Você está na página 1de 15

BRProperties

Apresentação de Resultados 1T10


14 de maio de 2010
Destaques

 A receita bruta cresceu 52% acima do mesmo período de 2009

 Apresentamos um EBITDA ajustado para despesas de bônus e plano de opções de R$ 35,5


Destaques milhões ao final do 1T10, acréscimo de 53% sobre 1T09
Financeiros
 Nosso EBITDA pro-forma do 1T10 foi de R$46,8 milhões, com uma margem EBITDA de 88%

 Lucro líquido foi de R$11,8 milhões, um aumento de 68% sobre 1T09

 Finalizamos a aquisição dos sete imóveis negociados em 2009: DP Araucária, cinco galpões no
Brazilian Business Park e a Torre Nações Unidas, no valor total de R$ 322 milhões

Destaques  Aumento no número de imóveis administrados, de 23 em 1T09 para 27 em 1T10


Operacionais
 Nossa receita de administração de imóveis aumentou em 98% no 1T10 comparado com o 1T09

 Crescimento real de 5,4% no valor nas novas locações/renovações no 1º trimestre de 2010

 Em abril, adquirimos o Edifício Jacarandá, de lajes corporativas com cerca de 32.000 m² de ABL
por R$180,0 milhões. O edifício é recém construído e já está ocupado pela Phillips e Redecard

 Também em abril, adquirimos mais 4 galpões industriais em Louveira/SP, por R$181,0 milhões.
Eventos Estes galpões reforçam a presença da Companhia na região, onde já temos mais de 250.000 m²
Subsequentes de ABL

 Até o presente momento, já adquirimos aproximadamente 25% do volume de aquisições previstas


no orçamento de capital

BRProperties -2- 1T10


Aquisições Recentes

DP Araucária  Em 22 de janeiro de 2010, adquirimos o DP Araucária, parque


de distribuição na cidade de Araucária/PR por R$69,9 milhões

Dados do Imóvel:
ABL: 42.697 m²
% Adquirido: 100%
# galpões: 1
100% locado

 Em 26 de fevereiro, adquirimos cinco galpões Brazilian Business Park


localizados no Brazilian Business Park por R$101,2
milhões

Dados do Imóvel:
ABL: 59.182 m²
% Adquirido: 100%
# galpões: 5
100% locado

TNU  Em 16 de março, adquirimos o edifício de escritórios Torre Nações


Unidas, localizado na Marginal Pinheiros por R$151,2 milhões

Dados do Imóvel:
ABL: 25.555 m²
% Adquirido: 100%
# andares: 18
Retrofit em andamento, 50% já locado

BRProperties -3- 1T10


Aquisições Recentes

CBOP – Ed. Jacarandá


 Em 12 de abril de 2010, adquirimos o Edifício Jacarandá,
empreendimento localizado no Castelo Branco Office Park,
por R$180,0 milhões

Dados do Imóvel:
ABL: 31.954 m²
% Adquirido: 100%
# andares: 14
Recém construído - 50% locado para Philips e Redecard

 Em 20 de abril de 2010, adquirimos os DP Louveira 3, 4, 5 & 6


galpões logísticos DP Araucária 3, 4, 5 &
6, localizados dentro do complexo de
galpões onde a BR Properties já detinha
outros dois galpões. O valor da transação
foi de R$181,0 milhões

Dados do Imóvel:
ABL: 106.306 m²
% Adquirido: 100%
# galpões: 4
100% locado

BRProperties -4- 1T10


Portfólio

Composição do Portfólio Composição do Portfólio


(% valor de mercado) (% ABL)
4%
25%

51%
46%

75%

Escritório Industrial Desenvolvimento Escritório Industrial

Evolução do Portfólio (ABL m²) 106.306


868.807

31.954
25.555 730.558
59.182
(235)
646.055

Portfólio no Aquisição BBP Venda Isabela Aquisição TNU 1T10 Aquisição Ed. Aquisição DP Portfolio Atual
IPO (cj. 41) Jacarandá Louveira
3,4,5,6

BRProperties -5- 1T10


Estudo de Caso

Venda Criação de Valor

Ed. Generali Henrique Schaumann


Valor de Aquisição R$ 16,6 mm Valor Aquisição R$ 41,0 mm

Data de Aquisição Ago/07 Data de Aquisição Nov/07

Valor de Venda R$ 21,5 mm Re-locação R$ 6,5 mm / ano (42% de


aumento no aluguel anual)
Data de Venda Jan/10
Retrofit Elevadores/ fachada/
Período em Portfólio 29 meses estacionamento
TIR 36% Valor Reavaliado 2009 R$ 78,0 mm

90,0 38,10 40,00


ROE*: 147%
80,0 35,00
26,97
70,0 30,00
60,0 25,00
50,0 20,00
21,5 78,0
40,0 15,00

16,6 30,0 10,00


41,0
20,0 5,00
10,0 -
Valor de Aquisição Valor de Venda Na Aquisição Atual

* antes de impostos Valor do Imóvel


Aluguel/m²

BRProperties -6- 1T10


Destaques Operacionais

 Apresentamos uma vacância financeira de 8,3% no período; Excluindo o imóvel TNU,


adquirido em março, nossa vacância no período foi de 4,1%

Composição da Vacância
8,3%
7,3%
6,9%
6,0%

4,7%
4,1% Física
Financeira

2009 1T10 1T10 Ex - TNU

 Apesar do recente aumento da taxa de vacância, o prospecto de locação das áreas vagas
é muito positivo dado o aquecimento previsto da economia,

 Esperamos que nossa taxa de vacância volte aos patamares históricos no curto prazo

BRProperties -7- 1T10


Destaques Operacionais

Reajustes dos Contratos de Locação

1T09 1T10  No trimestre, renovamos


3% contratos existentes e
5%
fechamos novas locações
15%
28% IGP-M de áreas vagas com um
IPCA ganho real médio de 5,4%
Outros
69%
81%

Cronograma de Vencimento dos Cronograma de Renovatória de 3 anos dos


Contratos de Locação (# de contratos) Contratos de Locação (# de contratos)
1%
8% 13%
10%
16% 25%

34%
40%

32%
21%

2010 2011 2012 2013 >2013 2010 2011 2012 2013 >2013

BRProperties -8- 1T10


Destaques Operacionais

 Acréscimo de três novas propriedades sob administração de nossa empresa


administradora de condomínios, BRPR A Administradora de Ativos Imobiliários Ltda.

Condomínios Administrados Receitas de Administração de Imóveis


849
27

428

23

1T09 1T10 1T09 1T10

BRProperties -9- 1T10


Destaques Financeiros

Receita Líquida EBITDA Ajustado

85% 85% 88%


27%

32%
52%
52.874 53% 46.753
41.600
27.281 35.479

23.210

1T09 1T10 1T10 Pro Forma 1T09 1T10 1T10 Pro Forma
Margem EBITDA Ajustado

Lucro Líquido FFO


28%
26%

68% 49%

11.759 16.637

7.016
11.137

1T09 1T10 1T09 1T10


Margem Líquida

BRProperties - 10 - 1T10
Demonstrações Pro-Forma

Metodologia EBITDA Ajustado


 Considera que as receitas do portfólio atual (não auditado)
55.000 90%
estivessem sendo apropriadas pela BR 88% 89%
Properties do dia 1 de janeiro de 2010 até o dia 50.000
88%
31 de março de 2010 87%
45.000
85% 86%
Resultados 40.000 85%
 Nossa receita bruta pro-forma totalizou R$58,6 46.753
84%
35.000
milhões, 27% acima do 1T10 83%

35.479 82%
30.000
 Nossa margem EBITDA pro-forma ajustado foi de 81%
88%, 3% acima da margem EBITDA ajustado de 25.000 80%

85% demonstrado no período. 1T10 Real 1T10 Pro-forma


Margem EBITDA Ajustado

Adicional de Receita Bruta Pro-forma


(não auditado)
5.096 58.621

2.592
2.923 1.312
46.198 500

1T10 Real DP Araucária BBP TNU Ed. Louveira 1T10 Pro-


Jacarandá forma

BRProperties - 11 - 1T10
Efeito da Taxa de Juros

 O eventual aumento na taxa nominal de juros até o final do ano acarretaria em um pequeno aumento da
TR, principal índice que corrige nossos contratos de financiamento.

 A alta da inflação, por outro lado, teria um efeito positivo no resultado da Companhia, dado que 100%
dos nossos contratos de locação são reajustados pelas taxas de inflação.

 Nossas disponibilidades financeiras estão aplicadas exclusivamente em títulos de renda fixa atrelados
ao CDI, o que incidiria em um aumento em nossa receita financeira com o aumento previsto na taxa
SELIC.

Efeito do Aumento da Taxa de Efeito Positivo Esperado da Evolução dos


Juros Nominal Índices de Inflação
(SELIC vs. TR) (TR vs. Inflação)

14,0% 9,0%
Cesta de índices de
12,0% 8,0% reajuste dos contratos 7,95%
12,00%
7,0% de locação
10,0% 8,75% TR
6,0%
8,0% 5,0%
SELIC projetada
6,0% TR 4,0%
3,0%
4,0%
2,0%
2,0% 0,82% 0,82% 0,97%
0,97% 1,0%
0,0% 0,0% 0,00%
2009 2010e 2009 2010e

BRProperties - 12 - 1T10
Endividamento

 Confortável cronograma de amortização nos próximos anos, com baixo risco de refinanciamento

Balanço Patrimonial 1T10 Perfil da Dívida

Caixa 698 Dívida CP 92 4,8%


5,1%
Obrigações p/ Aquisição 58
Dívida LP 637

Dívida Total 788 TR


IGPM
CDI
Patrimônio Líquido 1.664

Dívida Líquida 90
90,1%

Cronograma de Amortização do Principal


221.818

77.812 72.846 81.006


63.496 56.650
42.008 48.312 37.904
24.025
2.738 1.027

2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021

BRProperties - 13 - 1T10
Glossário

EBITDA (Earnings Before Income, Tax, Depreciation and Amortization): medida não contábil que mensura a
capacidade da Companhia de gerar receitas operacionais, sem considerar sua estrutura de capital. Calculada
excluindo as despesas gerais e administrativas do lucro bruto, e somando de volta a depreciação e amortização do
período
(Lucro Bruto – Despesas Gerais e Administrativas + Depreciação + Amortização)

EBITDA Ajustado: ajustes feitos ao número do EBITDA de forma a excluir R$ 0,2 milhões referentes às despesas do
Plano de Opções de compra de Ações da Companhia, além de R$ 1,2 milhões em provisão de bônus de
funcionários e administradores

FFO (Funds From Operations): medida não contábil que soma de volta as despesas de depreciação ao lucro
liquido, de forma a medir, utilizando o demonstrativo de resultado, o caixa líquido gerado no período
(Lucro Líquido + Depreciação)

Vacância - Financeira: estimada multiplicando o valor de aluguel por m² que poderia ser cobrado pelas
respectivas áreas vagas, e posteriormente dividindo este resultado pelo valor potencial de aluguel mensal da
propriedade como um todo. Mensura-se então o percentual de receita mensal que foi perdida devida a vacância
do portfólio.

Vacância - Física: estimada utilizando o total de áreas vagas do portfólio dividido pela ABL total do portfólio

BRProperties - 14 - 1T10
Contate o RI

Relações com Investidores

Pedro Daltro
Diretor Financeiro e de Relações com Investidores

Leonardo Fernandes
Gerente de Relações com Investidores

Marcos Oliveira
Analista de Relações com Investidores

Fone: (55 11) 3201-1000


Email: ri@brpr.com.br

www.brpr.com.br/ri

BRProperties - 15 - 1T10