Você está na página 1de 4

Classificao da ginastica laboral confoem o objetivo, o tipo de exercicio e o horario de execuo

Classificalao Objetivos Tipo de Exerccio Classificao


Preparatria (GLP) Preparar o trabalhador para atividades de Aquecimento, trabalho de fora e de Preparatria
velocidade, fora ou resistencia; aquecer a velocidade, ativao neuromuscular,
musculatura e as articulaes utilizadas no orientao corporal no tempo e no
trabalho; prevenir acidentes, doenas espao.
ocupacionais e distenses musculares.

Compensatria ou de pausa Impedir vcios posturais, evitar as fadigas Trabalhar os msculos no Compensatria (GLC)
(GLC) central e perifricas, buscar os equilibrios solicitados e relaxar os solicitados,
fisico e mental, compesar posturas estticas e ministrar brincadeiras e jogos no
unilaterais, aumentar a socializao e a competitivos.
integrao do grupo.

Restabelece o antogonismo muscular Alongamento, fora e relaxamento


Corretiva (GC) Relaxamento (GLR)
Manter o equilibrio fisiomorfolgico, prevenir Programa de condicionamento
e/ou combater doenas crnicodegenerativas, fsico-aerbio: caminhada, corrida,
como diabetes, cardiopatias, obesidade, ciclismo, natao, hidroginstica,
sedentarismo, doenas respeiratorias, localizado (como musculao)etc.
osteoporose e outras

Manuteno (GLM)
Segundo a Organizao Mundial da Sade (OMS), preconiza-se um mnimo de 30 minmutos de atividade fsica de 5 a 7 dias (vezes) na semana para preveno de doenas crnicas-degenerativas.
Por isso, o ideal fazer a GL no incio, no meio e no final do expediente, todos os dias, com sesses de 10 a 15 minutos. Fonte: Livro: Ginatica Laboral - Principios e aplicaes praticas. 3 edio
revista e ampliada. Ricardo Alves Mendes Neiva Leite.

Bibliografia:
Mendes, Ricardo Alves. Ginastica Laboral: principios e aplicaes prticas / Ricardo Alves Mendes, Neiva Leite, - 3.ed. Ver. e ampl. - Barueri, SP: Manole, 2012..... Pg. 10
de execuo
Horrio de Execuo
Incio do turno da manh, da tarde ou da
noite.

Meio do expediente de trabalho

Final do expediente
ara preveno de doenas crnicas-degenerativas.
boral - Principios e aplicaes praticas. 3 edio

Manole, 2012..... Pg. 10