com centro em O. em cm. 5. e uma reta r. AD = 2 cm e AB = 4 cm. √A figura abaixo apresenta um quadrado inscrito em um círculo de raio 2 2 cm e centro O. Questão 99. Sabendo-se que a √ soma dos comprimentos dos catetos do triângulo é k cm. ABCD é um quadrado formado por pequenos quadrados de lado x divididos por uma de suas diagonais. a área sombreada. a área da região hachurada é igual a cm2 . em função de x é 15x2 (a) (a) 15 m2 2 √ 13x2 (b) 30 2 m2 (b) √ 2 (c) 15 3 m2 (c) 5. a área da região sombreada corresponde a Questão 107. RELAÇÕES MÉTRICAS E TRIGONOMÉTRICAS EM O lado. Assim. nesta ordem. 0. a razão entre as áreas do quadrado e do losango é aproximada- mente igual a (a) 3. 2 maior cateto mede. 5x2 √ (d) 30 3 m2 (d) 3. (b) 86. a soma dos (b) 6 3 comprimentos dessas duas circunferências. Assinale a alternativa que representa. em cm: √ (a) 3 √ (b) 5 √ (c) 2 3 √ (d) 2 5 Considerando tal figura. 5x2 Questão 101. então. Assim. (b) 3. Questão 105. O valor de cos α no triângulo ABC é (b) 2π − 2 (c) π − 4 (d) π − 2 Questão 103. √ Considere um quadrado de diagonal 5 2 m e um losango de diagonais 6 m e 4 m. 10 . origem do plano car.

Dois lados de um triângulo medem 6 cm e 8 cm. (b) 5 3 √ (d) 6. 1 Questão 113. As medidas das diagonais desse paralelogramo são III. √ Se em um triângulo retângulo um dos catetos mede 2 5 cm e a altura relativa à hipotenusa mede 2 cm. em cm. entre as duas réguas. (a) 5 2 √ (c) 5. Sabe-se que a medida de um de seus √ ângulos obtusos internos é o dobro da medida de um de seus ângulos agudos (a) 7.b2 = ax Questão 111. nessa nova posição (fig. formando o retângulo ABCD (fig. é 10 (a) 3 20 (b) 3 √ 10 2 (c) 3 √ (d) 2 10 I. (c) 2 √ 3 (d) − 2 Questão 108. então o número de relações verda- (c) a sua soma é maior que 32. (c) 28 Sejam as relações métricas no triângulo ABC: (d) 30 Questão 110. √ √ (b) 5 2. Questão 112. e formam um ângulo de 60◦ . Se Questão 109. (d) 5 Num triângulo ABC. ^ = 30◦ e BAD No trapézio escaleno abaixo. 1). em cm.h = xy tais que o número que expressa 1 1 1 (a) o seu produto é racional. em cm. AB e CD. A Seja ABCD um trapézio isósceles. Nessas condições. (a) 20 √ (d) 13 − 1.a2 = b2 + c2 − 2bc · cos A Dois lados consecutivos de um paralelogramo medem 8 m e 12 m e formam entre si um ângulo de 60◦ . (a) 2 Duas réguas de madeira. (a) 1. com 8 cm cada uma estão ligadas em suas √ extremidades por dois fios. Se a base maior √ (b) 7 + 1. (b) 25 Questão 115. tem-se: AD = 5 cm. obtêm-se dois triângulos congruentes √ 3 AIB e CID (fig. é √ (c) 13. Questão 116. em cm. em cm. (d) 4. internos.2) é √ (a) 5 3. deiras acima é (d) a sua diferença é irracional. IV. então o perímetro desse trapézio. mede 10 cm. Se o triângulo ABC é retângulo em A. é √ (a) 2 13 √ (a) 6 (b) 3 17 (b) 10 √ (c) 23 (c) 12 √ (d) 29 (d) 15 11 . A medida do terceiro lado desse triângulo. então a área desse triângulo. Mantendo-se 3 (b) fixa a régua AB e girando-se 180◦ a régua CD em torno do seu ponto médio. ^ = 120◦ e AC = 1 cm. (c) 3. a razão entre as medidas dos lados AB e AC é 2. mede (b) 2. Sendo α um ângulo agudo. o lado x do triângulo abaixo.2). 3 sem alterar os comprimentos dos fios. é A distância. BDC ^ = 45◦ . em cm2 . então o lado BC mede. = 2 + 2 h2 b c (b) a sua razão é maior que 2. a medida da diagonal BD. em cm. ^ II. (c) 5 5 Questão 114. e que a diagonal AC é perpendicular ao lado BC.

um dos catetos mede 4 cm. 5. o menor valor que x pode assumir é Assim. o valor de x na figura é (a) 6 (b) 8 (a) 2. A hipotenusa desse triângulo. 5. Em um triângulo retângulo. inscrito em uma circunferência. tem um ângulo de 30◦ oposto a um lado de 10 cm. √ (d) 3 3 (d) 1. mede (a) 6. (c) 8. então AB. (c) 2. em cm. Questão 126. 67. √ (b) 3. (b) 2. em cm. Questão 127. 5. 41. (d) 5. (a) 1. 5 (b) 15. √ (c) 5 2 (c) 2. Pela “Lei dos Questão 120. em cm. A medida da projeção do menor dos lados sobre a reta que contém o lado de 5 m é. o valor de x é (a) 1. Um triângulo. Quando dadas em cm. Na figura. Considere as medidas indicadas na figura e que sen 70◦ = 0. Questão 118. Questão 124. 85. O diâmetro da circunferência. 12 . é (a) 0. 74. Questão 123. √ No triângulo AOB. (d) 4. O ângulo Questão 122. (b) 1. OB = 5 cm. e o ângulo que lhe é adjacente mede 60◦ . Questão 121. (c) 1. 5. em m. a hipotenusa é o dobro de um cateto. (c) 3. BC = 2 cm. Considerando as medidas indicadas no triângulo. Os lados de um triângulo obtusângulo medem 3 m. (d) 1. √ (b) 4 2 (b) 3. (c) 0. por números consecutivos. (d) 6 3 Questão 119. (c) 5 2 √ (c) 4. (b) 7. 5. 9. (b) 1. as medidas dos lados do trapézio ABCD são expressas Questão 125. No triângulo. 5 m e 7 m. Senos”. (d) 0. 7 (d) 25. 4 (a) 10. 6 (c) 20. (b) 0. 5. oposto a esse cateto mede Em um triângulo retângulo. (d) 1. (a) 2. obtém-se sen x = .Questão 117. a medida de AB. o valor de sen 42◦ +sen 48◦ é Assim. (d) 9. é igual a Considerando 37 = 6. é √ (a) 2 3 (a) 4. em cm.

então seu perímetro é cm. seu contato com o chão. (a) 6. √ O volume. √ 3 Sabe-se que a hipotenusa de um triângulo retângulo tem 5 5 cm de compri.(a) 20◦ . Questão 130. então a altura do prisma AC é (a) √ BC H 3 (a) AB 4 (b) √ AC 3H 3 (c) 1 (b) 4 √ (d) 2 H 3 Questão 131. respectiva- mente. POLIEDROS. P2 . 5 cm. do lado oposto ao referido ângulo é Questão 139. a razão é igual a: regular acham-se inscritas num mesmo círculo. de uma pirâmide quadrangular regular cujas faces la- (a) 3 terais são triângulos eqüiláteros de lado 4 cm. PRISMAS E PIRÂMIDES (b) 30◦ . é de: (c) 8. As medidas. então sua área lateral. (d) 5 e 10 (b) 14 13 . em cm. pirâmide menor resultante desse corte. em cm. √ mento e a soma dos catetos é igual a 15 cm. o lado BC do triângulo ABC. Sejam P2 a (d) 60◦ . em cm. A área lateral de um prisma √ hexagonal regular de 25 cm de altura e de (a) 60◦ apótema da base igual a 2 3 cm. Sendo B a área da base da pirâmide. o ângulo entre a escada e o solo é de Questão 138. (c) 400 (d) 800 Questão 136. Questão 134. é (b) 45◦ (a) 1200 (c) 30◦ √ (b) 600 2 (d) 15◦ √ Questão 132. que por sua √ vez é plano. dista√10 m da H 3 (d) parede. mede. vale √ √ (b) 7 (a) 16 2 √ √ (c) 5 3 (b) 32 2 p √ √ (d) 19 − 4 3 16 2 (c) Questão 133. dos catetos 32 2 (d) são 3 Questão 140. aproximadamente (a) não dá para comparar V1 e V2 V1 V1 (b) < V2 < 9 8 V1 V1 (c) < V2 < 8 7 (d) V1 = 8V2 Questão 135. 6. (c) 600 3 Um triângulo acutângulo ABC tem a medida do ângulo A ^ igual a 30◦ . Sabe- (d) 600 se que os lados adjacentes ao ângulo A^ medem 3 cm e 4 cm. Isto posto. Sendo H a altura da pirâmide ^ cos A e sabendo-se que os dois poliedros são equivalentes. V1 o volume de P1 e V2 o volume de Questão 128. é: √ (a) B 5 Se esse trapézio tem altura medindo 4 cm. (c) 45◦ . (c) 2 Uma escada é apoiada em uma parede perpendicular ao solo. Se a altura do prisma mede 1. (b) 300 Um trapézio isósceles tem base maior e base menor medindo. ou seja. As bases de uma pirâmide hexagonal regular e de um prisma quadrangular ^ sen B Em um triângulo ABC. A medida. 33 (d) 9. 33 (a) 200 Questão 129. Seja P1 uma pirâmide quadrangular regular. então o volume desse prisma. 11 cujo círculo tem 100π cm2 de área. em cm3 . 12 cm e 6 cm. 2 faces triangulares e 4 faces pentagonais é (c) 3 e 12 (a) 10. retângulo em C. em cm2 . (a) 6 e 9 O número de vértices de um poliedro convexo que tem 3 faces quadrangu- (b) 2 e 13 lares. em cm2 . Cortamos P1 por um plano paralelo à base e que dista da base a metade da altura de P1 . O apoio dessa escada com a parede está a uma altura de 10 3 m do 3 solo. Então: Considerando sen40◦ = 0. em cm3 . 11 A base de um prisma quadrangular regular está inscrita numa circunferência (b) 7. A altura de uma pirâmide quadrangular regular é igual à aresta de sua base. √ B 5 (a) 22 (b) 3 (b) 26 √ (c) B 3 (c) 28 √ (d) 5B (d) 30 Questão 137. A base da escada.

Se as dimensões de um paralelepípedo retângulo medem. um cubo de concreto de 1 m de aresta. então sua área total. em cm3 . Questão 147. se a for maior que cm. em cm. Questão 142. √ (d) 2 2 (c) 24. é igual a (a) eneagonal. como mostra a figura. (a) 32. é Um cubo tem 3 cm de altura. Uma pirâmide quadrangular regular tem 6 cm de altura e base de 8 cm de √ (a) 3 perímetro. é √ (b) 6 3 (a) 18. 4 4 (c) 34. 3 (d) 12. √ (c) 2 6 (b) 21. (d) três. cm3 . (c) . √ (b) octogonal. e um paralelepípedo retângulo tem dimensões 1 cm. 6 m. em cm. (d) 2. em cm2 . então seu volume. e a diagonal da face de um cubo de aresta a2 mede 2 cm. 3 (a) quatro. (d) 16. de sua diagonal é Questão 151. √ (c) 8. Um cubo tem 216 cm2 de área total. em cm.(c) 12. Se a altura desse prisma é 3 cm. “Existem somente poliedros regulares. é (c) seis. a1 · a2 . diagonal desse prisma mede 2 11 cm. em cm2 . em m3 . sua altura. é Questão 150. (d) 27. (b) 34.” A palavra que completa cor. Se a (c) 36. (d) 10. Se esse prisma tem altura igual a 3. então sua altura. A área lateral dessa pirâmide. 3 (c) (b) 32. (b) 18. é 14 . Assim. Questão 154. (a) 8. a. √ (c) 2 6 (b) 6. 5 cm. é (b) 4 (a) 30. é √ (b) 2 3 (a) 4. (a) 2 6 √ (c) heptagonal. 2 retamente a asserção anterior é 8 (d) . 9 Questão 146. então a soma das medidas de todas as arestas desse paralelepípedo é maior que 48 cm. 3 (a) . centro. A medida. 2 (c) 15. O volume dessa pirâmide. e a aresta da base. 2 cm e 3 cm. mede (d) 38. 4 (a) 3 5 A área lateral dessa pirâmide. a + 3 e a + 5. A aresta da base de um prisma √ quadrangular regular mede 2 cm. √ (d) 3 Se a aresta da base de um tetraedro regular mede 3 cm. em Questão 152. √ √ √ Uma pirâmide triangular regular tem 2 3 cm de aresta da base e 3 3 cm (a) 6 2 de apótema. Questão 141. Questão 149. Uma piscina tem a forma de um paralelepípedo retângulo e tem. A aresta lateral de uma pirâmide triangular regular mede 5 m. (d) 5 (d) 36. em cm. então essa pirâmide é A diagonal de um cubo de aresta a1 mede 3 cm. (c) 6 Questão 143. no seu (b) 6. cujos catetos medem 3 cm e 4 cm. Questão 148. 4 (b) . (c) 4. A base de um prisma reto é um triângulo retângulo. em cm2 . (b) 2 3 √ (d) hexagonal. (d) 6 Questão 144. O volume de água necessário para encher a piscina. Se uma pirâmide tem 9 faces. A razão entre os volumes do cubo e do paralelepípedo é (a) 21. em m2 . (b) cinco. O perímetro da base de um prisma quadrangular regular é 8 cm. Questão 153. Questão 145.

√ (b) 3 2 √ (c) 3 √ (d) 2 Questão 156. (c) 28. (d) 12 e 14. 4. respectivamente: (b) 48 a (c) 54 (a) e 3πa 2 (d) 60 a 9a Questão 159. 4. A altura dessa pirâmide. y = 2 dm. 73 e um cubo de aresta a = 10 cm. 7 . (b) 200. A figura mostra duas pirâmides regulares iguais. em cm. é: (b) 28 √ (a) 228 2π (c) 32 √ (b) 576 2π (d) 34 Questão 158. CONES E ESFERAS Questão 163. √ Considere 3 = 1. em (d) 24 cm. cm3 . A área lateral desse prisma é `2 . em cm. o volume do sólido da figura. em dm3 . um plano determina um círculo de raio 16 cm. O raio e a altura desse cilindro medem. (c) 250. Considerando 3 = 1. √ Um pódio é composto por três paralelepípedos retângulos justapostos. (d) 300. Ao seccionar uma esfera. e (d) 576π como altura o dobro da medida de sua aresta da base. √ A secção meridiana de um cilindro equilátero tem 4 2 cm de diagonal. con- (a) 2 3 forme mostra a figura. 4. formando um octaedro. (b) 23. Então. A medida da diagonal desse cubo. Se (c) 18 a distância do plano ao centro da esfera é de 12 cm. a área lateral desse prisma. em cm3 . em Questão 164. em cm. O 3 volume do cilindro. Ao considerar x = 5 dm. é (b) 16 e 18. em cm . é de: (a) 16π (b) 24π (c) 32π (d) 54π Se ABCD tem 4 cm de lado e EF = 6 cm. (a) 5 3 √ (b) 11. (a) 150. (b) 5 2 √ (c) 10. (b) e 3 π Um prisma hexagonal regular tem aresta da base medindo ` e altura igual (c) 2a e 3πa a 3`. o (a) 26 volume da esfera. é (b) 28 15 . o volume desse pódio. determinando um círculo de raio igual à distância do plano ao centro da esfera. Questão 161. (c) 288π Um prisma reto tem como base um triângulo equilátero de lado 3 cm. (a) 20 Uma pirâmide tem base quadrada e suas faces laterais são triângulos equi- láteros de lado 10 cm. 4. é Questão 162. é Um plano secciona uma esfera. z = 6 dm e w = 4 dm. então o raio da esfera. A altura dessa pirâmide. é (a) 20. Sendo 36π cm2 a área do círculo. (c) 14 e 16. (d) 30. Um cilindro circular reto tem o volume igual ao de um cubo de aresta a (a) 36 e a área lateral igual à área total do cubo. é um número entre (a) 18 e 20. Seja uma pirâmide quadrangular regular com todas as arestas medindo Uma embalagem de chocolate tem a forma de um prisma triangular regular √ 2 cm. 9a (a) 9 (d) 3a e π (b) 12 Questão 166. CILINDROS. √ (a) 12. vale Questão 160. cuja aresta da base mede 2 cm e cuja altura mede 12 cm. em cm2 . √ (d) 3 2 Questão 155. unidas pela base ABCD. o volume de chocolate contido nessa embalagem. (c) 3 3 (d) 9. em cm3 . é Questão 165. Questão 157.

1 A área lateral de um cone circular reto é 24π cm2 . 2. a medida do raio da base. Se Considere as afirmações: o volume do cone é 8π dm3 . é (a) 50 √ (a) 3π 6 (b) 60 16 . área da base (c) 2 5 √ (b) área lateral. (a) 2. Se as alturas do cone e do triângulo são congruentes.Nem toda secção plana de uma esfera é um círculo. 2 √ (b) I e III. (b) 5 2 cm (c) 48π. ele é denominado cilindro √ equilátero. (c) 16. é aproximada.Toda secção plana de uma esfera é um círculo. Um triângulo equilátero. cujo raio da base mede r. Uma esfera tem 36π m3 de volume. A geratriz de um cilindro de revolução mede 10 cm. (b) 1. (c) 10 cm (d) 54π. A medida de sua superfície. mede Questão 178. raio da base Se a aresta da base do prisma mede 4 cm. O volume do sólido gerado. em cm3 . é I. gira em torno de um de seus sabendo-se que. Um cilindro de altura H = 5 cm e raio da base R = 4 cm. (c) 24π Questão 172. √ é: O raio da base de um cone equilátero mede 2 3 cm. Se o raio da base desse (d) 2 cone mede 4 cm. aumentando-se esse raio em 10 cm e mantendo-se a altura. (d) 18. Questão 175. 5. em dm3 . em m2 . Um prisma quadrangular regular esta circunscrito a um cilindro equilátero. (d) 20 cm Questão 176. (b) 30. A bases. em cm3 . então sua altura. em cm. diâmetro da base Questão 171.A esfera é um sólido gerado pela rotação de uma semicircunferência em (a) 0. Questão 173. em dm. e (a) πrg (a) 72π πr (b) g (b) 56π (c) πr (c) 48π (d) πg (d) 36π Questão 168. área da base (d) 3 5 (c) altura. √ (d) 6π 6 Num cone circular reto. Questão 179. A altura desse cone mede Questão 174. em cm3 . torno de seu diâmetro. √ (c) 30 (b) 3π 3 √ (d) 38 (c) 6π 3 Questão 167. é área lateral do novo cilindro é igual à área total do primeiro? (a) 24π. II. 1 (d) II e IV (c) 3 Questão 170. capacidade dessa cuba é π litros. é (a) 16π. III. IV. então o volume do cone. Questão 169. passando pelos centros de suas A cuba de uma pia tem a forma de uma semi-esfera de 3 dm de raio. tem volume V = A base √ de um cone circular reto está inscrita num triângulo equilátero de π cm3 . em cm2 . 3 (b) 4 (c) II e III. (b) 5 3 √ (a) área da secção meridiana. 5 cm √ (b) 36π. (b) 38 3π (d) 4π. a base é equivalente à secção meridiana. (a) 42 3π √ (c) 8π.A esfera é um sólido gerado pela rotação de um semicírculo em torno de (c) 2. Em um cone. (d) 3. (d) 18π Um plano determina dois semicilindros quando secciona um cilindro reto de Questão 180. Um cone e um cilindro. A razão entre as áreas das secções meridianas do cone e do cilindro é São FALSAS as afirmações √ 4 3 (a) (a) I e IV. a medida da altura é o triplo da medida do raio da base. (d) altura. ambos equiláteros. 5 cm de altura e 4 cm de diâmetro da base. Questão 177. (d) 40. A área total de cada um desses semicilindros. Qual o seu raio da base. seu diâmetro. (b) 14. (a) 28. O volume desse cone. então o volume do cilindro. área 9 3 cm2 . mente igual a (a) 12. 5. (c) 38. a lados. √ (b) 12π. têm bases de raios congruentes. de 6 dm de lado. √ (a) 5 2 Se a de um cilindro for igual à (ao) . Questão 181.

2 litros de água por (d) 80 dia. aproximadamente. (d) 25. (b) 18 (c) icosaedro. tem volume de 200 cm3 e raio 3 da base de 5 cm. Considerando π = 3. (c) 19 (d) dodecaedro. O novo volume. 14. com esta capacidade e 2 cm de raio da base tem. (b) 15. a metade de sua altura. houve necessidade de despejar essa água em um outro cilindro com 40 cm de altura. são apresentadas duas situações. determinado pelo lí- quido somado à esfera. Considerando π = 3 e o raio da base (a) 128 do cilindro igual a 4 cm. imensa esfera de 5 m de raio. conforme situação 2. em cm. o nível do π cm2 . o cilindro contém um líquido que atinge uma altura h. (a) 10. (d) 27 Questão 4 : B. é 32π 3 igual a (d) m 3 Questão 192. em cm. uma Na ilustração a seguir. o número de litros de tinta que foram gastos para pintar toda a superfície da esfera foi (a) 16. O pintor da Escola disse que gastou 10 litros de tinta para pintar cada 157 m2 da superfície da esfera. Questão 190. utilizando 108 cm3 de chumbo pode-se construir uma (d) h = 32 esfera de cm de diâmetro. √ Uma esfera inscrita em um cubo de diagonal 2 3 m tem o volume igual a (a) 7 π 3 (b) 6 (a) m 3 (c) 5 2π 3 (b) m (d) 4 3 Questão 186. em média. cm O poliedro regular cujas faces são pentágonos é o de altura. (c) 20. Usando π = 3. Questão 2 : B. Questão 184. cujo raio da base mede (c) 8. Considerando π = 3. Se um cone equilátero tem 50π cm2 de área lateral. então a soma das me- didas de sua geratriz e do raio de sua base. Uma Escola de Samba carregou.(c) 70 Questão 189. Questão 188. Questão 187. Um copo cilíndrico Questão 182. gerando duas semi-esferas. (d) 6. (b) 18. Considerando π = 3. (c) 20. líquido aumenta. pode-se determinar que sua altura. 4π 3 (c) m Um filtro com a forma de cone circular reto. Por algum motivo. (b) 64 (a) h = 8 (c) 32 (b) h = 10 (d) 16 (c) h = 16 Questão 185. (Considere π = 3) (a) octaedro. (a) 17 (b) tetraedro. Um cilindro de 18 cm de altura e raio da base igual a 5 cm contém água até (b) 9. a medida da altura h corresponde a cm. Uma esfera de raio R = 3 cm foi cortada ao meio. é igual a (a) 10. (d) 22. Questão 191. Isso equivale a 10 copos com capacidade de 200 cm3 . o valor que mais se aproxima da altura atingida pela água no segundo cilindro é (a) 14 cm (b) 16 cm (c) 20 cm (d) 24 cm A área da superfície de cada semi-esfera é π cm2 . Um cilindro equilátero cuja geratriz mede 8 cm. (d) 20 Questão 183. tem área lateral igual a Inserindo-se uma esfera de 3 cm de raio nesse mesmo cilindro. (c) 25 Questão 3 : B. (a) 20 GABARITO (b) 22 Questão 1 : B. totaliza 588 cm3 . Os especialistas alertam que é preciso beber. em um de seus carros alegóricos. Na primeira. 4 cm. 17 .

Questão 41 : C. Questão 135 : B. Questão 157 : C. Questão 165 : B. Questão 52 : B. Questão 8 : D. Questão 99 : D. Questão 54 : B. Questão 55 : A. Questão 146 : B. Questão 9 : C. Questão 97 : C. Questão 67 : D. Questão 11 : B. Questão 104 : A. Questão 133 : D. Questão 119 : C. Questão 134 : D. Questão 166 : A. Questão 78 : B. Questão 153 : A. Questão 46 : B. Questão 38 : C. Questão 17 : A. Questão 94 : A. Questão 145 : A. Questão 75 : B. Questão 91 : A. Questão 147 : B. Questão 121 : C. Questão 44 : A. Questão 113 : D. Questão 26 : C. Questão 70 : A. Questão 123 : B. Questão 71 : C. Questão 126 : C. Questão 79 : A. Questão 7 : C. Questão 118 : C. Questão 24 : A. Questão 124 : D. Questão 158 : C. Questão 13 : A. Questão 66 : D. Questão 95 : B. Questão 110 : A. Questão 93 : B. Questão 65 : B. Questão 122 : C. Questão 30 : D. Questão 141 : A. Questão 106 : D. Questão 83 : C. Questão 132 : B. Questão 64 : B. Questão 32 : B. Questão 125 : A. Questão 154 : B. Questão 21 : C. Questão 76 : D. Questão 73 : C. Questão 136 : A. Questão 85 : D. Questão 15 : D. Questão 127 : B. Questão 138 : D. Questão 108 : A. Questão 139 : D. Questão 45 : B. Questão 6 : D. Questão 149 : C. Questão 89 : C. Questão 151 : D. Questão 74 : B. Questão 81 : B. Questão 161 : A. Questão 84 : B. Questão 155 : D. Questão 33 : A. Questão 100 : B. Questão 60 : D. Questão 137 : A. Questão 87 : A. Questão 48 : D. Questão 43 : B. Questão 27 : A. Questão 144 : B. Questão 36 : A. Questão 82 : C. Questão 112 : A. Questão 156 : B. Questão 49 : B. Questão 28 : D. Questão 25 : B. Questão 128 : C. Questão 148 : D. 18 . Questão 51 : B. Questão 160 : B. Questão 130 : C. Questão 117 : B. Questão 59 : C. Questão 72 : A. Questão 109 : B. Questão 115 : C. Questão 31 : B. Questão 77 : A. Questão 101 : D. Questão 163 : A. Questão 159 : C. Questão 23 : A. Questão 107 : D. Questão 20 : A. Questão 129 : C. Questão 22 : B. Questão 63 : B. Questão 68 : C. Questão 40 : B. Questão 10 : B. Questão 142 : B. Questão 61 : A. Questão 53 : C. Questão 57 : C. Questão 120 : B. Questão 47 : A. Questão 103 : A. Questão 62 : D. Questão 86 : D. Questão 114 : A. Questão 162 : D. Questão 98 : B. Questão 92 : A. Questão 111 : D. Questão 37 : B. Questão 90 : C. Questão 150 : C. Questão 16 : B. Questão 152 : C. Questão 88 : B. Questão 18 : B. Questão 34 : B. Questão 39 : B. Questão 69 : A. Questão 5 : B. Questão 12 : B. Questão 102 : D. Questão 35 : B. Questão 131 : A. Questão 14 : D. Questão 50 : A. Questão 42 : B. Questão 56 : C. Questão 105 : C. Questão 116 : A. Questão 143 : D. Questão 19 : A. Questão 96 : D. Questão 80 : C. Questão 140 : C. Questão 164 : B. Questão 29 : B. Questão 58 : A.

Questão 169 : B. Questão 182 : D. Questão 192 : A. Questão 189 : A. Questão 188 : D. Questão 174 : D. caso o seja. Questão 187 : B. Questão 190 : B. o gabarito será C. Questão 183 : C.). Questão 175 : D. Questão 171 : A. Questão 176 : C. Questão 185 : B. Questão 184 : B. Questão 179 : C. Questão 167 : C. Questão 181 : D. Questão 170 : C. Questão 173 : B. Questão 178 : ANULADA (A questão não informa se o cilindro é reto. Questão 168 : C. Questão 180 : D. 19 . Questão 191 : C. Questão 172 : C. Questão 186 : C. Questão 177 : B.